Como funciona o Airbnb: Dicas para alugar + Cupom de desconto | Em Algum Lugar do Mundo

COMO FUNCIONA O AIRBNB: DICAS ÚTEIS + CUPOM DE DESCONTO

Tudo que você precisa saber para usar o serviço encontrar a melhor hospedagem para sua viagem - com desconto!

  • Adriana
  • -
  • 17 de setembro de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Um sucesso da economia colaborativa: o Airbnb é um grande exemplo de inovação que veio pra ficar. O serviço faz a conexão entre viajantes que querem alugar uma acomodação durante sua viagem, com proprietários que estão alugando um espaço compartilhado, um quarto, um apartamento ou uma casa para temporada. Se você nunca usou ou ainda não entende direito como funciona o Airbnb, a gente vai explicar tudinho aqui.

A verdade é que o Airbnb tem se tornado um ótima alternativa aos hotéis, principalmente para quem deseja mais privacidade e economia. O site é bastante versátil, sendo possível encontrar desde um quarto na casa de alguém que precisa de uma renda extra, até um apartamento sofisticado nas maiores capitais do Brasil e do mundo. Tem hospedagem para todos os bolsos e todos os gostos!

Como funciona o Airbnb - Quarto RCG
Um dos quartos mais estilosos de Airbnb que ficamos

Dentro da plataforma há também a parte de “experiências”, em que o viajante pode aproveitar qualquer atividade oferecida por moradores locais no seu destino escolhido. Nesse caso, é possível contratar um passeio para conhecer a cidade, fazer uma aula de dança ou culinária, uma imersão cultural e centenas de atividades além do óbvio.

Como funciona o Airbnb - Experiência
Menu experiências

Portanto, se você ainda não sabe direito como funciona o Airbnb, esse post vai tirar todas suas dúvidas. Nós mostramos aqui:

E para começar: se você for novo no Airbnb, cadastre-se agora usando nosso link para receber um cupom de desconto de R$179 para usar na sua primeira reserva!

O que é Airbnb

O Airbnb é um site que possibilita a conexão entre turistas e donos de imóveis do mundo inteiro que têm um espaço para hospedar – seja uma cama em espaço compartilhado, um quarto, um apartamento inteiro, um chalé ou uma casa.

Justamente, o que mais chama atenção no Airbnb é que o site tem opções muito vastas. Se o orçamento não é problema, é possível se hospedar em locais com qualidade muito superior a um hotel. É mais vantajoso ainda para quem viaja em grupo ou em família e quer a facilidade de poder cozinhar a própria comida.

Além disso, é possível encontrar acomodações extravagantes e diferentes, como mansões e até mesmo embarcações pra se hospedar no Airbnb. As opções passam por camping, casa na árvore, casa de campo, apartamento com vista pro mar, cabana na floresta, apartamento no centro da cidade, barco-casa (comum em Amsterdam e Hamburgo), castelos e muitas outras opções. O céu é o limite se você vai reservar algo no AirBNB sem restrições de grana!

Se você está com o orçamento de viagem mais apertado, tudo bem também! Quando você descobrir direitinho como funciona o Airbnb, vai ver que é possível encontrar quartos super baratinhos, chegando até a ser mais barato que um hostel. E não perca a oportunidade de garantir um desconto de R$179 usando nosso link na sua primeira reserva!

Como surgiu o Airbnb

A parte da sigla “BnB” é uma abreviatura para “bed and breakfast” (cama e café-da-manhã) já estabelecida no mundo todo. Mas é bom ressaltar que nem todas as hospedagens do Airbnb oferecem café incluso.

A primeira parte do nome veio da criatividade dos idealizadores da plataforma. Tudo começou quando os dois (então futuros) fundadores do site alugaram colchões infláveis na casa que compartilhavam para visitantes de uma feira depois que todos os hotéis da sua cidade estavam lotados. “Air” significa ar em inglês, e foi de simples colchões de ar que saiu o nome de uma das empresas de hospedagem que mais cresce no mundo.

Para quem serve o Airbnb: será que é bom pra mim?

Devido à variedade de opções, pode-se dizer que o Airbnb não tem restrição de público. Basta você entender direitinho como funciona o Airbnb para conseguir encontrar a propriedade que se encaixa no seu estilo e no seu bolso.

Viagem a turismo

Se você está viajando a turismo, mas não está a fim de interagir em um hostel e ao mesmo tempo não pode pagar por hotéis, o Airbnb aparece como uma bela aternativa.

Um lugar alugado só pra você ou dividido com seus amigos próximos vai trazer privacidade e praticidade. Caso escolha uma acomodação com cozinha – outra grande vantagem do Airbnb – você também poderá cozinhar sua própria comida, ajudando a manter os custos baixos em sua viagem.

Viagem a trabalho

Se você está viajando a negócios e quer ficar em uma casa (seja pelo conforto, pela economia ou porque precisa de concentração), o Airbnb pode ser pra você.

No Airbnb você pode encontrar o meio-termo entre um hostel e um hotel. Um hostel – salvo exceções – não costuma ser o melhor ambiente para trabalhar de forma remota, ou se preparar para uma reunião importante no dia seguinte. Hotéis podem ser muito caros ou muito impessoais.

Viagem em grupo ou família

Está viajando com um grande grupo ou com a família? Um apartamento só pra vocês é definitivamente uma opção confortável e fácil. Afinal, colocar todo mundo junto em um apartamento pode sair bem mais barato do que alugar um quarto de hotel pra cada um.

Qual a diferença entre Airbnb, sites de aluguel e sites de reserva de hotéis

Uma pesquisa divulgada pelo Booking.com em 2017 mostrou que 34% dos viajantes brasileiros prefere se hospedar em uma propriedade alugada por temporada em vez de hotéis.

O site do Airbnb possui um grande diferencial dele perante outras formas de reservar hospedagem. É que ele funciona como uma pequena rede social.

Para conseguir alugar um quarto – tanto anfitrião como hóspede – é preciso criar um perfil, fornecer seus dados e ter uma boa classificação (a não ser que seja sua primeira reserva, claro).

Ou seja, o conceito de reputação na rede é muito mais relevante do que em outros sites de aluguel de hospedagem. Isso torna o Aiirbnb uma opção muito mais segura que os demais sites de aluguel por temporada, por exemplo.

Outra coisa interessante sobre como funciona o Airbnb é o maior poder de negociação, ou em bom português: barganha, pechincha! Você pode negociar o preço com o anfitrião antes da reserva (nunca depois).

Além disso, o anfitrião tem opção de modificar o preço da hospedagem após seu pedido de reserva se quiser dar um descontão. Porém, o anfitrião só pode fazer isso com o valor total, não com cada dia de hospedagem.

O Airbnb é confiável?

Pode ser um pouco assustador confiar no serviço quando a gente ainda não sabe como funciona o Airbnb. Afinal, a ideia de se hospedar na casa de desconhecidos causa um medo natural, ou pelo menos receio. Por isso, a pergunta “o Airbnb é seguro?” é uma das mais feitas entre os viajantes.

Mas depois de termos nos hospedado pelo menos umas 50 vezes usando o serviço, podemos afirmar: sim, o Airbnb é confiável!

O site existe desde 2008 e já atingiu o patamar de milhões de usuários em 2019. Atualmente, o Airbnb oferece seus serviços em cerca de 65 mil cidades em 191 países. Só no Brasil, ano passado foram atendidos mais de 2 milhões de usuários, entre anfitriões e hóspedes.

Massss… como nada é totalmente livre de problemas, já aconteceram casos de fraude no Airbnb. Mas a plataforma tem uma política rígida para punição e até suspensão da conta de anfitriões e também de hóspedes. Além disso, eles foram adicionando opções de verificação para segurança ao longo anos (falamos mais sobre isso abaixo).

Pontos de atenção: o que considerar na hora de fazer sua reserva

  • Quando o perfil de um um hóspede ou anfitrião indica que tem “documento de identificação verificado”, significa que essa pessoa adicionou um documento de identificação com foto como RG, Passaporte ou CNH. Portanto, leve isso em consideração na hora de reservar seu espaço.
  • Além disso, a equipe do site verifica listas de observação regulatórias, de terrorismo e de sanções do mundo inteiro. Para anfitriões e hóspedes nos Estados Unidos, realizam também verificações de antecedentes criminais.
  • Tanto para os anfitriões como para os hóspedes, a equipe do Airbnb disponibiliza as normas e regulamentações que dizem respeito a este tipo de hospedagem. Na seção de ajuda do site deles é possível ler em detalhes as regulamentações separadas por continente ou país.
  • O anúncio de um anfitrião é suspenso após 3 punições, ou se o anfitrião não atingir os requisitos básicos de avaliação geral como taxa de resposta, reservas aceitas, ou cancelamentos.
  • Se o anfitrião cancelar uma reserva antes do dia do check-in, um comentário automático será publicado no perfil dele indicando que cancelou. Esses comentários não podem ser removidos, mas o anfitrião pode escrever uma resposta pública para esclarecer por que precisou cancelar.

De uma forma geral, depois que você entende como funciona o Airbnb, passa a ter mais confiança no serviço. É só conseguir identificar os pontos de atenção que deve ter ao fazer sua reserva para evitar problemas.

É vantajoso usar o Airbnb no Brasil? E no exterior?

Essa é uma questão bastante sensível. Afinal, para determinar se é vantajoso ou não, precisamos saber do propósito da sua viagem, do quanto de conforto você espera ter e quanto pode pagar. 

Quer se abrir para novas experiências? Novos usuários têm R$179 de desconto com nosso link.

Como mencionamos acima, o Airbnb pode ser vantajoso para quem precisa de privacidade e sossego, mas não quer pagar caro por um quarto de hotel.

Em comparação aos hostels, se hospedar no Airbnb pode se tornar um pouco solitário, afinal hostels sempre tem atividades de interação para os hóspedes e áreas de convivência.

Ou seja, tudo vai depender do seu estilo de viagem. De uma forma geral, nós temos sempre priorizado nos hospedar pelo Airbnb em nossas últimas viagens, pois a relação custo – benefício tem sido imbatível.

Como funciona o Airbnb?

Vamos mostrar agora todo o passo-a-passo para usar o serviço. Mostramos como se cadastrar no site e, em seguida, como funciona o Airbnb para encontrar seu espaço e fechar sua reserva.

Já adianto que o processo é simples: você se cadastra, depois começa informando a cidade de destino, as datas de chegada e saída, e algumas outras especificações como o número de hóspedes. Vamos esclarecer tudo sobre todos os filtros abaixo!

Como funciona o Airbnb - Busca por localidade
Selecionando a localidade

Vale ressaltar que o site cobra uma taxa para administrar as reservas, e muitos proprietários também colocam uma taxa de limpeza. O preço pode ser negociado antes do aluguel, como mencionamos acima.

Como se cadastrar no Airbnb

Para entender como funciona o Airbnb, o primeiro passo é realizar seu cadastro no site. Todo hóspede precisa fornecer:

  • Nome completo
  • Endereço de email
  • Endereço de residência
  • Número de telefone confirmado
  • Uma mensagem de apresentação
  • Informações de pagamento
  • Endereço de cobrança

É esperado que os hóspedes forneçam uma foto de perfil, mas isso não é obrigatório. Porém é muito difícil conseguir que aceitem sua reserva se você não tiver foto. Afinal o anfitrião também se preocupa com segurança, assim como você.

O site também pede uma selfie junto com a foto da sua documentação, para comparar as fotos. Se as fotos forem muito diferentes, eles não aprovam. Menores de idade não podem usar a plataforma.

Também é possível fazer o cadastro fazendo login direto na plataforma com a sua conta do Facebook.

Aproveite quando fizer seu cadastro e use nosso desconto: novos usuários têm R$179 de desconto da sua primeira reserva usando esse link.

Prontinho! Após o cadastro realizado, você já pode fazer sua primeira reserva.

Como fazer uma reserva pelo Airbnb

Encontrando o espaço ideal para você

O que são os filtros de hospedagem? Como usá-los?

Tanto no aplicativo para celular como no site, você pode usar filtros para pré-seleção das hospedagens. Quando utilizar o Airbnb pela primeira vez, você vai logo perceber que podem vir centenas de anúncios para uma mesma localização. É difícil ler todos os detalhes e tantas opções, por isso os filtros são essenciais para aproveitar o site da melhor forma possível.

Ao ajustar seus critérios, o número de anúncios vai diminuindo. Quando estiver com um número administrável de opções (tipo 15 ou 20) você pode então entrar em cada perfil e ver o que combina com você de fato.

O primeiros filtros são mais óbvios: selecione a data que você vai viajar, a faixa de preço ou o número de hóspedes. Mas já fica diferente quando chegamos no Tipo de Acomodação. Nessa opção você pode escolher entre:

  • Espaço inteiro: Um apartamento, uma casa, um barco…só pra você.
  • Quarto inteiro: Você compartilha espaços comuns como cozinha, mas o quarto é todo seu.
  • Quarto de hotel: Eles também proporcionam busca de quartos em hotéis, hostels, albergues e mais
  • Quarto compartilhado: Você ficará em um espaço compartilhado, como um quarto comum ou um quarto de hostel.
Como funciona o Airbnb - Espaço inteiro
Apartamento em Barcelona

Outra categoria interessante é o filtro de Tipo de Viagem, onde você pode escolher propriedades para família ou para trabalho. O anfitrião informa isso quando publica seu anúncio.

A Reserva Instantânea é outro recurso interessante, onde você pode reservar o espaço sem que precise da acomodação prévia do anfitrião. Esta opção tende a ser escolhida por anfitriões mais experientes.

Você pode ainda escolher casas acessíveis para cadeirantes, tipo de aquecimento (ar-condicionado ou aquecedor central), tipos de amenidades (tem anfitrião que fornece shampoo, sabonete, etc), instalações (piscina, estacionamento, academia) e tipo de propriedade (casa, apartamento, chácara, etc).

Atente-se também às Regras da Casa. Você pode escolher anfitriões que permitem fumar, levar animais ou fazer festas na propriedade. Por último, é possível escolher até mesmo por qual o idioma o anfitrião fala!

Buscar na lista x buscar no mapa

Como você pode notar, é muito fácil fazer uma busca específica no Airbnb. A quantidade de filtros é mais que suficiente, como mostramos acima. Mas além dos filtros, você pode também procurar uma hospedagem de forma mais visual, através do mapa.

Como funciona o Airbnb - Lista e mapa
Opções em lista ou no mapa

Outro recurso interessante é o Guia de Bairros do Airbnb, onde você pode procurar informações sobre os bairros mais procurados no site. Esse é um recurso em implementação, por isso os destinos estão sendo adicionados constantemente, é legal ficar de olho! Tem informações em vários idiomas, incluindo português.

Analisando as avaliações em anúncios do Airbnb

Além de comentários escritos (reviews) os hóspedes podem avaliar por estrelas e por categorias. Os hóspedes podem avaliar experiência geral, limpeza, custo-benefício, comunicação, localização e precisão.

Esta última categoria costuma gerar dúvida, mas ela só diz respeito ao cumprimento de expectativas. Ou seja: se o anúncio foi preciso ao cumprir tudo que prometia.

Para cada categoria, o hóspede pode avaliar com até 5 estrelas. As estrelas são exibidas na parte superior da página de um anúncio.

Fechando sua reserva pelo Airbnb

Para enviar um pedido de reserva:

  • Clique em Pedir para Reservar em um anúncio,
  • Veja se tem a opção de Reserva Instantânea,
  • Adicione suas informações de pagamento,
  • Aceite as políticas e os termos, incluindo a política de cancelamento do anfitrião e as regras da casa!
  • Aguarde a resposta do anfitrião (tem 24h para responder).
  • Se o seu pedido for aceito, pronto!
  • Se o anfitrião recusar o pedido ou não responder em até 24h, nenhuma cobrança será feita e basta começar outra reserva.

Antes de seguir para o pagamento, atente-se para a cobrança de taxas que incidem no valor final da sua reserva. O valor que você verá incialmente corresponde a uma noite de reserva. Porém, o valor final poderá incluir taxas extras como limpeza, serviço e imposto de ocupação.

E se você usar o cupom de desconto de R$179, é nesse momento que você verá o valor sendo removido da quantia total.

Reserva feita. O que fazer agora?

A primeira coisa a se fazer é enviar uma mensagem ao anfitrião. Nesta mensagem, confirme tudo que te causar dúvida. Tente confirmar também informações que constam no anúncio, só para garantir. É importante também confirmar seu horário de chegada (check in) e saída (check out).

Formas de pagamento Airbnb

É importante ressaltar que o Airbnb não aceita pagamentos em dinheiro. Todos os tipos de pagamento que ocorrerem fora do site são considerados violação dos termos de serviço do site. A consequência de pagar sua hospedagem “por fora” é que, se acontecer algum problema, o suporte do site não vai te ajudar.

As opções de pagamento no Airbnb incluem a maioria das bandeiras internacionais de cartão de crédito e crédito pré-pago, assim como cartões de débito que podem ser processados como cartões de crédito.

Além disso, algumas opções estão disponíveis em plataformas ou países específicos. Por exemplo: Alipay para a China; Apple Pay; Aura, Elo e Hipercard para o Brasil; Google Pay nos EUA; iDEAL para a Holanda; PayPal para alguns países, entre outros.

Há também a opção de parcelamento em até doze vezes (com taxas). Como essa opção de parcelamento é válida somente para o Brasil, é preciso se atentar para dois pontos: a moeda selecionada (no final da página) deve ser “Reais” e seu local de residência deve ser “Brasil”(informação no seu perfil).Em seu perfil o “Local onde mora” deve estar marcado “Brasil”.

Como cancelar uma reserva no Airbnb

Agora que você já conhece mais sobre como funciona o Airbnb e como encontrar uma acomodação do seu agrado, é importante saber cancelar uma reserva no Airbnb caso mude de ideia.

Para cancelar um pedido de reserva pendente basta abrir o aplicativo ou site, ir em Viagens e selecionar sua viagem. Você vai ver a opção “sua reserva”. Se estiver no meio da viagem, talvez precise clicar em sua data de check-in para encontrar essas informações.

Se você decidir pelo cancelamento de uma reserva no Airbnb, o valor do seu reembolso é determinado pela política de cancelamento do seu anfitrião, que leva em conta o tempo que falta para sua viagem começar ao cancelar, entre outros fatores.

Políticas de cancelamento

Cada anfitrião define a sua política de cancelamento. Portanto, essa informação é algo para o que você deve se atentar antes de fechar sua reserva.

Elas podem ser:

Flexível | Reembolso integral dentro de um período limitado, que é determinado pelo anfitrião e estará escrito no perfil no momento que você for fazer a reserva. Muitos (mas não todos) anfitriões que têm política de cancelamento flexível permitem reembolso total com o cancelamento em até 1 dia antes da viagem.

Moderada | Também consiste em reembolso integral dentro de um período limitado, porém o período é maior para que o anfitrião tenha mais controle sobre suas reservas e evite imprevistos. Em média, o período para receber todo o dinheiro de volta nesta modalidade costuma ser de 5 dias antes da data do check-in.

Rigorosa | Reembolso integral se o cancelamento for feito até 48 horas após a realização da reserva (atenção: não é 48 horas antes do check-in, aí está a diferença).

Independente da política de cancelamento a ser aplicada, alguns fatores não variam:

  • As taxas de limpeza são sempre reembolsáveis se a reserva for cancelada antes do check-in.
  • A taxa de serviço do Airbnb é reembolsável, até 3 vezes por ano, se o cancelamento ocorrer até 48 horas depois da reserva ser efetuada.
  • Se um hóspede cancelar uma reserva que se sobreponha a qualquer parte de uma reserva existente, não é reembolsada a taxa de serviço da Airbnb caso o hóspede decida cancelar.

Mais dicas para fazer sua reserva pelo Airbnb

  • Atenção às fotos. Essa dica pode parecer óbvia, mas é bom lembrar de sempre olhar com cuidado as fotos e ver se não tem marca d‘água (isso pode significar que a foto não é real, ou que o anfitrião pegou de algum site). Observe sinais de mofo na parede, o tamanho dos cômodos, o tipo de janela. Afinal só você conhece os limites do que é confortável ou desconfortável pra você.
  • Leia todas as reviews. Repare atentamente no que os outros hóspedes escreveram, e também como o anfitrião responde a possíveis avaliações negativas.
  • Fuja de anfitriões preguiçosos com as mensagens. Se a pessoa nem se dá ao trabalho de responder todas as suas perguntas em uma mensagem de reserva, como vai te atender bem ao vivo?
  • Cuidado com anfitriões que têm anúncios demais. Embora seja perfeitamente possível uma pessoa alugar vários espaços, podem ter golpistas que usam o Airbnb fugindo de seu propósito. Observe atentamente o perfil do anfitrião e veja se ele fez dois anúncios para o mesmo local, pois pode estar tentando esconder reviews negativas!
  • Pesquise sobre os arredores: tem mercado perto da sua hospedagem? Tem farmácia? tem banco? Qual é o tipo de bairro em que você está indo? Essas são algumas perguntas fundamentais. Investigue sua nova vizinhança temporária!

Gostou da ideia? Reserve sua primeira hospedagem agora! Novos usuários têm R$179 de desconto usando nosso link.

Esperamos que você tenha gostado de conhecer como funciona o Airbnb e que aproveite ainda mais suas viagens!

No fim das contas, o importante mesmo é pesquisar e achar a hospedagem que mais combina com você. Seja hostel, Airbnb, camping ou um hotel, o importante é aliar conforto com praticidade e economia.

Se você nunca se hospedou num apartamento ou quarto pelo Airbnb, recomendamos que siga o exemplo de muitos brasileiros e dê uma chance! Se ainda tiver alguma dúvida, deixe um comentário.

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

🇨🇷 Dois ícones da Costa Rica: surf e por do sol ☀️ 🏄‍♀️ Como o país é estreito e comprido , quase todas as praias do lado do Pacífico têm espetáculo do pôr do sol garantido (isso quando as chuvas tropicais não atrapalham). Fora a água naquela temperatura gostosa e um tanto de ondas tranquilas, ótimo pra quem quer aprender a surfar. A gente até se animou fazendo umas aulinhas, mas precisava de mais uma temporada por lá pra se manter na prancha por mais tempo. Alguém aqui pensando em voltar? 😬😛

Saindo da rota: todo destino tem aqueles cantinhos escondidos, que não estão em nenhum guia de viagem ou que você nunca ouviu falar antes, por mais que tenha pesquisado tudo sobre o lugar. ⠀
“E se a gente virar aqui, onde que vai dar?”
⠀
Eu não sei vocês, mas pra gente uma das melhores partes da viagem é poder andar pelo desconhecido. É esticar a caminhada ou virar à esquerda no atalho, e chegar ali só pra ver o que que tem.
⠀
É verdade que você pode chegar numa rua sem saída (e obviamente não é em todo destino que dá pra fazer isso). Mas é numa dessas que você descobre um lugar especial, que já faz valer a viagem todinha – que até vale cortar atração do roteiro só pra aproveitar mais aquela descoberta. ⠀
O desconhecido definitivamente faz nossos olhos brilharem! E para você, qual o grande momento em uma viagem?⠀ ⠀
____________________________
⠀

🇨🇷 Na Costa Rica você passa o dia inteiro babando pelo azul, pra chegar no fim de tarde e ficar embasbacado com esse rosa. 😍😱 É um pôr do sol mais lindo que o outro por aqui! ☀️

🇨🇷 A viagem pela Costa Rica ainda nem acabou e a gente já está com saudades – principalmente de quando estávamos com um 4×4.
⠀
Ele não só nos permitia dormir em qualquer lugar (uma delícia de casinha ambulante da @nomad_america ⛺️), como fazia da nossa road trip uma experiência bem mais confortável.
⠀
No começo achamos que não era tão necessário assim um carro desses pra rodar  pelo país… até trocarmos ele por um mini kart e começar a sentir cada buraquinho da estrada! 🚗 ⠀
O que importa é que, seja no carrão ou no carrinho, estamos curtindo demais o país! 😎 ⠀
👉 E ficam as dicas: viajar de carro é SIM a melhor forma de explorar a Costa Rica. E um carro alto não é necessariamente obrigatório dependendo do destino, mas definitivamente vale pagar um pouco a mais pelo conforto – assim você não perde a paciência pelos buracos do caminho 😊 🕳

🇨🇷 Do que mais gostamos na Costa Rica?
⠀
Estamos há um tempão aqui tentando responder essa pergunta, sem sucesso obviamente. 🤷‍♀️
⠀
Mas se tem uma coisa que ganhou nosso coração aqui são as praias: a grande maioria das que visitamos estavam praticamente desertas.🏝
⠀
Não paramos pra contar quantas visitamos, mas certamente passaram de 50. Todas – eu disse TODAS – têm aquele ar de natureza intocada. Nada de bagunça, nada de comércio lotando a areia, nada de prédios em volta… Nada de nada, somente mar quentinho + areia cheia de siris, hermitões – e alguns cachorros simpáticos. 🐚🦀🐶
⠀
🏊‍♀️ E enquanto vamos ali dar um mergulho, fica o conselho aqui de colocar Costa Rica nos seus planos de viagem, tá? Juro que vc não vai se arrepender 😊👍

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!