O Que Não Fazer na Tailândia | Em Algum Lugar do Mundo

O QUE NÃO FAZER NA TAILÂNDIA

Tailândia: conheça mais sobre a cultura, os costumes e as regras do país. Pra não passar nenhum sufoco nem fazer feio, veja o que não fazer na Tailândia.

  • Adriana
  • -
  • 6 de setembro de 2019
  • 4 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

A Tailândia está ganhando cada vez mais fama entre os viajantes. Tem crescido o número de brasileiros que chegam ao país em busca das praias paradisíacas, do clima de festa, da comida boa e barata e dos templos budistas. Quem vai pra Tailândia geralmente já tem uma lista de desejos, com dicas do que fazer e pra onde ir.

Mas você saberia dizer o que não fazer na Tailândia? Por mais que você tenha pesquisado sobre o destino, não dá pra negar que o choque cultural será grande ao chegar no país. Então vem cá que vamos te ajudar a não fazer feio:

1. Não desrespeitar os monges

Os monges são muito respeitados na Tailândia. Eles têm assentos preferenciais em transportes públicos, assim como grávidas, idosos e deficientes.

Não toque em um monge (principalmente se você for mulher) e tenha sensibilidade na hora de tirar fotos, pois muitos se sentem incomodados.

Se quiser conversar com um monge, procure templos em que isso é permitido: existe um horário e um local em que eles se disponibilizam a conversar com turistas.

A cidade de Chiang Mai é um ótimo local pra esse bate-papo, com várias opções de templos. Verifique nosso guia de Chiang Mai para mais informações.

o que nao fazer na tailandia
Não desrespeite os monges

2. Não cair nos golpes

A Tailândia é considerada um destino bem seguro, o que não significa estar livre dos espertinhos.

Não confie em ninguém que se aproxime querendo te vender alguma vantagem ou informação, como um templo secreto ou um ingresso com desconto.

Um exemplo clássico é ser abordado por um golpista na entrada dos grandes templos de Bangkok: ele vai dizer que o templo está fechado, mas que poderá te levar a outro, ou ainda te apresentar um restaurante ótimo enquanto o templo não reabre.  Não caia nessa.

3. Não subir em elefantes ou tirar fotos com tigres

Geralmente essas atrações estão no topo da lista de desejos dos turistas que chegam à Tailândia desavisados.

A tentação de chegar perto desses animais é grande, mas basta saber um pouquinho da história de crueldade que os bichos sofrem pra você mudar de ideia.

Os elefantes passam por um processo brutal de dor e tortura até eles serem “domesticados” e submissos – e o turismo é o principal responsável pela extinção desse bicho.

Mas calma, que existe alternativa: alguns santuários resgatam elefantes vítimas de abusos e são abertos ao público, permitindo uma visita sem exploração animal. Para saber mais, leia sobre a realidade por trás de um passeio de elefante na Tailândia.

o que nao fazer na Tailândia
Não suba em elefantes na Tailândia

Outra atração controversa são as fotos com tigres. Há pouco tempo atrás, autoridades tailandesas fecharam o Tiger Temple, depois de acharem tigres mortos e congelados no local. 

Ainda assim, alguns templos continuam recebendo turistas e mantendo esses bichos em cativeiro. Faça sua parte e colabore para um turismo responsável!

4. Não seguir as regras dos templos

Por mais que o calor na Tailândia dure o ano inteiro, vista-se apropriadamente nos dias em que for visitar um templo. Roupas curtas e decotadas são proibidas, e isso também vale para homens de bermuda.

Alguns templos emprestam/ alugam lenços pros visitantes se cobrirem, mas isso não é regra, então não arrisque perder seu passeio.

E não se esqueça de manter silêncio. Lembre-se que você pode estar a passeio, mas muitos outros estão meditando em um lugar sagrado.

Se estiver acompanhado, evite muito contato físico e guarde as demonstrações de carinho pra depois que sair do templo. 

o que nao fazer na tailandia
Vista-se apropriadamente nos templos

5. Não apontar os pés para Buda ou tirar os sapatos em determinados locais.

Os pés são considerados a parte mais suja do corpo. Jamais aponte seus pés pra imagem de um Buda (por isso as pessoas ficam ajoelhadas nos templos).

Você também irá perceber uma concentração de calçados nas portas: siga os costumes e fique descalço pra entrar na casa de alguém, nos templos e até em alguns restaurantes e lojas. Na dúvida, tire sempre os sapatos!

Por outro lado, a cabeça é considerada a parte mais limpa e sagrada do corpo. Isso significa que você não deve tocar na cabeça de ninguém, nem das criancinhas fofas que cruzarem seu caminho.

o que nao fazer na tailandia
Não aponte os pés para a imagem de Buda

6. Não dirigir sem camisa ou andar sem roupa íntima.

Tecnicamente você não pode pegar no volante se estiver sem uma blusa. E sim, é isso mesmo que você leu: nada de sair de casa sem calcinha/ cueca.

É verdade que nunca vi um descamisado dirigindo, mas a dúvida que fica é: como eles fiscalizariam se você está devidamente vestido com sua roupa íntima?

 7. Não tomar cuidado ao alugar uma moto

Alugar uma moto na Tailândia é bem fácil e barato. Milhares de turistas pegam uma scooter a 5 dólares por dia, sem se ligar nas questões básicas de segurança.

Esteja preparado pra andar na mão inglesa e use sempre capacete. É cena comum ver turistas cheios de curativos por acidentes de moto.

Além disso, recomendo prestar atenção nas condições da moto e registrar com fotos antes de alugar. Muitas locadoras tentam enrolar e empurrar um prejuízo que não foi você quem causou. Evite estresse!

o que nao fazer na tailandia6
Use capacete e dirija com cuidado. Foto: Edu Viero 

8. Não desrespeitar o rei

Insultar ou difamar o rei é um dos crimes mais graves da Tailândia, podendo render vários anos de prisão pro transgressor – seja ele local ou turista.

Já houve casos de estrangeiros condenados, como um suíço bêbado que derramou tinta no retrato do rei.  Também pode ser considerado insulto se vestir de preto no aniversário do Rei ou não se levantar no cinema toda vez que tocar o hino antes do filme.

o que nao fazer na tailandia
A imagem do Rei está espalhada por todos os lados

Primeira vez no país? Confira nosso Guia Prático da Tailândia: aqui você encontra todas as informações que precisa para planejar sua viagem

Você já fez seu seguro viagem?

Para viajar tranquilo e sem dor de cabeça, não se esqueça também de fazer seu seguro viagem. Já precisamos de atendimento médico durante nossa viagem para Bangkok e felizmente tínhamos o seguro para cobrir as despesas. E vale dizer que o atendimento foi excelente!

Por isso, sugerimos sempre fazer uma busca nas opções no site Segurospromo, que funciona como um bom comparador de preços, e ajuda a escolher o seguro que melhor se adequa ao seu estilo de viagem. 

E o melhor: aproveite 5% de desconto utilizando o nosso código promocional EMALGUMLUGAR5. Viaje na paz!

Seguros Promo

Mais dicas para sua viagem à Tailândia

Mala | Ainda não sabe como fazer sua mala para essa viagem? Dúvidas quanto a mochilão ou mala de rodinhas? Vai pegar algum voo com cia low cost e não sabe o limite de bagagem? Aproveita para dar uma olhada no nosso post sobre o que levar para Tailândia e tirar todas as suas dúvidas.

Chip de internet | Nós já usamos chip internacional (daqueles que você compra ainda no Brasil), mas ele não funcionou bem na Tailândia. Por isso, o ideal é usar um chip local. Existem várias empresas, nós usamos o da AIS e funcionou em todos os destinos. É possível comprar em qualquer loja de conveniência (boa sorte no tailandês e na mímica!) ou comprar com antecedência e retirar seu chip em um stand assim que chegar no aeroporto Suvarnabumi.

Roteiro | Se você pretende combinar Tailândia e outros destinos na mesma viagem, veja nossas sugestões de roteiro para o sudeste asiático: tem várias opções de destinos que cabem em uma viagem de 20 a 30 dias pela região.

Dinheiro | Vai para Tailândia e ainda não sabe quanto de dinheiro levar? Confira nosso post sobre quanto custa viajar para Tailândia e faça uma estimativa de seus gastos durante a viagem.

Quer mais dicas de destinos na Tailândia? Confira:

Bangkok | Ayutthaya | Chiang Mai | Chiang Rai | Hua Hin | Krabi | Koh Phi Phi | Koh Lanta | Koh Phangan | Koh Tao

Texto originalmente publicado em Viagem Livre.

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Tailândia: explore

4 comentários em “O QUE NÃO FAZER NA TAILÂNDIA”

  1. Anna Camila disse:

    Gostei muito do post, mas ele está um pouco confuso…
    O título é: o que não fazer na Tailândia, e alguns tópicos estão ao contrário: O que não se deve fazer? Não desrespeitar o rei! Não cair no golpe!
    Apesar disso, muito bom o conteúdo!
    Se quiser apagar o comentário, fique à vontade!
    =D

    1. Caio Farias disse:

      Oi Anna, obrigado pelo feedback! Porque apagaríamos o seu comentário? É escutando quem lê o nosso conteúdo que aprendemos e buscamos melhorar o nosso conteúdo. Achamos que ficaria claro dessa forma, um post falando "O QUE NÃO FAZER" e "NAO CAIR NO GOLPE" ou "NÃO DESRESPEITAR O REI" seria a melhor forma de apresentar a coisa, mas vamos pensar em algo pra deixar um pouco menos confuso. Mais uma vez, valeu o toque! Abs,

  2. Eliane disse:

    Obrigada pelas dicas! Se não tivesse lido, talvez tivéssemos caído golpe… saindo do Wat Pho em direção ao Grand Palace, um motorista de “tuk-tuk” veio pro nosso lado com a conversa que o Palácio estava fechado! Sorte foi ter lido o post antes! Valeu!!

    1. Caio Farias disse:

      Fizeram isso com a gente mais de uma vez… mas sempre deixamos eles falando sozinhos! Que bom que ajudamos!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

🇨🇷 Dois ícones da Costa Rica: surf e por do sol ☀️ 🏄‍♀️ Como o país é estreito e comprido , quase todas as praias do lado do Pacífico têm espetáculo do pôr do sol garantido (isso quando as chuvas tropicais não atrapalham). Fora a água naquela temperatura gostosa e um tanto de ondas tranquilas, ótimo pra quem quer aprender a surfar. A gente até se animou fazendo umas aulinhas, mas precisava de mais uma temporada por lá pra se manter na prancha por mais tempo. Alguém aqui pensando em voltar? 😬😛

Saindo da rota: todo destino tem aqueles cantinhos escondidos, que não estão em nenhum guia de viagem ou que você nunca ouviu falar antes, por mais que tenha pesquisado tudo sobre o lugar. ⠀
“E se a gente virar aqui, onde que vai dar?”
⠀
Eu não sei vocês, mas pra gente uma das melhores partes da viagem é poder andar pelo desconhecido. É esticar a caminhada ou virar à esquerda no atalho, e chegar ali só pra ver o que que tem.
⠀
É verdade que você pode chegar numa rua sem saída (e obviamente não é em todo destino que dá pra fazer isso). Mas é numa dessas que você descobre um lugar especial, que já faz valer a viagem todinha – que até vale cortar atração do roteiro só pra aproveitar mais aquela descoberta. ⠀
O desconhecido definitivamente faz nossos olhos brilharem! E para você, qual o grande momento em uma viagem?⠀ ⠀
____________________________
⠀

🇨🇷 Na Costa Rica você passa o dia inteiro babando pelo azul, pra chegar no fim de tarde e ficar embasbacado com esse rosa. 😍😱 É um pôr do sol mais lindo que o outro por aqui! ☀️

🇨🇷 A viagem pela Costa Rica ainda nem acabou e a gente já está com saudades – principalmente de quando estávamos com um 4×4.
⠀
Ele não só nos permitia dormir em qualquer lugar (uma delícia de casinha ambulante da @nomad_america ⛺️), como fazia da nossa road trip uma experiência bem mais confortável.
⠀
No começo achamos que não era tão necessário assim um carro desses pra rodar  pelo país… até trocarmos ele por um mini kart e começar a sentir cada buraquinho da estrada! 🚗 ⠀
O que importa é que, seja no carrão ou no carrinho, estamos curtindo demais o país! 😎 ⠀
👉 E ficam as dicas: viajar de carro é SIM a melhor forma de explorar a Costa Rica. E um carro alto não é necessariamente obrigatório dependendo do destino, mas definitivamente vale pagar um pouco a mais pelo conforto – assim você não perde a paciência pelos buracos do caminho 😊 🕳

🇨🇷 Do que mais gostamos na Costa Rica?
⠀
Estamos há um tempão aqui tentando responder essa pergunta, sem sucesso obviamente. 🤷‍♀️
⠀
Mas se tem uma coisa que ganhou nosso coração aqui são as praias: a grande maioria das que visitamos estavam praticamente desertas.🏝
⠀
Não paramos pra contar quantas visitamos, mas certamente passaram de 50. Todas – eu disse TODAS – têm aquele ar de natureza intocada. Nada de bagunça, nada de comércio lotando a areia, nada de prédios em volta… Nada de nada, somente mar quentinho + areia cheia de siris, hermitões – e alguns cachorros simpáticos. 🐚🦀🐶
⠀
🏊‍♀️ E enquanto vamos ali dar um mergulho, fica o conselho aqui de colocar Costa Rica nos seus planos de viagem, tá? Juro que vc não vai se arrepender 😊👍

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!