Só mesmo visitando as ilhas Phi Phi – ou Ko Phi Phi, em tailandês – para entender o porquê de tanta fama: elas são mesmo um absurdo de lindas. Compostas de uma coleção de praias turquesa com cliffs de pedra calcária, esse cenário dá às Ilhas Phi Phi o posto de uma das paisagens mais lindas da Tailândia.

Localizadas no Mar de Andaman, no distrito de Krabi, ao sul do país, as ilhas Phi Phi são na verdade um arquipélago, por isso fala-se delas no plural. As ilhas principais são Ko Phi Phi Don e Ko Phi Phi Leh. A primeira é onde tudo acontece, e a segunda é onde fica a famosa Maya Bay, que na verdade é uma reserva natural nacional de acesso restrito, onde não é permitido se hospedar.

Destino cada vez mais procurado por quem quer agito e badalação, as ilhas Phi Phi ainda conseguem agradar gente de todos os perfis, mesmo os que querem mais sossego. Dá pra aproveitar independente da sua idade ou do seu status de relacionamento.

Estive em Phi Phi 3 vezes: a primeira fui sozinha, na seguinte fui com o Caio e na terceira fomos em família. Consegui curtir de todas as formas e não pensaria duas vezes em voltar. Dito isso, montei aqui um um guia completo das ilhas Phi Phi, com tudo o que você precisa saber para aproveitar ao máximo esse destino.

O que fazer nas ilhas Phi Phi

1. Conhecer as principais praias de Phi Phi

Tonsai Bay

Chegando na ilha desembarcamos no píer de Tonsai Bay. A praia de Tonsai em si não é tão bela ou limpa como as demais, mas ainda assim dá pra ver que a água do píer é cristalina! A região de Tonsai tem muitas opções de restaurantes de frutos do mar, hotéis mais em conta, além de um mercado que fica na rua principal com agências de turismo, souvenirs, acessórios para snorkeling, restaurantes e outras coisas.

Ilhas Phi Phi - Pier
Tonsai Bay

Ao Lo Dalam

Do lado oposto de Ton Sai Bay fica a badalada Ao Lo Dalam, onde grande parte dos jovens mochileiros ficam. Durante a noite, é em Ao Lo Dalam que rola o agito: a praia se torna cenário das festas pirotécnicas de Phi Phi, com bares e algumas Pool Parties garantindo a animação. Já durante o dia a galera fica relaxando e curando a ressaca da noite anterior, entre um mergulho e outro.

Ilhas Phi Phi - Ao Lo Dalam
Chegando em Ao Lo Dalam

Para passar o dia, ou apenas se deslocar do seu hotel para algum outro lugar, você certamente passará por Ton Sai e por Ao Lo Dalam, que são as praias mais movimentadas da ilha e que contam com ótimas opções de restaurantes. Durante o dia, Ao Lo Dalam é cheia de almofadinhas na areia, onde podemos simplesmente sentar, curtir o visual e beber a primeira cerveja do dia.

Long Beach

A Long Beach é uma praia quase privada dos hóspedes de seus hotéis, mas o acesso é liberado pra quem quiser fazer uma trilha (saindo de Tonsai Bay) ou pegar um taxi boat ali do píer. Long Beach oferece um bom equilíbrio entre tranquilidade e infraestrutura, sendo um ótimo lugar para se hospedar se você quiser ficar bem afastado do agito. Caso contrário, vale a visita apenas para passar o dia. 

Phak Nam Bay

Essa praia também é conhecida por um nome bem sugestivo: Relax Bay. Ela é uma pequena praia na costa leste da ilha Phi Phi Don que conta apenas com dois pequenos resorts. Phak Nam Bay é um lugar tranquilo para relaxar entre as águas esmeraldas do mar de Andaman e a floresta tropical que rodeia a baía. Para chegar lá é necessário fazer uma trilha saindo de Loh Bagao ou pegar também um taxi boat.

Laem Thong Beach

Existe outra praia bem mais isolada em Phi Phi Don, que é a Laem Thong Beach. O local é o lugar perfeito para passar o dia fazendo snorkel e comendo por lá mesmo, em um de seus restaurantes pé na areia. O acesso só é possível por barco saindo de Tonsai ou de Bamboo Island.

Monkey Beach

A Monkey Beach, como o nome diz, é uma bela praia cheia de macacos, que são o destaque principal. É possível chegar lá de caiaque se você tiver um pouco de disposição. Você deverá sair de Ao Lo Dalam e costear a ilha pelo lado esquerdo, mas prepare-se pra remar. 

Não quer fazer esforço? Então relaxa porque a maioria dos passeios de barco inclui uma parada na Monkey Beach (falaremos a seguir). Ah, um grande pedido nosso: por favor não alimente os macacos, nem mesmo com bananas. E cuidado porque eles podem ser agressivos se avistarem uma bolsa ou sacola branca (devido à associação que eles já fazem de que turistas dão de tudo pra eles e geralmente trazem em sacolas plásticas). 

Ilhas Phi Phi - Monkey Beach
Monkey Beach

Maya Bay

Essa é a praia cartão postal da Tailândia, sobretudo depois que foi cenário do filme A Praia. A fama custa um preço alto pra Maya Bay e muita gente acaba se decepcionando bastante, pois sua baía fica lotada de turistas. E quando dizemos lotada, é muuuuita gente mesmo.

Maya Bay fica em Phi Phi Leh, e para chegar até lá só pegando um barco de Phi Phi Don (onde você estará hospedado).

Se você quer conhecê-la com tranquilidade é melhor contratar um barco privado, combinando de sair bem cedinho (explicamos a seguir) ou no pôr do sol. Outra opção que tem se tornado cada vez mais popular é fazer o sleep aboard, onde você dorme no barco e garante ver o pôr e o nascer do sol da Maya Bay. Não fizemos então não podemos opinar.

Ilhas Phi Phi - Maya Bay
Pôr do sol em Maya Bay

A verdade é que desde que o Leonardo Di Caprio apresentou este cantinho para o mundo no filme, as ilhas Phi Phi entraram com força e de vez na rota turística, estando sempre cheias de viajantes que querem conhecer o paraíso com seus próprios olhos e aproveitar para badalar um pouquinho. E obviamente todo mundo que passa por Phi Phi quer conhecer Maya Bay.

Veja Maya Bay em 1’03”:

Se você der as costas pro mar em Maya Bay e andar no sentido da vegetação, do outro lado da ilha, você vai encontrar uma outra baía, pequena, com bastante pedras. Ali fica Lo Sa Ma Bay. Bem menos cheia e visitada apenas pelos os curiosos. O visual é lindo, e nós só fomos até lá em nossa segunda visita, uma pena!

Ilhas Phi Phi - Lo Sa Ma Bay Placa Ilhas-Phi-Phi-Lo-Sa-Ma-Bay.jpg

Bamboo Island

Outro passeio muito famoso que pode ou não se conjugado com a visita à Maya Bay é para a Bamboo Island, uma outra ilha devastada pelo tsunami e que até hoje mostra as marcas deixadas. Saindo de Phi Phi Don são cerca de 40 minutos até lá e, novamente, tem que sair cedo se quiser curtir um paraíso particular. A cor da água costuma impressionar. Mas o passeio pode não acontecer se estiver ventando muito. Consegui ir nas duas primeiras visitas que fiz às Ilhas Phi Phi. Na última o vento não colaborou.

2. Fazer alguns tours de barco em Phi Phi

Ilhas Phi Phi - Barco

Os principais passeios são de longtail boat, o conhecido barquinho tailandês. Quase todas as agências nas ilhas ilhas Phi Phi oferecem tours, sendo que o mais procurado é o que combina a visita a famosa Maya Bay com outros lugares como Loh Samah, Pileh Lagoon, Nui Bay, Viking Cave, Monkey Beach.

Existem opções de tour de meio dia (3 horas) ou dia inteiro (6 horas). Alguns tours também podem incluir a Bamboo Island e o Shark Point. Recomendamos incluí-los no sey tour. Vale muito a parada pra apreciar a beleza de Bamboo Island e mergulhar com tubarões no Shark Point, se você não tiver medo (tivemos sorte e vimos tubarões todas as vezes que passamos por lá!).

Além dos longtail boats, existem opções com barcos rápidos (speed boats), mas os preços são mais altos e os grupos maiores.

Dica: é possível contratar um passeio em grupo nas pequenas agências ,ou ainda fechar um barco privativo. Nós tentamos evitar passeios com grupos grandes sempre que possível. Da última vez que fomos às ilhas Phi Phi, fizemos um passeio privativo e valeu bem mais a pena. Éramos quatro pessoas e o barco saiu por 3 mil baht (cerca de 300 reais) para 6 horas de passeio, ou seja, 75 reais por pessoa. Como bônus, conseguimos combinar o horário que desejamos e pudemos ver o amanhecer em Maya Bay. 

Outros passeios muito procurados são o Booze Cruise (barco com bebida liberada e muita festa), o Phi Phi Sunset Tour (para ver o pôr do sol em Maya Bay). Há também o Maya Bay Sleep Aboard e o Sunset Plankton Tour (pôr do sol + mergulho com plânctons) , que são mais caros e precisam ser marcados com antecedência.

3. Mergulhar nas Ilhas Phi Phi

Somos suspeitos para falar, porque amamos mergulhar. Um mergulho em Phi Phi pode ser uma experiência maravilhosa, principalmente se você não tiver a chance de conhecer Ko Tao (um dos pontos mais famosos de mergulho da Tailândia).

Nós adoramos mergulhar em Phi Phi, mas temos que admitir que não foi algo que nos impressionou quanto queríamos. Infelizmente a visibilidade da água não foi das melhores e a vida marinha não foi das mais diversas. Mas ainda assim recomendamos, principalmente para quem quer mergulhar pela primeira vez.

É possível tirar o certificado de Open Water Diver ou apenas fazer um mergulho de batismo, que custa em torno de 2.500 bahts (250 reais). Quase todas as operadoras hoje contam com um instrutor ou um auxiliar brasileiro, o que anula qualquer dificuldade de comunicação. Aqui é possível avistar tubarões galha preta de recife e o raríssimo tubarão leopardo, mas é bem difícil. Ambos inofensivos. 

Ilhas Phi Phi Mergulho
Mergulho em Phi Phi

4. Subir até o View Point

Para ver o por do sol, ou para admirar o visual em qualquer hora do dia, você não pode sair de Phi Phi sem antes ir até o View Point. O local, que na verdade é o ponto de evacuação da ilha em caso de um novo Tsunami, se tornou ponto turístico. A vista é incrível lá do alto de seus 186 metros.

Leve alguns trocados e uma garrafa d’água. Existe um restaurante no local também, que não paramos. Atualmente alguns moradores da região “administram” o local e cobram 30 baht para entrar. O melhor horário pra fotos é próximo das 10h da manhã, quando o sol ficará atrás de você e iluminará a ilha e o mar. No dia que fomos o tempo não estava tão bom assim 🙁

Ilhas Phi Phi - View Point
View Point

5. Curtir a noite de Phi Phi em Ao Lo Dalam:

Como já falamos acima, é em Ao Lo Dalam que rola a badalação. Não importa a época, são 365 dias do ano de festa com direito a muito eletrônico, pop e reggaeton, shows pirotécnicos, baldes de bebida e tudo o que você possa imaginar.

Confesso que estava num clima mais natureza e menos festa em todas as 3 vezes que estive lá. Mas pergunta se eu deixei de ir? É diversão garantida, não tem como não entrar no clima em Ao Lo Dalam! Vale a pena ir nem que seja para matar a curiosidade a critério de estudo antropológico hehe.

Ilhas Phi Phi - Show Fogo
Shows pirotécnicos em Phi Phi

Uma boa dica para economizar e comprar bebidas na 7/11. E pra quem é da noite, além das festas na praia, existem vários bares, boates e lugares com música ao vivo pelo meio da ilha.

Onde se hospedar nas ilhas Phi Phi

Basicamente os viajantes podem optar por se hospedar em três regiões da ilha principal Phi Phi Don: Ao Lo Dalam, Tonsai Bay e Long Beach.

Ao Lo Dalam

É onde ocorre a noite de Phi Phi Don, repleta de bares que tocam músicas de todos os ritmos até bem tarde. É bem verdade que existem opções baratas de hotéis e albergues jovens cheios de gringos por aqui.

O Slinky Hostel fica de frente para a praia. Com terraço com vista pro mar, esse hostel conta com um bar bem movimentado à noite, com música e shows com fogo! É recomendado pelo seu custo-benefício. Mas é bom saber que a música alta vai até as 2h30 da manhã!

Ilhas Phi Phi - Slink Hostel

Ilhas Phi Phi - Slink Hostel
Slink Hostel. Foto: Divulgação

Ao Lo Dalam é a região do agito lembra? Então se não está no clima de badalação, ou se apenas quer ter uma boa noite de sono, opte por se hospedar em um dos outros dois lugares, que são bem mais calmos.

Tonsai Bay

É o centrinho da pequena ilha, distante das festas. Na nossa opinião é o melhor lugar para ficar. Uma ótima opção de hospedagem é o PP Insula, hotel simples por fora, mas com quartos super confortáveis a 200 metros da areia (diárias na faixa de 100 reais). Fiquei nele nas duas primeiras vezes que estive em Phi Phi.

Ilhas Phi Phi - PP Insula

Ilhas Phi Phi - PP Insula
PP Insula. Foto: Divulgação

Na terceira vez, a ilha estava um pouco mais cheia e acabamos ficando no Chaokoh (diárias até 200 reais), que fechamos um pouco em cima da hora. Tivemos uma experiência super positiva e achamos uma ótima opção para casais e famílias. Tem uma piscina (não é enorme mas é bem gostosa!) para você poder relaxar após um longo dia de praia.

Ilhas Phi Phi - Chaokoh

Ilhas Phi Phi - Chaokoh
Chaokoh. Foto: Divulgação

Long Beach

Esse é o lugar certo se você quiser fugir totalmente do agito e contar com alguma estrutura: a praia é praticamente exclusiva para os hóspedes que ficam por lá, com um clima bem mais família/ casal. Fica a 20 minutos a pé ou a 2 minutos de taxi boat de Tonsai Bay. Uma boa opção de bungalow por lá é o HIP Seaview Resort que tem uma vista incrível (diárias até 300 reais).

Ilhas Phi Phi - HIP Hotel

Ilhas Phi Phi - HIP Hotel
HIP. Foto: Divulgação

Também é possível se hospedar em Laem Tong Beach, Loh Bagao e na Relax Bay, mas você certamente ficará muito isolado. Agora é só escolher onde se hospedar em Phi Phi: no epicentro do agito ou no relax total.

Quer mais dicas de viagem? Curta nossa página no Facebook!

em algum lugar do mundo no facebook

Como chegar e se locomover em Phi Phi

Ilhas Phi Phi - Timetable
Horários dos barcos saindo de Ko Phi Phi

Como nenhuma das ilhas Phi Phi possui aeroporto, só é possível chegar de barco. Muitos viajantes optam por conhecer a província de Krabi primeiro e depois seguir para Phi Phi. (Se esse é o seu caso, não deixe de conferir nosso guia completo de Krabi)

Mas existem barcos diários saindo de Krabi, Phuket, Surat Thani, Ko Lanta, Ko Lipe, Ko Jum. Há também opções de tickets que conjugam parte terrestre e marítima, saindo de Ko Samui, Ko Tao, Ko Pha Ngan e Bangkok

Chegando por lá podemos fazer tudo a pé, a não ser que você esteja hospedado em Long Beach, ou em alguma praia mais afastada onde terá que caminhar bastante ou optar por um taxi boat. Não é possível alugar scooter por lá.

Melhor época para visitar Phi Phi

Podendo escolher, o ideal é visitar as ilhas Phi Phi durante a época seca da região: entre os meses de dezembro e abril. A época das chuvas, em que ocorrem as famosas monções, ocorre entre maio e novembro. Se puder evite. Mas se não der pra evitar, vá mesmo assim e aproveite que por aqui faz calor o ano todo! É bom lembrar que Phi Phi não tem baixa temporada, mas a altíssima temporada são os meses de dezembro e janeiro.

Para entender melhor o clima em Phi Phi e em outras regiões do país, leia o post “Melhor época para visitar a Tailândia”.

Quantos dias ficar em em Phi Phi

Depende do seu gosto, mas diríamos no mínimo três dias e duas noites para poder explorar o melhor das ilhas Phi Phi, sem deixar de fora nenhuma das atrações que listamos para fazer por lá!

Viaje tranquilo:

Achamos que não vale a pena correr o risco de viajar sem seguro viagem, às vezes até algo que comemos pode não cair muito bem, e aí já viu né? Já precisei de atendimento médico na Tailândia e o serviço foi ótimo, mas não pagar a conta do hospital foi melhor ainda. Sugerimos sempre fazer uma busca nas opções no site Segurospromo, que funciona como um bom comparador de preços, e ajuda a escolher o seguro que melhor se adequa ao seu estilo de viagem. GANHE 5% de desconto utilizando o nosso código promocional EMALGUMLUGAR5 . Viaje sem preocupações!

Apesar das mudanças, Phi Phi continua sendo imperdível!

A primeira vez que estive em Phi Phi foi em 2013. Encontrei uma ilha super movimentada, lotada de hotéis e comércios, um paraíso muito mais desenvolvido e explorado do que eu poderia imaginar. Não encontrei uma pessoa falando português. Três anos depois, vi que brasileiros estão em peso na ilha. E a sensação é de que a quantidade de hotéis e comércio triplicou.

Não tem como negar que de todas as vezes que estive lá, saí com a sensação de querer ter visitado este local há 20 anos atrás, quando ainda não tinha sido tão devorada pelo turismo de massa. Caímos no paradoxo do paraíso escondido – que cedo ou tarde é achado e depredado. Nem mesmo um Tsunami foi capaz de alterar o viés para um turismo mais sustentável, pelo contrário.

Apesar dos pesares, esse é um daqueles lugares que você precisa ver com seus próprios olhos antes de morrer. A beleza das ilhas Phi Phi é incomparável, mesmo em uma região do mundo que é conhecida por seus destinos deslumbrantes.

Se quiser mais dicas para planejar a sua viagem perfeita para Tailândia, não deixe de ver todos os posts sobre esse país que consideramos nossa segunda casa:

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.

Booking.com

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here