Engana-se quem acha que Bali é uma pequena ilha na Indonésia: são diferentes regiões com características igualmente diversas. E Ubud, um lugar no centro da Ilha, foi o que mais nos encantou.

Quando se fala em Bali, pode ser que a primeira imagem que nos venha em mente é a de uma praia rodeada de palmeiras, águas azuis com ondas perfeitas e cheias de surfistas.

Mas Bali tem muito mais para oferecer, e Ubud é sem dúvidas um excelente exemplo do quão maravilhosa é esta ilha.

Ubud, rodeada por campos de arroz, é descrita como o centro de cultura de Bali. Ali você encontra galerias de arte, espetáculos de dança e música tradicionais, além de templos e muitas oportunidades de conviver de perto com a cultura balinesa.

Ubud
Família em Evento Hindu em Ubud

Por que Ubud?

Ubud foi um dos lugares que mais gostamos no sudeste asiático. Longe do mar, localizada na região central da ilha, Ubud é considerada a capital cultural de Bali. Ela fica em meio à floresta, com lojinhas e cafés naturais lotados de nômades digitais que passam o dia entre a internet, massagens e aulas de yoga. Nada mal, né?

Mas mesmo que esta onda de encontro espiritual não seja a sua praia, reserve alguns dias para explorar a região. Em Bali, não há melhor lugar que aqui para vivenciar um pouco da essência do hinduísmo e das tradições do povo balinês.

Sem falar que tem muito o que fazer em Ubud: os principais e mais famosos templos de Bali ficam por aqui. Sabe aqueles lindos arrozais, que ficaram famosos com o filme Comer, Rezar e Amar e são sucesso no Instagram? Em Ubud ambém. Pode ter certeza que, mesmo afastada da praia, sobram cartões postais nessa área.

Bom saber que Ubud conta com a melhor infra estrutura turística de Bali. O clima aqui também é mais relaxado do que nas badaladas Kuta e Seminyak, por exemplo. Um monte de gente de diferentes nacionalidades escolher ficar por Ubud; encontrando ali um refúgio e um terreno fértil para criativos.

O que fazer em Ubud

Pelo centro: Ubud Palace, Monkey Forest, danças típicas, mercados e lojinhas

O centro de Ubud é movimentado e repleto de opções turísticas: massagens, restaurantes e muitas lojinhas de artesanato e arte, entre a floresta e muitos macacos.

Ubud Palace e danças típicas

O Puri Salen Palace, mais conhecido como Ubud Palace, é a residência da família real, além de um belo exemplo da riqueza da arquitetura de Bali.  Se você tem interesse nesta parte cultural, o palácio é um ótimo lugar para apreciar os detalhes do design tradicional, mesmo que em uma visita rápida. Infelizmente, quando estivemos lá parte da construção encontrava-se fechada para o público, devido a manutenções. 

Ubud

O Ubud Palace também é muito famoso pelas apresentações de danças típicas da Indonésia – tais como o barong, kecak e keris. São performances em grupo ou individuais que acontecem todas as noites às 19h30, em um teatro aberto com diferentes programações.

Nas terças-feiras, acontecem shows do Ramayana Ballet, que são os mais disputados, sendo recomendado chegar cedo para garantir seus lugares. Os números duram em média 1 hora e meia e os ingressos custam cerca de 100.000 IDR.

Museu Puri Lukisan

Museu Puri Lukisan, localizado na rua principal e com mais de 50 anos de história, tem em seu acervo belas peças de arte balinesa. Sem falar do agradável jardim, onde acontecem apresentações regulares. Sem dúvidas uma boa pedida!

Ubud

Monkey Forest

Caminhe por entre a floresta nativa observando mais de 300 macacos, nada tímidos por sinal. E se prepare, pois eles podem pular em você, principalmente se suspeitarem que há comida na sua mochila!

Infelizmente, os macacos da Monkey Forest se acostumaram a comer apenas o alimento dado pelo turista. Se tiver medo, basta ignorá-los, mas é bom não ficar com nada de valor – celulares ou óculos escuros – na mão ou pendurado. De qualquer maneira é um passeio interessante!

E por favooorrrr: não alimente os macacos! Nada de biscoitos, chocolate, nem mesmo bananas ou água! Eles sabem se virar sozinhos e não precisam de humanos para desequilibrar o meio ambiente 😉

Ubud

Ubud
Monkey Forest

Veja também: 15 COISAS IMPERDÍVEIS PARA FAZER NA ILHA DE BALI

Ubud Market

Bali é mundialmente famosa por seu artesanato. Tem gente inclusive que ganha a vida vendendo artes balinesas mundo afora por preços exorbitantes. Já que estamos aqui, nada mal dar uma conferida no Ubud Market, que funciona todos os dias até as 17 horas, ao lado do Ubud Palace. Trata-se do maior mercado de artesanatos de Ubud, onde podemos barganhar um lindo sarong, pratas e belíssimas esculturas.

Ubud Market-1

No início do dia também encontramos temperos, alimentos, oferendas e frutas sendo vendidos, já que os balineses só cozinham uma vez por dia, pela manhã. Vale a pena ir de manhã para conferir um gostinho da vida local!

Outros mercados e artesanatos:

Artesanatos para viagem: o Pasar Seni Art Market é um pequeno shopping, por falta de outra palavra, de dois andares com muitas pequenas lojas de artesanato. É o lugar para encontrar lindas peças. Como sempre, não esqueça de colocar suas táticas de barganha em ação!

No caminho para Ubud existem muitos vilarejos que vivem da venda de artesanatos incríveis. Vale a pena conferir também a Celuk Village – artes e joias em prata e ouro – a Mas Village – especialista em esculturas de madeira, que oferecem até mesmo cursos de meio dia ou de um dia inteiro pra quem quer treinar suas habilidades.

Ubud
Celuk Village
Ubud
Mas Village

Campos de arroz:

Campuhan Ridge walk

Perto de Ubud há várias opções de passeios agradáveis pelos famosos arrozais. É só sair 5 minutos do centrinho que já começamos a vê-los entre cenas do cotidiano dos vilarejos locais, decorados com os típicos adornos arquitetônicos balineses.

Ubud
Foto: Jnzl’s Photos / CC BY 2.0

Uma das caminhadas mais bonitas e tranquilas pelos campos é a Campuhan Ridge Walk – subida de cerca de 2 km até o cume de um monte bem verdinho, com uma linda vista para ambos os lados.  Trata-se de um ótimo ponto para apreciar o sol nascendo ou se pondo, refletindo nos campos de arroz ao seu redor. Estes horários, inclusive, são os melhores, já que durante o dia, dependendo da época do ano, é bem provável que esteja muito quente.

Para chegar lá é bem fácil: passando o Ubud Palace, você verá a entrada do Hotel Warwick à direita. Continue pela rua do hotel, virando na primeira rua à esquerda, onde você verá uma ponte. Depois da ponte vire à direita e, descendo, será possível avistar o início da trilha, ao lado de um pequeno templo chamado Gunung Lebah.

Tegalalang Rice Terrain

A cerca de 20 minutos de carro do centro de Ubud em direção ao norte, este talvez seja o terraço (rice field) mais popular da região, devido ao seu fácil acesso.  Nele podemos observar o sistema tradicional de irrigação cooperativa balinesa, o subak. Vale a pena entrar em seu interior e subir até seu topo, apreciando o visual do vale, com plantações entre coqueiros e flora nativa.

Para entrada normalmente é cobrada a taxa de 10.000 IDR, mas não é sempre. É cobrada também uma doação para manutenção da ponte caso você queira atravessar. (Uma senhorinha que ficava na ponte reclamou da nossa doação que, se não me engano, foi de 20.000 IDR – e ela queria o dobro!)

Ubud
Campo de Arroz Tegalalang

Pertinho de Tegalalang existem diversas fazendas de café que fazem degustações, além de algumas aldeias de artesãos como a de Pakudui, onde encontramos belos trabalhos em madeira, especializados na confecção da Garuda, uma figura mítica de Bali.

Jatiluwih Rice Fields

Um dos maiores arrozais, a cerca de 30 minutos de carro de Ubud, é considerado patrimônio da UNESCO. Só para você ter ideia de como o lugar é bonito, Jatiluwih, em tradução livre, significa “verdadeiramente maravilhoso”. Sugestivo, não?

Foto: Tracy Hunter / CC BY 2.0
Foto: Tracy Hunter / CC BY 2.0

Apesar do centro de Ubud ser movimentado e vibrante, são nestes campos que nos sentimos um pouco mais perto da essência e da simplicidade de Ubud. Não tem preço poder se sentar no alto deste terraço e apreciar o visual, nos perdendo em pensamentos e em plantações de arroz.

Principais templos:

Nas proximidades de Ubud ficam muitos dos templos mais famosos de Bali. Para entrar no interior destes é necessário usar um sarong (canga) mas, se esquecer de levar, pode ficar tranquilo que normalmente estes são emprestados gratuitamente na entrada. Muitos vendedores pressionam os turistas como se fosse a única opção, se não quiser comprar, não é necessário. Outra curiosidade é que mulheres em período menstrual, teoricamente, não podem entrar nos templos.

Selecionamos aqui os templos de Ubud que você não pode deixar de ver:

Ubud Water Palace, Saraswati Temple

Visite um templo tradicional balinês dentro de um moderno café. O Palácio das Águas, em tradução literal, foi construído em homenagem à deusa hindu da aprendizagem, literatura e arte. Seu interior tem um belo lago cheio de flores de lótus, além de lindas esculturas, máscaras e ornamentos decorativos, ao redor de onde se instalou o Café Lotus.

Todas as noites, com exceção de sexta-feira, rolam por aqui apresentações de dança balinesa muito bem produzidas, com belo figurino e banda, que podem ser assistidas acompanhando ou não o jantar. O jantar custa cerca de 80.000 IDR.

Ubud
Saraswati Temple

Endereço: Jalan Raya. Kajeng, Ubud Kab, Gianyar, Bali

Pura Ulun Danu Beratan, Water Temple

A beleza deslumbrante deste templo refletida nas águas do lago Bratan, o segundo maior de Bali, é um dos cartões postais da ilha. Uma imagem icônica que certamente você já viu em algum lugar. O clima por aqui é mais ameno, já que o templo encontra-se cercado por montanhas verdinhas a 1200m do nível do mar. Simplesmente imperdível.

Ubud
Foto: whyyan / CC BY 2.0

Quer mais dicas de viagem? Curta nossa página no Facebook!

em algum lugar do mundo no facebook

Goa Gajah, Elephant Cave

A caverna dos elefantes não é propriamente um templo, mas um sítio arqueológico de valor histórico e religioso, cuja construção data do século XI. O Goa Gajah era um local sagrado de meditação.

Em seu interior escuro existem esculturas hinduístas e budistas, ainda mais remotas, mas o nome remete à escultura principal da face de um elefante, localizada na entrada. O complexo fica aberto todos os dias das 8h às 16h. Os ingressos custam 15.000 IDR.

Ubud
Entrada do Goa Gajah

Ubud

Tirta Empul

Um dos templos mais famosos de Bali é o Tirta Empul. O templo das águas sagradas da primavera Tampak atrai fiéis e turistas que se banham em rituais curativos, sobretudo na Lua Cheia, quando suas piscinas ficam lotadas. Vale a pena conferir este belo ritual, tão diferente, nem que seja para ficar seco, do lado de fora! Os ingressos custam 15.000 IDR.

Ubud

Gunung Kawi

Uma relíquia histórica e de grande importância arqueológica, são as 10 estátuas de 7 metros esculpidas no século XI em rochas, segunda a lenda local, essas estátuas são homenagens póstumas ao rei Anak Wungsu e suas esposas favoritas. Os ingressos custam 10.000 IDR 

Ubud

Pura Gunung Kawi Sebatu

Não confundam o Gunug Kawi com o Pura Gunug Kawi Sebatu. Sim, a gente fez isso, mas valeu a pena! Nos deparamos com um lindo templo, só pra a gente! Também é cercado de piscinas lindas, uma delas cheias de flores de lotus e carpas! Foi ótimo para relaxar para quem tinha acabado de sair do Tirta Empul que estava um pouco cheio.

edf

Ubud

Outros Templos

Pura Besaki

O Pura Besaki ou “Templo Mãe”é um complexo, situado a 1.000m de altitude e compreende mais de 80 templos e foi nomeado Patrimônio Mundial em 1995. O principal deles é o Pura Penataran Agung.

Este é o maior e mais sagrado templo da ilha de Bali. Um dos seus destaques são os templos que representam a Trinidade Hindu: Pura Penataran Agung no centro com faixas brancas para Shiva, Pura Kiduling Kreteg na direita com faixas vermelhas para Brahma e Pura Batu Madeg com faixas pretas representa Vishnu. Visite ao menos esses três.

Ubud

Dica: Não pagamos nada para entrar! Muitos guias vão pressionam você falando que a contratação é obrigatória ou que você precisa comprar um sarong. Pode ignorar e siga andando! Próximo a subida você pode pegar um sarong emprestado (verde) e se não quiser um guia, basta seguir andando.

Cachoeiras e trekkings:

Tegenungan Waterfall

A maior e mais bela cachoeira de Ubud. A Tegenungan é uma queda d’água fortíssima emoldurada pela floresta, perfeita para um refresco! Os mais aventureiros arriscam pular do topo de seus 15m de altura. A única parte chata é que a cachoeira costuma estar sempre cheia, mas existem poços menores e mais reservados ao longo do rio.

O ingresso custa 10.000 IDR. Curiosos podem gostar de saber que em suas proximidades tem um pequeno templo que vale ser explorado!

Ubud

Como chegar: partindo do centro de Ubud para o Rio Petanu, na Vila Tegenungan, em Gianyar.

Mount Batur Trekking

Se você gosta de aventura e de natureza, Ubud é o lugar certo. Já imaginou ver o amanhecer do alto de um vulcão? Sim, por aqui é possível. Talvez você tenha que acordar as 2 da manhã, mas pode valer a pena. Nós não fizemos esse passeio, mas ouvimos muito bem sobre.

Foto: Anna & Michal / CC BY 2.0
Foto: Anna & Michal / CC BY 2.0

Outras cachoeiras:

Existem ainda muitas outras cachoeiras menores e mais vazias na região como a Git Git e a Kanto Lampo, que podem ser ótimas opções de passeio para matar o calorão, ou para um delicioso final de tarde, com gostinho de estar de fato no paraíso.

Mais dicas para curtir Ubud: não falta o que fazer por aqui!

Comida local e natural

Não faltam opções em Ubud para comer bem. De tendas de luxo com culinária internacional, ao simples e barato mie ou nasi goreng acompanhado de uma Bintang (a famosa cerveja balinesa), passando pelas diversas opções de comida natural – que incluem lindos bowls de frutas e saladas com muitos super alimentos. Você vai comer muito bem por aqui e sem gastar muito. E se você é vegetariano ou vegano, Ubud será o seu paraíso!

ubud prato tipico
Babi Guling: Prato típico de Ubud

Não deixe de provar também outros pratos típicos famosos. Pode começar com o babi guling (suckling pig): um leitão à pururuca apimentado, acompanhado de arroz e salada. Esse é um dos pratos de Ubud, servido no restaurante Ibu Oka e em outros pequenos locais por toda a região – é só ver uma plaquinha na porta anunciando o prato.

Yoga e massagens

Ubud nos últimos anos se tornou uma das capitais da yoga e do encontro espiritual. Se você tem esta pegada, aproveite para encontrar um retiro ou ao menos fazer algumas aulas para combinar com a energia do lugar!

Mas se você não gosta de yoga, certamente gosta de massagem. Afinal quem não gosta? Andando pela Monkey Forest Rd., encontramos mais casas de massagem do que qualquer outra coisa.  Diferente da massagem tailandesa, a massagem balinesa se assemelha mais com a nossa massagem relaxante, sendo usado, normalmente, óleos essenciais. É divino. E os preços, apesar de variarem bastante, são no geral bem em conta.

Confira: TUDO SOBRE NUSA PENIDA, UMA DAS ILHAS MAIS LINDAS DA INDONÉSIA

Onde ficar em Ubud

Ubud conta com ótimas opções de  hospedagem, desde cabanas luxuosas a simples hostels e hospedarias familiares. Pesquisando no Booking.com ou em outra ferramenta de busca (costumamos usar o Booking mesmo), é possível encontrar opções super em conta de bangalôs confortáveis com café da manhã incluso. Aqui vão algumas opções com preços para todos os bolsos:

Tini Villa

Cercada de campos de arroz, o Tini Villa fica a 5km do centro de Ubud, conta com uma ótima piscina para refrescar e relaxar nos dias de calor. Com diárias a partir de R$150. É uma excelente opção para quem quer um pouquinho mais de conforto.

Ubud

ThreeWin Homestay

O ThreeWin Homestay é uma bela opção para quem busca o melhor custo benefício. Com diárias de R$83, a hospedagem conta com cama king size, tem café da manhã incluído e fica bem no centro de Ubud.

Ubud

Jero di Bisma Hostel

Uma opção muito econômica para aqueles que buscam economizar na hospedagem. O Jero di Bisma Hostel possui camas em dormitórios a partir de R$24 e é muito bem recomendado por viajantes tanto no Booking como no TripAdvisor.

Airbnb (Room In The Rice Field)

Por indicação de um casal de amigos, ficamos em um dos mais incríveis Airbnb que já nos hospedamos. Uma casa no meio do arrozal, super moderna, com um banheiro lindo a céu aberto que tinha até uma árvore. O acesso é um pouco difícil, e só recomendamos se você estiver de scooter. Mas dá só uma olhada!

Ubud
Foto: Divulgação

E se você não é cadastrado no Airbnb, cadastre-se aqui e ganhe U$25 de desconto na sua primeira reserva!

Melhor época pra visitar Ubud

É verdade que vivemos num país tropical. Mas a umidade da floresta em Ubud, somada ao calor, provoca uma sensação térmica que pode assustar num primeiro momento.  Existem basicamente duas estações: a das chuvas – de novembro à março – onde faz mais calor, e a estação seca – de abril à outubro, mais fresca. Essa última é certamente a melhor época pra curtir Ubud. Mas o clima não chega a atrapalhar, sobretudo se você começar o dia cedo, para aproveitar as atrações fora do horário mais quente do dia.

Ubud

Como se locomover em Ubud:

Aventure-se de scooter

Vocês já sabem que adoramos uma scooter, usamos muito em toda nossa estada no Sudeste Asiático. Em Ubud e em Bali em geral não foi diferente. Se você tem alguma experiência com moto, sem dúvida opte por alugar uma. Além de ser a alternativa mais em conta, dá aquela liberdade de explorar todos os cantinhos de Ubud – ou, quem sabe, se perder em campos de arroz mais afastados. Só tome cuidado redobrado caso não tenha a carteira de direção internacional e sempre ande de capacete, pois é comum rolarem blitzs em Bali.

edf

O aluguel de uma moto custa cerca de 60.000 IDR por dia, sendo possível negociar caso você alugue por mais dias.

… ou de carro!

Mas se você tem medo ou prefere outra alternativa, pode ficar tranquilo que não faltam opções de táxi ou motoristas que podem te levar nos atrativos mais distantes. Basta pegar o contato com alguém de confiança em sua hospedagem e acertar um preço para a diária.

Para se locomover pelo pequeno centro não é necessário estar motorizado, este pode ser percorrido todo à pé, com uma parada para um sorvete ou para ler um livro em algum café charmoso.

Como chegar em Ubud

Ubud está localizada a 38km ao norte do aeroporto de Dempassar. Caso você não tenha agendado um transfer, ao sair do aeroporto procure pelo balcão oficial dos táxis. Uma viagem até Ubud com eles custará cerca de 300.000 IDR. Se preferir, você pode ainda procurar outros balcões alternativos, assim como taxistas individuais e tentar a sorte, negociando este valor.

É sempre uma boa opção tentar fazer uma amizade já na devolução de bagagens para dividir o translado. Infelizmente, Bali não conta com opções de transporte público acessíveis ao turista e o trânsito também não ajuda muito em um primeiro contato. Tá bem, na verdade o trânsito é um verdadeiro caos. Mas tudo bem 🙂

Lembre-se do seguro viagem

Para não ter dor de cabeça caso algo aconteça, não se esqueça de contratar um seguro viagem antes de ir pra Indonésia. Recomendamos fazer uma pesquisa pela Segurospromo, que funciona como um bom comparador de preços, e escolher o seguro que melhor se adequa ao seu estilo de viagem. E usando o nosso código EMALGUMLUGAR5 você ainda ganha 5% de desconto.

Vale mesmo a pena colocar Ubud no roteiro de viagem para Bali?

Ubud é o coração de Bali e tem uma energia única. Não é à toa que muita gente vem pra ficar – eu e o Caio pensamos, inclusive, em voltar para uma temporada maior.

O único porém deste grande fluxo de gente é o quão presente vem se tornando esta influência ocidental, principalmente nos negócios. Atualmente poucos moradores locais resistem firmes e fortes à invasão estrangeira. Apesar disso, a tradição de Ubud resiste, sendo ainda mais importante o turismo consciente.

A cultura balinesa sobrevive em cada canang sari depositado nas calçadas – a cestinha de oferendas que aprendemos a não tropeçar e a admirar – e em cada troca verdadeira que nós, viajantes, procuramos ter com os moradores, entendendo e respeitando esta rica cultura milenar.

É um lugar para pessoas criativas e de pessoas que querem se desenvolver espiritualmente mas, mesmo que esta não seja sua praia, ainda é agradável ficar aqui por alguns dias e desfrutar da vista, tranquilidade e diversão das atrações locais. É uma outra Bali cheia de possibilidades.

Na nossa opinião, não dá para vir a Bali e não ficar ao menos algumas poucas  noites em Ubud curtindo uns dias de paz. Mas com tanta coisa para fazer e com um clima tão gostoso, garantimos que você também vai querer ficar mais tempo por aqui!

Deu pra perceber que amamos Ubud, né?! Vai lá e conta pra gente como foi sua viagem!

Quer mais dicas da Indonésia e do sudeste asiático? Confira:

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.

Booking.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here