A cidade de Hamburgo é a segunda maior da Alemanha e foi também a segunda parada do nosso roteiro pelo país. Sendo uma das mais ricas e industriais cidades alemãs, Hamburgo está cercada de verde e água – e passear por lá é definitivamente uma delícia!

Hamburgo foi reconstruída após a Segunda Guerra e o que encontramos hoje é um lugar cheio de vida, em uma mistura de tradicional com moderno que dá a Hamburgo um clima bem especial.

Nós passamos 4 dias maravilhosos em Hamburgo com o pessoal do Come to Hamburg, que nos ajudou a ter as melhores experiências na cidade. Contamos agora nossas dicas do que fazer em Hamburgo, com tudo que você precisa saber pra sua viagem também ser inesquecível.

o que fazer em Hamburgo
Vista panorâmica de Hamburgo

Onde ficar em Hamburgo

O sistema de transportes na cidade funciona perfeitamente. Nesses casos, o que se torna mais importante na escolha de onde se hospedar em Hamburgo é a proximidade com o transporte público e a qualidade/ serviço do hotel. Nós ficamos em dois hotéis excelentes em Hamburgo:

Heikotel Hotel Am Stadtpark fica em uma rua deliciosamente calma, mas a apenas 3 minutos andando da estação do metrô (Saarlandstr. da linha U3). Do hotel pro centro não levávamos mais que 20 minutos. Além da ótima localização, o hotel era puro conforto. Todo novinho, quarto muito espaçoso e confortável. Tinha também uma boa academia (que não usamos porque nos faltou vergonha na cara) e o café da manhã era maravilhoso: um buffet muito variado, daqueles que dá vontade de emendar pro almoço e pro jantar. A diária custa a partir de 70 euros, com café incluso.

o que fazer em Hamburgo
Heikotel Hotel Am Stadtpark. Foto: divulgação

Já o Superbude Hotel Hostel St. Georg é uma opção econômica mas com muito conforto e estilo. Uma decoração incrível num estilo art deco, tudo muito colorido e com um clima super alto astral e easy going ao mesmo tempo. Ele fica perto da Estação Central de trem. O café custa adicionais 9 euros e é servido em sistema de buffet até o meio-dia, com waffles e paninis fresquinhos. Ou seja, pirei! O quarto era bem grande e confortável. Os compartilhados custam a partir de 16 euros, já os quartos duplos ficam a partir de 60 euros.

o que fazer em Hamburgo
Superbude Hotel Hostel St Georg. Foto: Divulgação

O que fazer em Hamburgo

A cidade de Hamburgo é uma delícia e tem muito o que se ver por lá. Além das atrações principais que incluem visitas ao porto e a igrejas por exemplo, Hamburgo está cheia de museus, galerias, áreas de compras e cantinhos especiais como a praia na região de Övelgönne. Citamos aqui os lugares mais interessantes de Hamburgo pra você colocar no seu roteiro.

Porto de Hamburgo

O Porto de Hamburgo (Hamburger Hafen) reúne algumas das principais atrações turísticas da cidade, sendo um bom ponto de partida para iniciar seu tour por Hamburgo.

Uma das melhores formas de se ambientar por ali é fazendo um passeio de barco. Basta ir até o píer em Landungsbrücken, dar uma olhada no movimento de pessoas, tomar uma cervejinha pra começar bem o dia e já partir pro seu passeio de barco.

Por 18 euros você pode fazer um tour de cerca de uma hora, que inclui guia (alemão ou inglês) ou áudio-guia, que vai explicando sobre a história do porto e dos arredores em detalhes. Nós fizemos esse tour com a Barkassen-Meyer e foi bem curioso saber dos números astronômicos desse porto, que é um dos maiores do mundo. Outra coisa impressionante e assustadora é chegar bem perto dos cargueiros gigantescos, lotados de contêineres.

o que fazer em Hamburgo
Passeio pelo Porto de Hamburgo
o que fazer em Hamburgo
Porto de Hamburgo

Para uma alternativa mais econômica (e sem guia), é só pegar a barca nº 62, que parte da ponte 3 ali em Landungsbrücken e vai até Finkenwerder, fazendo algumas paradas pelo caminho. Se você tiver um Hamburg Card, o transporte na barca já está incluído. Caso não, só comprar um bilhete por 3,20 euros ali mesmo no píer.

Se puder, aproveite as paradas para conhecer dois lugares:

Övelgönne

Uma antiga vila de pescadores, Övelgönne vale a visita pelas casas bonitas e pelo movimento de pessoas na praia conhecida como Elb-beach (difícil chamar uma pequena faixa na borda do rio de praia, mas é né?)

Dê uma caminhada pela Elbstrand e, antes de partir pro seu próximo destino, faça uma pausa pro almoço ali no Kleinhuis’ Restaurantschiff, um restaurante que funciona dentro de um barco, bem ali no píer onde a barca nº 62 faz sua parada.

o que fazer em Hamburgo
Praia de Ovelgone
o que fazer em Hamburgo
Restaurante que funciona dentro de um barco

Fish Market

Um clássico de Hamburgo que rola todos os domingos – e que nós perdemos pois só estivemos lá durante a semana. O Mercado de Peixe é daqueles lugares cheios de vida, cheiros e cores, que concentram turistas e locais que vão em busca de boa comida e diversão.

São várias barracas vendendo frutas, legumes, salsichas (e peixes, claro). Lugar perfeito pra encher a barriga de delícias alemãs, ou curar a ressaca de sábado. Não chegue tarde pois funciona apenas na parte da manhã, até cerca de 12h30.

Elbe Tunnel

Deixe agora os barcos de lado e atravesse o rio de outra forma: cruzando o Antigo Elbe Tunnel. Esse túnel passa por debaixo do Rio Elbe, ligando o Centro de Hamburgo com o lado sul do rio. É possível cruzar o túnel à pé, de bicicleta ou de carro. Observe a arquitetura do túnel, que foi construído em 1907 e está em uso desde 1911. Chegando do outro lado do túnel, aproveite para observar a bela vista de Hamburgo do outro lado do rio.

o que fazer em Hamburgo
Elbe Tunnel

Warehouse/ Speicherstadt

Uma das regiões que mais gostamos de Hamburgo, Speicherstadt merece uma caminhada longa e sem pressa. Incrível pensar que toda essa área de armazéns foi toda construída em cima de pilares de madeira no século 19.

Na época, os armazéns serviam para estocar tabaco, especiarias, seda, frutas secas e café. Hoje em dia não é possível entrar nos armazéns, mas toda a região foi revitalizada e parte dela é conhecida como Hafen City (Cidade do Porto). Vários escritórios e museus ocuparam o local.

o que fazer em Hamburgo
Speicherstadt

Internationales Maritimes Museum

E por falar em museus na região do Porto, um que merece destaque é o Internationales Maritimes Museum: são 9 andares para a exposição de mais de 3 mil anos de história marítima. Você vai ver de tudo lá: modelos de barco, miniaturas, planos de construção, quadros, uniformes… o museu é lindo, completo e muito organizado. Achei que vale a visita mesmo pra quem não é fã do assunto como eu. A entrada custa 13 euros.

o que fazer em Hamburgo
Internationales Maritimes Museum

Miniatur Wunderland

Outra atração próxima é o Miniatur Wunderland: são mais de 12 mil metros de trilhos e 890 trens passeando pelo mundo em miniatura que é recriado nesse museu.

Lá dentro o espaço é dividido em 5 regiões: Sul da Alemanha, Hamburgo, América, Escandinávia e Suíça. As miniaturas cheias de detalhes são realmente impressionantes, é tipo o sonho de qualquer criança!

Nós achamos o lugar cheio demais e parece ser sempre assim. Por isso, se você quiser ir, recomendo comprar o ingresso com antecedência pra evitar filas e ir de preferência em dias de semana. Custa 13 euros.

o que fazer em Hamburgo
Miniatur Wunderland
o que fazer em Hamburgo
Miniatur Wunderland

Elbphilharmonie Concert Hall

Se tem um lugar que não passa despercebido, é o Elbphilharmonie Concert Hall. O prédio é uma mistura de estilos: a parte de baixo foi o maior armazém da região, construído em 1875. Já a parte de cima é recente, com toda a fachada feita de vidro.

A entrada no prédio é gratuita, mas não visitamos as salas de concerto. A vista lá de cima é bem bonita, mas há lugares melhores para se apreciar a vista de Hamburgo (falarei mais pra frente). O que vale mesmo aqui é apreciar a obra do lado de fora.

o que fazer em Hamburgo
Elbphilarmonie

Dica extra: Carls Brasserie

O melhor que você pode fazer após essa visita é andar mais uns poucos passos e parar no Restaurante Carls Brasserie. Não há melhor lugar para ter um jantar ma-ra-vi-lho-so, com vista para o Porto e para a Elbphilharmonie. Simplesmente vá.

Sério, foi o melhor restaurante que experimentamos em Hamburgo, acredite que ele é digno de sua visita. Vale cada centavo, cada mordida. É um restaurante francês, mas adianto que saí quase passando mal de tanto comer! Só vou deixar as fotos aqui pra vc entender do que eu tô falando:

o que fazer em Hamburgo
Peixe delícia no Carls Brasserie
o que fazer em Hamburgo
Olha essa sobremesa!

Parques e Lagos

Não é preciso ir longe para curtir um pouco da natureza em Hamburgo: há belas opções de parques e lagos bem no centro da cidade. Nós fomos a dois:

Planten Un Blomen Park

Um lugar maravilhoso para relaxar e curtir uma enorme área verde. Há um jardim japonês, alguns lagos, cafés e muito espaço de recreação par crianças. No verão, há um pavilhão com concertos ao vivo todo fim de semana. Já no inverno, dá pra curtir uma pista de patinação no gelo.

o que fazer em Hamburgo
Planten Un Blomen

Great Lakes: Inner Alster e Outer Alster

O Inner Alster (Binnenalster) e o Outer Alster (Aussenalster) são dois grandes lagos artificiais no centro da cidade, ligados aos rios Alster e Elbe. É por ali que você encontra uma bela paisagem, com belos parques, praças e avendidas nas proximidades. Vale conferir as boutiques e galerias ali em Pöseldorf, visitar o maior shopping center da cidade em Ballindamm, ou ainda conferir os cafés bem estilosos e elegantes da Jungfernstieg.

o que fazer em Hamburgo
Inner Alster

St. Michaelis Kirche

Hamburgo tem várias igrejas, sendo a St. Michaelis Kirche a mais famosa delas. Tinha tempo que não entrávamos em uma igreja. E depois de uma longa temporada na Tailândia acostumados com os templos, voltamos a ficar impressionados com essas construções enormes.

A St. Michaelis Kirche foi construída em estilo barroco entre 1750 e 1762. Sua torre tem 132 metros de altura e é do seu topo que você terá uma das melhores vistas de Hamburgo.

Você paga 5 euros (ou 4 euros com Hamburg Card) para acessá-la, pode escolher ir de elevador ou de escada. Nós subimos de elevador e descemos de escada, podendo observar os sinos enormes e a engenhosa máquina do relógio que ficam dentro da torre.

o que fazer em Hamburgo
Interior da St. Michaelis Kirche
o que fazer em Hamburgo
Vista do alto da torre da Igreja

Dica extra: quer outros lugares pra curtir a vista panorâmica de Hamburgo? Experimente os rooftops 20UP Bar e Clouds.

Museus

Difícil viajar por uma cidade importante da Alemanha sem passar por nenhum museu, né? Pois Hamburgo tem vários, e vou falar aqui dos mais importantes:

Kunstmeile Hamburg

Esse é o nome dado a um conjunto de 5 museus: Kunsthalle, Deichtorhallen, Museum für Kunst und Gewerbe, Kunstverein e Bucerius Kunst Forum.

Todos ficam a uma distância relativamente curta um do outro e existe um bilhete que dá acesso a todos esses museus, custando 36 euros. Nós conseguimos visitar dois desses museus: o Kunsthalle e o Deichtorhallen.

O Kunsthalle é uma das melhores galerias de arte da Alemanha. São 3 prédios conectados, que fazem você se perder lá dentro. Muita arte moderna e contemporânea, além de obras dos séculos 14 a 17. Você encontra desde Renoir até Picasso e Andy Warhol. O ingresso separado desse museu custa 12 euros.

O Deichtorhallen surgiu da junção de dois mercados do século 19, que foram transformados em salas de exibição feitas de concreto e vidro, com exposições de fotografia e arte contemporânea. O valor do ingresso exclusivo para esse museu é de 10 euros.

o que fazer em Hamburgo
Kunsthalle
o que fazer em Hamburgo
Kunsthalle

Rathaus (Prefeitura)

Em um estilo neo renascentista, o Rathaus (prédio da Prefeitura de Hamburgo) é uma obra linda e enorme, tendo 647 salas e sendo maior que o Palácio de Buckingham em Londres. Há visitas guiadas (em inglês) que duram cerca de 35 minutos. Infelizmente estávamos com o tempo corrido e não conseguimos fazer o tour, mas no primeiro andar estava rolando uma exposição bem marcante sobre os refugiados da Síria.

o que fazer em Hamburgo
Rathaus

Dica: próximo à Prefeitura fica a Mönckebergstrasse, rua que concentra a principal região de compras de Hamburgo. Se estiver com disposição para compras, esse é o lugar.

Reeperbahn (Distrito Vermelho)

A região concentra alguns dos melhores bares e boates da cidade, além dos famosos clubes de strip e prostituição. Sim, Reeperbahn é um red light district localizado na St. Pauli, bem no centro da cidade. Mas não é só isso não.

É ali que ficam também os principais cinemas e teatros de Hamburgo, então a área está sempre muito movimentada. Nós fomos em pleno verão e o bairro estava super agitado, com food trucks por todos os lados vendendo comida boa e barata. Definitivamente vale a visita.

Quanto à zona de prostituição, ela se concentra em uma rua que tem um acesso restrito por um paredão, desaconselhando a entrada de mulheres. Ali dentro ficam as prostitutas expostas em vitrines, que lembram o famoso Red Light District de Amsterdã. Eu fui lá conferir e não achei nada tão chocante, pelo menos nada comparado à experiência que tivemos com um ping pong show em Bangkok.

o que fazer em Hamburgo
Food trucks em Reeperbahn
o que fazer em Hamburgo
Rua das vitrines com uma parede restringindo o acesso

De qualquer forma, se você quiser se divertir, ouvir uma boa música ao vivo e curtir a noite, esse é o lugar. Alguns lugares recomendados: Rosi’s Bar (pequeno bar com DJ e bebida barata, na Hamburger Berg 7), Hotel Hongkong (um bar que nunca fecha na Hamburger Berg 14),  e o Mojo Club (um jazz club na Reeperbahn 1).

Como se locomover em Hamburgo

É muito fácil circular por Hamburgo. Sem dúvidas, a melhor maneira de conhecer a cidade é à pé. As ruas são bem agradáveis para se passear. Porém, o sistema de transportes funciona lindamente, com opções de ônibus, metrô (U-Bahn) e trem (S-Bahn) que te levam para todos os cantos em pouco tempo.

Um bilhete simples custa a partir de 3,20 euros e pode ser comprado na hora em máquinas nas estações. Uma boa opção para quem está a passeio é o Hamburg Card, com viagens ilimitadas por 9,90 euros (para 1 dia) até 41,50 euros (5 dias). Além disso, ele dá desconto em diversas atrações de Hannover, você pode conferir aqui.

Onde/ o que comer em hamburgo

Não tenha dúvidas que você vai comer muito bem em Hamburgo. Há diversas opções de restaurantes servindo peixes frescos, salsichas típicas como bratwurst, hambúrgueres deliciosos e tudo mais que você imaginar.

Dos lugares que experimentamos, recomendamos 3 restaurantes: para um hambúrguer beeem suculento, vá ao Better Burger Company. Para um jantar diferente, curta o fim do dia no Kleinhuis’ Restaurantschiff, o restaurante que funciona dentro de um barco. E para o restaurante mais estiloso (e gostoso) dos últimos tempos, vá comemorar sua viagem no Carls, ao lado da Elbphilarmonie.

o que fazer em Hamburgo
Comendo bem no Carls Brasserie

Lembre-se: o seguro viagem é obrigatório na Europa

Na hora de organizar sua viagem para Hamburgo, não se esqueça que é preciso incluir um seguro viagem no seu orçamento. É obrigatório ter um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros. A gente sempre sugere fazer uma boa cotação online, usando o buscador Seguros Promo pra pesquisar diversas opções. Pode usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e garantir 5% de desconto.

Resumão das dicas de Hamburgo:

  • Um bom fim de semana é tempo suficiente pra conhecer o melhor de Hamburgo. Para fazer tudo sem correria e curtir as melhores atrações, separe 4 dias.
  • Hamburg Card facilita os deslocamentos. É ótimo andar pela cidade, mas o transporte te economiza algum tempo e esse cartão ainda dá descontos.
  • Mais importante que ficar hospedado bem no centro, é ficar perto do metrô ou do ponto de ônibus. Nós curtimos muito os hotéis que ficamos, e você pode conferir uma lista de hotéis em Hamburgo aqui.
  • Miniatur Wonderland – se você quiser mesmo ir, chegue bem cedo e de preferência durante a semana, senão você corre o risco de se arrepender.

Quer mais dicas de viagem? Curta nossa página no Facebook!

em algum lugar do mundo no facebook

Agora que você já sabe tudo o que fazer em Hamburgo, conta pra gente o que não ficaria de fora do seu roteiro!

Nossa viagem para Hamburgo foi organizada por Come to Hamburg, que tem um escritório lindo e uma equipe dez por trás do projeto.

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.

Booking.com
COMPARTILHAR
Artigo anteriorTURISMO NO MYANMAR: 10 LUGARES QUE VOCÊ PRECISA CONHECER
Próximo artigoO QUE FAZER EM HANOI, VIETNÃ: DICAS DE VIAGEM
32 anos. Carioca. Colecionava carimbos no passaporte durante as férias, mas resolveu levar esse hobbie a sério. Jornalista, trabalhou com marketing por um bom tempo, mas deixou o mundo corporativo para viver uma vida com mais significado. Convenceu o Caio a se jogar no mundo e hoje se dá por satisfeita carregando um caderninho, uma câmera e um tapete de yoga.

9 COMENTÁRIOS

  1. Ai, que delícia de lugar! Vontade de chorar, porque quase fomos a Hamburgo neste ano, mas não deu tempo e desistimos na última hora. Estávamos em Berlim e fomos também a Füssen e Frankfurt. Queria muito ter ido ao mini mundo. Mas olha, amei Speicherstadt pelo teu relato e foto. Agora sei que devemos ir e ficar em Hamburgo mais de um dia.

  2. Perfeito o teu guia! Voces conseguira em 4 dias fazer muitas coisas!!!
    Passei por Hamburgo a caminho de Bremen. Queria ter feito uma pausa, mas nos organizamos muito em cima da hora e acabamos não ficando por là. Mas ainda bem! Eu certamente iria precisar de 1 semana para fazer o que vcs fizeram (com meu filho, somos mais lerdinhos).
    hhehehehe

  3. Fiquei super curiosa pra conhecer Hamburgo! Achei as fotos do porto lindas, e sou completamente maluca por mercados, entao o mercado de peixes não poderia faltar no meu roteiro! Sem falar nos museus ne? Cada opção que nem sei escolher qual eu mais quero conhecer! Vou ter que ir em todos 😀

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here