VILLA LA ANGOSTURA: A CHARMOSA VILA DA PATAGÔNIA ARGENTINA

Há motivos de sobra para colocar essa cidade no seu roteiro pela Argentina. Confira!

  • Adriana
  • -
  • 18 de abril de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e baixe nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Villa La Angostura é o destino perfeito para quem procura belas paisagens, tranquilidade, boa gastronomia e um centro de esqui mais exclusivo que o de Bariloche. Nós estivemos aqui durante nossa viagem pela Patagônia Argentina, enquanto percorríamos a Rota dos 7 Lagos – e ficamos encantados pela cidade! Por isso, mostramos aqui tudo o que fazer em Villa La Angostura – aproveite e vem com a gente conhecer esse destino!

Foto aérea do deságua do Rio Bonito no Lago Nahuel Huapi - O que fazer em Villa la Angostura
Bahia San Patricio no Lago Nahuel Huapi

Dicas de Villa La Angostura: saiba mais sobre o lugar

Villa La Angostura fica localizada às margens do Lago Nahuel Huapi, na província de Neuquén, quase na fronteira com o Chile. Ela fica a 80km de Bariloche e é vizinha da simpática San Martin de Los Andes – sendo uma ótima ideia juntar esses três destinos em uma única viagem.

Apesar de pequena, Villa La Angostura tem atração para agradar todo mundo.

Há diversas opções de esportes de aventura, para quem quer curtir o local no verão ou quem prefere uma viagem mais agitada. Tem diversos restaurantes de alta gastronomia, para quem não dispensa uma refeição incrível. E tem neve de sobra para os fãs do ski e snowboard.

Mas o que mais nos impressionou foi a beleza do lugar e o clima convidativo da cidade. São paisagens únicas, balneários com águas cristalinas e um centrinho pra lá de simpático.

Foto do Lago Nahuel Huapi - O que fazer em Villa la Angostura
Lago Nahuel Huapi

Nós passamos alguns dias por aqui e mostramos nesse post tudo o que fazer em Villa La Angostura, então pegue nossas dicas e boa viagem!

Onde ficar em Villa La Angostura

Há uma boa oferta de hoteis em Villa La Angostura. Mas antes de decidir pela sua acomodação, você deve escolher basicamente entre duas opções:

  • Hospedar-se no centro, com a comodidade de poder passear a pé por ali
  • Ficar afastado do centro, ideal para quem quer curtir um clima tranquilo com visual imbatível, para montanhas ou para o lago (ainda assim ficando próximo do centro se estiver de carro).

Nossa escolha

Nós optamos por ficar perto do lago, na super aconchegante Casa del Lago, que fica a menos de 10 minutos do centro de carro. Além de linda e simpática, a casa fica no meio das montanhas com vista para o Lago Correntoso.

Fachada do Hotel - O que fazer em Villa la Angostura
Mascote do hotel Casa del Lago. É normal vê-la passeando pelo centro da cidade apesar da distância

A Casa del Lago tem no total 6 quartos bem novinhos e confortáveis, todos com banheira, frigobar, TV e calefação. No segundo andar fica um espaço para leitura e relaxamento, bem acolhedor e com vista pro lago.

O café da manhã fresquinho e farto é indescritível de tão bom, com direito ao melhor pão integral caseiro que eu já comi na vida! E para completar, os donos são pura simpatia. A diária sai por cerca de R$300 o casal.

Mais hoteis em Villa La Angostura

Hostel La Angostura | boa opção de acomodação mais em conta, a apenas 200 metros do centro da cidade e com café da manhã incluso. Para quem prefere ficar num quarto compartilhado, a diária começa em R$70. Para quem prefere um quarto individual, há opções saindo a partir de R$ 160.

Encanto del Rio | um charmoso chalé rodeado por um belo jardim, que conta com seu próprio spa e piscina aquecida. Fica a 5km de distância do centro, possui bangalôs e apartamentos inteiros para aluguel. A diária do bangalô para cinco pessoas sai a R$600. Já os quartos duplos ficam a partir de R$300.

Hosteria Las Cumbres | segue o estilo de chalé alpino que você vai encontrar por boa parte da cidade. O interior é aconchegante, com uma lareira no lounge principal. O hotel fica a 900 metros do centro e a 2km do Lago Correntoso. Por lá, o quarto duplo sai por R$ 190.

Como chegar e circular em Villa La Angostura

Como chegar

Avião

Para quem vem do Brasil, a melhor opção é voar até Bariloche e de lá fazer o trajeto até Villa la Angostura de ônibus ou carro. As empresas Latam, Gol e Azul tem voos diretos para Bariloche das principais capitais brasileiras.

O Aeropuerto Internacional de Bariloche (Teniente Luis Candelaria) fica a pouco mais de 80 km do centro de Villa La Angostura.

Para quem vem de Buenos Aires, o ideal também é voar para Bariloche, já que a distância entre a capital e Villa La Angostura é bem grande para ser feita via terrestre.

Ônibus

A distância de Bariloche a Villa La Angostura é de 882km, que são percorridos em 1h30. Para quem chega no aeroporto de Bariloche e quer seguir de ônibus, as empresas Via Bariloche e Albus fazem o trajeto entre as duas cidades.

Há um terminal de ônibus no próprio aeroporto de Bariloche e outro no centro da cidade, caso você passe alguns dias por lá antes de seguir viagem para Villa la Angostura. As passagens custam em média AR$ 70 cada trecho, mas variam dependendo do horário e da classe escolhida.

Para quem sai de San Martin de Los Andes, as cias Via Bariloche e Albus também oferecem ônibus até Villa la Angostura. O trajeto todo dura pouco mais de 2h e as passagens ficam em torno de AR$300 cada trecho.

Carro

Na minha opinião, alugar um carro é a melhor forma de se explorar a região. Dá pra fazer Bariloche, San Martin de Los Andes e Villa La Angostura em uma única viagem, aproveitando para percorrer a Rota dos 7 lagos.

Estrada com Árvores amarelas no outono - O que fazer em Villa la Angostura
As belas estradas da Patagônia no outono

Para quem vai fazer o trajeto de carro a partir de Bariloche, é só seguir pela RN 40 e em seguida pela RN 231.

Já de San Martín de Los Andes, siga a RN 234 (a lindíssima Ruta de los Siete Lagos) e, logo em seguida, a RN 231. Em ambos os casos, vale ter atenção redobrada durante o inverno, quando a neve deixa as estradas mais perigosas.

Para alugar um carro, recomendo fazer uma pesquisa no Rentcars, um site comparador que sempre nos mostra os melhores valores.

Como circular em Villa La Angostura

Uma vez em Villa la Angostura, é possível chegar em todas as principais atrações de carro, taxi (por conta da proximidade, os valores não são tão caros) ou então contratando um tour.

Para quem não dirige, outra boa notícia é que Villa La Angostura é uma cidade perfeita para ser conhecida de bike fora da temporada de inverno. As ruas e estradas são de excelente qualidade e bem sinalizadas. Há diversos roteiros possíveis de serem feitos, para todos os níveis de ciclistas.

Não se esqueça do seguro viagem antes de embarcar para Santiago. Sugerimos fazer uma busca pela Segurospromo, um site que compara preços e dá uma enorme variedade de opções de seguro. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto!

O que fazer em Villa La Angostura

1. Cerro Bayo

A grande atração de Villa La Angostura é a estação de esqui Cerro Bayo Ski Boutique, que faz a felicidade dos amantes tanto de esqui quanto de snowboard.

No total, são 31 pistas diferentes, com 4 níveis de dificuldade, e 16 teleféricos, com capacidade de transportar 9245 passageiros por hora. A maior das pistas possui 6 km de extensão.

Foto de pessoas esquiando no Cerro Bayo - O que fazer em Villa la Angostura
Foto: Villa la Angostura Turismo

A estação é pequena, principalmente se comparada às opções da vizinha Bariloche, mas em compensação é bem mais vazia. A estação também oferece aluguel de equipamentos e pacotes de aulas de ski.

Os preços para esquiar no Cerro Bayo variam dependendo de quantos dias tem seu passe e em que temporada você vai esquiar, sendo dividido em baixa, média e alta temporada. A tabela com os valores completos pode ser consultada no próprio site do Cerro Bayo.

E se eu for no verão?

Engana-se quem pensa que Cerro Bayo só vale ser visitada no inverno. No verão, a estação também é bastante procurada por quem curte fazer caminhadas (há três circuitos diferentes) e outras atividades como rapel, escalada esportiva e arco e flecha. Uma boa notícia para quem não é lá tão fã de esqui e adora esportes de aventura!

2. Cascada Rio Bonito

Como se o Cerro Bayo não fosse uma ótimo destino por si só, há uma belíssima atração no caminho: a Cascada Rio Bonito, uma linda cachoeira bem próxima da estação de ski.

Cerca de 1 km antes de chegar à base do Cerro Bayo, haverá à direita uma sinalização indicando a Cascada. Estacione o carro ali e siga por uma caminhada de menos de 15 minutos entre a floresta, até chegar à cachoeira.

Foto do Caio observando de longe a Cascata do Rio Bonito - O que fazer em Villa la Angostura
A incrível cascata do Rio Bonito

A Cascada Rio Bonito tem 36 metros de altura. Foi uma delícia descobrir essa beleza pelo caminho e poder passar uma horinha admirando essa vista ali do deck de observação. Pode acrescentar uma parada aqui, você não vai se arrepender!

3. Porto de Villa La Angostura

A região portuária de Villa la Angostura, apesar de pequena, é recheada de bons restaurantes e bares, além de um extenso gramado onde locais e turistas curtem os dias de sol.

É daqui também que partem os barcos que fazem o passeio até o Bosque de Arrayanes e onde fica a Península de Quetrihue, uma pequena e charmosa praia.

4. Bosque Arrayanes

Outro grande atrativo da região é o impressionante Parque Nacional Los Arrayanes, criado com o objetivo de preservar a flora local, em especial a árvore que dá nome ao parque, a Arrayán.

Um dos passeios mais legais de fazer por lá é a trilha de 12 quilômetros que sai do porto de Villa la Angostura e tem como destino final o bosque de Arrayanes – alguma das espécies neste local possuem mais de 500 anos.

Há quem prefira fazer o passeio de bike ou de barco. Muitos escolhem fazer a ida até o bosque de barco, para apreciar a vista do lago Nahuel Huapi, e voltar a pé – mais ou menos três horas de caminhadas. Essa foi nossa escolha e nós adoramos o passeio!

Dá também para fazer de bike – ela pode ser levada com você no barco e o trajeto da volta dura mais ou menos duas horas. Mas achamos que de bike pode ser ainda mais cansativo do que a pé. Não deixe de fazer pelo menos uma parada em um dos mirantes já chegando de volta a cidade.

Foto de um Mirante - O que fazer em Villa la Angostura
Mirador sobre a Bahía Mansa

A entrada no parque custa AR$ 130 para brasileiros e o parque fica aberto das 10h às 17h.

5. Centrinho de Villa La Angostura

Separe um espaço na sua lista com o que fazer em Villa La Angostura e curta o centrinho da cidade.

A Feria de Los Artesanos é uma pequena feira de artesanatos, culinária local e arte aborígene que ocorre todos os dias da semana em frente ao terminal de ônibus de Villa La Angostura.

Outro lugar que você deve visitar é o El Mercado, um centro de gastronomia, lojas, pubs e até cervejaria. Lá você também encontra algumas lojas de equipamentos de esqui.

No centro também fica a Avenida Arrayanes, o coração da cidade, onde você encontra a grande parte dos restaurantes, hotéis, casas de câmbio e comércio em geral.

6. Rio Correntoso

Um dos menores rios do mundo, com apenas 200 metros, o Rio Correntoso – cujas águas formam os lagos Nahuel Hapi e o Lago Correntoso – é cenário perfeito para um dia de verão.

Rio que Liga os lagos Nahuel Huapi e Correntoso - O que fazer em Villa la Angostura
Um dos cartões postais de Villa la Angostura

Ao redor do rio você encontra um ótimo balneário, onde você pode fazer um piquenique ou praticar esportes. E se quiser passar a noite aqui, há um camping no local também.

A areia da praia, de origem vulcânica, tem uma cor mais escurecida, e forma um belo contraste com as águas cristalinas do Correntoso.

7. Puerto Manzano

Localizada alguns poucos quilômetros antes de Villa la Angostura, Puerto Manzano é uma península conhecida pela pesca – durante o verão, argentinos de todos os cantos do país vão até a região em busca de suas enormes trutas.

Foto de um morador pescando - O que fazer em Villa la Angostura
A pesca é uma das principais atividades de lazer dos moradores

Além disso, há diversas opções de pousadas e cabanas para quem prefere uma acomodação mais rústica, fora do centro de Villa la Angostura – mas é essencial ter carro.

De qualquer maneira, mesmo sem estar hospedado por lá, vale a pena dar uma voltinha, já que a região é bem bonita e tem bons restaurantes.

8. Sendero del Rio Bonito

Se você quer apreciar a natureza em Villa La Angostura, não deixe de percorrer o Sendero del Rio Bonito. Descobrimos essa maravilha por indicação dos queridos donos do Casa del Lago, onde nos hospedamos. E vale muito a pena reservar 2 horinhas do seu roteiro para fazer esse passeio.

O caminho é simples, em terreno plano e bem tranquilo. A maior parte do tempo vamos margeando o rio, sendo que em alguns momentos a trilha segue por dentro da floresta. Ao final da caminhada, chegamos em uma bela lagoa onde há pessoas pescando, cachorros brincando e crianças se divertindo.

Foto da Dri andando na beira do rio Bonito - O que fazer em Villa la Angostura
A trilha leva ao lago Nahuel Huapi
Foto da Dri chegando ao Lago - O que fazer em Villa la Angostura
Fim da Trilha

Para chegar lá, o acesso é pela Calle Los Robles, pouco depois da ponte do Rio Bonito. Estacione o carro na Fundación Salmónidos e desça a ladeira em direção à trilha. Bem simples e fácil de achar.

9. Rota dos 7 lagos

Apesar do número 7, essa rota percorre até 11 lagos diferentes ao longo da RN 40, que liga Villa la Angostura a San Martín de los Andes. Você pode fazer o passeio por conta própria, alugando um carro, ou contratar uma das várias opções de tours que saem de Bariloche até San Martín de Los Andes.

O cenário é lindo e definitivamente vale separar um dia para percorrer a rota. Na ordem dos 7 lagos, estão: Machónico, Hermoso, Falkner, Escondido, Correntoso, Espejo Chico e Villarino. Para os demais lagos, basta fazer alguns pequenos desvios.

No verão, há ainda a opção de alugar uma bike e fazer o percurso até o Lago Correntoso, uma experiência única.

Verão em Villa La Angostura

Além de trilhas pelo Cerro Bayo, Villa la Angostura oferece outras atrações durante o verão: há uma infinidade de esportes de aventura, como rafting, escalada e kayaking, além de tours de bike, passeios de barco e praias.

Uma das praias da cidade no verão - O que fazer em Villa la Angostura
Não tivemos coragem de encarar a praia

Esse post do Instinto Viajante tem bastante informações para quem quer conhecer mais de Villa La Angostura de bike.

Onde comer em Villa La Angostura: o melhor da região

Villa La Angostura segue o padrão gastronômico da região da Patagônia e de todo o resto da Argentina: muitos restaurantes dedicados à carnes e massas, com infinitas opções de vinhos.

Por aqui há uma boa diversidade de restaurantes mais sofisticados, já que o público que passa temporadas em Villa La Angostura costuma ter um poder aquisitivo maior. Se você curte alta gastronomia, esse é lugar certo.

O Las Balsas é uma boa pedida nessa categoria: o menu é recheado de carnes nobres e exóticas, como carne de Javali e outras caças típicas da Patagônia. Pra completar, uma vista para o lago e para as montanhas, que faz qualquer refeição por lá ser mágica.

Para um restaurante mais em conta, confira o Ay Ay Maria, que tem um menu dedicado a culinária mexicana, recheado de sabores de nachos, burritos e, é claro, margaritas. Há uma boa gama de opções vegetarianas aqui também.

Já o Nicoletto é a escolha certa para massas ou pizzas. O restaurante, de tradição familiar, serve massas frescas com uma ótima seleção de molhos e carnes de acompanhamento.

Quantos dias ficar em Villa La Angostura

A visita a Villa La Angostura costuma fazer parte de um roteiro que inclui Bariloche ou San Martín de Los Andes.

Idealmente, separe no mínimo dois dias inteiros para Villa La Angostura, mas o total de dias varia dependendo do seu roteiro.

Se você for esquiar, separe pelo menos mais dois dias sem nenhuma outra atividade programada – assim, você se garante caso as condições climáticas de um desses dias não estejam muito boas para a atividade.

Quando ir para Villa La Angostura

Tudo vai depender do que você pretende fazer por lá. Se o objetivo é esquiar em Cerro Bayo, não tem como fugir do inverno, mais especificamente os meses de junho até agosto, quando é a temporada de neve (há também chance de esquiar durante setembro, mas é menos garantido).

Para quem não pretende esquiar, primavera e verão são boas escolhas – entre os meses de novembro e março, os dias são menos frios e o dia só escurece depois 21h. É a época perfeita para atividades como trekking, rafting, acampamentos, passeios de bike, etc.

Foto de um beijo Caio e Dri - O que fazer em Villa la Angostura
Felizes em uma tarde de outono

De uma forma geral, há muito o que fazer em Villa La Angostura e o lugar vale ser visitado em qualquer época do ano.

Uma viagem para Villa La Angostura combina com:

Bariloche | Indiscutivelmente o destino mais buscado por brasileiros que querem curtir neve, Bariloche tem muito mais a oferecer que suas disputadas pistas de ski. Cercada de lagoas e montanhas, essa cidade é destino perfeito para quem quer curtir a natureza, em qualquer época do ano. Lojas de chocolate, cervejarias artesanais e ótima gastronomia completam o passeio.

San Martin de Los Andes | Aproveite a beleza da Patagônia Argentina: San Martin de Los Andes é uma vila rodeada de lagos, vulcões e montanhas com picos nevados. Aproveite para caminhar pelo seu centrinho e ter a sensação de estar passeando em uma cidade dos alpes suíços.

Rota dos 7 Lagos | Um dos trechos mais belos da famosa Ruta 40 Argentina é o trecho que liga a cidade de San Martin de Los Andes à Villa La Angostura. A Rota dos 7 Lagos é o melhor exemplo de que o caminho deve ser tão bem aproveitado como o próprio destino: uma coleção lindíssima de lagos glaciares vai fazer você diminuir a velocidade e aproveitar várias paradas para contemplar a natureza.

Curtiu nossas dicas de Villa La Angostura? Conta pra gente!

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Baixe agora nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Argentina: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!