O QUE FAZER EM SINGAPURA: ROTEIRO DE 3 DIAS

Conheça as principais atrações, confira dicas e Informações essenciais para quem quer visitar Singapura.

  • Caio
  • -
  • 19 de setembro de 2016
  • 20 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e baixe nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Uma viagem a Singapura se torna muito mais interessante quando você entende que, para aproveitar o lugar de verdade, você deve ir além de andar pelas suas ruas ou visitar seus pontos turísticos. Portanto, para te ajudar a aproveitar o máximo da sua viagem, vamos mostrar aqui tudo o que fazer em Singapura.

Quando cheguei naquele aeroporto gigantesco pela primeira vez, admito que pouco sabia sobre o lugar – no máximo, já tinha visto uma ou outra foto dos principais pontos turísticos de Singapura.

E o que eu esperava ao visitar Singapura era apenas encontrar um lugar super desenvolvido, com prédios gigantes, onde tudo funciona e as ruas são limpas – ao contrário de outros destinos do sudeste asiático.

o que fazer em Singapura
Pontos turísticos de Singapura: Marina Bay Sands, The Heix Bridge e ArtScience Museum

Pois prepare-se para se encantar com tudo isso e muito mais. Aproveite o máximo do turismo em Singapura com nossas dicas: dá pra percorrer tudo em até 3 dias, à pé ou usando transporte público – mega eficiente por sinal. Confira:

O que fazer em Singapura em 3 dias

É difícil olhar para todos os pontos turísticos de Singapura e pensar que esse destino se tornou essa potência super desenvolvida em apenas 50 anos. Com um passado nada bonito ou pacífico, essa cidade-estado se transformou e ocupa hoje a 11ª posição no raking de IDH (ranking divulgado em dezembro de 2015). Conheci pessoas que moram lá e não querem sair de jeito nenhum.

Minha primeira visita a Singapura foi muito corrida e pude aproveitar pouco. Já a segunda vez foi bem diferente: passei a entender mais sobre sua cultura e conhecer sua história, e pude experimentar mais sobre esse lugar multicultural onde diferentes povos vivem em paz – coisa rara nos dias de hoje.

Se você tem dúvidas de quantos dias ficar em Singapura, sugiro passar 3 dias para poder aproveitar bem o lugar. Confira aqui minha sugestão de roteiro, com tudo o que visitar em Singapura durante sua viagem:

Roteiro Singapura 3 dias

Dia 1: Singapore City Gallery, Chinatown & Boat Quay

Singapore City Gallery

Comece o dia cedo na Singapore City Gallery. Essa é uma galeria interativa muito interessante, onde você conhece mais da história local e tem acesso a mapas por região. Mas a melhor parte é se deparar com uma maquete enorme, que nada mais é do que uma projeção de Singapura daqui a 100 anos.

Como disse no início, Singapura avançou rápido e em pouco tempo. Pequenas vilas se transformaram em uma metrópole, e Singapura se planejou bem pra isso. A maquete simula aterros (bem comum em Singapura), espaços para novos prédios residenciais, comerciais e áreas de lazer: já está tudo definido para o próximo século. Incrível, não?

O que fazer em Singapura: Singapore City Gallery
Maquete da cidade no Singapore City Gallery

Horário | Segunda à Sábado de 9h às 17h.

Endereço | 45 Maxwell Road, URA Centre

Chinatown

Sou suspeito pra falar, porque adoro passear por qualquer Chinatown. Acho impressionante como que eles estabelecem um “distrito” da China em outros locais: a língua muda, o comportamento, o comércio, tudo fica diferente!

Chinatown - O que fazer em Singapura
Chinatown

Para curtir um local como esse, é bom estar de cabeça aberta e atento pra absorver todos os detalhes. E ir sem pressa. Você encontra cafés, mercados, restaurantes e lojas que te fazem sentir que você realmente está em outro país. Visite o site oficial de Chinatown para mais informações.

O lugar é todo interessante, mas tenha certeza que você irá passar por dois lugares:

Buddha Tooth Relic Temple and Museum

Em uma caminhada de menos de 5 minutos partindo da City Gallery, cheguei nesse templo, que é uma das principais atrações de Chinatown. Construído em 2007, esse templo tem referências do budismo chinês. Lá também fica um museu (que acabei não visitando).

O que fazer em Singapura -  Buddha Tooth Relic Temple and Museum
Buddha Tooth Relic Temple and Museum

Horário | Todos os dias de 9h às 18h30.

Endereço | 288 South Bridge Road

Sri Mariamman Temple

Ainda passeando pelas ruas e ruelas do bairro, você encontra este belíssimo templo Hindu. Foi construído em 1827, mas já foi modificado e a forma atual é de 1862. Rituais acontecem com frequência no templo, mas infelizmente não dei sorte: minha visita se resumiu a entrar para conhecer e tirar uma fotos. Ainda assim, valeu à pena.

O que fazer em Singapura
Sri Mariamman Temple

Horário | Todos os dias de 7h às 12h e de 18h às 21h.

Endereço | 244 S Bridge Road, esquina da Bridge Road com Pagoda Street em Chinatown.

Antes de seguir para a segunda metade do dia, aproveite para descansar um pouco e almoçar ali por Chinatown mesmo. Existem centenas de opções de restaurantes com mesas espalhadas pelas calçadas, em ruas onde não passam carros. Tem também os tradicionais food courts (praças de alimentação). Por que não experimentar uma comida tradicional chinesa em Singapura?

Boat Quay

Saindo de Chinatown, em uma caminhada de pouco mais de 10 minutos chega-se a Boat Quay. Esse lugar era o cais por onde chegavam mais da metade das mercadorias em Singapura.

Boat Quay - O que fazer em Singapura
Boat Quay. Foto: Nicolas Lannuzel / CC BY-SA 2.0

Hoje a margem do rio abriga restaurantes, bares e arranha-céus modernos que são a sede de bancos e empresas globais. Passeando por ali você encontra a estátua do Pássaro de Botero e o monumento chamado First Generation, ou Primeira Geração, que são crianças brincando às margens do rio.

Cruzando o rio para a outra margem, encontra-se um lado mais calmo com museus e galerias. 

Endereço | Saindo de Chinatown, siga pela South Bridge Rd por cerca de 1 km.

Ministry of Culture, Community & Youth

Seguindo a outra margem do rio (a dos museus), siga andando até a Hill Street. Por ali fica a sede do Ministério da Cultura, Comunidade e Juventude. Ao contrário da arquitetura moderna do centro financeiro de Singapura, o que chama a atenção nesse prédio são suas janelas coloridas.

Ministry of Culture, Community & Youth - O que fazer em Singapura
Ministério da Cultura, Comunidade e Juventude de Singapura

Endereço | Old Hill Street Police Station, 140 Hill Street. Do outro lado do rio.

Pra fechar o dia, sugiro ficar pela região de Boat Quay. Assista ao pôr do sol, relaxe, tome uma cerveja e coma alguma coisa. Essa região é bastante movimentada principalmente no fim do dia, quando as pessoas saem do trabalho e vão pra lá curtir um happy hour.

Boat Quay Sunset - O que fazer em Singapura
Boat Quay. Foto: Nicolas Lannuzel / CC BY-SA 2.0

Dia 2: Little India, Marina Bay & Gardens by the Bay

Little India

Aqui é possível degustar o melhor da culinária indiana. Eu provei (e adorei!) a samosa. Outra sugestão é o tradicional Teh Tarik, um chá com leite condensado original da Malásia, mas bastante consumido pelos indianos. Aproveite para visitar templos Hindus e o gigante Mustafa Centre, um shopping gigante que fica aberto 24h.

o que fazer em Singapura: Little India
Little India

Endereço | 60 Bukit Timah Road. Estação de MRT: Little India

Arab Street

Caminhando por 15 minutos a partir de Little India, você chega à Arab Street, o reduto muçulmano em Singapura. Lá você poderá visitar a Sultan Mosque (mesquita) e experimentar a culinária típica em um dos restaurantes locais. Não deixe de andar pela Haji Lane, uma ruazinha bem legal, cheia de bares, cafés e lojas. Dá pra imaginar uma rua hipster em um bairro muçulmano? Pois é, Singapura e sua pluralidade cultural!

Arab Street - O que fazer em Singapura
Arab Street

Aproveite para almoçar por ali, tomar um café ou uma cerveja. Dê uma descansada, pois a segunda parte desse dia é um pouco mais longa.

Fountain of Wealth

A 11 minutos de caminhada da Arab Street está a Fountain of Wealth, uma fonte situada no meio de um enorme complexo empresarial chamado Suntec City. São cinco prédios que formam um dos maiores complexos de lojas de Singapura.

Fountain of Wealth - O que fazer em Singapura
Fountain of Wealth. Foto: Mark Ehr / CC BY 2.0

Horário | Todos os dias de 10h às 22h.

Endereço | 3 Temasek Blvd. Diversos ônibus e estações de metrô passam próximos.

Marina Bay

Ande por mais 15 minutos e você chegará em Marina Bay. A primeira coisa que você irá avistar é o Hotel e Cassino Marina Bay Sands, uma das construções mais incríveis do mundo. Mas calma que tem muito mais coisa pra se ver em Marina Bay.

Merlion

Ícone da cidade, Merlion é uma estátua com a cabeça de leão e o corpo de um peixe. O nome combina “mer” (mar) com “lion” (leão), remetendo tanto à origem do nome da cidade, quanto ao passado de Singapura, que já foi uma vila de pescadores.

Merlion - O que fazer em Singapura
Merlion: símbolo de Singapura

ArtScience Museum

Um museu interativo que abriga exposições de arte e também conta um pouco da história do mundo pela ciência. Mas o que mais chama atenção aqui é sua arquitetura, que representa mãos dando boas-vindas a Singapura. Cada “dedo” tem a função de filtrar a luz e levar a melhor iluminação natural para a área de exibições correspondente.

The Helix Bridge

Uma ponte para pedestres incrível, que remete à cadeia de DNA. Repare, ao andar por ela, que os sinais luminosos no chão fazem menção aos componentes existentes na cadeia, (A) Adenina, (C) Citosina, (T) Timina e (G) Guanina. (Sim, eu juro que lembrei desses nomes e da minha aula de Biologia quando passei por lá).

Marina Bay Sands

O Marina Bay Sands é o prédio mais famoso já construído em Singapura até hoje. É um Hotel Cassino, composto por três prédios. No topo das torres está uma forma apoiada que lembra um navio. É ali que está localizada a piscina de borda infinita que tantos viajantes  gostariam de conhecer e tirar uma foto.

Hoje, o acesso à piscina só é permitido a hospedes. Mas se quiser chegar próximo, basta subir e ir até o bar Cé La Vi, que fica ao lado da piscina. A vista obviamente não será a mesma, mas você pode aproveitar a ida ao bar pra relaxar assistindo ao pôr do sol, toamr uma cerveja e se preparar para o último ponto do seu dia.

Endereço | 10 Bayfront Avenue, Marina Bay.

Marina Bay - O que fazer em Singapura
Helix Bridge, Marina Bay Sands & ArtScience Museum

Gardens By the Bay

Ande pelo subsolo do Marina Bay Sands e passe pela estação de metrô rumo ao Gardens By The Bay. Esse jardim botânico é uma área reservada que abriga jardins, exposições e enormes árvores psicodélicas que fazem com que você se sinta no filme Avatar.

Para fechar o roteiro do dia, assista ao show de luzes que é impressionante.

Horário | o show de luzes ocorre às 19h45 (confirme no site para garantir).

Endereço | 18 Marina Gardens Drive.

Garden by the Bay - O que fazer em singapura
Garden by the Bay

Dia 3: Sentosa & Orchard Road

Sentosa

A Ilha de Sentosa é considerada atualmente o pólo de entretenimento de Singapura. Apesar de no passado ter sido a base militar de defesa de Singapura, hoje Sentosa abriga complexos hoteleiros, um Hard Rock Café e um Park da Universal Studios, entre outras coisas.

Apesar do seu grande crescimento (e do grande interesse na construção de mais empreendimentos), a ilha ainda possui 70% da sua área coberta de floresta tropical. É lá que fica a maior estátua de Merlion do país, com aproximadamente 40m. Visite o site de Sentosa para mais informações.

Sentosa está ligada ao continente por uma ponte e um teleférico, sendo o ônibus Sentosa Rider a opção mais barata pra chegar na ilha. Para se deslocar por Sentosa, existem 3 linhas de ônibus grátis. 

Como chegar | A partir da estação de MRT Harbourfront, você tem algumas opções. Para pegar o teleférico, siga pela saída B. Você também pode pegar o ônibus ou o Sentosa Express, que saem do VivoCity (Lobby L, nível 3).

Sentosa - O que fazer em Singapura
Sentosa. Foto: Chensiyuan / CC BY-SA 4.0

Orchard

Fechando a visita pelo país, pegue um ônibus ou metrô a vá até a Orchard Road. Nessa região você vive um pouco do espírito de consumo e luxo do país: são centenas de lojas caríssimas, shoppings, letreiros luminosos, tudo incentivando você a comprar, comprar e comprar.

Segundo um artigo, um a cada 35 habitantes de Singapura é milionário, o que justifica essa cultura do consumo. Ao chegar na Orchard Road pela estação de metrô, você já se depara com lojas top, que não encontramos nem nos shoppings de luxo do Brasil. Saiba mais sobre a Orchard Road no site.

Endereço | 437 Orchard Road. Estação de MRT: Orchard

Orchard Road - O que fazer em Singapura
Orchard Road em Singapura. Foto: Michael Gwyther-Jones / CC BY 2.0

Onde ficar em Singapura

Singapura é um lugar caro, então encontrar opções de hotéis mais baratos é mesmo um desafio.

Uma boa opção é alugar um apartamento pelo Airbnb. Encontramos diversas opções com preços mais acessíveis que hotéis, portanto, sugiro que dê uma olhadinha. E se você for novo no Airbnb, aproveita e clica nesse link pra pegar 180 reais de desconto!

Principais regiões para se hospedar em Singapura

Não importa muito onde você vai se hospedar em Singapura, qualquer lugar vai ser bom! O transporte público funciona perfeitamente, Singapura é pequena e extremamente segura. Ainda assim, veja as melhores áreas para ficar durante sua visita:

Lavender

Lavender é um dos distritos mais antigos de Singapura, compreende o quarteirão Malaio e Também o Muçulmano, é lá que estão os hotéis com melhor custo x benefício. Lembra que falamos logo acima que o transporte público é perfeito e que você não precisa se preocupar com violência? Então essa região é a melhor escolha!

No país são comuns as cápsulas para dormir e um dos mais legais que vimos é o MET A Space Pod, com uma temática futurista é um lugar bem interessante se sua estadia for curta. As cápsulas possuem ar-condicionado e TV.

Veja as melhores opções de hotel em Lavender.

Marina Bay

Certamente um dos lugares mais cobiçados – e caros – de Singapura. Localização bem estratégica, com o centro financeiro e Clarke Quay a uma curta distância, podendo fazer bastante coisa à pé.

Difícil falar em hospedagem na Marina Bay sem falar do Marina Bay Sands, né? O Hotel mais famoso de Singapura e talvez uma das construções mais famosas do mundo. Para nós é um pouco fora da nossa realidade, mas algumas pessoas sonham em se hospedar lá! Se esse for o seu caso, é só fazer sua reserva!

Orchard Road

A maior concentração de shoppings está nessa região, então se seu negócio é ir às compras, esse é o melhor lugar para se hospedar. A Orchard está sempre com muito movimento de pessoas pelas ruas, mas durante a noite o clima fica bem mais calmo. Várias opções de bares e restaurantes na região e diversos bairros residenciais nos arredores.

Por se tratar de uma das regiões mais nobres de Singapura, as opções boas por aqui tendem a ser bem mais caras. Mas se você estiver com apetite para gastar mais com hospedagem o Orchard Rendezvous Hotel pode ser uma ótima pedida

Chinatown

Aqui você encontra opções de hospedagem um pouco mais em conta. Uma área bem interessante pra se hospedar, com opções de mercado e comida de rua, além de templos e outras opções pra quem quer explorar o lado cultural de Singapura.

Uma ótima opção econômica é o Beary Best! um hostel com excelente staff. Com rápido acesso andando para transporte público e ao lado do Chinatown Point, um grande shopping no bairro.

Vai visitar Singapura? Se liga nas dicas

Já sabe o que fazer em Singapura e quais atrações visitar? Então veja como deixar sua viagem ainda melhor:

  • Baixe o aplicativo CityMapper (versões para IOS e Android). Se andar por Singapura já é fácil, com esse aplicativo fica impossível errar qualquer caminho! Ele funciona como um gps, indicando horários dos ônibus, que linhas fazem o trajeto que você quer, quantos pontos faltam pra chegar no seu destino… Uma tremenda mão na roda!
  • Nós sempre recomendamos fazer um seguro viagem – não importa o destino – mas para Singapura a recomendação se torna um item quase obrigatório! Já comentamos que o custo de vida lá é muito alto. Então não corra o risco de precisar de atendimento médico por uma dorzinha de cabeça e sair do hospital sem um rim pra pagar as contas! rs. Pesquise as melhores opções de seguro viagem e embarque com tranquilidade! E usando o nosso código EMALGUMLUGAR5 você ainda ganha 5% de desconto.
Seguros Promo

Turismo em Singapura: o que saber antes de ir

Singapura está cheia de fatos interessantes e curiosos. Recomendamos que antes de embarcar pra lá, você leia o post em que contamos 12 curiosidades sobre Singapura. Nesse post você confere coisas bem inusitadas, como a venda proibida de chicletes. Descobre também que pode levar uma multa se cuspir na rua ou se atravessaar fora da faixa de pedestres.

Agora que você já conferiu tudo o que fazer em Singapura, o que não vai ficar de fora do seu roteiro?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Baixe agora nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Singapura: explore

20 comentários em “O QUE FAZER EM SINGAPURA: ROTEIRO DE 3 DIAS”

  1. Dete disse:

    Parabéns pela postagem… está excelente para quem vai viajar…. Vou copiar pro meu plano com os devidos creditos. Ah, também sou carioca!

    1. Adriana Mendonça disse:

      E aí carioca! Ótima viagem pra vc, curta bastante Singapura!

  2. Ana claudia disse:

    Muito legal seu post. Estamos em Singapura agora e seguimos várias das suas dicas, menos a da faixa de pedestre, rsrs. Valeu!!!

    1. Caio Farias disse:

      Que bom Ana! Boa viagem!

  3. Vanessa disse:

    Caio,
    parabéns pelo ótimo roteiro de Singapura!!
    Vanessa.

    1. Caio Farias disse:

      Olá Vanessa! Muito Obrigado!
      Abs e boas viagens!

  4. Edilson disse:

    Muito bom as dicas! venho a singapura pela empresa a 10 anos e recomendo esses roteiros. Gosto sempre de ficar no YMCI na Orchard road one, bem econômico e localizado. Para quem tem mais dias super recomendo tirar um para ir a Malasya que esta do lado a 1:30 e conhecer Johor Bahru. Abs e Boa viagem!

    1. Caio Farias disse:

      Que bom que gostou Edilson, é muito legal escutar isso de alguém que já vai ao país há tanto tempo! Fomos 3 vezes em 1 ano e meio! Ir a Johor Bahru era um dos nossos desejos, mas teve que ficar pra uma próxima oportunidade! Abs e boas viagens!

  5. Alberto Silva disse:

    Caio, estou indo pra Singapura no dia 29/06/18 e certamente vou utilizar seu roteiro…se tiver mais dicas agradeço
    Alberto – Vitoria-ES

    1. Caio Farias disse:

      Desculpe a demora! Espero que esteja fazendo uma ótima viagem Alberto!

  6. Cíntia G disse:

    Olá! Excelente post! Muito obrigada!

    Não conheço Singapore, mas estou preparando uma viagem de negocios, onde terá o uso do Majestic Ferry, partindo do Singapore Changi Airport.
    Alguma dica de hotel para executivos neste roteiro, com vista para os lagos, ou algum parque?

    1. Caio Farias disse:

      Olá Cíntia, nós é que agradecemos a sua mensagem. Existem centenas de opções de hotéis em Singapura, principalmente para esse perfil já que a cidade tem business na sua essência. Tudo vai depender da verba disponível. Os hotéis de frente para os rios ou pra baía são geralmente muito mais caros. Dá uma olhada nesse:
      https://www.booking.com/hotel/sg/the-fullerton-bay-singapore.html?aid=1157980&no_rooms=1&group_adults=1

      E no mais tradicional Marina Bay Sands:
      https://www.booking.com/hotel/sg/marina-bay-sands.html?aid=1157980&no_rooms=1&group_adults=1

      Se você for realizar a reserva pelo Booking utilize os nossos links, isso nos ajuda com uma pequena comissão e não altera o valor para quem reserva.

      No link abaixo você encontra todas as opções de hotel em Singapura:
      https://www.booking.com/searchresults.html?city=-73635&aid=1157980&no_rooms=1&group_adults=1

      Boa viagem e aproveite Singapura!

  7. MARIA LÚCIA DE ANDRADE BUENO disse:

    Oi!! Gostei muito das suas dicas!!! Muito úteis e interessantíssimas!! Minha filha estará indo em janeiro. Só que irá sozinha (19 anos)!! Passará pela Tailândia, Singapura e Camboja. Vc acha que posso dormir em paz??!!! Rsrsrs. Pelo que estou pesquisando, são lugares seguros, não?! Obrigada e um grande abraço.

    1. Caio Farias disse:

      Olá Maria Lúcia, tudo bem? Que bom que gostou das dicas. Pode dormir em paz sim! No geral, são lugares seguros. É preciso sempre seguir aqueles conselhos de mãe, né? Cuidado, atenção, não exagere etc… Mas no geral pode ficar tranquila. Escreve pra gente depois como foi a viagem dela!

      Abs e boa viagem pra sua filha!

  8. Vanessa Lages disse:

    Muito obrigada pelas dicas! Muito interessantes e esclarecedoras para quem está a pensar visitar Singapura!

    1. Caio Farias disse:

      Que bom que gostou Vanessa, Singapura certamente nos surpreendeu. Fomos 3 vezes enquanto morávamos na Ásia.

  9. Juliana disse:

    Muito obrigada pelas dicas! Nos ajudou muito!

    1. Caio Farias disse:

      De nada Juliana, que bom que ajudamos! Obrigado pela mensagem!

  10. sergio hizidio disse:

    Olá,
    Tenho uma conexão chegando no aeroporto de Changi às 00h45 e partindo do país às 21h45. Acredito que dê pra fazer uma boa caminhada pela maioria dos pontos do seu roteiro, não? Alguma dica ou sugestão?

    1. Caio Farias disse:

      Dá pra fazer boa parte sim! Eu faria os pontos do dia 1 com a Marina Bay, que você vai ver o Marina Bay Sands e o Merlion. O aeroporto deve ficar a 1 hora da Baía, então fique atento ao horário.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!