Aluguel de carro no Chile: 16 dicas e informações importantes | Em Algum Lugar do Mundo

ALUGUEL DE CARRO NO CHILE: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER + 16 DICAS IMPERDÍVEIS

Informações importantes sobre preços, documentos exigidos, dicas de como economizar e muito mais.

  • Adriana
  • -
  • 2 de outubro de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Está planejando sua viagem e quer saber mais sobre alugar um carro no Chile? Esse post é pra você. Nós dirigimos pelo país de norte a sul e podemos garantir que essa é uma das melhores formas de explorar o país.

A boa notícia é que fechar um aluguel de um carro no Chile é muito simples, mas há algumas coisas que você precisa saber antes de se aventurar pelas estradas chilenas.

Você já sabe onde encontrar a melhor cotação na internet para garantir seu aluguel de carro no Chile barato e com tudo pronto? Tem dúvidas sobre documentação, regras de trânsito ou qual locadora escolher?

Aluguel de carro no Chile - parque
Parque Bicentenário em Santiago

Aproveite pois vamos responder essas perguntas e dar muitas outras dicas. E para começar a planejar sua viagem, confira no site da Rentcars os melhores preços de aluguel de carro no Chile.

16 dicas importantes para alugar carro no Chile

1. Reserve seu carro com antecedência

É possível alugar um carro no Chile quando você já estiver no país, seja no próprio aeroporto ou em alguma loja da cidade que você irá visitar. Mas a melhor dica é já chegar no Chile com seu carro alugado.

Ao fechar seu aluguel com antecedência, você certamente vai encontrar os melhores preços e condições de pagamento. Outro ponto positivo é poder esclarecer qualquer dúvida com atendimento em português – o que é ótimo caso você não domine o espanhol.

Nós sempre usamos o site da Rentcars, que oferece um buscador completo, e compara os melhores preços entre várias locadoras. Sempre conseguimos o menor preço com eles.

Aluguel de carro no Chile - Tela inicial Rentcars
Site Rentcars

Ainda tem outro ponto positivo, que eles permitem o pagamento em Real, com tarifas sem IOF e com possibilidade de pagamento em até 12x no cartão.

Primeira vez no país? Confira nosso Guia Prático do Chile: aqui você encontra todas as informações que precisa para planejar sua viagem

2. Documentos necessários

Os brasileiros têm sorte na hora de alugar um veículo no Chile. Isso porque o acordo entre os membros no Mercosul permite que a gente dirija nos países hermanos apenas com a nossa Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Pela regra, nós não precisamos portar a Permissão Internacional para Dirigir (PID) no Chile. Caso você já tenha e queira levar em sua viagem, tudo bem. Mas você deve sempre ter a CNH em mãos na hora de dirigir no Chile, pois a PID não a substitui.

Além dos documentos que provam que você está habilitado a dirigir, você também vai precisar mostrar um documento oficial com foto, como o passaporte ou a carteira de identidade.

3. Idade mínima

Para conseguir alugar um carro no Chile você precisa ter 20 anos ou mais, por questões de segurança. Mesmo assim, para motoristas com idade entre 20 e 22 anos, o custo do seguro é dobrado.

O mesmo vale para motoristas acima de 75 anos. Algumas empresas podem se negar a alugar um carro no Chile a pessoas de idade mais avançada e, caso não, espere também um aumento no valor do seguro.

4. Regras de trânsito chilenas

Ao cruzar a fronteira com Chile, prepare-se para algumas regras de trânsito diferentes.

A mais importante delas é o colete reflexivo, que deve estar presente no carro para todos os passageiros. Ele serve para sinalizar a sua presença em uma estrada escura caso você tenha problemas com o veículos. Na hora de retirar seu veículo, verifique se esse item estará no carro.

Aluguel de carro no Chile - Santiago à noite
Santiago à noite

5. Pedágios

O Chile tem numerosas estradas e rodovias com pedágio. A maioria delas liga as principais cidades do país com a capital, mas até dentro da própria cidade de Santiago há cobrança.

Ah, e muitas vezes a cobrança é automática: você não precisará parar em uma cabine para realizar o pagamento.

Por isso, verifique se o veículo que você vai alugar tem a tag para a cobrança automática do pedágio. No fim do período de aluguel, você paga também todos os pedágios pelos quais passou durante a viagem.

6. Combustível

Ao alugar um carro no Chile, normalmente você pega o carro com um tanque cheio e o devolve cheio novamente. Mas antes de retirar o carro, verifique as condições do seu contrato de aluguel para se certificar do que a empresa requer.

É sempre mais barato encher o tanque antes de entregar do que devolver o carro vazio e ser cobrado pela gasolina. As locadoras tendem a cobrar um preço muito maior pelo litro de gasolina do que o preço do mercado chileno.

Além disso, no Chile não há tantos postos de gasolina, especialmente ao longo da Carretera Austral. Nada dramático, mas calcule bem a quilometragem e o nível do tanque antes de sair por aí. Pergunte aos locais onde estará o próximo posto para evitar surpresas desagradáveis.

7. Condições do veículo

As condições de alguns carros alugados também são motivo para reclamação. Por isso, antes de sair com o carro, tire fotos de todas as partes do veículo, especialmente se houverem marcas de batidas ou avarias de qualquer tipo. Esta é a única maneira de garantir que você não será responsabilizado por qualquer dano que você não tenha causado.

Certifique-se também de verificar as luzes do carro antes de dirigir pela primeira vez. Verifique os pneus e o nível do óleo. Essa dica é especialmente importante para quem dirige nas regiões mais ermas do país, como a Patagônia e o Deserto do Atacama.

Dica extra| Alguns clientes se queixam dos longos tempos de espera nas agências das locadoras de veículos do Chile. Por isso, planeje uma janela de tempo grande, especialmente quando for devolver o carro, para que você não perca o voo. 

8. Condições das estradas chilenas

Se você está preocupado em fechar seu aluguel de carro no Chile por causa das estradas, boa notícia: a maioria delas são bem pavimentadas e de fácil acesso.

No entanto, pode acontecer de você ter que dirigir em estradas de terra, especialmente em lugares mais distantes, e muitas não aparecem nos mapas.

Um exemplo são as estradas principais do Deserto do Atacama. Muitas são pavimentadas, mas há outras que são bastante isoladas. Por lá, é possível dirigir por longos trechos sem ver uma alma viva.

Aluguel de carro no Chile - Estrada no Atacama
Estrada em San Pedro do Atacama

Outro exemplo é a Carretera Austral, a famosa rota que percorre a Patagônia chilena por 1.240 km. A estrada é absolutamente deslumbrante, atravessando florestas, montanhas, rios e riachos glaciais.

Aluguel de carro no Chile - Carretera Austral
Um dos trechos asfaltados da Carretera Austral

No entanto, também é considerada a estrada mais desafiadora do Chile, por isso prepare-se para estradas de terra com muitos buracos. Mas é totalmente possível viajar por ela sem maiores problemas – e não é preciso alugar um carro 4×4 para isso.

Mas de uma forma geral, as estradas no Chile estão em boas condições. No entanto, isso pode mudar com o tempo e não é incomum que estradas pavimentadas mudem repentinamente para cascalho ou terra sem aviso prévio.

9. Cartão de crédito

Na hora de alugar carro no Chile, as locadoras pedem ainda um cartão de crédito internacional para bloquear uma parte do limite, que vai servir de caução caso algo aconteça com o carro.

Nesse caso, veja bem a apólice contratada para saber quanto eles vão bloquear e confira se você tem esse limite disponível. 

Lembre-se também de habilitar o cartão de crédito para uso no exterior, para que a transação não seja negada pelo banco. Logo após a entrega do carro, se não houver problemas, o limite será rapidamente liberado.

10. Seguro

Todas as empresas de aluguel de automóveis oferecem seguro. Para escolher o melhor, é apenas uma questão de encontrar o mais completo e com melhor custo-benefício.

Aluguel de carro no Chile - Seguros
Opções de seguros para contratação

Há sempre um seguro padrão que é incluído e obrigatório de contratar. Caso queira proteção extra, você pode considerar um seguro adicional ou assistência rodoviária em caso de pneu furado, problemas no motor, etc. Pergunte à empresa o que eles podem oferecer.

11. Quilometragem: livre x limitada

Esteja ciente de que algumas empresas não permitem que você dirija à vontade.

Algumas agências de aluguel de carro no Chile colocam um limite sobre o número de quilômetros que você pode rodar em um dia.

Certifique-se de que você está ciente das restrições, ou faça um contrato com quilometragem ilimitada para ter mais liberdade.

12. Período da locação 

Quanto mais tempo você alugar o carro, melhor será o negócio. Os preços diários são bastante altos, mas no caso de um aluguel para mais de uma semana (ou até um mês) fará o custo médio diário sair muito mais barato.

13. Acessórios

Acessórios como sistemas de navegação – o famoso GPS – ou cadeirinhas para crianças devem ser sempre encomendados separadamente com a empresa de aluguel de carros da sua escolha, mesmo no Chile.

Aluguel de carro no Chile - Opcionais
Algumas locadoras possuem poucos opcionais

Certifique-se de reservar com bastante antecedência para garantir que o equipamento desejado esteja disponível no dia em que você pegar seu carro.

14. Precisa de GPS?

Falando de GPS e sistemas de navegação: se você vai alugar um carro no Chile, você vai precisar de um GPS para não se perder. A maioria das estradas é bem sinalizada, mas o GPS dá aquela segurança extra para não ficar perdido em um país estrangeiro.

E uma dica para economizar no aluguel de um carro no Chile é: NÃO reserve um GPS com a locadora.

Ao invés disso, use um chip de celular internacional com boa internet para recorrer ao Waze, Google Maps e similares. Você chega a economizar U$10 por dia fazendo isso.

Nós compramos nossos chips pelo Viaje Conectado ainda no Brasil – e foi tudo bem simples. Vale dar uma conferida, se você é daqueles que não fica sem internet.

15. Barreiras linguísticas

Pode acontecer da equipe da sua agência de aluguel de automóveis falar apenas castelhano, e o sotaque dos chilenos é bastante conhecido por ser quase ininteligível. Se você tiver anotado o número de telefone da sede da empresa no Brasil, pode pedir ajuda com a tradução em caso de emergência. 

Como estamos falando de carros, seguros, caução e outras questões que custam bastante dinheiro, é super importante ter toda a certeza de que você sabe o que está assinando.

Se você já sair do Brasil com o carro alugado, você evita esse problema por completo, e terá apenas que assinar a papelada na hora da entrega do veículo.

16. Retirada do carro no aeroporto

A nossa recomendação para quem sai do Brasil com o carro alugado, é pesquisar se a locadora em questão têm agência no aeroporto.

Assim, você já pode sair do avião direto para o seu veículo, sem ter que esperar por transfers ou ter que ir ao outro lado da cidade para buscar o carro.

Buscando seu carro pela Rentcars, basta colocar o seu aeroporto de chegada no espaço “Retirar o carro em…”. O site irá listar apenas as locadoras que atendem naquele aeroporto.

Melhor época para viajar de carro pelo Chile

As condições das estradas dependem em grande parte das condições meteorológicas. O verão é a melhor época para fechar um aluguel de carro no Chile e chegar em todas as partes sem problemas.

Entre os meses de dezembro a março as condições de estrada estão super favoráveis – secas e sem as surpresas do frio como chuva, gelo ou neve.

Já no inverno (junho a agosto), os viajantes podem encontrar estradas fechadas devido ao clima e às condições. É melhor seguir os conselhos dos locais durante estes meses e não tentar dirigir em estradas perigosas ou comprometidas.

Dependendo da época, será necessário colocar correntes nos pneus por causa da neve na estrada.

Confira: o que fazer em Santiago

Qual a melhor locadora de veículos do Chile

No Chile há diversas locadoras renomadas como a Localiza, Avis, Sixt e Europcar. A melhor é simplesmente aquela que te oferecerá o melhor custo-benefício para sua viagem.

Aluguel de carro no Chile - Balcão das locadoras
Além das mais tradicionais locadoras o Chile também tem a Chilean

A dica é usar sites que buscam e comparam preços, como o site da Rentcars, pois eles só vão mostrar resultados de empresas certificadas.

Veja abaixo como fazer a cotação pelo Rentcars e obter o melhor preço:

Como fechar seu aluguel de carro no Chile com antecedência

O primeiro passo é entrar no site da Rentcars, colocar a cidade de retirada do carro e as datas da locação.

Aluguel de carro no Chile - Tela inicial
Tela Inicial da Rentcars

Nessa simulação, nós estamos buscando carros para passar uma semana no país, começando a viagem na capital Santiago. O resultado mostra preços variando entre R$ 136 e R$ 302 por dia. 

Aluguel de carro no Chile - Opções de veículos
Opções por preço

Ao lado você pode ver uma série de filtros para especificar o que você deseja em seu veículo, na locação e nos seguros.

É tudo simples e sem grandes mistérios. Nós já alugamos por esse site diversas vezes e sempre conseguimos o melhor preço por eles.

Não se esqueça do seguro viagem!

Antes mesmo de começar a planejar sua viagem pelo Chile, considere fechar um bom seguro viagem. Não dá para contar com a sorte durante a viagem, né? Para isso, recomendamos fazer uma boa pesquisa antes de fechar o seu seguro. Tente pela Segurospromo, que compara preços, e te ajuda a escolher o melhor.

É só usar o código EMALGUMLUGAR5 para garantir 5% de desconto!

Seguros Promo

Mais dicas de viagem para o Chile

Chip de viagem | Uma das melhores coisas que a gente fez foi garantir nosso chip de viagem antes mesmo de chegar no Chile. Facilitou e muito nossa vida para pedir Uber, confirmar reservas, encontrar restaurantes e checar o GPS nas estradas, já que viajamos de carro. Nós compramos nossos chips pelo site Viaje Conectado ainda no Brasil – e foi tudo bem simples.

Dinheiro | A moeda do Chile é o Peso Chileno. Confira a cotação para decidir qual moeda levar (real ou dólar). Nós usamos o site Cotação para comprar um pouco de dólares e adquirir um cartão Visa Travel Money. Eles são super confiáveis e entregam a domicílio.

Hospedagem | poucos sabem que se você pagar sua hospedagem em dólares americanos ou no cartão de crédito, você não precisa pagar o imposto de 19% atrelado à hospedagem, o chamado IVA. Por isso, vale levar pelo menos o valor para a hospedagem em dólares ou então levar seu cartão de crédito apenas para esse fim.

Confira os preços para sua próxima viagem e faça o seu aluguel de carro no Chile!

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Chile: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Ainda impressionados com a natureza na Costa Rica. Essa é a Punta Catedral no Parque Nacional Manuel Antônio na costa do Pacífico. Incrível não acham?#costarica #manuelantonio #visitcostarica

E tem forma melhor de terminar o dia?Um por do sol mais lindo que o outro na Costa Rica ❤️☀️ Se por aqui tem vida noturna, a gente desconhece. Estamos despencando da cama cedo todos os dias pra aproveitar cada raio de sol, cada grão de areia, cada gota de chuva (sim, continua chovendo todo dia! Mas passa rápido) e cada segundo pura vida que estamos tendo nesse país incrível!
E eu (Dri) que não curto acordar muito cedo, tenho levantado com sorrisão na cara todo dia. Delícia de lugar!!

Costa Rica é daqueles destinos que faz você se sentir uma grãozinho no universo – e essa sensação é gigante de boa!!!
⠀
As raízes dessas árvores parecem medir uns 2 metros, e parece que elas formam um labirinto no solo. É difícil descrever, mas é muito fácil se conectar com a natureza nesse lugar. Que paz! 🍃 🙏

Ahh Costa Rica! Essa é uma formação natural que parece a cauda de uma baleia –  e o local de chama Parque Nacional Marino Ballena.
Tudo bem, já sabemos que o nome do parque veio desse formato. Mas quem explica a “coincidência” desse local ser o melhor ponto do país para  para o avistamento de baleias? 🤔#emalgumlugardomundo #costarica #visitcostarica #baleiajubarte

Pura Vida!Mal desembarcamos na Costa Rica e já começamos a ouvir a expressão por todos os cantos. Embora não tenha uma tradução exata, essa é uma forma de cumprimentar, de dizer olá, tchau – ou qualquer coisa que tenha uma intenção positiva – dá pra usar de diversas formas!A nossa conclusão é que “Pura Vida” é essa coisa boa que você sente ao chegar por aqui e que te faz ficar sorrindo o tempo todo. É como encostar o carro em uma praia deserta, assistir o por do sol e dormir por ali mesmo, ao som dos macacos, com o barulho das ondas. Bem do jeitinho que a gente fez nesse dia!#emalgumlugardomundo #costarica #puravida #visitcostarica #destinosimperdiveis

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!