MALÁSIA

#emalgumlugardomundo

Um verdadeiro paraíso tropical no coração do sudeste da Ásia: a Malásia esbanja paisagens exuberantes, seja por suas praias ou por suas florestas tropicais. Localizado ao sul da Tailândia, o país é o destino certo para quem quer curtir mergulhos, trekkings ou simplesmente aproveitar o contato com a natureza.

Sua capital, Kuala Lumpur, não fica para trás: espere encontrar uma metrópole com diversidade e riqueza cultural impressionantes. Veja aqui tudo o que você precisa saber antes de planejar sua viagem para Malásia. E aproveite!

Turismo na Malásia - Petronas Tower
Petronas Tower, um símbolo de Kuala Lumpur

Um breve resumo sobre a Malásia

Geografia

A Malásia está localizada no sudeste asiático e se divide em dois territórios: a Península Malaia e a Malásia Insular. A primeira faz fronteira com a Tailândia, mar da China Meridional, estreito de Malaca, Indonésia, Singapura e Vietnã. Enquanto que a segunda faz fronteira com Brunei, mar de Sulu e Filipinas.

História

Os registros dos primeiros povos da Malásia são de mais de 40 mil anos atrás. Os primeiros a chegarem no território foram os chineses e indianos, bem no período de grandes impérios na região.

No entanto, a Malásia foi colonizada por diferentes povos como os portugueses e os holandeses, até a chegada do Império Britânico. O país só conseguiu se tornar independente em 1963, depois de intensas operações de guerrilhas.

Atualmente, a Malásia é um país monarquista, inspirado no sistema parlamentar do Reino Unido. Por conta disso, o chefe de Estado é quem governa o país – e as pessoas se referem a ele como Rei.

Economia

A agricultura é a principal atividade econômica do país, seguida da exportação do petróleo. Porém, o turismo na Malásia tem crescido bastante, se tornando a terceira maior fonte de negócios no país.

Religião

O islamismo é a religião oficial da Malásia, ainda que o país garanta a liberdade de religião. Entretanto, existem bastante budistas e hinduístas na região. É possível também encontrar cristãos, mas em pequena quantidade.

Informações úteis sobre a Malásia

Dinheiro

A moeda oficial da Malásia é o Ringgit Malaio (MYR), que é conhecido como o dólar malaio. O mais indicado é pagar suas despesas com a moeda local. Para isso, leve dólares ou euros para fazer o câmbio.

Eletricidade

A voltagem é de 240v e o formato da tomada local é do tipo G – o modelo é de 3 pinos grossos e achatados, muito parecido com o usado na Inglaterra. Portanto, você deve levar um adaptador universal em sua viagem para Malásia.

Vistos

Turistas brasileiros não precisam de visto para entrar no país. Porém, a estadia máxima para quem viaja a turismo na Malásia não pode exceder 90 dias. Além disso, é preciso estar com o passaporte válido por no mínimo 6 meses quando entrar no país.

Segurança e Saúde

A Malásia é considerada um país muito seguro, mesmo para as mulheres que estão viajando sozinhas pela região. Mas como toda viagem, é importante tomar alguns cuidados para não viver momentos desagradáveis.

Para entrar na Malásia, o turista brasileiro precisa portar o Certificado Internacional de Vacina contra febre amarela. Embora não seja obrigatório, é recomendado também vacinas contra hepatite A, febre tifoide e encefalite japonesa.

O sistema de saúde local é considerado muito bom. De qualquer forma, é sempre recomendável fazer um seguro antes de embarcar em sua viagem para Malásia. Para isso, sugerimos pesquisar preços no site da Segurospromo. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto.

Seguros Promo

Idioma(s)

O malaio é a língua oficial da Malásia, mas como o idioma apresenta muitos dialetos, é possível que você não entenda a língua que é falada em uma determinada região se comparado com outra cidade. Como a Malásia foi colônia da Inglaterra, o inglês é um idioma bastante praticado por lá.

Festivais e eventos

Hari Raya Puasa | É o maior evento do ano, que finaliza o jejum do período do Ramadan. Neste dia, as pessoas vão até o cemitério e depois visitam uma mesquita para rogar e suplicar. As casas dos muçulmanos ficam abertas para receber as pessoas, assim como a casa do Primeiro Ministro, que fica aberta para os turistas.

Ano Novo Chinês | No Ano Novo Chinês, há troca de presentes e os malaios fazem visitas aos templos, além de deixarem a casa aberta para receber amigos e parentes. No final da festa, há queimas de fogos de artifícios e bailes que apresentam enormes dragões.

Deepavali ou Festival das Luzes | A comunidade hindu da Malásia celebra o Festival das Luzes com bastante velas e lâmpadas de azeite, com o objetivo de decorar as casas para o Deus da saúde protegê-las. As casas ficam abertas para receber parentes e amigos.

Dia Anual da Cidade | É a comemoração do reconhecimento de Kuala Lumpur como a cidade mais importante da Malásia. Nas festividades há competições de pesca e de esportes aquáticos, além de atividades ao ar livre e caminhadas que são organizadas em comemoração ao evento.

Dia Merdeka | A celebração anual da independência acontece em agosto. São realizados vários desfiles coloridos e espetáculos ao vivo em toda cidade de Kuala Lumpur.

O que ver e fazer em sua viagem para Malásia

Kuala Lumpur | Na capital da Malásia, você não pode deixar de visitar Batu Caves e conhecer de perto a enorme estátua de Lord Murugan. Outro destaque são as maiores torres gêmeas do mundo, chamadas Petronas Towers. Visite também o templo chinês Thean Hou Temple e a agitada rua Changkat Bukit Bintang.

Turismo na Malásia - Petronas Tower
Petronas Tower
Turismo na Malásia - Batu Caves
Batu Caves

Cameron Highlands | Um lugar espetacular, onde a principal atração são as plantações de chá-verde-esmeralda. Por aqui também é possível fazer algumas trilhas que levam até a montanha Gunung Jasar.

Turismo na Malásia - Plantação de Chá
Plantação de Chá

Penang | Aproveite o clima gostoso dessa ilha: circule por George Town para apreciar as famosas artes de rua e estenda o passeio pela Cla Jetties, uma vila com casas palafitas. Curta a praia de Batu Ferringhi e conheça também o Penang National Park.

Turismo na Malásia - George Town
George Town e as artes interativas

Malaca | Para conhecer a cidade com influência portuguesa, faça um passeio pela Dutch Square ou Red Square. Depois conheça um ícone português na cidade, a Igreja de São Francisco Xavier. Finalize com um passeio pelo Rio Melaka River Cruise.

Turismo na Malásia - Rio Melaka
Rio Melaka

Langkawi | Mergulhe na beleza de Langkawi, a começar por um snorkeling no Parque Marinho de Pulau Payar. Aproveite para se divertir em um jet ski e fazer umas comprinhas no complexo de artesanato da cidade.

Turismo na Malásia - Langkawi
Langkawi é uma das praias mais buscadas da Malásia

Acomodação na Malásia

Hospedagem costuma ser algo acessível na Malásia. Há boas opções tanto de hostels como de hotéis 2-3 estrelas nas áreas mais turísticas. Também existem ótimos hotéis mais confortáveis e até de luxo por preços muito mais convidativos do que no Ocidente.

Em Kuala Lumpur, as melhores áresa para se hospedar são Bukit Bintang, Chinatown, KLCC e KL Sentral. Por aqui recomendamos os hotéis Capitol Hotel, Traders Hotel e Citin Seacare Pudu.

Se você vai pernoitar em Cameron Highlands, pode escolher uma hospedagem econômica em um quarto com duas camas no valor de R$ 158,00 ou R$ 1.160,00 por um quarto duplo mais luxuoso.

Já na Ilha de Penang, se você quiser ficar bem localizado, deve procurar um lugar em George Town.

Em Malaca, a região em volta da Jonker Street é a mais procurada e recomendada.

Transporte na Malásia

Não há voos diretos, saindo do Brasil para Malásia. Para chegar até lá é necessário fazer escalas em alguns países. Você pode voar com as companhias aéreas KLM, Qatar e Emirates e a duração dos voos é de, no mínimo, 24 horas.

Costumamos fazer pesquisa de preços e comprar passagens pelos sites Skyscanner e Momondo, mas para o sudeste asiático achamos que o 12GoAsia foi melhor.

Powered by 12Go Asia system

De Singapura é possível fazer a viagem de ônibus até Kuala Lumpur, sendo a maneira mais econômica. A viagem dura cerca de 4 a 6 horas e você ainda pode fazer algumas paradas no meio do caminho.

Outra opção é pegar um trem saindo de Bangkok ou outra cidade da Tailândia. No entanto, o trajeto é feito até Padang Besar. A viagem dura em torno de 18 horas e nem sempre é confortável.

Para viajar entre as cidades, o mais indicado é pegar ônibus. Não aconselhamos muito alugar carro no país, já que o trânsito é caótico e você pode se estressar mais do que aproveitar a viagem.

O sistema de transporte urbano de Kuala Lumpur funciona muito bem. Você pode se locomover usando metrô, trens de alta velocidade, trens de superfície, monotrilhos e ônibus. Se preferir, você pode usar táxi ou uber, pois o custo não é alto.

Quando ir para Malásia

O clima é úmido e quente durante todo o ano. Além disso, no país existem dois períodos de monções, que afetam o clima local e que podem prejudicar um pouco a vida do viajante. Por isso, é importante considerar o melhor período para cada destino de sua viagem para Malásia.

No caso da região da costa ocidental, que engloba cidades como Langkawi, Penang e Pangkor, o período chuvoso ocorre nos meses de setembro e outubro. Portanto, esta não é uma época recomendada para conhecer a região.

Já a região da costa oriental, que compreende as cidades de Tioman, Perhentian e Bornéu, o período das monções acontece de novembro a fevereiro. Por isso, é bom evitar visitar a área nessa época.

Mas em compensação, no restante do ano, essa região é um dos melhores destinos de praia da Malásia. Agora, se a intenção é conhecer as montanhas de Kuala Lumpur, Malaca e Cameron, faça isso nos meses de junho e julho e evite os meses de outubro até março.

Na capital Kuala Lumpur, dezembro a março é alta temporada porque é o período mais seco.

Apesar disso, uma viagem para Malásia pode ser bem aproveitada em qualquer época do ano, bastando que você tenha cuidado com o período das monções em cada região.

O que levar na mala de viagem para Malásia

Na hora de fazer as malas para a Malásia, o ideal é levar peças leves e confortáveis para o dia a dia. Como o país tem uma mistura de culturas, evite levar peças que marcam muito o corpo, principalmente, quando for visitar templos religiosos, mas leve sempre um casaco para os momentos de frio.

Para os pés, leve tênis para fazer caminhadas, já que você vai se locomover muito a pé pelas cidades. Uma sandália rasteira e sapatilha são confortáveis e perfeitas para circular pela cidade durante a noite.

Itens como repelente e protetor solar são indispensáveis em uma viagem pelo sudeste asiático. Leve uma capa de chuva se você for visitar o país no período mais chuvoso e ande sempre com papel higiênico.

Além disso, não devem faltar na sua mala as cópias de seus documentos e os remédios s.o.s. Para mais dicas, veja nosso post sobre o que levar em uma viagem para o sudeste asiático.

E lembre-se: antes de montar sua mala, cheque as restrições das companhias áreas, principalmente se for fazer voos internos. A Air Asia, por exemplo, permite apenas viajar com bagagem de mão de até 7kg.

O que comer na Malásia

Nasi Goreng Pattaya | Arroz frito com carne, frango ou vegetais. O prato é envolvido em um omelete e é servido acompanhado com um molho adocicado e picante.

Nasi Lemak | É considerado o prato nacional da Malásia. O prato é feito com arroz, pequenas porções de anchovas fritas e amendoins fritos. A iguaria vem acompanhada com rodelas de pepino, ovo cozido ou frito e uma pasta chamada sambal, que é muito picante.

Turismo na Malásia - Prato tradicional
Uma mistura interessante

Laksa | É uma sopa com noodles, adocicada e picante. Pode ser misturada com leite de coco, gengibre, tamarindo ou curry. No prato é adicionado noodles de arroz, pedaços de soja, carne e tofu.

Lontong | Uma porção de arroz prensado em folha de bananeira, que se forma um rolo e é cortado em pedaços. Normalmente subsitui o arroz branco nos pratos, e pode ser servido como acompanhamento de pratos à base de molho de amendoim ou salada

Fried Carrot Cake | Arroz cozido e prensado no formato de blocos. Esse arroz é cortado em pedaços e depois frito com ovo e alguns condimentos como o molho de soja bem picante.

Cendul | Uma sobremesa gelada feita à base de leite de coco e gelo moído. Por cima o doce é regado com calda de açúcar e servido com noodles verdes e feijões adocicados.

Aproveite:

Lonely Planet Malaysia Singapore & Brunei (Travel Guide) (English Edition)

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Baixe agora nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

MALÁSIA: Explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!