Dica de hospedagem em Ibitipoca MG: Sítio das Hortênsias | Em Algum Lugar do Mundo

DICA DE HOSPEDAGEM EM IBITIPOCA MG: SÍTIO DAS HORTÊNSIAS

  • Adriana
  • -
  • 3 de setembro de 2019
  • 2 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Com Ibitipoca caindo cada vez mais no gosto dos viajantes, não é tarefa difícil achar hospedagem por lá. A grande demanda fez com que vários hotéis, pousadas, sítios e albergues surgissem no vilarejo.

Nós já demos todas as dicas desse paraíso no post sobre o que fazer em Ibitipoca. Mas se você quer uma dica boa de onde se hospedar em Ibitipoca, lá vai: nós passamos 4 noites no Sítio das Hortênsias, o que fez nossa experiência em Ibitipoca ser muito mais gostosa!

Cachoeirinha no Parque Estadual de Ibitipoca

Sítio das Hortênsias fica no meio do caminho entre a vila de Ibitipoca e o Parque Estadual (onde tem as trilhas). Na verdade, a localização já é o primeiro diferencial do Sítio das Hortênsias: natureza por todos os lados, absolutamente nada ao redor que não seja verde.

dica de hospedagem em Ibitipoca - Sitio das Hortensias
Vista do Sítio

No ato da reserva, a Adriana, minha xará dona do Sítio das Hortênsias, já irá mandar por e-mail as instruções de acesso. É só seguir que não tem erro. Vale dizer que o acesso ao Sítio das Hortênsias pode se tornar um pouco mais complicado em dias com chuva intensa, pois a maior parte do caminho é por estrada de chão e com pequenas ladeiras. Mas nada que torne inviável sua hospedagem por lá em dias chuvosos.

Logo na entrada do sítio, passamos por uma porteira de madeira. Já sentimos aquele clima gostoso de que estávamos entrando em um lugar isolado!  Ao chegarmos na recepção, fomos logo recebidos pelo Trovão e pelo Thor, dois cães super dóceis e carinhosos, que nos fizeram companhia durante todos os dias da nossa estadia.

Dicas de hospedagem ibitipoca
Nossos recepcionistas

Em seguida, a Adriana veio nos receber e entregar as chaves, mas não sem antes nos servir um delicioso chá e um bolinho que tinha acabado de sair do forno. O papo se estendeu por mais de uma hora ali… e a receptividade do Sítio das Hortênsias foi mais um diferencial que percebemos assim que chegamos. Um destaque pra recepção, que é uma recepção com cara de casa, muito gostosa!

A caminho do nosso chalé, fomos apresentados à horta e às demais dependências do Sítio. A sensação é mesmo diferente de se estar em um hotel, parecia que estávamos chegando na casa de amigos! A horta nos rendeu ainda hortelã pro nosso chá e uma pimenta delícia pra temperar nosso jantar. E tinha muito mais verde por ali!

Nós ficamos em um chalé delicioso: uma sala espaçosa com cozinha americana, um quarto e um banheiro muito confortáveis. Aliás, no Sítio das Hortênsias não há luxo, mas sobra conforto e clima intimista.

Outra observação é que no Sítio das Hortênsias não é servido café da manhã, mas cada chalé/ casa tem sua própria cozinha, permitindo que você faça suas próprias refeições. Nós já sabíamos disso e já passamos num mercado a caminho de Ibitipoca, sugiro que faça o mesmo.

Confira: O que fazer em Ibitipoca

Ah, e um destaque pra lareira deliciosa que nos manteve quentinhos no frio absurrrrdo que fez enquanto estávamos em Ibitipoca. Nós chegamos e levamos uma frente fria na mala com a gente. No final das contas, achei que foi um pretexto perfeito pra acender essa lareira e curtir a noite dentro do chalé!

dica de hospedagem em Ibitipoca - Sitio das Hortensias
Esquentando os pés enquanto trabalhávamos um pouco

Outra curiosidade: a gente nem sabia disso quando chegou, mas descobrimos que o marido da Adriana é o D’Anestis, um artista grego renomado e incrível com quem tivemos o prazer de conversar por horas! Ele também tem a alma viajante, então já viu que o assunto rende né? Pudemos visitar seu atelier e conhecer algumas de suas obras, de cair o queixo!

dica de hospedagem em Ibitipoca - Sitio das Hortensias
Ateliê do D’Anestis

A estrutura do Sítio das Hortênsias é assim: 5 chalés, com capacidade de 2 a 6 pessoas; 2 casas, para 4 a 6 pessoas; e 2 suítes, para 2 pessoas. Todas as dependências diferem no tamanho e na decoração, mas a estrutura é basicamente a mesma: todos com quarto, cozinha e banheiro, e com sofá-cama para os hóspedes extras.

Há uma exceção para 2 suítes disponíveis na alta temporada: elas não tem cozinha, mas os hóspedes podem usufruir da estrutura da cozinha que fica na recepção.

Então se você quer um lugar bem aconchegante para se hospedar em Ibitipoca, já sabe: o Sítio das Hortênsias foi um escolha acertadíssima que fizemos. Afinal, não é à toa que eles tem a pontuação de 9.3 no Booking né? Recomendadissimo!

Trabalhando na rede

*Ficamos em Ibitipoca a convite do Sítio das Hortênsias. Todas as fotos e relatos desse post foram baseados na experiência que tivemos durante nossa estadia.

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Brasil: explore

2 comentários em “DICA DE HOSPEDAGEM EM IBITIPOCA MG: SÍTIO DAS HORTÊNSIAS”

  1. Thiago Kling disse:

    Caaaaara, apenas depois me liguei que eram os chalés do D’Anestis.

    Cara extremamente com alma viajante e super rodado (no bom sentido da palavra). Ele é um cliente queridissímo no Bistrô.

    1. Caio Farias disse:

      Sério? Ficamos horas conversando com ele sobre artes, viagens, história… Um cara muito bom de conversar e aprender! Coincidência, ein!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

COSTA RICA NÃO É SÓ PRAIA! 
Se vc acha que o país (que por sinal é um dos lugares mais biodiversos do mundo) tem só belas praias a oferecer, dá uma espiada nessa beleza. 
Uma das cachoeiras mais bonitas que visitamos na Costa Rica foi a Catarata Rio Fortuna, com nada menos que 75 metros de queda d’água.

E para se banhar nessa maravilha, é preciso encarar uns 500 degraus de escadaria. Dica: desça na maior empolgação pra dar um mergulho nessa belezura e deixa pra sofrer na volta 😅 
Nós fomos não época de chuvas e mesmo assim a água estava linda! 
O que pode acontecer nessa época é que, devido ao grande volume de água, o mergulho na piscina principal seja proibido por questões de segurança. Mas dá pra se banhar logo adiante, no rio formado pela cachoeira. Então tá valendo o “esforço” de qualquer jeito!

E vc, tb curte uma cachoeira ou prefere mesmo uma praia?

#costarica #lafortuna #emalgumlugardomundo #nature #waterfall

🚙 🇨🇷Viajar pela Costa Rica de carro foi uma das melhores aventuras que vivemos! 
A gente ama a liberdade de dirigir pelo desconhecido, fazer as coisas do nosso jeito, no nosso tempo. 
Sabiamos que não iríamos muito longe alugando um carro comum, porque algumas estradas por lá são impraticáveis – então já fechamos num 4×4 da @nomad_america pra não ter erro. E gente, não é em qualquer lugar que a gente pode alugar um carro com barraca de camping e dormir em uma praia deserta, né? 🏕️🏖️ E foi assim que cruzamos rios e acampamos em lugares incríveis – tudo isso vivenciando uma conexão incrível com a natureza selvagem desse país que tanto nós surpreendeu 😍

🇨🇷 Dois ícones da Costa Rica: surf e por do sol ☀️ 🏄‍♀️ Como o país é estreito e comprido , quase todas as praias do lado do Pacífico têm espetáculo do pôr do sol garantido (isso quando as chuvas tropicais não atrapalham). Fora a água naquela temperatura gostosa e um tanto de ondas tranquilas, ótimo pra quem quer aprender a surfar. A gente até se animou fazendo umas aulinhas, mas precisava de mais uma temporada por lá pra se manter na prancha por mais tempo. Alguém aqui pensando em voltar? 😬😛

Saindo da rota: todo destino tem aqueles cantinhos escondidos, que não estão em nenhum guia de viagem ou que você nunca ouviu falar antes, por mais que tenha pesquisado tudo sobre o lugar. ⠀
“E se a gente virar aqui, onde que vai dar?”
⠀
Eu não sei vocês, mas pra gente uma das melhores partes da viagem é poder andar pelo desconhecido. É esticar a caminhada ou virar à esquerda no atalho, e chegar ali só pra ver o que que tem.
⠀
É verdade que você pode chegar numa rua sem saída (e obviamente não é em todo destino que dá pra fazer isso). Mas é numa dessas que você descobre um lugar especial, que já faz valer a viagem todinha – que até vale cortar atração do roteiro só pra aproveitar mais aquela descoberta. ⠀
O desconhecido definitivamente faz nossos olhos brilharem! E para você, qual o grande momento em uma viagem?⠀ ⠀
____________________________
⠀

🇨🇷 Na Costa Rica você passa o dia inteiro babando pelo azul, pra chegar no fim de tarde e ficar embasbacado com esse rosa. 😍😱 É um pôr do sol mais lindo que o outro por aqui! ☀️

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!