Viagem para o Chile - Guia Prático - EM ALGUM LUGAR DO MUNDO

CHILE

#emalgumlugardomundo

O Chile é um país de extremos. Quem conhece a capital Santiago fica encantado com seu charme cosmopolita, mas quem se atreve a desvendar outros destinos fica impressionado: o turismo no Chile é surpreendente. Viajar de norte a sul pelo país é conhecer um dos cenários mais lindos e diversos da América do Sul.

As paisagens são compostas por praias geladas do Pacífico, cenários desérticos e irreais do Atacama, geleiras enormes, montanhas impressionantes, vulcões imponentes e muito mais. Veja aqui tudo o que você precisa saber antes de planejar sua viagem para o Chile. E boa viagem!

Um breve resumo sobre o Chile

Geografia

O Chile está localizado na América do Sul, mais precisamente entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico. O país faz fronteira com a Bolívia, o Peru e a Argentina.

História

Foi no Chile que se construiu uma parte do Império Inca, mas o país foi colonizado a partir de 1520 pelos espanhóis, liderados por Fernão de Magalhães, Diego de Almagro e Pedro de Valdivia, sendo esse último o fundador da cidade de Santiago.

Somente em 1818 o Chile conquistou sua independência da dominação espanhola. Durante muito tempo, o país foi governado por presidentes radicais. Um dos casos mais emblemáticos é do General Augusto Pinochet, que assumiu o governo com um golpe de Estado, instaurando uma ditadura que durou dezessete anos.

Economia

Atualmente, o país vive um regime democrática e sua situação financeira é uma das melhores da América do Sul, já que o PIB do Chile só tem crescido com o impulso da mineração.

O cobre é o principal produto de exportação do país, mas o turismo no Chile tem crescido ao longo das últimas décadas. Por conta de suas belezas naturais como o Deserto do Atacama e da popularidade das estações de esqui do Valle Nevado, o Chile tem recebido cada vez mais turistas.

Religião

A maior parte da população chilena se identifica com o catolicismo, mas é possível encontrar uma boa quantidade de protestantes. A Constituição do país prevê a liberdade religiosa, não discriminando qualquer tipo de manifestação.

Informações úteis sobre o Chile

Dinheiro

A moeda oficial do país é o peso chileno desde 1975.

Viagem para o Chile - nota de mil pesos
Nota de mil pesos

Eletricidade

A voltagem padrão utilizada é de 220v. Portanto, em sua viagem para o Chile, tenha atenção ao usar seus equipamentos eletrônicos trazidos do Brasil, onde usamos 110v.

O formato da tomada é de três pinos alinhados (modelo L). Se você tiver eletrônicos com a saída de dois pinos (modelo C), encaixa perfeitamente nas tomadas do Chile, mas se for no formato atual do Brasil, será necessário usar um adaptador universal.

Vistos

Brasileiros não precisam de visto para viajar para o Chile, podendo permanecer no país até 90 dias. O documento exigido para entrada no país é o passaporte ou a carteira de identidade atualizada com no máximo 10 anos de emissão.

Segurança e Saúde

A criminalidade no Chile é bem baixa se comparada ao Brasil. Contudo, como o turista sempre é visado, você precisa ter certos cuidados ao passear pelas ruas, Em Santiago e Valparaíso, são comuns os casos de furtos.

Evite sair nas ruas portando bebida alcoólica, pois esse ato é proibido e você pode ser detido por isso. Mulheres podem viajar sozinhas pelo país sem maiores preocupações, apenas devem ficar atentas à movimentação de pessoas.

O sistema de saúde do país é considerado um dos melhores da América Latina e os estrangeiros podem ser atendidos nos serviços de urgência. No Chile não há ocorrência de doenças como malária e febre amarela, portanto, não é necessário apresentar nenhum certificado de vacinação.

De qualquer forma, é sempre recomendado fazer um seguro em uma viagem para o Chile. Sugerimos fazer uma pesquisa no site da Segurospromo. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto.

Seguros Promo

Idioma(s)

A língua oficial do Chile é o espanhol castelhano, mas ainda existem idiomas ou dialetos indígenas. Aimara e quechua são as línguas indígenas mais conhecidas.

Festivais e eventos

Fiestas Patrias | São dias de festas em comemoração à Independência do Chile e à Glória do Exército. Os eventos acontecem nos dias 18 e 19 de setembro, respectivamente. A cidade pára com suas ruas decoradas, barraquinhas de guloseimas, danças típicas, muita música, bebida e comida.

Dia de San Valentin | No dia 14 de fevereiro é comemorado o dia dos namorados na região, diferentemente do Brasil, que acontece no dia 12 de junho.

Festival da Canção de Viña del Mar | O festival agita o mês de fevereiro no Chile, já que o evento é um dos mais importantes do continente e sempre conta com presença de artistas renomados no mundo todo.

Turismo no Chile: o que ver e fazer

Santiago | Faça um circuito histórico ao redor da Plaza das Armas, que é o coração da capital chilena. Veja Santiago do alto, tanto do Cerro San Cristóbal quanto do Sky Costanera. Faça um passeio pelas principais vinícolas próximas à cidade. Aproveite e conheça Cajón del Maipo e Embalse El Yeso em um bate-volta. E se for no inverno, visite as estações de ski de Valle Nevado e Farellones.

Viagem para o Chile - Panorâmica da cidade de Santiago
A cidade o um dos seus mais novos símbolos, o Sky Costanera

Valparaíso e Viña del Mar | Na colorida Valparaíso, ande nos famosos funiculares da região e aprecie as obras feitas de grafite que estão expostas ao ar livre. Já em Viña del Mar, visite o Castillo Wulff, tire belas fotos no Relógio das Flores e desfrute de suas belas praias de água gelada. É possível fazer um bate-volta de Santiago ou se hospedar por aqui.

Atacama | Um ícone do turismo no Chile é o Deserto do Atacama, onde todas as atrações são imperdíveis. A mais famosa deles é o Valle de La Luna, mas sua visita deve também incluir a Laguna Cejar, os Geysers del Tatio, as Lagunas Altiplanicas. Atrações menos conhecidas e que valem a visita são o Vale do Arco-Íris e o ônibus do deserto. E para finalizar, relaxe nas águas das Termas de Puritama.

Viagem para o Chile - Atacama
Magic Bus ou La Micra
Viagem para o Chile - Lagunas Altiplânicas
Laguna Miscanti

Patagônia | Na Patagônia você tem a possibilidade de fazer os mais variados passeios. O Parque Torres del Paine é destino certo para os amantes de trekking e natureza. Se você fizer uma viagem de carro, não pode deixar de fora o percurso pela famosa Carretera Austral, a estrada mais cênica da América do Sul que começa em Puerto Varas e nos presenteia com bosques, rios coloridos, montanhas, lagos azuis e tantos outros espetáculos da natureza.

Viagem para o Chile - Torres del Paine
Torres del Paine e a Patagônia Chilena

Destinos de neve | Valle Nevado é o destino mais buscado para quem pensa em curtir neve durante uma viagem para o Chile. Mas se tiver saindo de Santiago em direção à Patagônia, vale a pena dar um pulo em Chillán para conhecer suas famosas piscinas aquecidas de águas minerais, além de uma excelente pista de esqui. Agora se seu interesse é esquiar aos pés do vulcão Villarrica, você precisa visitar a cidade de Pucón.

Viagem pro Chile - Valle Nevado
Valle Nevado

Chilloé | Localizado ao norte da Patagônia chilena, no arquipélago de Chilloé você tem encontro marcado com pinguins e baleias. O cenário também é composto por casas de palafitas e diversas igrejas jesuítas de madeira. Complete o passeio com uma ida ao Parque Nacional Chilloé e não deixe de provar algumas das centenas de batatas nativas.

Viagem para o Chile - Chiloé
As marcantes casas coloridas sobre palafitas em Chiloé

Ilha de Páscoa | A Ilha de Páscoa é um destino mágico, que oferece diversas atrações. Além das Moais, as enormes estátuas de cabeça que são símbolo da ilha, é possível visitar o Museu Antropológico, a caverna próxima ao Ahu Tahai e a Estação da Nasa. Também é imperdível o nascer e o pôr-do sol em Ahu Tongariki.

Viagem para o Chile - Ilha de páscoa
Moais, as estátuas da Ilha de Páscoa

Norte do Chile | Menos visitado pelos brasileiros, a região norte do país também guarda destinos muito diferentes, cheios de história e com uma paisagem diversificada. Sua viagem para o Chile pode ser bem interessante se você incluir destinos como Iquique, Arica e Antofagasta em seu roteiro.

Viagem para o Chile - Antofagasta
Mano del Desierto em Antofagasta

Acomodação no Chile

Recomendações de hospedagem no Chile

Santiago | Hotel Casa Zañartu, Yogi Hostel, Rukaza Lastarria. Mais opções no post onde ficar em Santiago.

Atacama | Hostal Sonchek, Posada AtacameñaHostal Corvatsch

Chillán | Onai Hostal, Hotel Nevados de Chillán

Pucón | Bambu Lodge

Chilloé | Cabañas Palafitos Los Pescadores, Palafits

Ilha de Páscoa | Cabañas Anariki, Lodge Ana Iri

Norte do Chile | Hotel Atalaia (Antofagasta), Hostal Jardin del Sol (Arica), NH Iquique (Iquique)

Visão geral

A maioria dos destinos chilenos oferecem variados tipos de acomodação. Seja qual for o seu estilo, não será difícil achar algo que te agrade em sua viagem para o Chile – com exceção para a Patagônia, onde há menos oferta.

Os preços costumam ser salgados: viajar para o Chile não é tão barato, e acomodação é um dos fatores que mais pesam. No Atacama e no sul do país, o preço costuma ser ainda mais elevado.

Em Santiago, boas regiões para se hospedar são os bairros de Providencia, Lastarria e Bellavista. O Valle Nevado fica localizado na Cordilheira dos Andes e para se hospedar na região é necessário ficar dentro do complexo Valle Nevado Ski Resort.

Como San Pedro do Atacama é uma cidade bem pequena no meio do deserto, o melhor lugar para se hospedar é em torno da rua principal chamada Calle Caracoles. Já na Patagônia, as opções de hospedagem são mais escassas, principalmente nos pequenos vilarejos.

A principal observação é, na hora de planejar sua viagem para o Chile, faça sua reserva com antecedência caso vá na alta temporada.

Transporte no Chile

Companhias aéreas como Latam, Gol e Avianca oferecem voos diretos do Brasil para a capital Santiago. Além delas, a companhia low cost chilena chamada Sky também faz voos saindo do Brasil, sendo uma ótima oportunidade para economizar. Normalmente fazemos pesquisa de preços e compramos nossas passagens pelos sites Skyscanner e Momondo.

Se você não se importa em viajar mais que 54 horas dentro de um ônibus, pode fazer o trajeto com algumas companhias internacionais como Chilebus e Pluma. Entretanto, é bom ficar ciente que a viagem não vai ser muito confortável.

Para chegar ao país de carro, saiba que é preciso atravessar a Argentina. Você pode fazer isso pelo Rio Grande do Sul ou Foz do Iguaçu, dependendo do destino que vai visitar no Chile.

Para a maioria das cidades é possível viajar de ônibus, mas é preciso levar em consideração as longas horas de deslocamento. Nós percorremos todo o país de carro e consideramos as condições das estradas muito boas, com exceção da Carretera Austral e de alguns trechos no Deserto do Atacama.

Na capital Santiago é possível fazer vários passeios a pé dependendo de onde ficar hospedado, mas o transporte público da cidade é bastante eficiente. Há opção de táxi e Uber, embora esse último sofra pressão dos taxistas. Sente-se no banco da frente. Se achar interessante, também pode alugar um carro para rodar pela cidade e conhecer lugares mais distantes. Nós normalmente alugamos carros pela Rentcars, um site que funciona como comparador de preços e sempre indica o valor mais baixo.

Em Valparaíso e Viña del Mar, geralmente, faz-se um bate e volta saindo de Santiago. Nesse caso, alugar um carro ou fechar um tour é o ideal para facilitar na locomoção entre e dentro das cidades.

Em cidades menores como Atacama, vale a pena se locomover a pé ou usar uma bicicleta. Nas demais cidades, alugar um carro facilita muito para conhecer as principais atrações da região.

Quando ir para o Chile

Se o destino principal da sua viagem para o Chile for a capital Santiago, você pode visitá-la em qualquer época do ano. Mas se não quiser pegar chuva, os meses de outubro a abril são os melhores para fazer passeios ao ar livre.

Se a intenção é curtir uma bela praia como as de Viña del Mar ou Valparaíso, os meses de dezembro a fevereiro são os mais indicados. Contudo, esse é o período considerado como alta temporada, principalmente, em fevereiro que é a época das férias chilenas.

De maio a setembro é a época mais chuvosa, mas em compensação é o período de neve na maior parte das regiões. Destinos como Valle Nevado, Chilán e Pucón estão lotadas de turistas que estão loucos para curtir a neve.

De uma forma geral, o turismo no Chile pode ser aproveitado o ano todo – basta escolher seu destino e conferir a melhor época de visitá-lo.

O que levar na mala em uma viagem para o Chile

Definir o que levar na mala em sua viagem para o Chile vai depender do período que você vai conhecer o país. Portanto, se a sua viagem for no inverno, calças e casacos bem quentinhas, cachecol, gorro e luva são itens indispensáveis. Roupas térmicas também são obrigatórios.

Para roupas de neve, é possível alugá-las nas cidades ou nas próprias estações de esqui. Caso opte por comprá-las, deixe para fazer isso também no Chile, pois os preços são melhores que no Brasil.

Na hora de preparar a mala para o verão, o mais indicado é levar bermudas, vestidos, shorts, camisetas e regatas, ou seja, roupas leves e confortáveis. O ar costuma ficar muito seco e, dificilmente, chove. Um casaquinho é sempre bem-vindo.

Mesmo nos períodos mais frios é indicado usar um protetor solar, assim como no verão. O repelente você deve colocar na bagagem quando for visitar o Deserto do Atacama.

O que comer no Chile

Empanadas | São preparadas com massas doces ou salgadas e com recheios variados. Queijo, carne e ovo cozido são os recheios mais comuns e você pode escolher se quer ao forno, com massa folhada ou frita.

Ceviche | Apesar da discussão sobre a origem do ceviche sere chilena ou peruana, encontramos ótimos exemplares no Chile. O prato de peixe cru que deve ser marinado no suco de limão até ficar praticamente cozido. Cebola, coentro, pimenta e pimentão são misturados ao peixe que pode ser substituído também pelo salmão ou mariscos.

Viagem para o Chile
Saudade dessa delícia!

Curanto | O prato é conhecido como um grande cozido de mariscos e carnes. No entanto, na receita tradicional, a comida deve ser feita sobre pedras quentes e coberta com folhas da planta nalca. Pães feitos de batata ou farinha são servidos de acompanhamento.

Pastel de Choclo | Apesar do nome, o prato é mais parecido com um escondidinho: a massa é feita de milho meio adocicado (chamado choclo) que é colocado por cima, e o recheio é feito de carne, frango, ovos, entre outros ingredientes.

A lo pobre | A melhor das guarnições: uma enorme porção de batata frita que são decoradas com cebola frita e um ovo frito. Normalmente servido com bife ou peito de frango.

Aproveite:

Lonely Planet Chile e Ilha de Páscoa

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

CHILE: Explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Porque um dia de semana qualquer em Arraial do Cabo com o pessoal da @lagostrilhas sempre rende foto boa!#emalgumlugardomundo #arraialdocabo #destinosimperdiveis #topdestinos #turismobrasil

Essa foto tá pra sair do forno tem tempo, mas a correria do dia a dia tem nós mantido meio distantes daqui.
Daí hoje fizemos uma pausa pra refletir sobre a rotina que “rouba” nosso tempo.
É muito bom estarmos tão envolvidos com o blog e com os projetos que tocamos. E sim, viver do nosso blog de viagem dá muito mais trabalho do que muitos imaginam! Mas é muito bom e só temos a agradecer.Afinal, graças a ele conhecemos tantos lugares maravilhosos. Alguns do outro lado do mundo, outros pertinho do nosso – até então – lar oficial.Um dos últimos destinos que conhecemos foi a Cachoeira do Saco Bravo, em Paraty. Pra chegar nela, encaramos uma trilha de 9km saindo de Ponta Negra, uma vila Caiçara próxima a Trindade e Praia do Sono. Bem cansativa, mas não poderia ter melhor recompensa do que esse visual: uma piscina natural, formada por uma cachoeira na beira do mar!
Por mais viagens assim. E por mais momentos de reflexão e felicidade por nossas escolhas de destinos e de vida!
.
.
.
.
.
#emalgumlugardomundo #paraty #costaverde #destinosimperdiveis #destinosbrasileiros #mtur #qualviagem #embarquenaviagem #errejota #turismobrasil #proximaviagem #achadosdasemana #gostariadeiroficial

😃 Uma praia dessas é mais felicidade que um parque de diversões sem fila!!! É não é que é essa a sensação mesmo? Parando aqui pra pensar e agradecer pelo quanto a gente é sortudo na vida por ter momentos maravilhosos em lugares paradisíacos assim – e vazios na baixa temporada 🙏❤️ A belezura de Trindade nos diazinhos de sossego que passamos na @pousada_cabeca_do_indio e fomos diversas vezes à Praia do Cachadaço. 🏝
Conta pra gente: qual seu destino preferido pra curtir um momento relax?#emalgumlugardomundo #trindade #paraty #mtur #destinosbrasileiros #missaovt #revistaqualviagem #embarquenaviagem #praiasbrasileiras #achadosdasemana #errejota #proximaviagem #viajarfazbem

Ainda sobre Trindade: essa é a piscina natural do Cachadaço (ou Caixa D’Aço). Pude muitas vezes contemplar esse lugar lá de baixo, mas a vista de cima dela é incrível!
O legal daqui é que, mesmo com o mar  bem agitado, as pedras dão a proteção ideal para um mergulho bem tranquilo!#emalgumlugardomundo #paraty #trindade #destinosbrasileiros #mtur #qualviagem #destinosimperdiveis

Tem horas que tudo que a gente quer é brincar. Como é bom voltar a ser criança, mesmo que seja por alguns poucos minutos!#emalgumlugardomundo #paraty #trindade #embarquenaviagem #destinosbrasileiros #mtur #viagemeturismo

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!