Sabe aquele cartão postal perfeito, com praias de areia branca e águas azuis de alguma ilha paradisíaca na Indonésia? Pode ser que não seja uma fotografia da famosa ilha de Bali, mas de alguma de suas pequenas ilhas vizinhas, com praias ainda mais belas e frutos do mar ainda mais frescos do que os da ilha principal, como as ilhas Gili.

Situadas na costa da ilha de Lombok na Indonésia, a 2 horas de barco de Bali, as Ilhas Gili são, na verdade, três ilhotas de areia: Gili Air, Gili Meno e Gili Trawangan. Esse trio se tornou nos últimos anos as queridinhas dos mochileiros e dos viajantes que não dispensam degradês de azul em sua coleção de mares.

ilhas Gili
Gili Islands. Foto: Jorge Láscar / CC BY

Apesar de hoje em dia elas não serem mais tão baratas ou tranquilas quanto no passado, as Ilhas Gili continuam sendo um retiro para quem procura um cantinho para ficar relaxando de pés descalços em lindas praias. Pode acreditar, elas são capazes de encher os olhos até de moradores de países tropicais com um vasto litoral, como o nosso.

Portanto, se você anda sonhando com uma viagem para Bali, não deixe de incluir uma escapada para as Ilhas Gili no seu roteiro! Separamos todas as informações e dicas com tudo o que fazer nas ilhas Gili. Certeza que você vai ficar convencido a visitar este pequeno arquipélago paradisíaco!

Veja também: ILHA DE BALI: 15 COISAS IMPERDÍVEIS PARA FAZER NA FAMOSA ILHA INDONÉSIA

Qual das Ilhas Gili escolher?

Não que você precise escolher apenas uma das Ilhas Gili, o ideal mesmo é conhecer todas. Mas é bom saber as diferenças entre elas:

Gili Air 

A menorzinha das três ilhas, mas com boa estrutura turística. A atmosfera por aqui é mais intimista e bem remota, ideal para quem tá procurando sossego. Pelas ruazinhas de terra batida é comum vermos crianças brincando, galos e galinhas ciscando, num clima agradável e pacato de interior entre uma vasta variedade de bangalôs pés-na-areia. 

Ilhas Gili
Gili Air à frente, vista de Gili Meno. Foto: MisterGrigri / CC BY-SA

Gili Meno 

De tamanho mediano em relação às demais, é talvez a mais remota, com uma estrutura menor no que tange opções de hospedagem e alimentação. Possui um ar rústico, sendo bem menos turística que as demais, o que pode torná-la um verdadeiro retiro espiritual. Um dos destaques que faz valer a pena a conhecer Gili Meno é o seu lago salgado.

Ilhas Gili
Gili Meno. Foto: yeowatzup / CC BY

Gili Trawangan

Apelidada carinhosamente de Gili T, é a mais badalada das ilhas, com estrutura turística maior, guardando uma fama especial pelas suas noitadas. Apesar de ser a maior das três ilhas, em cerca de 1 hora de pedalada você consegue dar a volta ao seu redor, por entre pequenas trilhas de terra beirando a praia.

Por aqui você achará bons hotéis, spas, vários restaurantes e até mesmo um pequeno night market, que achamos bem legal.

 

Ilhas Gili
Gili Trawagan. Foto: Benvewikilerim / CC BY

Sua vida noturna agitada pode ser até mesmo regada a magic mushrooms – uma enorme incoerência em um país em que há pena de morte para o tráfico de drogas e venda de entorpecentes. Mas fique tranquilo, que mesmo assim dá para escolher um canto mais sossegado em Gili T curtindo com moderação. Esta foi inclusive a nossa escolha.

Normalmente as pessoas escolhem a ilha que mais se adequa ao seu perfil de viajante e optam por conhecer as demais em passeios de barco. Mas é possível pegar lanchinhas e ir migrando de uma ilha para outra, caso você queira se hospedar em mais de uma.

Leia: GUIA COMPLETO DE UBUD, BALI. A CAPITAL CULTURAL DA FAMOSA ILHA NA INDONÉSIA

O que fazer nas Ilhas Gili: explorando o paraíso

Além de colocar o bronze em dia e escolher sua praia de água cristalina favorita para ficar de molho, não faltam passeios incríveis para fazer por aqui. E o melhor, sem gastar muito! Veja aqui o que fazer nas Ilhas Gili, para quando você der um intervalo entre um mergulho e uma refeição de frutos do mar fresquíssimos.

Alugar uma bicicleta e percorrer as ilhas 

Você não verá carros nem motos em nenhuma das três Ilhas Gili, apenas bicicletas e charretes. Mas não se preocupe, pois todas as três ilhas são muito pequenas.

Inclusive, a melhor maneira de conhece-las é alugando uma bike mesmo. Separe alguns lanchinhos, água e explore o território com calma. O aluguel de uma bicicleta custa em torno de 135.000 IDR por dia.

Ilhas Gili
Meio de transporte nas Ilhas Gili. Foto: kolibri5 / CC BY

Comer em pequenos estabelecimentos locais

Talvez os restaurantes transados de proprietários estrangeiros pareçam mais convidativos à primeira vista. Porém, são nesses pequenos cantinhos ainda existentes por aqui que podemos nos deliciar com pratos típicos, absorvendo, literalmente, da cultura local. Uma refeição custa em média 15.000 – 20.000 IDR.

Explorar o fundo do mar em um scuba diving…

Tem vontade mas ainda não fez um mergulho na sua viagem? Pois as ilhas Gili podem ser o lugar o ideal para explorar o universo subaquático, seja em um batismo ou aproveitando para tirar sua certificação.

Prepare-se para ver peixes-leão, tartarugas, raias, polvos, corais coloridos,  estrelas do mar bem exóticas e mais. Mesmo que isso tudo já tenha sido muito mais abundante em um passado recente, (a pesca com bomba matou muitos dos corais, hoje está proibida) sem dúvidas o mergulho nas Ilhas Gili vai ser inesquecível! Um certificado de Open Water Diver custa em torno de 6.000.000 IDR.

… Ou snorkeling

Se não quiser se aventurar com o mergulho scuba, não deixe de conhecer o fundo do mar ao menos com uma máscara e um snorkel. Até mesmo porque é uma delícia ficar dentro deste mar azul esmeralda o dia todo, você nem sente a hora passar.

Você pode optar por um barco particular, se estiver em um grupo maior, ou se juntar a um outro grupo, para uma saída de um centro de mergulho. Os pacotes de meio dia incluem normalmente pontos de snorkel nas três ilhas – “three-island snorkel trip”, além de parada para almoço, custando cerca de 15.000 IDR, bem em conta. Vale super a pena!

 

Ilhas Gili
Snorkelling em Gili Trawagan. Foto: Selamat Made / CC BY

Aventurar-se em uma aula de surfe

Para os amantes do surfe, bom avisar que as ilhas Gili não tem ondas tão boas e famosas como as de Bali. Mas o sul de Gili Trawangan é o melhor pico se você planeja surfar – ou ao menos tentar ficar em pé em algumas marolinhas em aulas de surfe.

Existem inclusive por lá alguns surf camps, que incluem no preço de suas diárias aulas de surf, pratica de yoga, todas as refeições, que fazem valer o seu preço mais caro.

Aproveitar outros esportes aquáticos

Alugar um barco e sair para pescar, fazer parasailing, water skiing… quase tudo em termos de esporte aquático é possível de ser praticado por aqui, por menos de 800.000 IDR cada atividade.

Nadar com tartarugas

As ilhas Gili são famosas por suas populações de tartarugas. Inclusive, Gili Trawangan e Gili Meno têm santuários em suas principais praias. Mas é possível avistá-las, com um pouquinho de sorte, fazendo snorkeling.

Verifique com o seu hotel os melhores pontos de mergulho para encontra-las. Só, por favor, respeite os bichinhos em seu habitat natural, não sigam ou cerquem as tartarugas, pois estas, quando se assustam nadam para as profundezas com medo e não voltam para superfície para respirar.

Deliciar-se com um Fish Barbecue

Este é o lugar ideal para comer o tuna barbecue ou uma boa barracuda na brasa. Além dos peixes, não faltam acompanhamentos como camarões, saladas, arroz e molhos apimentados deliciosos!

Confira: NUSA LEMBONGAN: A MELHOR MANEIRA DE ENCERRAR SUA VIAGEM PARA BALI

Como chegar nas ilhas Gili

Existem basicamente duas opções para chegar nas ilhas Gili: partindo de Bali ou partindo já de Lombok.

Partindo de Bali

As ilhas Gili estão a cerca de 2 horas de barco de Bali, o que pode variar um pouco dependendo das condições marítimas. Normalmente, as pessoas programam a escapada para lá depois de Ubud, já que as ilhas Gili ficam relativamente mais próximas de lá do que do Sul de Bali. Inclusive, é possível reservar o barco e o translado diretamente em sua hospedagem ou em pequenas agências, quando estiver por lá.

Quase todas as empresas oferecem transporte de ida até o porto de Amed, Serangan ou de Padang Bai e de volta para a hospedagem. Outra coisa é que, normalmente, os barcos param nas três ilhas. Portanto, informe no check in em qual das três você deseja ficar, para que colem um adesivo em você com o nome do seu destino.

Indo por conta própria até o píer, lembre-se de chegar ao ponto de embarque cerca de 30 minutos antes do horário de saída do barco para o check in.

O que fazer nas Ilhas Gili: explorando o paraíso Além de colocar o bronze em dia e escolher sua praia de água cristalina favorita para ficar de molho, não faltam passeios incríveis para fazer por aqui. E o melhor, sem gastar muito! Veja aqui o que fazer nas Ilhas Gili, para quando você der um intervalo entre um mergulho e uma refeição de frutos do mar fresquíssimos. Alugar uma bicicleta e percorrer as ilhas  Você não verá carros nem motos em nenhuma das três Ilhas Gili, apenas bicicletas e charretes. Mas não se preocupe, pois todas as três ilhas são muito pequenas. Inclusive, a melhor maneira de conhece-las é alugando uma bike mesmo. Separe alguns lanchinhos, água e explore o território com calma. O aluguel de uma bicicleta custa em torno de 135.000 IDR por dia. Meio de transporte nas Ilhas Gili Comer em pequenos estabelecimentos locais Talvez os restaurantes transados de proprietários estrangeiros pareçam mais convidativos à primeira vista. Porém, são nesses pequenos cantinhos ainda existentes por aqui que podemos nos deliciar com pratos típicos, absorvendo, literalmente, da cultura local. Uma refeição custa em média 15.000 – 20.000 IDR. Explorar o fundo do mar em um scuba diving... Tem vontade mas ainda não fez um mergulho na sua viagem? Pois as ilhas Gili podem ser o lugar o ideal para explorar o universo subaquático, seja em um batismo ou aproveitando para tirar sua certificação. Prepare-se para ver peixes-leão, tartarugas, raias, polvos, corais coloridos,  estrelas do mar bem exóticas e mais. Mesmo que isso tudo já tenha sido muito mais abundante em um passado recente, (a pesca com bomba matou muitos dos corais, hoje está proibida) sem dúvidas o mergulho nas Ilhas Gili vai ser inesquecível! Um certificado de Open Water Diver custa em torno de 6.000.000 IDR. ... Ou snorkeling Se não quiser se aventurar com o mergulho scuba, não deixe de conhecer o fundo do mar ao menos com uma máscara e um snorkel. Até mesmo porque é uma delícia ficar dentro deste mar azul esmeralda o dia todo, você nem sente a hora passar. Você pode optar por um barco particular, se estiver em um grupo maior, ou se juntar a um outro grupo, para uma saída de um centro de mergulho. Os pacotes de meio dia incluem normalmente pontos de snorkel nas três ilhas – “three-island snorkel trip”, além de parada para almoço, custando cerca de 15.000 IDR, bem em conta. Vale super a pena! Aventurar-se em uma aula de surfe Para os amantes do surfe, bom avisar que as ilhas Gili não tem ondas tão boas e famosas como as de Bali. Mas o sul de Gili Trawangan é o melhor pico se você planeja surfar - ou ao menos tentar ficar em pé em algumas marolinhas em aulas de surfe. Existem inclusive por lá alguns surf camps, que incluem no preço de suas diárias aulas de surf, pratica de yoga, todas as refeições, que fazem valer o seu preço mais caro. Aproveitar outros esportes aquáticos Alugar um barco e sair para pescar, fazer parasailing, water skiing... quase tudo em termos de esporte aquático é possível de ser praticado por aqui, por menos de 800.000 IDR cada atividade. Nadar com tartarugas As ilhas Gili são famosas por suas populações de tartarugas. Inclusive, Gili Trawangan e Gili Meno têm santuários em suas principais praias. Mas é possível avistá-las, com um pouquinho de sorte, fazendo snorkeling. Verifique com o seu hotel os melhores pontos de mergulho para encontra-las. Só, por favor, respeite os bichinhos em seu habitat natural, não sigam ou cerquem as tartarugas, pois estas, quando se assustam nadam para as profundezas com medo e não voltam para superfície para respirar. Deliciar-se com um Fish Barbecue Este é o lugar ideal para comer o tuna barbecue ou uma boa barracuda na brasa. Além dos peixes, não faltam acompanhamentos como camarões, saladas, arroz e molhos apimentados deliciosos!
Passeios de barco pelas Ilhas Gili. Foto: Jorge Láscar / CC BY

Partindo de Lombok

Saindo de Lombok para as ilhas Gili o caminho é bem mais curto. São apenas 30 minutinhos, caso opte pelo barco rápido. Existe ainda a possibilidade de pegar a barca pública no porto de Bangsal, experimentando a realidade dos moradores da ilha – o que pode ser interessante e econômico, já que as passagens custam menos de 1 dólar. As barcas públicas partem todos os dias às 7h30 e às 16h30.

Apesar de existir uma grande variedade de companhias que fazem estes dois trajetos, as mais recomendadas são Blue Water Express e Gili Getaway, sendo que os barcos da primeira costumam ser um pouco mais caros do que os da segunda.

Veja também: O QUE FAZER EM LOMBOK INDONÉSIA – O GUIA COMPLETO DA ILHA

Onde se hospedar nas ilhas Gili

Nós optamos por nos hospedar em Gili Trawangan, que possui uma estrutura turística e hoteleira maior. Acabamos explorando as outras ilhas durante o dia, em passeios de barco.

Em Gili T. nós recomendamos o Resota Twins, um hotel bem no centrinho da ilha, que pertence a um simpático proprietário italiano. Você vai ficar bem satisfeito por lá.

Ilhas Gili_Resota Twins
Resota Twins. Foto: divulgação

Uma opção incrível, mas um pouco mais cara é o Scallywags Resort. Se quiser ficar na região central, tenha o night market como referência. Caso prefira uma região com menos agito, opte pelo lado oeste da ilha, que tem também um lindo pôr-do-sol.

ilhas Gili
Scallywags Resort. Foto: divulgação

Em Gili Air, não faltam charmosos resorts com bangalôs individuais e bem românticos, para curtir os dias de praia de forma mais relax. Uma boa opção é o Mowies Bungalows, que também tem um excelente restaurante de frente para o mar.

Ilhas Gili_Mowies
Mowies Bungalows. Foto: divulgação

Em Gili Meno, na paz absoluta, encontramos algumas opções agradáveis para curtir a rusticidade local com conforto, como os econômicos Rose Bungalow e o We’be Cottages.

Ilhas Gili_Rose Bungalow

Rose Bungalow. Foto: divulgação

Quer mais dicas de viagem? Curta nossa página no Facebook!

em algum lugar do mundo no facebook

Quanto tempo ficar e qual a melhor época para ir as ilhas Gili

2, 3, 4… 7 noites

Na nossa opinião, para aproveitar as ilhas com calma, recomendamos ficar de 2 a 4 noites, dependendo de quantos dias você tem para explorar a região. Mas há quem se apaixone e fique no arquipélago por semanas de molho. Certamente você vai esbarrar com alguém que foi passar só uns dias e acabou ficando.

Ilhas Gili: Quando ir?

Nas ilhas Gili é calor o ano inteiro, já que as temperaturas médias na Indonésia variam de 25 e 30°C. Porém, se puder escolher, opte por não ir no período de novembro a abril: essa é a época das monções, com chuvas constantes. O tempo ruim pode não chegar a atrapalhar um bom dia de praia, mas torna os dias bem azuis mais raros do que no resto do ano. Alguns passeios de barco podem também ficar prejudicados se chover muito.

Nos meses de julho e agosto, alta temporada, as ilhotas costumam ficar lotadas de turistas. Portanto, como a infraestrutura é limitada pelo seu tamanho geográfico, é bom reservar com antecedência hospedagens se planejar ir nestas datas.

Ilhas Gili
Ilhas Gili. Foto: Jorge Láscar / CC BY

Confira: O QUE FAZER EM YOGYAKARTA, O CENTRO CULTURAL DE JAVA NA INDONÉSIA

Mais dicas para as Ilhas Gili

Comprando as passagens de barco

Uma boa dica para economizar é deixar para comprar as passagens de barco na sua hospedagem ou em alguma agência local, que costuma ser muito mais barato do que os preços que achamos online. Reservando no balcão, as passagens de ida e volta custam cerca de 450.000. Pela internet, saem na faixa de 700.000, uma diferença considerável. No entanto, veja com alguns dias de antecedência, para garantir que não terá problemas de lotação.

Ilhas Gili
Barcos em Gili Trawagan. Foto: Jpatokal / CC BY-SA

Religião e Cultura

Diferente de Bali, as Ilhas Gili fazem parte da maioria islâmica da Indonésia, então não espere ver templos hindus por todos os lados. Mas a população, de forma geral, é muito gentil. Relaxe e aproveite para entender um pouco do Islã. Viajar é isso, afinal.

Pra colocar na mala

Além da máquina fotográfica, do protetor solar, da máscara de mergulho e da roupa de banho, uma dica é levar um chinelo emborrachado ou calçado de neoprene, tipo as botinhas de mergulho, para proteger os pés dos corais na beira da areia.

Garanta uma viagem segura

Para viajar tranquilo e sem dor de cabeça, não se esqueça também de fazer seu seguro viagem! Já precisamos de atendimento médico durante nossa viagem pelo sudeste asiático e felizmente tínhamos o seguro para cobrir as despesas. Sugerimos sempre fazer uma busca nas opções do site Segurospromo, que funciona como um bom comparador de preços, e ajuda a escolher o seguro que melhor se adequa ao seu estilo de viagem. GANHE 5% de desconto utilizando o nosso código promocional EMALGUMLUGAR5. Viaje na paz!

Já viu que as ilhas Gili não podem faltar no seu roteiro pela Indonésia, né?! 

Se você leu esse post todo aposto que não deixará de fora este paraíso. O único risco é não querer voltar e ficar por lá mesmo perdendo-se e encontrando-se em tons de azul turquesa… Nada mal, não é mesmo?

Se quiser mais dicas da Indonésia e do sudeste asiático, não deixe de conferir também nossos posts:

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.

Booking.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here