Um Passeio Por Maboneng, o Bairro Descolado de Joanesburgo | Em Algum Lugar do Mundo

UM PASSEIO POR MABONENG, O BAIRRO DESCOLADO DE JOANESBURGO

Maboneng passou por uma repaginada e hoje em dia é um dos bairros mais descolados de Joanesburgo, com um monte de restaurantes e modernos cafés para curtir.

  • Adriana
  • -
  • 1 de abril de 2020
  • 2 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Maboneng é um famoso bairro de Joanesburgo, que já foi descrito pela BBC Travel como “um dos mais badalados redutos urbanos da África do Sul e um exemplo incrível de regeneração urbana.”

O antigo bairro industrial já foi bem perigoso e tanto turistas como locais evitavam passar por lá, principalmente após o fim do Apartheid em 1994.

Mas hoje em dia isso mudou: a região passou por uma repaginada e hoje em dia é um dos bairros mais descolados de Joanesburgo, com um monte de restaurantes, cafés e apartamentos moderninhos.

É lá que fica o Arts on Main, um antigo armazém de 1911 que abriga galerias e boutiques. O Market on Main rola por lá aos domingos, uma feira de artesanatos e comidas variadas.

Nós já demos todas as dicas do que fazer em Joanesburgo. Agora mostramos como foi nosso passeio pelo bairro Maboneng.

Maboneng
Market on Main, em Maboneng: diversas opções de comida

Confira: tudo sobre o Museu do Apartheid em Joanesburgo

Nossa visita a Maboneng

Em nossa visita a Joanesburgo, resolvemos conhecer Maboneng e passamos metade do dia no bairro. Chegamos um pouco antes da hora do almoço e as ruas ainda estavam vazias. Andamos um pouco por lá e fomos até o Market on Main, onde levamos um tempo escolhendo o que comer no meio de tanta opção boa! Na hora que fomos embora, os bares e restaurantes já estavam bem movimentados.

Nossa opinião sincera: a impressão que tínhamos era que Maboneng não fazia parte de Joanesburgo, pelo menos não do que tínhamos visto até então. Ao chegarmos no bairro, muitos falaram que era bem seguro andar por ali e, caso necessário, era só falar com um dos seguranças que ficavam identificados em algumas das esquinas. Deu a sensação de estarmos entrando em um condomínio particular ou algo do tipo.

Maboneng
Maboneng: o bairro tem seu próprio estilo
Maboneng
Viaduto em Maboneng

Ainda assim, o passeio foi bem interessante e foi legal conhecer uma área da cidade que foi revigorada e hoje oferece uma boa variedade de entretenimento.

Para saber o que está acontecendo por lá, é só visitar o site oficial de Maboneng.

Veja também: Visitando Soweto, o maior distrito de Joanesburgo

Já sabe onde ficar em Joanesburgo?

Se você ainda não definiu sua hospedagem em Joanesburgo, aproveite nossas dicas: a maioria das opções de acomodação ficam concentradas na região norte da cidade. Alguns bairros recomendados são Melville, Rosebank e Melrose.

Em Melville, um bairro cheio de jovens e com a noite animada, nossa sugestão de hospeddagem é o Motel Mi Pi Chi. Se quiser uma estadia memorável, fique no Protea Hotel Fire & Ice Johannesburg Melrose Arch, localizado em Melrose, o bairro luxuoso de Joburg. E no movimentado bairro Rosebank, uma boa pedida é o hotel Once in Joburg.

Primeira vez no país? Confira nosso Guia Prático da África do Sul: aqui você encontra todas as informações que precisa para planejar sua viagem.

Não esqueça o seguro viagem!

Não importa o destino, nós sempre fazemos um seguro viagem para todas nossas viagens. E para Joanesburgo não foi diferente. Felizmente não precisamos usar, mas já tivemos que acionar o seguro em outras viagens e foi a maior tranquilidade pra gente – e pro nosso bolso.

Nós recomendamos fazer uma pesquisa pela nossa página de seguros, por lá você consegue comparar preços entre todas as seguradoras confiáveis. E você ainda pode garantir até 10% de desconto usando o nosso código EMALGUMLUGAR5 (5% com o cupom + 5% com pagamento via boleto bancário).

E se quiser assistir aos melhores momentos da nossa viagem a Joanesburgo, veja esse vídeo:

E aí, vai incluir o descolado bairro Maboneng em sua viagem para Joanesburgo?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

África do Sul: explore

2 comentários em “UM PASSEIO POR MABONENG, O BAIRRO DESCOLADO DE JOANESBURGO”

  1. RICARDO MACEDO disse:

    Adriana, como é caminhar pelas ruas de Joanesburgo? Perigoso, mais ou menos, ao anoitecer não se deve caminhar pelas ruas….o transporte público não deve ser usado de forma alguma?

    1. Caio Farias disse:

      Ricardo, andamos no Gautrain em Joanesburgo, mas por recomendação da nossa host do Couchsurfing sempre pegávamos um tuk tuk por lá. A sensação de insegurança parece fazer parte do processo. As recomendações que recebemos estão bem parecidas com as informações que você tem. Nos soa um pouco radical dizer que não se pode fazer algo de maneira nenhuma. Mas nos pareceu melhor não correr alguns riscos. Existem bairros mais seguros e bairros menos seguros. O histórico de segregação lá ainda é muito recente, 1994, achamos que isso contribui muito para esse cenário.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

O carnaval acabou! E agora? Onde você queria estar nesse momento? A gente: Playa Hermosa na Costa Rica!#emalgumlugardomundo #costarica #visitcostarica

Uma nova amizade! Conheçam Zuleide, uma tartaruguinha verde que conheci hoje no mar de Arraial do Cabo! Ficamos ali um tempinho batendo um papo sobre como está o mundo hoje… a maré tá boa por aí?A propósito: o mar de Arraial do Cabo continua assim, lindo!
#dive #emalgumlugardomundo #seasheperd #mergulho

Imagina acampar em um lugar assim? ?️ Pois nós dormimos 3 noites em uma dessas cabanas e foi in-crí-vel!Na verdade não se trata de um camping em si. Essa é um tipo de acomodação mais básica, que encontramos no @selina em La Fortuna, na Costa Rica.
Mas apesar de parecer uma “simples” barraca, ela tinha uma cama super confortável e era tão estilosa por dentro como por fora.
O melhor: o preço era mais baixo do que o de um quarto comum, sem deixar nada a desejar no quesito conforto. E a gente podia usar toda a dependência do hotel, incluindo piscina, cozinha… E vc, passaria uma noite numa cabana dessas?

COSTA RICA NÃO É SÓ PRAIA!
Se vc acha que o país (que por sinal é um dos lugares mais biodiversos do mundo) tem só belas praias a oferecer, dá uma espiada nessa beleza.
Uma das cachoeiras mais bonitas que visitamos na Costa Rica foi a Catarata Rio Fortuna, com nada menos que 75 metros de queda d’água.E para se banhar nessa maravilha, é preciso encarar uns 500 degraus de escadaria. Dica: desça na maior empolgação pra dar um mergulho nessa belezura e deixa pra sofrer na volta ?
Nós fomos não época de chuvas e mesmo assim a água estava linda!
O que pode acontecer nessa época é que, devido ao grande volume de água, o mergulho na piscina principal seja proibido por questões de segurança. Mas dá pra se banhar logo adiante, no rio formado pela cachoeira. Então tá valendo o “esforço” de qualquer jeito!E vc, tb curte uma cachoeira ou prefere mesmo uma praia?#costarica #lafortuna #emalgumlugardomundo #nature #waterfall

? ??Viajar pela Costa Rica de carro foi uma das melhores aventuras que vivemos!
A gente ama a liberdade de dirigir pelo desconhecido, fazer as coisas do nosso jeito, no nosso tempo.
Sabiamos que não iríamos muito longe alugando um carro comum, porque algumas estradas por lá são impraticáveis – então já fechamos num 4×4 da @nomad_america pra não ter erro. E gente, não é em qualquer lugar que a gente pode alugar um carro com barraca de camping e dormir em uma praia deserta, né? ?️?️ E foi assim que cruzamos rios e acampamos em lugares incríveis – tudo isso vivenciando uma conexão incrível com a natureza selvagem desse país que tanto nós surpreendeu ?

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!