Peru: conheça as Ilhas Ballestas e a Reserva Nacional de Paracas | Em Algum Lugar do Mundo

UM PASSEIO PELAS ILHAS BALLESTAS NA RESERVA NACIONAL DE PARACAS

Mostramos como é o tour para um dos destinos mais belos do Peru

  • Adriana
  • -
  • 10 de junho de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Sabe quando você vai conhecer um lugar sem muita expectativa mas acaba se surpreendendo? Foi o que aconteceu com a gente em nosso tour para as Ilhas Ballestas, na Reserva Nacional de Paracas no Peru. Além da parte mística sobre a curiosa figura do candelabro, o que ganhou nosso coração foram os pinguins e leões marinhos que moram por ali – e podem ser vistos facilmente!

Se você pretende fazer o tour para as Ilhas Ballestas, vale reforçar que há outras opções muito interessantes sobre o que fazer em Paracas: os cenários da Reserva Nacional de Paracas são deslumbrantes e não se limitam apenas às Ilhas Ballestas. Portanto, reserve um dia extra no seu roteiro para conhecer melhor o destino.

ilhas ballestas
Um dos arcos formados pela erosão das rochas nas ilhas

Mas agora vamos mostrar aqui como é o tour para as Ilhas Ballestas, além de dar dicas e informações sobre o passeio. Confira!

Onde se hospedar para visitar as Ilhas Ballestas

Para fazer o tour para as Ilhas Ballestas, você deverá se hospedar em Paracas, já que é dessa cidade que partem os barcos. A maioria das opções de hospedagem estão no centro, pertinho da marina. Os mais luxuosos ficam um pouco mais afastados.

Nós recomendamos o Hotel Riviera Inka Paracas, bem próximo à praia e ao calçadão, a partir de R$156.

ilhas ballestas
Foto Divulgação

Se você gosta de hostels, a melhor pedida em Paracas é o Kokopelli Hostel Paracas, por R$52 a cama em um quarto compartilhado. Eles também tem quarto privativo.

Como é o tour para as Ilhas Ballestas na Reserva Nacional de Paracas

Podemos dividir o tour para Ilhas Ballestas em 3 partes.

Mineradora

Fazemos a primeira parada em frente a uma mineradora. O guia nos explica que a região explora a extração de alguns minerais, como ferro. Mas o fato mais curioso está na extração de outro elemento: guano, que deriva das fezes das aves que vivem nas ilhas. Com a quantidade de ave que tem por aqui, realmente não deve faltar matéria prima!

Candelabro

A segunda parada é em frente à famosa figura chamada “Candelabro”. Assim como as Linhas de Nasca, não há nada comprovado sobre sua origem, embora existam algumas teorias.

A teoria mais provável é que o candelabro seja uma obra do antigo povo Paracas. Como você vai observar, as pontas do candelabro têm formato de cacto – e essa planta era muito utilizada pela antiga civilização em rituais religiosos e até em cirurgias. E outras palavras, é o alucinógeno que conhecemos como Ayuasca ou cacto de São Pedro.

ilhas ballestas - Candelabro
A curiosa forma desenhada em uma das colinas da ilha

Outra possibilidade é que o candelabro tenha sido feito por piratas, que o utilizavam como um farol. Há também quem diga que o desenho é uma obra extra terrestre. E você, chutaria outra história?

Avistamento de animais

Sem dúvidas o melhor momento do tour para as Ilhas Ballestas e o que faz valer a visita à Reserva Nacional de Paracas. Nós sabíamos que iríamos encontrar bichos nesse passeio, mas não sabíamos que seriam tantos!

A começar pela quantidade de aves, que é realmente impressionante. O guia inclusive aconselha ter cuidado com a cabeça, pois qualquer um pode estar na mira – não é à toa que a região é produtora de guano.

ilhas ballestas - aves
São mais de 7 milhões de aves que vives nessas ilhas

Sem desmerecer as aves, mas o que ganha nossos corações no tour pra as Ilhas Ballestas são os pinguins e os leões marinhos. Podemos ver os pinguins em menor quantidade, mas certamente o caminhar desajeitado deles vai te arrancar um sorriso.

ilhas ballestas - Pinguins
Um grupo de pinguins de humboldt caminhando para mergulhar, ou melhor, se jogar na água

Os leões marinhos estão por toda parte, normalmente dormindo encostado em alguma pedra. É tanto leão marinho fofo e solto na natureza que você nunca mais vai querer pensar em um aquário (assim espero!).

ilhas ballestas - lobos marinhos
Um grupo descansa durante a manhã

E é com esse cenário lindo que nos despedimos das Ilhas Ballestas e retornamos ao píer, prontos para explorar as outras atrações da Reserva Nacional de Paracas. Aproveito para reforçar que, embora muita gente vá apenas para as Ilhas Ballestas, há muito o que fazer em Paracas. Portanto, acrescente um dia no seu roteiro para fazer outras atividades.

Como chegar na Reserva Nacional de Paracas

Paracas fica a 4 horas de Lima. A cidade de Paracas é o ponto de partida para fazer o passeio para as Ilhas Ballestas. Várias empresas de ônibus fazem o trajeto Lima – Paracas, como a Cruz del SurPeru Bus. É possível comprar a passagem online, e o valor fica entre 45 e 60 soles.

Se você vai seguir para destinos próximos, como Nasca e Ica, essas mesmas empresas fazem o trajeto.

Informações e dicas sobre o tour para Ilhas Ballestas

  • O tour parte da marina de Paracas e dura 2 horas. Normalmente há saídas diárias em dois horários, às 8h e às 10h.
  • O tour custa cerca de R$45 e você pode fechar em qualquer agência. Nós fechamos todos os nossos tours com a Paracas es Aventura
  • Se possível, escolha o horário das 10h (principalmente se for inverno), pois o sol demora a dar as caras por aqui – e é claro que é melhor curtir as Ilhas Ballestas com sol, né?
  • Tente sentar do lado esquerdo do barco para ter uma visão melhor do candelabro no trajeto de ida.
  • Não se esqueça de levar um casaco para se proteger do vento, que costuma ser frio.

Seu passeio pelas Ilhas Ballestas combina com:

Huacachina | Que tal aproveitar sua trip pelo Peru para conhecer o deserto de Huacachina e curtir o único oásis da América do Sul? Além de super fotogênico, esse oásis é um dos melhores lugares se divertir com sandboard e com passeios de buggy.

Ica | Além de ser ponto de partida para visitar Huacachina, em Ica você pode fazer um tour por vinícolas consagradas do Peru. Ou também pode esticar mais um pouco e visitar um enorme cânion em pleno deserto.

Nazca | faça um sobrevoo pelas misteriosas linhas de Nasca e fique ainda mais intrigado com as histórias místicas do Peru.

E aí, preparado para visitar as Ilhas Ballestas e conhecer a Reserva Nacional de Paracas? Vai incluir esse passeio na sua viagem pelo Peru?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Peru: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

O carnaval acabou! E agora? Onde você queria estar nesse momento? A gente: Playa Hermosa na Costa Rica!#emalgumlugardomundo #costarica #visitcostarica

Uma nova amizade! Conheçam Zuleide, uma tartaruguinha verde que conheci hoje no mar de Arraial do Cabo! Ficamos ali um tempinho batendo um papo sobre como está o mundo hoje… a maré tá boa por aí?A propósito: o mar de Arraial do Cabo continua assim, lindo!
#dive #emalgumlugardomundo #seasheperd #mergulho

Imagina acampar em um lugar assim? ?️ Pois nós dormimos 3 noites em uma dessas cabanas e foi in-crí-vel!Na verdade não se trata de um camping em si. Essa é um tipo de acomodação mais básica, que encontramos no @selina em La Fortuna, na Costa Rica.
Mas apesar de parecer uma “simples” barraca, ela tinha uma cama super confortável e era tão estilosa por dentro como por fora.
O melhor: o preço era mais baixo do que o de um quarto comum, sem deixar nada a desejar no quesito conforto. E a gente podia usar toda a dependência do hotel, incluindo piscina, cozinha… E vc, passaria uma noite numa cabana dessas?

COSTA RICA NÃO É SÓ PRAIA!
Se vc acha que o país (que por sinal é um dos lugares mais biodiversos do mundo) tem só belas praias a oferecer, dá uma espiada nessa beleza.
Uma das cachoeiras mais bonitas que visitamos na Costa Rica foi a Catarata Rio Fortuna, com nada menos que 75 metros de queda d’água.E para se banhar nessa maravilha, é preciso encarar uns 500 degraus de escadaria. Dica: desça na maior empolgação pra dar um mergulho nessa belezura e deixa pra sofrer na volta ?
Nós fomos não época de chuvas e mesmo assim a água estava linda!
O que pode acontecer nessa época é que, devido ao grande volume de água, o mergulho na piscina principal seja proibido por questões de segurança. Mas dá pra se banhar logo adiante, no rio formado pela cachoeira. Então tá valendo o “esforço” de qualquer jeito!E vc, tb curte uma cachoeira ou prefere mesmo uma praia?#costarica #lafortuna #emalgumlugardomundo #nature #waterfall

? ??Viajar pela Costa Rica de carro foi uma das melhores aventuras que vivemos!
A gente ama a liberdade de dirigir pelo desconhecido, fazer as coisas do nosso jeito, no nosso tempo.
Sabiamos que não iríamos muito longe alugando um carro comum, porque algumas estradas por lá são impraticáveis – então já fechamos num 4×4 da @nomad_america pra não ter erro. E gente, não é em qualquer lugar que a gente pode alugar um carro com barraca de camping e dormir em uma praia deserta, né? ?️?️ E foi assim que cruzamos rios e acampamos em lugares incríveis – tudo isso vivenciando uma conexão incrível com a natureza selvagem desse país que tanto nós surpreendeu ?

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!