Melhor seguro viagem América do Sul: coberturas, cotação e preço barato | Em Algum Lugar do Mundo

MELHOR SEGURO VIAGEM AMÉRICA DO SUL: COMO ENCONTRAR A MELHOR COTAÇÃO

Dicas para encontrar o menor preço, comparar cobertura e encontrar a melhor opção de seguro para sua viagem

  • Adriana
  • -
  • 28 de Maio de 2020
  • Nenhum Comentário
ENCONTRE O MELHOR SEGURO VIAGEM AQUI!

Faça uma cotação sem compromissos e conheça todas as opções disponíveis e preços de seguro para a sua viagem. Garantimos o melhor preço aos nossos leitores.

Atualização Coronavírus


Ao ser classificado como pandemia, o COVID-19 está sendo tratado como exclusão contratual por todas as seguradoras, exceto pela Assist Card que, até o momento, é a única seguradora a garantir 100% das assistências médicas/hospitalares, na ausência da saúde pública local, para casos e sintomas relacionados ao COVID-19. Saiba mais sobre o seguro viagem Assist Card.

Muita gente tem dúvidas em relação ao seguro viagem, especialmente o seguro viagem para a América do Sul. Por fazermos parte do Mercosul e termos entrada livre em muitos países, não fica claro se é obrigatório ou não contratar um seguro, que tipo devemos escolher e para quais países.

É normal que estas dúvidas apareçam, pois cada vez mais brasileiros querem explorar o nosso continente. Destinos como Bolívia, Peru, Argentina e Chile estão em alta tanto entre mochileiros quanto turistas mais exigentes. 

Seguro Viagem América do Sul - Lhamas
A cultura andina resite seja na Bolívia, no Chile, no Peru ou no norte da Argentina

Para esclarecer todas essa questões, escrevemos esse guia completo com um passo-a-passo detalhado que mostra como encontrar a melhor cotação para o seu seguro viagem para a América do Sul. E para começar você já pode acessar a nossa página de seguros.

Afinal, o que é o seguro viagem?

Seguro viagem é o seguro que cobre despesas médicas, cancelamento de viagem, perda de bagagem, acidente aéreo e outras perdas ocorridas durante a viagem, seja em trânsito internacional ou doméstico.

Você pode contratar um seguro de viagem para cobrir exatamente a duração dessa viagem, ou uma apólice “multi-viagem”, que cubra um número ilimitado de viagens dentro de um período de tempo definido.

Algumas apólices oferecem opções de despesas médicas mais baixas e mais altas, sendo que as mais altas são geralmente destinadas a países com altos custos médicos, como os Estados Unidos.

Algumas empresas de cartões de crédito oferecem seguro de viagem automático se parte da viagem for paga usando seus cartões de crédito, mas essas apólices são genéricas. Essa pode ser uma forma de economizar, mas antes de contratar, verifique se a cobertura atende às suas necessidades e às regras do país que você está visitando.

Para que serve o seguro viagem?

De acordo com a regulamentação da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), qualquer seguro viagem contratado no Brasil deve incluir:

  • Atendimento médico e odontológico;
  • Seguro de vida (cobrindo morte ou invalidez);
  • Traslado de corpo para o país de origem.

Estes itens fazem parte de um pacote básico, mas as seguradoras incluem normalmente outras coberturas relacionadas à viagem. Pode ser o cancelamento da viagem completo, atraso de vôo, extravio de bagagem e outros.

Dessa forma, o seguro viagem serve para te poupar da dor de cabeça de ter algum imprevisto em trânsito. 

O mais importante a considerar nesse caso é o seu perfil de viajante. Por exemplo, seu seguro viagem para a América do Sul deve ser escolhido com ainda mais cautela se você pretende incluir atividades de aventura no seu roteiro.

Por apresentarem maiores riscos, há seguros específicos para quem pretende praticar esportes de aventura, como escalada, trekking, ski, mergulho e assim por diante.

É obrigatório seguro viagem para América do Sul?

Depende do seu destino. Os únicos países da América do Sul que exigem um seguro viagem aos turistas são a Venezuela e o Equador. Isso não quer dizer que você deva viajar sem seguro para os outros países.

No caso da Venezuela, a cobertura mínima deve ser de US$ 40.000 para assistência médica e repatriação no caso de doença ou morte.

Já o Equador não exige cobertura mínima para seu seguro viagem, mas a recomendação é que a apólice tenha ao menos US$ 30.000 de cobertura em caso de doença, considerando a qualidade do sistema de saúde no país.

Embora para os outros destinos não seja obrigatório, nós recomendamos fortemente que você feche um seguro viagem para América do Sul. Durante nossa viagem de 8 meses pelo continente, nós precisamos de atendimento em diferentes situações.

A mais crítica delas foi na Bolívia, onde sofremos muito com a altitude e não escapamos do soroche. Precisamos de atendimento médico algumas vezes e não sofremos no prejuízo porque o seguro cobriu todas as despesas médicas.

Por que contratar seguro viagem para América do Sul?

É até engraçado pensar nisso, mas seguro viagem é daquelas coisas que compramos e torcemos pra não usar. Mas assim como em todas as nossas viagens, nós não hesitamos na hora de fechar nosso seguro viagem para América do Sul. Veja por que:

3 razões por que você deve contratar um seguro viagem para América do Sul

1. Emergências médicas

Existem alguns fatores bem recorrentes que levam viajantes da América do Sul a buscar atendimento médico:

  • alergia ou infecção alimentar: provar comidas diferentes faz parte da viagem e é sempre uma surpresa – que muitas vezes não é bem recebida pelo organismo, que não está acostumado com tanta novidade.
  • acidentes em esportes de inverno ou aventura: não faltam viajantes explorando o sul do nosso continente em busca de aventura com neve ou se aventurando nas milhares de trilhas, como Humantay ou El Chaltén. Mesmo os mais experientes não estão livres do risco.
  • mal de altitude: esse foi o grande motivo que nos levou a buscar atendimento médico. Há destinos na América do Sul que estão em altitudes elevadas, como Uyuni e La Paz na Bolívia, ou Cusco no Peru. Enquanto algumas pessoas see adaptam rapidamente, outras (como nós) sofrem bastante, precisando de uma assistência para encarar o soroche.

Dito isso, vale ressaltar que a maioria dos países não oferece atendimento médico gratuito aos turistas – apenas o Brasil, Argentina e Paraguai o fazem. Já o Chile garante por lei o atendimento em casos de urgência até a estabilização do paciente.

Ou seja, um cenário pouco animador, né?

Pois contratar um seguro viagem é a garantia de que você não receberá uma conta altíssima de algum hospital particular. Você viajará despreocupado e poderá curtir ainda mais as aventuras que a América do Sul guarda para você.

Seguro Viagem América do Sul - médico
Uma emergência médica é sempre algo a levar em consideração

2. Assaltos, roubos, furtos

Outra questão importante em que poucos pensam é a violência, parte da vida normal no Brasil e na maioria dos nossos países hermanos.

Quando estamos viajando, nossos equipamentos eletrônicos estão o tempo todo com a gente, ficando muito mais expostos do que gostaríamos.

Se esse é o seu caso, saiba que alguns seguros cobrem até assaltos e roubos, mesmo no hotel ou hostel, e perda de itens caros como câmeras fotográficas. Definitivamente uma preocupação a menos durante a viagem.

3. Cancelamento de voos

Não tem chateação maior do que voo atrasado ou cancelado durante uma viagem. Não tem muito o que fazer quanto ao seu roteiro, que vai ficar bagunçado.

Mas um seguro viagem pode tirar um bom peso das costas: tem apólices que cobrem o cancelamento de voos, assim como reembolso de despesas causadas pelo incidente (alimentação, deslocamentos, hospedagens).

Qual seguro viagem contratar para América do Sul?

Há tantas opções de seguro viagem para a América do Sul que é normal ficarmos em dúvida em sobre qual escolher. E a resposta não é tão simples: a cobertura depende sempre do seu perfil de viajante, que atividades pretende fazer, por quanto tempo viajará e por quais países passará. 

Por isso nós escrevemos esse guia e como te mostrar como encontrar a melhor cotação para sua viagem.

Se você fizer seu orçamento usando o link abaixo, nós ganhamos uma porcentagem do valor sem que você gaste nada a mais. Assim, você ajuda a manter o nosso site e nós poderemos continuar te dando as melhores dicas de viagem.

Como fazer seguro viagem para América do Sul

A nossa página de seguros funciona como um buscador que compara preços de vários planos de seguros diferentes. Da mesmo forma que você faria ao comprar uma passagem, você pode fazer ao contratar o seu seguro. Assim, você garante que está contratando um seguro que atende às suas necessidades pagando o melhor preço.

Cotação de Seguro Viagem América do Sul: passo a passo

1. Insira seus dados

O primeiro passo é acessar a nossa página de seguros e preencher os campos indicados com seus dados.

seguro viagem america do sul: página de seguros
Preencha os dados corretamente

Como dá para perceber na imagem abaixo, as coberturas variam bastante.

2. Compare os planos disponíveis

Seguro viagem America do Sul:
Veja todas as opções de planos disponíveis

Com tantas variações e apólices (com letras miúdas que devem ser lidas com atenção), o site comparador facilita a sua vida ao permitir comparar até quatro planos diferentes. Use essa ferramenta para saber qual a melhor cotação de seguro para a América do Sul para você.

É só clicar em “Comparar Plano” nas opções que te interessam. Nós mostramos abaixo como fazer isso:

A página de resultado oferece uma análise detalhada de cada uma das opções selecionadas e é ótima para saber exatamente o que você está contratando, evitando surpresas. Até porque vale reforçar: evite simplesmente contratar o plano mais barato sem ter a certeza de que ele atende às suas necessidades como viajante.

Veja um print da página com a comparação dos planos. Esta é só uma parte, o resultado é bem completo e detalhado mesmo.

Seguro viagem América do Sul: compare
Compare todas as coberturas dos 4 planos

Se você não sabe o que estes termos significam, não se preocupe. Você pode clicar nos itens (por exemplo, em “DENTRO DMH”) e uma explicação sobre o assunto é aberta. Tudo bem prático sem precisar sair da página nem “googlar” palavras desconhecidas.

Pronto! É dessa forma que você consegue identificar qual o melhor seguro viagem para América do Sul, de acordo com o menor preço e com a cobertura que atende às suas necessidades.

3. Finalize sua compra com desconto

Agora que já identificou o plano mais adequado para você, preencha os campos com os dados do(s) viajante(s) e siga com o fechamento do pedido.

Dica | Se for viajar em grupo ou com a família, sai mais barato comprar o seguro para todo mundo junto.

E aproveite que é agora que você garante o desconto: basta usar nosso código EMALGUMLUGAR5 para garantir 5% de desconto!

Para o pagamento, você tem a opção de dividir o valor em até oito vezes sem juros no cartão de crédito. Ou melhor ainda, pode pagar no boleto e garantir um desconto adicional de 5%, totalizando 10% de desconto!

Seguro viagem América do Sul: compra
Agora é só finalizar. Não se esqueça de usar o cupom EMALGUMLUGAR5

Por fim, é só salvar ou imprimir a sua apólice (caso tenha que mostrá-la na imigração do país de destino, onde o seguro seja obrigatório). É indicado também deixar uma cópia da apólice com algum familiar ou amigo de confiança caso você tenha problemas.

E aí, curtiu nossas dicas para escolher o melhor seguro viagem para América do Sul?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Escrito por Adriana

36 anos. Carioca. Colecionava carimbos no passaporte durante as férias, mas resolveu levar esse hobbie a sério. Jornalista, trabalhou com marketing por um bom tempo, mas deixou o mundo corporativo para viver uma vida com mais significado. Convenceu o Caio a se jogar no mundo e hoje se dá por satisfeita carregando um caderninho, uma câmera e um tapete de yoga.

Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Pra nós, um lembrete: eu me considerar antirracista não me exclui de uma estrutura racista enraizada há tanto tempo. Tampouco acaba com meus privilégios.
Enquanto nosso exercício diário é um lembrete, o desafio diário do negro é sobreviver.
Atitudes precisam mudar.

VC GOSTA DE EXPOSIÇÃO? 📸 🤳 ⠀Desde que começamos o Em Algum Lugar do Mundo, lá em 2015, entendemos que o assunto seria viagem. O negócio nunca foi muito sobre “Caio e Adriana”, embora nossa cara apareça no instagram e nossas dicas de viagem no blog sejam baseadas em nossa experiência. ⠀Mas sei lá, sabe? Acho q a gente é da época que ainda se vivia offline. Quando eu (Dri) era mais nova, o que nem faz tanto tempo assim 🤥😂 , achava ruim dar satisfação pra minha mãe. Agora é só apertar o dedão e toma-lhe de dar satisfação pra todo mundo! ⠀Só que não tem jeito. Se eu vejo um mar, meu instinto é sair correndo pra dar um mergulho. Se eu peço um prato de comida, 99% das vezes eu só vou pensar em “vou fazer um stories” quando to acabando a sobremesa 🤷♀️. Se o dog tá pulando e brincando, o Caio já tá rolando no chão junto, e o celular tá longe. ⠀Fato é que, volta e meia, a gente se pega num impasse… se devemos continuar na nossa, buscando viver o momento presente, mantendo o foco no blog e em nossos outros projetos, ou se devemos “forçar nossa própria barra” e dar mais as caras por aqui, mostrando as coisas mais banais do dia a dia. ⠀Mesmo porque, vamos combinar: nossa rotina super ~agitada~ de blogueiros muitas vezes se resume a ficar boa parte do dia com a bunda sentada na cadeira de frente pro computador. E isso mesmo antes da quarentena! ⠀De qualquer forma, esse período de isolamento tá servindo pra gente ajustar e revisitar várias questões nossas. Quem sabe a gente não compartilha e aparece mais por aqui? ⠀Seguimos aqui na reflexão pro nosso dia, depois de participarmos da nossa primeira live com @ines.lafosse e @vazaonde (se vc não viu, tem link no stories e tá salvo no IGTV do Vaz!). Nem doeu, viu? 😄 ⠀E pra vc, como é sua relação com a exposição da sua vida nas redes sociais?Foto📷: @gaiavani

Beleza e caos. É assim que a gente define o Pesqueiro na Praia Grande em Arraial do Cabo.Esse lugarzinho fica no canto esquerdo da Praia Grande e, apesar dessa confusão visual, é o nosso cantinho favorito dessa praia!

Depois de uma hora observando esse catioro nadando, resolvemos voar com o drone para tentar entender o que estava acontecendo… E aí é que descobrimos o segredo dele: ele tem amigos embaixo d’água! 🐢🐢

CANSEI DE SER CACHORRO!🐕 AGORA SOU UMA FOCA!
Vocês acham que só gente que gosta do mar de Arraial do Cabo??🌊🌅 Quando parei de olhar o relógio, já fazia mais de uma hora que esse catioro nadava… Entendo, pq se eu pudesse tava até agora nadando com ele ali!
Esperando tudo isso passar pra correr pra essa água…

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!