Lagunas Escondidas de Baltinache um incrível passeio no Atacama | Em Algum Lugar do Mundo

ATACAMA: LAGUNAS ESCONDIDAS DE BALTINACHE

Saiba tudo sobre um dos passeios imperdíveis do deserto

  • Adriana
  • -
  • 16 de janeiro de 2020
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

As Lagunas Escondidas de Baltinache são uma série de lagoas salinas localizadas no Deserto do Atacama, no norte do Chile. Apenas recentemente descobertas pelo turismo, as Lagunas fazem parte de alguns passeios saindo de San Pedro de Atacama, cidadezinha do nordeste chileno que é o amada por mochileiros. Durante os tours, você pode nadar em duas destas lagoas, uma experiência surreal, pois a concentração de sal não te deixa afundar. Uma experiência imperdível seja no inverno ou no verão.

Cono chegar às Lagunas Escondidas de Baltinache

As Lagunas Escondidas de Baltinache ficam a 58km de distância do centro de San Pedro de Atacama. O trajeto é percorrido em cerca de 1 hora, boa parte em estrada de chão (carros normais passam numa boa).

Lagunas Escondidas de Baltinache
Placa indicativa do início da estrada de chão

A cidade de San Pedro de Atacama é a cidade base para todos os passeios do Deserto: é aqui que ficam as acomodações e o comércio. Em San Pedro nós os hospedamos em dois lugares diferentes, que recomendamos:

Hostal Sonchek | Bem no centrinho, com opções de cama em dormitório e quartos privados. Banheiros compartilhados e cozinha de uso comum.

Posada Atacameña | A 5 minutinhos do centro, com quartos coletivos e privados, opção de banheiro privado ou compartilhado. Com cozinha e um pátio bem simpático.

Nós fizemos esse passeio e vários outros do Atacama de carro – e achamos que foi bem fácil explorar o Atacama por conta própria (exceto pelo pneu furado, mas faz parte!). Seguimos o GPS que nos apontou o caminho sem erro.

Muitas pessoas fecham um tour para visitar as Lagunas Escondidas de Baltinache. Há também várias agências que oferecem esse passeio, com saídas tanto de manhã como de tarde. Pesquise por preços (costuma variar entre 30 e 90 mil pesos) e/ou uma boa indicação no centro de San Pedro.

Para alugar um carro por aqui recomendamos a Rentcars – sempre achamos o melhor preço com eles.

A seguir mostramos como é o passeio para as Lagunas Escondidas de Baltinache:

Saiba mais sobre as Lagunas Escondidas de Baltinache

As Lagunas Escondidas de Baltinache são compostas por 7 lagoas no total, em diferentes tons de azul e formatos.

Muitos não sabem, mas as Lagunas Escondidas de Baltinache são artificiais. Na verdade elas são poços que se formaram nos anos 80, a partir da extração de lítio – um mineral usado para fazer baterias de carros, celulares e outros eletrônicos.

Lagunas Escondidas de Baltinache - Quintta Laguna
A intensidade do azul impressiona

Como as lagunas concentram muitos minerais que podem ser prejudiciais à saúde, apenas a primeira e a última entre as sete lagoas são realmente próprias para banho.

Outro fato curioso é a concentração de sal nas Lagunas Escondidas de Baltinache, que é OITO vezes maior do que no mar! Assim como na Laguna Cejar, é impossível afundar nas Lagunas Escondidas de Baltinache.

Por isso, nem pensar em pular de cabeça. Molhar o rosto em geral também é uma má ideia, pois o sal irrita os olhos e boca, podendo machucar sério.

Lagunas Escondidas de Baltinache - Primeira Laguna
A primeira laguna não é clara

E mesmo que você não queira mergulhar (ou melhor, boiar) na água salgada, o passeio já vale pela beleza das lagoas.

A depender da luz solar, você consegue ver diferentes tons de azul – e o brilho do sal nas paredes das Lagunas fica ainda mais intenso e bonito.

O contraste fica ainda maior e quando a luz do sol bate forte, as lagoas mais parecem olhos mágicos que espreitam a Terra de dentro para fora. Um cenário realmente perfeito para fotos!

Lagunas Escondidas de Baltinache
A mais clara laguna do local

No entanto, não se preocupe: há uma pequena estrutura com banheiros e duchas construída justamente pensando nos visitantes que querem tirar o sal do corpo. Então fica a dica!

Como é o tour para as Lagunas Escondidas de Baltinache

Opções de tour

Se você optar por fechar um tour para as Lagunas Escondidas de Baltinache, há saídas de manhã e de tarde. Você pode escolher fazer um tour de dia inteiro ou de meio dia.

O tour da manhã geralmente sai às 8h, enquanto o da tarde varia entre saídas às 13h e 15h

Tours de meio dia têm em média 5h30 de duração, enquanto os de dia inteiro chegam a durar 9 horas. Os tours de dia inteiro geralmente incluem outras atrações, como um mirante, o vallecito e o ônibus abandonado do Atacama (que vale super a pena conhecer!).

Lagunas Escondidas de Baltinache - ônibus abandonado
Magic Bus, Micra, ônibus Abandonado do Atacama. São vários nomes dados ao esse local muito fotogênico

Chegando nas Lagunas Escondidas de Baltinache

Ao chegar no local das Lagunas, haverá um estacionamento, onde você deverá parar e seguir o trajeto a pé. A primeira laguna fica logo à frente, onde também se encontram umas mesas em que são servidos lanches e refeições ao final do passeio (veja se estará incluído no seu tour).

Lagunas Escondidas de Baltinache - Primeira Laguna
Deck da primeira laguna. É gelada, vale refletir em entrar ou não entrar

Depois, é hora de seguir por um caminho de pedras, que vai circundando todas as sete lagoas. O percurso é lindo e muito fotogênico – a cor da água é impressionante!

Lagunas Escondidas de Baltinache - caminho de pedras
Todo o percurso é demarcado por pedras
Lagunas Escondidas de Baltinache - Foto da quarta Laguna
Paramos em todas as lagunas pra registrar

A duração da caminhada entre as lagoas vai depender da sua agência e do seu guia. Como fomos por conta própria, não precisamos nos preocupar com horário, mas é bom confirmar pra não “se perder na hora”, pois a paisagem realmente distrai!

Lembre-se que é possível entrar na primeira e na última lagoa. A última é bem maior e costuma ficar mais cheia de gente.

Lagunas Escondidas de Baltinache - última Laguna
A favorita para banhos

Obs.: alguns tours já te deixam direto na última lagoa, para que você faça o percurso no caminho inverso e termine sua caminhada na primeira lagoa – já próximo do estacionamento e com a mesa de lanche/ refeição te esperando.

Para quem vai encarar o mergulho na água salgada e gelada, é possível tirar o sal do corpo na ducha que fica no banheiro logo na entrada do estacionamento.

Dicas e informações sobre as Lagunas Escondidas de Baltinache

  • O valor dos tours para as Lagunas Escondidas de Baltinache varia entre 30 e 90 mil pesos, dependendo da agência. Normalmente estão incluídos transporte e guia, alguns oferecem lanche ou uma refeição mais elaborada.
  • A entrada para as Lagunas Escondidas de Baltinache custa 5 mil pesos chilenos. Esse valor deve ser pago na hora, não estando incluso no valor dos tours.
  • Leve água, protetor solar e óculos de sol, além de um casaco se for no inverno ou se pretende mergulhar. Deserto e alta altitude: você precisa se manter hidratado e protegido.
  • Se pretende entrar na água, não esqueça de levar roupa de banho, toalha e chinelos.
  • Esse passeio fica por volta dos 2.400 metros acima do nível do mar. Assim como o Valle de La Luna e a Laguna Cejar, o tour para as Lagunas Escondidas de Baltinache também é um dos passeios com altitude mais baixa do Atacama. Por isso, é recomendável você fazer esse tour nos seus primeiros dias de viagem, ajudando assim seu corpo a se aclimatar.
  • Apesar disso, é possível sentir uma falta de ar ou o coração um pouco mais acelerado durante o passeio. Para amenizar os sintomas, veja como prevenir o soroche.
  • Sempre recomendamos fazer um seguro viagem, mas para o Atacama é imprescindível. Nós já passamos mal durante nossa trip pela América do Sul (por causa da altitude) e precisamos de médico. Portanto, não se arrisque. Sugerimos fazer uma busca pela Segurospromo, o melhor site comparador de preços. Aproveite e use nosso código EMALGUMLUGAR5 pra garantir 5% de desconto.
Lagunas Escondidas de Baltinache - Mais uma Laguna azul
Os tons de azul vão ficar pra sempre na meemória

O passeio para as Lagunas Escondidas de Baltinache combina com:

Confira outros passeios para você incluir no seu roteiro do Atacama:

Valle de La Luna + Valle de La Muerte | Um dos passeios mais imperdíveis do Atacama, com paisagens surreais do deserto. O tour dura meio período e geralmente é feito à tarde, para aproveitarmos o pôr do sol nesse cenário incrível.

Geyser del Tatio | Prepare-se para acordar cedo e assistir um dos espetáculos mais lindos da natureza. O melhor horário para observar o campo geotérmico é ao amanhecer, quando as baixas temperaturas nos permitem ver toda a água e vapor saindo dos geisers.

Laguna Cejar | Prepare-se para boiar em uma linda lagoa com uma concentração de sal maior que a do Mar Morto! O passeio também inclui uma visita ao Ojos del Salar e jfinaliza com um pôr do sol inesquecível na Laguna Tebenquiche

Termas de Puritama | Para um momento relaxante no Atacama, a melhor pedida é um banho em uma dessas piscinas termais: são 8 piscinas no total, que variam de 28 a 34 graus. E para completar, o cenário ao redor é lindo.

Vale do Arco-Íris | Encha seus olhos com essas montanhas multi coloridas que ficam em um vale a 60km do centro de San Pedro de Atacama. Aproveite para aprender um pouco sobre a história do local, já que esse tour costuma incluir uma parada nos petroglifos de Hierbas Buenas.

Lagunas Altiplanicas, Piedras Rojas e Salar do Atacama | Uma explosão de cores em um passeio de tirar o fôlego. Encante-se com o tom avermelhado de Piedras Rojas, com os diferentes azuis das Lagunas Altiplânicas e com o deserto branco do Salar de Atacama.

Para planejar sua viagem, não deixe de conferir nosso guia completo com tudo o que fazer no Deserto do Atacama.

Lagunas Escondidas de Baltinache: mais um passeio imperdível no Deserto do Atacama!

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Escrito por Adriana

36 anos. Carioca. Colecionava carimbos no passaporte durante as férias, mas resolveu levar esse hobbie a sério. Jornalista, trabalhou com marketing por um bom tempo, mas deixou o mundo corporativo para viver uma vida com mais significado. Convenceu o Caio a se jogar no mundo e hoje se dá por satisfeita carregando um caderninho, uma câmera e um tapete de yoga.

Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Chile: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Pra nós, um lembrete: eu me considerar antirracista não me exclui de uma estrutura racista enraizada há tanto tempo. Tampouco acaba com meus privilégios.
Enquanto nosso exercício diário é um lembrete, o desafio diário do negro é sobreviver.
Atitudes precisam mudar.

VC GOSTA DE EXPOSIÇÃO? 📸 🤳 ⠀Desde que começamos o Em Algum Lugar do Mundo, lá em 2015, entendemos que o assunto seria viagem. O negócio nunca foi muito sobre “Caio e Adriana”, embora nossa cara apareça no instagram e nossas dicas de viagem no blog sejam baseadas em nossa experiência. ⠀Mas sei lá, sabe? Acho q a gente é da época que ainda se vivia offline. Quando eu (Dri) era mais nova, o que nem faz tanto tempo assim 🤥😂 , achava ruim dar satisfação pra minha mãe. Agora é só apertar o dedão e toma-lhe de dar satisfação pra todo mundo! ⠀Só que não tem jeito. Se eu vejo um mar, meu instinto é sair correndo pra dar um mergulho. Se eu peço um prato de comida, 99% das vezes eu só vou pensar em “vou fazer um stories” quando to acabando a sobremesa 🤷♀️. Se o dog tá pulando e brincando, o Caio já tá rolando no chão junto, e o celular tá longe. ⠀Fato é que, volta e meia, a gente se pega num impasse… se devemos continuar na nossa, buscando viver o momento presente, mantendo o foco no blog e em nossos outros projetos, ou se devemos “forçar nossa própria barra” e dar mais as caras por aqui, mostrando as coisas mais banais do dia a dia. ⠀Mesmo porque, vamos combinar: nossa rotina super ~agitada~ de blogueiros muitas vezes se resume a ficar boa parte do dia com a bunda sentada na cadeira de frente pro computador. E isso mesmo antes da quarentena! ⠀De qualquer forma, esse período de isolamento tá servindo pra gente ajustar e revisitar várias questões nossas. Quem sabe a gente não compartilha e aparece mais por aqui? ⠀Seguimos aqui na reflexão pro nosso dia, depois de participarmos da nossa primeira live com @ines.lafosse e @vazaonde (se vc não viu, tem link no stories e tá salvo no IGTV do Vaz!). Nem doeu, viu? 😄 ⠀E pra vc, como é sua relação com a exposição da sua vida nas redes sociais?Foto📷: @gaiavani

Beleza e caos. É assim que a gente define o Pesqueiro na Praia Grande em Arraial do Cabo.Esse lugarzinho fica no canto esquerdo da Praia Grande e, apesar dessa confusão visual, é o nosso cantinho favorito dessa praia!

Depois de uma hora observando esse catioro nadando, resolvemos voar com o drone para tentar entender o que estava acontecendo… E aí é que descobrimos o segredo dele: ele tem amigos embaixo d’água! 🐢🐢

CANSEI DE SER CACHORRO!🐕 AGORA SOU UMA FOCA!
Vocês acham que só gente que gosta do mar de Arraial do Cabo??🌊🌅 Quando parei de olhar o relógio, já fazia mais de uma hora que esse catioro nadava… Entendo, pq se eu pudesse tava até agora nadando com ele ali!
Esperando tudo isso passar pra correr pra essa água…

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!