Quase todo viajante que chega na capital tailandesa tem em sua lista de atividades os famosos mercados flutuantes. Existem diversos e, para quem tem tempo de conhecer apenas um, vem a dúvida na hora de escolher: qual o melhor mercado flutuante de Bangkok?

Mercado Flutuante Bangkok Khlong Lat Mayom

Algumas pessoas já desconsideram de imediato fazer o passeio porque acham que vão ter que acordar às 5h da manhã ou vão perder o dia todo. Mas calma, que esse sacrifício só serve para um mercado: existem várias opções mais práticas, rápidas, originais e que valem a visita!

Garantir aquela foto bonita ou ter uma experiência positiva e autêntica vai depender muito de qual deles você vai escolher visitar. Já estive em alguns e posso garantir: cada um tem suas características, prós e contras. Nesse post falo sobre os principais e dou minha opinião sobre qual é o melhor mercado flutuante de Bangkok.

Veja também: O Que Fazer em Bangkok – Guia Completo

Principais Mercados Flutuantes de Bangkok

Damnoen Saduak Floating Market

Se você chegar em uma agência procurando por um tour em um mercado flutuante, eu diria que você tem 99% de chance de parar no Damnoen Saduak Floating Market.

É para onde a maioria esmagadora dos turistas vão, inclusive aqueles que chegam em grandes excursões, disputando espaço e se metendo na sua frente para tirar fotos e selfies com os barquinhos.

Sinceramente, eu não entendo porque todo mundo vai pra lá se, na minha humilde opinião, ele é a maior furada de todos, aquela verdadeira armadilha para turistas.

Primeiro, você tem que madrugar para chegar ao Damnoen Saduak. Saindo de Bangkok, a viagem leva aproximadamente duas horas, ou seja, esse é o mercado flutuante de Bangkok mais distante do centro.

Nem pense em se atrasar, senão o que você irá encontrar por lá será um engarrafamento de pessoas e barquinhos.

O Damnoen Saduak é extremamente turístico, você raramente irá encontrar tailandeses por lá fazendo compras. Se você quiser ter uma experiência mais original, é melhor ir para outro mercado.

Os pontos positivos desse mercado são: ele é o único que funciona todos os dias da semana, pode ser sua única alternativa caso suas datas estejam limitadas em Bangkok. É também o que tem mais barquinhos flutuantes nos canais, o que poderia garantir boas fotos se não tivesse tanto tumulto em volta.

Como chegar: Ônibus para o Damnoen Saduak partem do Terminal de Ônibus ao sul de Bangkok. Muita gente prefere fechar esse tour com agência.  Funciona todos os dias.

Mercado Flutuante Bangkok Khlong Lat Mayom 1

Amphawa Floating Market

Embora também não seja tão perto do centro de Bangkok, o Amphawa te garante uma experiência bem melhor que o anterior. Esse mercado flutuante fica a uns 50 km de Bangkok e a viagem leva pouco mais de uma hora.

Segundo muitos tailandeses, esse é o melhor mercado flutuante de Bangkok. Isso significa que você tem grandes chances de encontrar um mercado lotado, mas a maioria das pessoas que passeiam por lá são os próprios tailandeses.

Há várias barraquinhas em volta do canal, vendendo comidas, souvenirs, acessórios, de tudo um pouco. Os barquinhos vendem não só frutas e vegetais frescos, como comida feita na hora. Foi bem legal sentar na beira do canal e ver meu pad thai sendo preparado ali dentro do barco. Há também muitas opções de frutos do mar. Veja o post sobre comida tailandesa pra saber algumas opções que você pode encontrar.

Mercado Flutuante Bangkok Amphawa 3 Mercado Flutuante Bangkok Amphawa 2

Mercado Flutuante Bangkok Amphawa 4

Depois do almoço, nós resolvemos entrar num dos barquinhos e curtir um tour pelo canal. Ao se afastar do mercado flutuante, o cenário vai mudando e dá até pra sentir a calmaria. O barquinho faz algumas paradas em diferentes templos que ficam na beira do canal. Dá pra sair do barco, conhecer os templos e voltar pra seguir viagem.

Um ponto positivo de ir ao Amphawa é que dá pra combinar a visita com outra famosa atração que vale conhecer, o Mercado do Trem Maeklong.

Como chegar: Pegando um ônibus no Terminal Sul de Bangkok. Você deverá pedir para descer em Samut Songkran e dali pegar um tuk tuk ou um táxi. Funciona aos sábados e domingos das 7h às 16h.

Khlong Lat Mayom Floating Market

Pronto, chegamos na resposta: para mim, o Khlong Lat Mayom é o melhor mercado flutuante de Bangkok. Se você quer ter uma experiência autêntica e ver como é o dia a dia em um mercado frequentado por tailandeses, esse é o lugar.

Eu já estava descrente, achando que todos os mercados flutuantes ou tinham virado atração turística ou estavam sempre insuportavelmente cheios. Até que, depois de pesquisar um pouco, descobri o Khlong Lat Mayom Floating Market. Vi que a Take Me Tour tinha um passeio para lá, com uma guia que morava ali pertinho. E lá fomos nós finalmente conhecer um mercado “de verdade”!

Esse é um dos mais recentes e, por mais que contraditório que pareça, é o que tem mais cara de tradicional. Isso se deve ao fato de que o mercado é em grande parte frequentado por tailandeses, e não turistas. Até vimos um ou outro com a câmera na mão, mas em nada interferiu nossa sensação de estar em um lugar original.

Mercado Flutuante Bangkok Khlong Lat Mayom 2

Mercado Flutuante Bangkok Khlong Lat Mayom 5

Nós chegamos por volta das 10h lá e já encontramos bastante movimento, mas o mercado não fica tumultuado ou lotado como os outros. Outro ponto pra ele! Assim que chegamos fomos pegar o barquinho pra dar uma volta pelos canais. A dica da nossa guia foi fazer logo o passeio, pois já estava muito quente e o calor só tendia a piorar.

O passeio durou cerca de 1 hora e meia, e já nos primeiros 10 minutos você é capaz de jurar que saiu de Bangkok. Muita paz, muito verde, um cenário maravilhoso! De vez em quando passava um barquinho com um senhorzinho remando, mostrando que a vida ali acontece em outro ritmo.

Mercado Flutuante Bangkok Khlong Lat Mayom

Terminado o passeio de barco, ficamos rodando pelo mercado que acontece ali na beira do canal. Ele é bem grandinho e ficamos um tempo perdidos nas opções de comida que tinham ali. Quanto ao mercado flutuante em si, não há taaantos barquinhos vendendo coisas (como no Damnoen Saduak por exemplo), mas tem na quantidade certa pra garantir uma experiência autêntica.

A fome bateu e nossa guia nos deu várias sugestões para o almoço. Deixamos ela escolher a barraquinha, já que ela conhecia tudo (aliás ela nos deu uma aula sobre vários assuntos). Encaramos um peixão assado e uns pedaços de frango, acompanhados de uns 5 molhos de pimenta diferentes (afinal, estamos na Tailândia!). Sobrou só osso e espinha.

Resumindo: quer conhecer o melhor mercado flutuante de Bangkok? Vá para o Khlong Lat Mayom! Só não sei se ele ficará bom assim por muito tempo!

Como chegar: Geralmente faço os passeios por conta própria, mas ter feito esse tour realmente foi a melhor opção. A nossa guia, Fern, contribuiu e muito pra experiência ter sido tão boa, se ela não soubesse alguma resposta ela prontamente perguntava ao vendedor pra ter a resposta ali, na hora. Você também pode pegar o BTS até Bang Wa e de lá seguir de táxi, que deve dar uns 120 baht.

Taling Chang Floating Market

Taling Chang é outro mercado flutuante de Bangkok que ganha pontos pela conveniência, por ficar relativamente perto do centro. Ele é mais antigo que o Khlong Lat Mayom Floating Market e, por ser mais conhecido, acaba recebendo muitos turistas, embora bem menos se comparado ao Damnoen Saduak.

É um mercado flutuante pequeno sem muitos canais, então o passeio de barco pode ser um pouco limitado e não ser tão interessante como no do Khlong Lat Mayom.

Mas ainda assim é gostoso relaxar por um momento e depois curtir um almoço feito ali na hora Só chegue cedo pois fica bem cheio. A boa aqui também é experimentar os frutos do mar.

Como chegar: Pegar o BTS até a estação Bang Wa e de lá pegar um táxi, que deve sair por uns 140 baht. Funciona das 8h às 16h, sábados e domingos.

Mercado Flutuante Bangkok Amphawa 1

Quer mais dicas de viagem? Curta nossa página no Facebook!

em algum lugar do mundo no facebook

Onde se hospedar em Bangkok

Planejando sua viagem pela capital tailandesa e ainda não sabe onde vai dormir? No guia completo de Bangkok, você encontra uma explicação detalhada das melhores regiões para se hospedar em Bangkok e sugestão de hostels e hotéis. Mas para um resumo rápido, aqui vão duas dicas:

A região de Old Town é onde fica a famosa Khao San Road, destino dos mochileiros e de quem quer ficar próximo das principais atrações turísticas. Tem acomodação para todos os gostos ali, e eu sugiro o Thanabhumi ou o Paragon One Residence.

Outra opção que até prefiro é ficar por Siam/ Silom. É uma região central, com muito comércio e BTS pra te levar pra todos os lados de Bangkok. O Cubic Bangkok é uma boa opção de hotel na área.

Veja o vídeo com a nossa visita ao Khlong Lat Mayom Floating Market:

Agora que você já sabe qual o melhor mercado flutuante de Bangkok (em nossa opinião), em qual você iria? Se você já foi, qual o seu preferido?

Para mais dicas de viagem de Bangkok e da Tailândia, dá uma olhada nesses posts:

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.

Booking.com

 

25 COMENTÁRIOS

  1. Bangkok é aquele lugar que sempre quis ir, mas nunca coloquei o planejamento de fato pra frente. Vou fazendo outros destinos e quando vejo um post assim, me lembro exatamente porque preciso fazer esse desejo de conhecer essa região virar realidade. Esses mercados são surreais, uma realidade e cultura tao diferente da nossa. Preciso ver isso de perto!

    • Klecia, pode colocar esse planejamento pra rodar e ir sem medo, Bangkok é demais! Somos suspeitos pra falar pq moramos na cidade por um tempo, mas te garanto que não tem como não curtir, principalmente se for com o coração aberto pra aprender mais sobre a cultura. Se precisar de dicas, só chamar! Um abraço!

    • Você vai amar Bangkok, só vá de coração aberto para vivenciar algo bem diferente! Ah, e o barquinho não balança nada! É completamente estável e ás águas dos canais sã bem calminhas 🙂

    • Obrigada 🙂 O mercado realmente é muito interessante, diria que é um passeio imperdível pra quem quer conhecer mais da cultura tailandesa em Bangkok!

    • Obrigada! Fico feliz com seu relato, a idéia é mesmo mostrar mais desses mercados e incentivar que os viajantes façam uma visitinha! Um abraço!

  2. Não sei se eu iria hahaha E o medo de cair? Mas que são interessantes são, achei muito original e como vários comentaram o fato de produzirem o alimento ali é ainda mais legal de ir se visitar.
    Ainda não conheço Bangkok, mas por essas peculiaridades espero muito poder ir um dia!
    Adorei o post!
    Beijos.

    • Oi Paula! Pode ficar tranquila se vier um dia, os barquinhos são muito estáveis e nem balançam! Dá pra curtir o passeio sem medo e depois aproveitar pra provar uma comidinha thai. Delícia de programa! Beijos!

  3. Confesso pra você que não curti muito os programas pega turista em Bangkok não, mas me aventurei por Thonburi e fiquei encantada. Acho incrível essa possibilidade que grandes cidades como Bangkok nos dão de descobrir a poesia no dia a dia das pessoas que moram por lá. Post encantador. Me bateu saudades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here