O que fazer em El Chaltén: dicas e guia completo de trilhas em El Chaltén | Em Algum Lugar do Mundo

O QUE FAZER EM EL CHALTÉN, NA PATAGÔNIA ARGENTINA

Um guia completo com dicas valiosas sobre a capital do trekking argentina

  • Adriana
  • -
  • 10 de setembro de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

A pacata El Chaltén é muito famosa entre montanhistas e amantes do trekking, mas muitas vezes ignorada pelos viajantes que vão a El Calafate e à Patagônia Argentina. A verdade é que é um desperdício não colocar esse destino no seu roteiro. Por isso, vamos mostrar aqui tudo o que fazer El Chaltén, para você aproveitar o melhor desse destino incrível.

Fizemos esse guia completo de El Chaltén com tudo que você precisa para organizar sua viagem: confira informações detalhadas sobre todas as trilhas em El Chaltén, além de dicas essenciais para curtir sua aventura na capital do trekking da Argentina. Aproveite!

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Laguna de los tres e laguna sucia
Laguna de Los Tres a direita e Laguna Sucia a esquerda.
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Mapa das trilhas
Mapa das trilhas em El Chalten

O que fazer em El Chaltén: saiba mais sobre esse destino

Uma pequena vila: El CHaltén no inverno conta com apenas apenas 500 habitantes. Mas no verão ela recebe milhares de turistas do mundo todo, interessados nas diversas trilhas em El Chaltén. A cidade marca a entrada do Parque Nacional Los Glaciares, criado para proteger campos de gelo como a famosa geleira Perito Moreno.

El Chaltén se tornou oficialmente uma cidade apenas em 1985, sendo a mais nova da Argentina, criada para proteger o território em tempos de disputas com o Chile. Por isso, ela fica bem próxima à fronteira com o país vizinho.

Antes de ser uma cidade, o povoado atraía apenas fazendeiros e alpinistas, tendo uma estrutura quase inexistente. Mas hoje em dia, com a melhoria da Ruta 23 – estrada que dá acesso a El Chaltén – e a inauguração do moderno aeroporto de El Calafate, turistas comuns têm passado cada vez mais por aqui.

No entanto, esse lindo destino continua sendo um lugar com estrutura simples, cheio de mochileiros e alpinistas que vêm explorar tudo o que fazer em El Chaltén.

Preparado para explorar ao máximo as belezas e as trilhas em El Chaltén? Vem com a gente!

Onde se hospedar em El Chaltén

Antes de conferir todas as nossas dicas sobre o que fazer em El Chaltén, vamos começar com informações sobre hospedagem na cidade.

Fizemos um post com uma seleção dos melhores hotéis em El Chaltén para você escolher o que melhor se adequa ao seu estilo. Mas de uma forma resumida, algumas de nossas recomendações são:

Hostel Pioneros del Valle | um campeão em custo-benefício entre os as hospedagens em El Chaltén.

Hospedaje Lo de Guille | Uma boa opção econômica, com quartos compartilhados e privativos, e uma cozinha bem equipada.

Patagonicus Bed & Breakfast | Com bastante conforto, esse hotel fica a 250 metros da rodoviária, próximo a ótimos pubs e à entrada da cidade. Os quartos são amplos e extremamente confortáveis, com TVs e camas grandes

Como chegar e circular em El Chaltén

Como chegar:

Veja abaixo como ir de El Calafate para El Chaltén e outras alternativas.

Avião

El Chaltén não tem aeroporto. O aeroporto mais próximo fica em El Calafate, a cerca de 200 km de El Chaltén, e recebe voos regulares da companhia Aerolíneas Argentinas saindo do Aeroparque de Buenos Aires. O voo dura cerca de 3 horas.

Para sair do aeroporto de El Calafate e chegar em El Chaltén, você poderá ir de ônibus, alugar um carro ou fechar um transfer.

Ônibus

Três empresas fazem a rota entre El Calafate e El Chaltén: a Chaltén Travel Turismo, a CAL TUR e a TAQSA Patagônia. Há ônibus saindo às 8h e às 16h de El Calafate, e às 8h e às 18h de El Chaltén. A viagem dura 3 horas e não precisa comprar passagem com antecedência, a menos que sua viagem seja durante o auge da alta temporada (dezembro).

Carro

Uma boa alternativa é alugar um carro ainda em El Calafate. Você pode reservá-lo com antecedência pelo site da Rentcars e retirá-lo já no aeroporto. Isso é ótimo para quem pretende explorar El Calafate e El Chaltén na mesma viagem.

Para os que querem explorar melhor a Argentina: quem sai de Buenos Aires para El Chaltén encara uma longa viagem de 32 horas (com pedágios se for feita pelas Ruta Nacional 40 e pela RN3).

Transfer

Quem prefere comodidade, pode contar com o serviço de traslado do aeroporto para a cidade de El Chaltén. O trajeto é feito em um ônibus confortável e dura cerca de 3 horas.

Bate e volta de El Calafate

Muitas pessoas aproveitam a viagem para El Calafate para incluir um passeio de um dia para El Chaltén. A menos que seu tempo esteja realmente apertado, nós recomendamos ficar alguns dias em El Chaltén para curtir melhor e fazer algumas trilhas com tranquilidade.

Como circular em El Chaltén:

El Chaltén é bem pequena e não tem serviço de transporte público, então o negócio por aqui é andar mesmo. Acreditamos que em duas horas rodando a cidade já dá para ver tudo (sem incluir nenhuma trilha).

Mas a título de informação, a rodoviária fica mais ao sul e há uma espécie de “centrinho” por ali – não espere muito movimento.

Veja também: o que fazer em El Calafate

O que fazer em El Chaltén: trilhas, montanhas e lindas paisagens

Montanhas desafiadoras, lagoas azuis, geleiras: a natureza exuberante está presente em todos os passeios em El Chaltén. Mas traga seu espírito aventureiro, pois tudo o que fazer em El Chaltén inclui caminhadas (de diferentes níveis).

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Ponte sobre o rio
Ponte cruzando o Río Blanco

A melhor parte disso? É que com toda essa quantidade de trilhas – e o que se pode ver nelas – deram à cidade o título de capital argentina do trekking. Um verdadeiro paraíso!

A fama de El Chaltén foi sendo construída ao longo dos anos, pois desde 1940 suas montanhas chamam a atenção de alpinistas do mundo inteiro. O Monte FitzRoy, conhecido pelos locais como Cerro Chaltén, é o mais famoso de todos e deu nome à cidade. O nome estrangeiro é uma homenagem a Robert FitzRoy, capitão do HMS Beagle, navio que levou Charles Darwin em sua famosa viagem pelo mundo.

Além disso, há opções de passeios em El Chaltén que você pode fazer de barco, navegando sobre os grandes lagos em busca dos glaciares e paisagens mais espetaculares. Ou seja, tem paisagem e aventura para agradar a todos os gostos!

Mostramos aqui em detalhes todas as informações sobre as trilhas em El Chaltén:

  1. Laguna Capri
  2. Río Blanco
  3. Glaciar Piedras Blancas
  4. Laguna de Los Tres
  5. Mirador Cerro Torre
  6. Laguna Torre
  7. Mirador Maestri
  8. Mirador de Los Cóndores
  9. Mirador Las Águilas
  10. Lomo del Pliege Tumbado
  11. Laguna Toro

Além disso, também mostramos outros passeios em El Chaltén para você fazer na sua viagem:

Trilhas em El Chaltén

Há diversas trilhas em El Chaltén para todos os gostos e níveis de dificuldade. A maioria não é pesada e todas são bem sinalizadas, e na alta temporada você vai encontrar diversos viajantes pelo caminho.

Dica | saia bem cedo para fazer as trilhas, especialmente as mais longas, para ter certeza de que terá tempo para ir e voltar, descansar pelo caminho e aproveitar a paisagem com calma. Conte com o tempo para voltar antes do anoitecer.

No mapa abaixo você pode conferir o percurso de todas as trilhas em El Chaltén:

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - trilha para Cerro torrre
Trilha para o Cerro Torre

Trilhas em El Chaltén: região do Monte FitzRoy (total de 12,5 km – 4h30)

Uma das trilhas em El Chaltén mais procuradas pelos turistas. Pelo caminho, há diversos desvios e pontos de interesse. Entre El Chaltén e a Laguna de los Três, você vai passar por trilhas que seguem para a Laguna Capri, pelo Río Blanco e pela trilha ao Glaciar Piedras Blancas.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Fitz Roy
O majestoso Fitz Roy

Para facilitar sua vida, montamos esse roteiro explicando todas as trilhas, na ordem em que aparecem:

1. Laguna Capri (5 km – 2h)

A trilha da Laguna Capri começa no final da Avenida San Martín, onde termina a parte urbana de El Chaltén e começa a área de estacionamento.

Durante a primeira hora da caminhada a encosta é um pouco íngreme e você terá acesso a um mirante natural do vale do Río De las Vueltas.

Em poucos minutos você entra no vale do Riacho Del Salto em direção ao Monte FitzRoy. Em cerca de uma hora e meia no caminho se chega ao garfo sinalizado indicando a rota para a Laguna Capri (à esquerda) e para o mirante do Fitz Roy e a Laguna De los Tres (à direita).

Da lagoa você terá uma vista única do Fitz Roy e dos picos ao redor, um lugar que convida você a registrar um dos clássicos cartões postais de El Chaltén.

Se você tiver um tempo extra – de 30 a 40 minutos -, não pode perder o Mirante Fitz Roy, um mirante rochoso natural com uma placa que permite interpretar o panorama da montanha e da geleira à sua frente.

 O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Mapa
Mapa via Maps.me – Laguna Capri
 O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Laguna Capri
Descansando no caminho de volta da Laguna de Los Tres

2. Río Blanco (10,5 km – 3h)

O Río Blanco nasce da Laguna Sucia, que recebe a água que cai na Laguna de los Tres com o derretimento do glaciar. O rio acaba se juntando ao Río Eléctrico e é possível caminhar ao longo do Río Blanco a partir da Ponte Rio Eléctrico.

 O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Laguna Sucia
Laguna Sucia, a nascente do Río Blanco

Também é possível caminhar ao longo deste rio no dia da caminhada até o famoso mirante da Laguna de los Tres de El Chalten, que flui entre dois acampamentos de base do Fitz Roy: Campos Rio Blanco e Poincenot.

3. Glaciar Piedras Blancas (12 km – 3h30)

O caminho começa na ponte sobre o Río Blanco na Ruta 41, onde está localizada a Pousada El Pilar. Depois de passar a Hostería, você passará por uma zona sem desníveis até chegar à floresta, que rodeia a colina do Polo e sobe até o mirante.

Uma vez na floresta, em menos de uma hora você chegará ao portão onde começa a área protegida do Parque Nacional Los Glaciares.

Depois de aproximadamente duas horas de caminhada, você chegará ao ponto que lhe permitirá apreciar em todo seu esplendor o lindo Glaciar Piedras Blancas, a aproximadamente 2.000 m de distância.

 O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Piedras Blancas
Mapa via Maps.me – Mirante Piedras Blancas
 O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Mirador Piedras Blancas
O incrível Mirador Piedras Blancas

Com sorte, é possível testemunhar alguns dos pequenos deslizamentos de terra que ocorrem durante o verão.

Caso não queira fazer esse percurso sozinho(a), você pode fechar um trekking com guia para Piedras Blancas, incluindo também a Laguna Capri.

4. Laguna de los Tres (12,5 km – 4h30)

A Laguna de Los Tres é a trilha mais procurada por quem busca o que fazer em El Chaltén, pois ela oferece as vistas mais espetaculares do Monte Fitz Roy. Este mirante natural é o lugar mais próximo das paredes da montanha e dos picos ao redor.

A trilha começa no final da Avenida San Martín, onde termina a zona urbana de El Chaltén. Depois de atravessar o Río Blanco e o Campo Base Rio Blanco (um acampamento somente para alpinistas), o caminho continua com um declive um pouco íngreme de aproximadamente 400 metros até a lagoa De los Tres, o que exigirá pouco mais de uma hora de esforço.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina - Laguna de Los Tres
Mapa via Maps.me – Laguna de Los Tres
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Uma das imagens mais icônicas da Patagônia argentina. Monte Fitz Roy

O caminho termina com uma vista extraordinária da lagoa e do Glaciar de los Tres. Se você fizer o esforço para chegar ao amanhecer o prêmio será duplo, já que poderá testemunhar o momento extraordinário em que as colinas se tornam vermelhas com os primeiros raios do sol.

É possível ainda seguir caminhando e chegar à desolada lagoa Sucia e admirar suas geleiras suspensas.

Se você não se sentir confiante em fazer esse tekking sozinho, pode fechar o passeio para a Laguna de Los Tres em grupo com guia.

O Monte FitzRoy e o Cerro Torre são considerados as montanhas mais difíceis de escalar no mundo, devido à combinação de faces verticais cobertas de gelo, ventos fortes, condições climáticas imprevisíveis e crostas de gelo que se soltam com facilidade. A aventura é perigosa e já custou a vida de dezenas de pessoas (incluindo três brasileiros). Ou seja, as trilhas são acessíveis, mas a escalada não é para amadores!


Trilhas em El Chaltén: região do Cerro Torre (total de 13 km – 4h)

A trilha que leva à base do Cerro Torre é mais longa, mas tem grau de dificuldade menor do que a FitzRoy, por isso se caminha mais rápido. Há também menos paradas.

Você pode fazer tudo por conta própria (há sinalização) ou, se preferir, contratar um passeio com guia para o Cerro Torre. Confira os trajetos:

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Início do caminho para a região da Laguna Torre

5. Mirador Cerro Torre (5 km – 1h15)

O Mirador Cerro Torre fica a meio caminho da Laguna Torre. Há duas trilhas que partem de El Chaltén que se unificam depois em poucos quilômetros – todas bem sinalizadas. Em um pequeno bosque de ñires você encontrará uma placa com um mapa da rota com tempo de duração, distâncias e recomendações a ter em conta antes de continuar.

A trilha começa a entrar no vale e logo se localiza perto do desfiladeiro do rio Fitz Roy, onde está o Mirador Margarita. Daqui você tem uma vista panorâmica dos morros Solo, Cordón Adela, Cerro Torre e Cerro Chaltén, e do outro lado do rio você verá a cachoeira Margarita.

O caminho continua pela floresta, subindo o curso do rio Fitz Roy. Depois de uma hora e meia você chegará ao Mirante Cerro Torre e verá uma placa do Parque Nacional que descreve a vista incomparável à sua frente: uma vista panorâmica da serra da Adela, do monte Torre e das agulhas de granito que o acompanham.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Mirante Cerro Torre
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mirador Cerro Torre

6. Laguna Torre (11 km – 3h)

Depois de passar pelo Mirante do Cerro Torre, a estrada atravessa o acampamento base DeAgostini onde é possível passar a noite. Deixando o acampamento base para trás, o caminho tem uma subida de cerca de 15 minutos.

De lá é possível descer até a Laguna Torre, ou continuar pela mesma cordilheira por mais 2 km até o Mirante Maestri. Esta lagoa geralmente agrupa em sua margem numerosos icebergs que se soltam do Glaciar Grande.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Laguna Torre
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
A Laguna Torre

7. Mirador Maestri (13 km – 4h)

A trilha do Mirador Maestri é um caminho curto que começa na margem norte da Lagoa Torre, sendo a continuação natural da trilha.

O caminho ao Mirador Maestri passa pela margem norte da Lagoa da Torre, subindo pelo gelo deixado pelo Glaciar da Torre ao longo dos milênios. A principal atração do Mirador Maestri é a possibilidade de ter uma vista mais próxima do Cerro Torre.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Mirador Maestri

Trilhas em El Chaltén: próximas ao centro

Há diversas trilhas em El Chaltén saindo do centro de El Chaltén em direção sudoeste. Todas são interessantes e apresentam níveis de dificuldades distintos.

Como a grande maioria das outras triilhas em El Chaltén, elas são bem sinalizadas e podem ser feitas livremente, com exceção da trilha à Laguna Toro, que necessita de permissão especial da administração do parque nacional por ser a mais longa, difícil e perigosa de todas.

Confira mais opções de trilhas em El Chaltén:

8. Mirador de los Cóndores (1 km – 0h45)

A partir de El Chaltén, atravesse a ponte de acesso sobre o rio Fitz Roy e continue até o caminho onde está o Centro de Visitantes do Parque Nacional. Passando por um pequeno portão, uma placa lhe mostrará o caminho para a esquerda e, a poucos passos de distância, outro sinal informativo lhe mostrará um mapa da trilha.

A partir daí, demorará mais meia hora até chegar ao Mirador de Los Cóndores. Este caminho é relativamente novo, pois foi habilitado em 2004.

Como seu nome indica, o mirante está localizado em um ponto estratégico para a eventual observação de condores em sua trajetória de voo sobre o vale do rio Fitz Roy. É também uma excelente alternativa para apreciar os imponentes picos e glaciares de granito que dominam o horizonte.

Ver o pôr-do-sol a partir deste miradouro pode ser uma forma maravilhosa de zerar sua lista com tudo o que fazer em El Chaltén.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Mirador de Los Condores

9. Mirador Las Águilas (2 km – 1h45)

A trilha até o Mirador Las Águilas começa na bifurcação sinalizada cerca de dez minutos antes de chegar ao mirante Los Cóndores. Esta trilha curta tem um declive suave à medida que avança descobre o grande Lago Viedma no horizonte.

O mirante tem vista panorâmica para a estepe e o Lago Viedma a sul, o Monte Huemul a oeste e o Monte Pirámide a leste.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Mirador Las Águilas
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mirador de las Águilas

10. Lomo del Pliege Tumbado (12 km – 4h)

A trilha começa no Centro de Visitantes do Parque Nacional Ceferino Fonzo, onde um pequeno portão indica dois caminhos: à esquerda fica a trilha para os mirantes Los Cóndores e Las Águilas, e à direita, a trilha para o Pliegue Tumbado e Laguna Toro / Paso del Viento.

Esta trilha mantém uma inclinação ascendente de aproximadamente 1.100 metros no total, até chegar ao mirante localizado a cerca de 1.500 metros acima do nível do mar.

Depois de uma hora de iniciar o caminho, a trilha atravessa uma planície chamada Pampa De las Carretas, de onde se poderá apreciar a imponente colina Huemul, o lago Viedma ao sul e ao noroeste o Cerro Torre e Cerro Chaltén.

A trilha entra então em uma bela floresta até atingir uma altitude de aproximadamente 1.000 metros acima do nível do mar, onde a paisagem muda abruptamente: as árvores dão origem a arbustos e vegetação atrofiada, e entre as numerosas pedras ao redor da estrada é possível encontrar restos de fósseis marinhos de 100 milhões de anos.

A última parte da estrada é menos demarcada, mas ainda dá para ver as varas amarelas até chegar ao Mirador del Pliegue Tumbado, que oferece uma vista incrível da maioria das montanhas da região de El Chaltén, com o vale do rio Fitz Roy e a lagoa Torre.

O topo do Pliegue Tumbado requer mais uma hora de caminhada, subindo mais 280 m de desnível desde o mirante com uma inclinação um pouco íngreme; o topo oferece uma extraordinária vista panorâmica de 360 graus. Este último trecho pode estar coberto de neve e, nesse caso, não é recomendável seguir adiante.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Lomo del Pliege Tomblado
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Portal de entrada para as trilhas

11. Laguna Toro (15 km – 7h)

A Laguna Toro é passagem para quem quer fazer a Vuelta del Huemul, um trekking de quatro dias por uma montanha de mesmo nome. No entanto, para isso é necessário ter equipamentos para uma tirolesa e conhecimentos técnicos.

A trilha à Laguna Toro é parte do caminho e muitos acampam nos arredores do lago para descansar e voltar a El Chaltén no dia seguinte. A caminhada é puxada pela distância, o frio e o aclive na volta, mas a recompensa vale a pena, pois você verá os campos de hielo del sur com os próprios olhos.

O caminho é o mesmo que leva ao Lomo del Pliegue Tumbado. Após passar o desvio que segue para esse mirante, a navegação fica um pouco complicada. Mas basta lembrar que a Laguna Viedma deve ficar sempre à esquerda – e logo atravessa-se o bosque, ganhando um vale onde a trilha volta a ficar clara.

Para acampar na Laguna Toro, é necessário se registrar no centro de informes do parque. O pernoite é gratuito no camping.

O que fazer em El Chaltén: outros passeios em El Chaltén

Chorrillo del Salto (4 km – 1h)

O Chorrillo del Salto é um passeio super agradável, perfeito para ter um primeiro contato com o ambiente natural de El Chaltén, caminhando por uma área de floresta em uma rota sem dificuldade.

Ao final do passeio, uma bela cachoeira e seu córrego convidam você a fazer uma pausa para contemplar a mata nativa protegida.

A trilha começa em El Chaltén, no final da Avenida San Martín, na mesma ponta da trilha até a Laguna De los Tres – mas aqui você deve tomar a trilha que vai para a direita.

Em pouco tempo, a trilha sobe uma encosta que desce imediatamente até chegar ao caminho de cascalho que leva ao Lago del Desierto. Pouco depois, você encontrará um sinal à direita indicando a entrada para uma ciclovia – usado exclusivamente para bicicletas, não entre – e em poucos minutos mais um sinal à sua esquerda indicando que a rota para o Chorrillo del Salto.

No último trecho do caminho é proibido entrar com bicicletas. Esta bela estrada é totalmente plana, entre árvores baixas, e o som distante da cachoeira mostrará que você está se aproximando do final do passeio.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Chorrillo del Salto
O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Queda d’água Chorrillo del Salto

Lagunas Madre y Hija (7 km – 2h10)

Integra as duas principais trilhas em El Chaltén do Parque Nacional Los Glaciares (trilhas ao FitzRoy e ao Cerro Torre). Essa trilha em El Chaltén é relativamente simples, fazendo fronteira com as Lagunas Madre, Hija e Nieta.

Ela passa por uma grande diversidade de paisagens, florestas e pontos panorâmicos. Nesta área existe a possibilidade de encontrar o veado Huemul, típico da região. Esse caminho é comumente usado para se deslocar entre os acampamentos de Poincenot e De Agostini.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Mapa via Maps.me – Lagunas Madre, Hija e Nieta

Lago del Desierto e Glaciar Vespignani (3h) – passeio de barco e trilha

Esta excursão de meio dia é feita na região do Lago del Desierto, a 37 km de El Chaltén. Inclui uma caminhada de meia hora até o topo da trilha no Monte Vespignani, onde uma caminhada de dificuldade baixa/média é feita até os mirantes do Glaciar Vespignani e do Monte Fitz Roy.

O ponto de partida para esta excursão é o cais de Punta Sur del Lago Del Desierto – a 37 km de El Chaltén – onde você pode chegar em seu carro alugado ou contratando o serviço de transporte privado em El Chaltén.

A navegação de meia hora de duração oferece vistas deslumbrantes deste lago incrustado entre as serras Vespignani e Del Bosque, estofadas pela floresta nativa, geleiras suspensas e riachos de montanha. A proposta é seguir os caminhos autoguiados para diferentes pontos de vista naturais, seguindo os sinais que indicam a rota.

Ao desembarcar no Monte Vespignani, os visitantes entram imediatamente na floresta, onde o guia dá uma palestra de orientação sobre a reserva natural. Eles continuam caminhando um pouco mais e chegam a um lugar onde uma cúpula geodésica foi instalada: um espaço fechado onde eles podem deixar alguma da sua bagagem que não é essencial para caminhadas.

Ao lado da cúpula há um banho químico. A partir dali, o guia leva o grupo ao ponto de partida das diferentes caminhadas e dá algumas indicações para cada caso. O tempo de caminhada é de aproximadamente duas horas, até que o barco retorne novamente a Punta Sur.

Piedra del Fraile (7 km – 2h)

A caminhada para a Piedra del Fraile começa na Rota Provincial 41, na ponte sobre o Río Eléctrico, a 16 km de El Chaltén. Para chegar aqui é preciso vir de barco.

Nesta ponte, pouco antes de cruzá-la, um sinal indica o início do caminho em direção ao oeste. Você vai atravessar uma área aberta sem encostas, pontilhada de rochas, arbustos e árvores baixas, onde vai encontrar algumas marcas coloridas nas pedras que indicam o caminho.

Em menos de meia hora depois de começar, você estará caminhando dentro da floresta de lenga, muito perto do poderoso Río Eléctrico, em uma área protegida do vento.

Após duas horas de caminhada você vai chegar ao Camping Piedra del Fraile, cujas instalações estão localizadas ao lado do rio, com área de camping, dormitórios e um pequeno restaurante.

Você pode passar a noite aqui, mas não é possível reservar um lugar com antecedência, porque neste lugar remoto não há sinal de telefone celular ou internet (mas geralmente há um lugar disponível para acampar).

A dez minutos de lá está o Miradouro Natural Piedra del Fraile, alcançado por um trilho que rapidamente ganha altitude.

Glaciar Viedma + Laguna Viedma – passeio de barco

Esse passeio precisa ser contratado nas agências de El Chaltén, pois é necessário navegar por uma hora no Lago Viedma até chegar à trilha sobre a neve – a empresa fornece equipamento especial.

De lá, um mundo mágico de gelo se abrirá diante de seus olhos: tendas, cavernas, túneis… duas horas de puro sonho. E você também poderá aprender o básico sobre escalada no gelo.

O Glaciar Viedma percorre mais de 70 km entre muros de pedra (de um cânion formado entre as colinas de Huemul e Campana) até chegar ao Lago Viedma. A partir da Baía do Túnel (18 quilômetros de El Chaltén) há barcos que se aproximam da parede de gelo e navegam pelo lago.

A frente da geleira tem 2,5 km de largura e 50 metros de altura. Depois então vem o incrível trekking.

O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
Início da área do Lago Viedma

Circuito Huemul (4 dias e 3 noites) – trilha com camping

O Circuito Huemul engloba quatro dias de caminhada por muitas áreas e paisagens variadas. Caminha-se por bosques, por prados de alta altitude e sobre glaciares, até se chegar a uma altitude de 1550 metros, de onde se pode apreciar a imensidão do Campo de Gelo Continental e seu mundo congelado.

De lá, é possível ver a fonte do Glaciar Viedma e se surpreender com o tamanho do Lago Viedma. Com certeza uma das trilhas em El Chaltén mais desafiadoras.

Onde comer em El Chaltén

Perto do “centro”, na praça principal ou ao longo da Avenida San Martín há uma boa oferta de restaurantes que servem pizzas, empanadas, galetos e parrillas a preços bem convidativos.

O La Tapera é um destes, sendo um dos restaurantes favoritos dos moradores de El Chaltén. Comida deliciosa, ladeira e um serviço impecável complementam os pratos deliciosos servidos aqui. Destaque para as tradicionais empanadas.

Outra opção é o Techado Negro, que serve um guiso (ensopado de lentilhas) que é ótimo para esquentar o corpo depois de um dia caminhando no frio. Outra dica imperdível é o Chalteños, localizado na Av. San Martín. Os melhores alfajores da argentina são servidos aqui! E para sobremesa visite a la Wafleria!

 O que fazer em El Chalten, Patagonia Argentina -
La Waflería também é uma excelente opção

Quantos dias ficar em El Chaltén

Para curtir o centrinho de El Chaltén e fazer as trilhas mais fáceis, um ou dois dias cheios em El Chaltén serão suficientes.

Algumas pessoas decidem fazer um tour de um dia para El Chaltén saindo de El Calafate, conhecendo o centrinho e fazendo as trilhas mais curtinhas. Se você tem limitação de tempo, pode ser uma boa. Mas recomendo uma estadia em El Chaltén para aproveitar melhor o local.

Para fazer as trilhas em El Chaltén consideradas mais importantes, o ideal é reservar 2 dias inteiros: um para fazer a trilha ao Fitz Roy (que termina na Laguna de los Tres) e outra trilha para avistar o Cerro Torre (terminando na Laguna Torre).

Minha sugestão de quantos dias ficar em El Chaltén são 3 dias cheios: o primeiro dia para fazer a Trilha do Fritz Roy, o segundo dia para passeios mais fáceis (e descanso) e, finalmente, o terceiro dia para a trilha do Cerro Torre.

Mas como você percebeu, há muito o que fazer em El Chaltén. Portanto, se você é amante de trekking, poderá facilmente passar uma semana nesse lugar especial – e não se cansar de tanta beleza e aventura.

Quando ir a El Chaltén

A melhor época para ir a El Chaltén é durante o verão, que vai de novembro a março, quando o clima está mais ameno. Dezembro é a alta temporada e a cidade fica lotada.

El Chaltén no inverno tem temperaturas bem baixas, então considere visitá-la fora do período entre maio e setembro, meses em que o frio se intensifica e a maioria dos serviços de hospedagem permanecem fechados, além das ofertas de transporte estarem limitadas e os passeios de barco fecharem. Nesse período, a temperatura em El Chaltén pode chegar a – 20 °C.

Primeira vez em terras hermanas? Confira nosso Guia Prático da Argentina: aqui você encontra todas as informações que precisa para planejar sua viagem ao país

O que levar na mala para El Chaltén

Lembre-se de levar botas específicas para fazer trilhas, casacos corta-vento e roupas quentes, pois o clima pode mudar abruptamente. Além disso, não esqueça o filtro solar e óculos de sol, pois mesmo no frio o sol pode queimar.

Não se esqueça também de levar água, lanches e se preparar bem para as caminhadas, que podem durar o dia todo.

Dica | Não se engane com o céu azul: mesmo que o dia esteja ensolarado, prepare-se para uma mudança na temperatura – um evento clássico de El Chaltén. Esteja sempre protegido (a)!

Mais dicas de El Chaltén

Lembre-se do seguro viagem

Uma coisa que você não pode abrir mão no seu planejamento de viagem para El Chaltén é de fazer um bom seguro viagem. Para isso, recomendamos fazer uma boa pesquisa antes de fechar o seu. Tente pela Segurospromo, que compara preços, e te ajuda a escolher o melhor.

É só usar o código EMALGUMLUGAR5 para garantir 5% de desconto!

Seguros Promo

Outro ponto importante: a maioria dos estabelecimentos de El Chaltén não aceitam cartões de crédito, então lembre-se de levar o dinheiro em espécie e em pesos argentinos. Isso irá te fazer evitar bastante dor de cabeça.

Curtiu nossas dicas de tudo o que fazer em El Chaltén? Aproveite a boas caminhadas!

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Argentina: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!