Templo Borobudur na Indonésia: o maior templo budista do mundo | Em Algum Lugar do Mundo

TEMPLO BOROBUDUR: O MAIOR TEMPLO BUDISTA DO MUNDO FICA NA INDONÉSIA

Confira a história do templo e aproveite nossas dicas para conhecê-lo

  • Adriana
  • -
  • 15 de setembro de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

O Templo Borobudur é considerado o maior templo budista do mundo – e um dos mais importantes também.

Ele fica bem no coração da Ilha de Java, pertinho da cidade de Yogyakarta, na Indonésia. O Templo Borobudur é tão lindo e tem uma importância tão grande que é uma das atrações turísticas mais visitadas da Indonésia, deixando para trás muitas das famosas praias de Bali, por exemplo.

Durante nossa viagem pela Indonésia, não podíamos a oportunidade de conferir essa obra de perto. Reservamos um dia do nosso roteiro em Yogyakarta para conferir o nascer do sol no Templo Borobudur, uma das atrações mais buscadas por quem visita essa região.

Templo Borobudur
A magnitude do maior templo budista do mundo

Fato é que, depois de conhecer tantos templos religiosos imponentes e lindos como Angkor Wat no Camboja e Bagan no Myanmar, podemos afirmar com toda certeza que o Templo Borobudur é imperdível. Então vem com a gente conhecer mais sobre esse belo templo ancestral de Java.

Vai viajar pela Indonésia? Confira nossas dicas sobre os principais destinos:

Bali | Ilhas Gili | Nusa Penida | Nusa Lembongan | Lombok | Komodo | Yogyakarta | Monte Bromo e Vulcão Ijen

Curiosidades sobre o Templo Borobudur

Borobudur fica cercado por uma floresta tropical, localizado entre dois vulcões gêmeos ― Sundoro-Sumbing e Merbabu-Merapi.

Ou seja, uma visita ao Templo é um espetáculo duplo: tanto da natureza quanto da sua construção.

Além de ser um espaço de culto e peregrinação, o Templo é considerado um grande símbolo para o país.

Sua maior concentração de visitantes acontece na época do Vesak (entre maio e junho), quando se comemora o nascimento, morte e o nirvana de Sidarta Gautama, o Buda.

Confira 6 curiosidades sobre o Templo Borobudur:

  1. Na parte superior do Templo Borobudur há 72 estruturas chamadas stupas ― uma espécie de mausoléu ― em formato de torre. Cada uma delas possui uma estátua de Buda sentado;
  2. Acredita-se que o monumento foi construído para ser um templo hinduísta e, posteriormente, tornou-se um templo budista;
  3. Segundo informações locais, foram usadas cerca de dois milhões de pedras para construir o templo;
  4. Os trabalhadores que ergueram o monumento não manipularam nenhuma técnica ou ferramenta: usaram somente cordas, martelos, carrinhos de mão e muita força humana;
  5. Apesar do Templo Borobudur ser considerado uma pirâmide, quando visto de cima ele tem a forma de uma mandala budista gigante;
  6. Há registros de mais de 400 estátuas de Budas por todo o templo, muitas delas danificadas ou já desaparecidas.
Templo Borobudur
Uma das estupas abertas com a imagem de Buda
Templo Borobudur
Monge meditando em uma parte do templo

Como chegar ao Templo Borobudur

O templo fica em uma localização um pouco isolada. Para chegar lá ,você deverá partir da cidade de Yogyakarta. A distância de Yogyakarta até o templo é de 42 km e o percurso é feito em cerca de 1h30.

A viagem pode ser feita por meio de transporte público, táxi, transfer ou serviço de tour fechado com agências.

Transporte particular

Você pode optar por contratar um transporte particular para curtir o lugar com mais tranquilidade.

Essa opção é ótima, pois você pode montar um roteiro e aproveitar o restante do dia para conhecer outras atrações de Yogyakarta. Normalmente o motorista fica disponível por 10 horas.

Vale ressaltar que o ingresso para o Borobudur deve ser comprado com antecedência.

Serviço de tour

A opção de fechar um tour também é bem prática, pois é um passeio já organizado com horários estipulados. Existe um passeio bem interessante, que é um tour de 1 dia para Borobudur, Vulcão Merapi e Templo Prambanan.

Ao fechar um tour, o ingresso para os templos já está incluído no valor.

Transporte público

O transporte público em Yogyakarta funciona bem se comparado aos padrões da Indonésia.

Para chegar até o Templo Borobudur você deve se dirigir até ao terminal rodoviário Jombor e pegar o ônibus 2A ou 2B que passa pela Rua Malioboro. Na dúvida, é só perguntar para alguém como chegar até o Borobudur, o povo é sempre simpático.

Ao chegar em Borobudur, você será cercado de condutores oferecendo serviços para você. Porém, o templo fica menos de 10 minutos da estação e dá para fazer o percurso a pé tranquilamente.

Basta sair da estação, passar por uns restaurantes e lojinhas, cair para a esquerda e seguir reto até o templo.

E como faz para assistir o nascer do sol no Templo Borobudur?

Um dos horários mais concorridos para visitar o templo é durante o nascer do sol, e não é difícil entender por que.

O que já é lindo torna-se um verdadeiro espetáculo. Isso é, se você der sorte de pegar uma manhã clara e sem névoas – o que não aconteceu com a gente. De qualquer forma foi maravilhoso ver o dia clareando nesse cenário único.

Templo Borobudur
Monge observando o nascer do sol por entre as nuvens

Para assistir o nascer do sol no Tempo Borobudur você tem algumas opções. Veja quais são:

Fechando um tour

Para entrar no Templo Borobudur antes do horário oficial de abertura (que é às 6h), é preciso contratar o Sunrise Tour.

O passeio inicia por volta das 3h30/4h da madrugada, saindo do seu hotel. Chegando lá ainda no escuro, você recebe uma lanterna para te ajudar no caminho entre as pedras na hora de subir as escadarias do Borobudur.

Chegando ao topo do templo, é o momento de aproveitar o visual – e disputar aquela foto com mais um monte de turista que foi ali assistir esse espetáculo.

Assistir ao nascer do sol em Setumbu Hills

Essa é a pedida para quem quer ver o sol nascendo com o Templo Borobudur ao fundo do cenário.

O Setumbu Hills é um conjunto de montanhas da região, que oferecem uma vista privilegiada para o Templo Borobudur ao longe. É uma boa pedida assistir o nascer do sol dali e seguir para uma visita ao Templo depois.

Templo Borobudur
Sol ainda subindo nas primeiras horas da manhã

Para chegar até lá é necessário contratar um tour para o nascer do sol no Setumbu Hills. Uma ótima alternativa é contratar um motorista particular e fazer seu próprio itinerário, combinando o nascer do sol aqui com outras atrações de Yogyakarta.

Saiba mais sobre o Templo Borobudur

A história do Templo Borobudur ― o maior templo budista do mundo

Construção

O Templo de Borobudur foi construído por volta do século VIII, mais precisamente entre os anos de 778 e 856 DC, quando a região era governada pela dinastia budista Sailendra, do Reino Mataram.

Borobudur foi estrategicamente construído no alto de uma colina, cercado por muito verde e vários vulcões ativos.

A pirâmide foi construída com vários degraus e nove plataformas no total, sendo que as plataformas que ficam embaixo são todas quadradas e a base é bem larga.

No topo foram erguidas 72 stupas, cada uma delas abriga uma estátua de Buda sentado.

Templo Borobudur
Uma das imagens de Buda dentro de uma das estupas

Todas as esculturas do templo são cheias de detalhe, sendo chamadas de “rosário budista feito de pedras”.

À medida que caminhamos pelo templo, encontramos mais objetos, esculturas e painéis que representam o budismo e o povo local.

Abandono e redescoberta

Na metade do século X o templo foi completamente abandonado, transformando-se então em ruínas e ficando escondido por mais de mil anos.

Só no século XIX é que o local foi redescoberto pelos europeus, já na colonização britânica.

Foi aí que o Templo Borobudur serviu de fonte para colecionadores de relíquias, que levavam os seus objetos – muitas vezes com o consentimento do governo colonial.

Por isso, que você vai encontrar várias estátuas do templo sem cabeça.

Templo Borobudur
Estátuas de Buda danificadas

Restauracão

Entre 1907 e 1911 o Templo Borobudur teve a sua primeira restauração.

Porém, somente entre os anos de 1975 e 1982 que a UNESCO desmontou toda a estrutura para limpeza e tratamento de cada pedra, dando o devido tratamento que o lugar merece.

Ao final do processo, em 1991, o Templo Borobudur recebeu o título de Patrimônio Mundial da UNESCO e passou a ser visitado por cada vez mais gente.

Templo Borobudur
É possível perceber o cuidado na restauração do Templo Borobudur já na entrada

Quando visitar o Templo Borobudur

O clima da Ilha de Java é relativamente estável durante todo o ano, sendo que os meses de janeiro e fevereiro são os mais chuvosos, dificultando a visibilidade e não permitindo aproveitar as áreas externas do templo. Por isso, não seria a época mais indicada para conhecer o monumento.

Entre os meses de julho a outubro começa a estação seca, que deixa a região mais propícia para curtir tanto o nascer quanto o pôr do sol. Por isso, esse é considerado o melhor período para conhecer o templo Borobudur.

Primeira vez no país? Confira nosso Guia Prático da Indonésia: aqui você encontra todas as informações que precisa para planejar sua viagem

Horário de funcionamento e valores

O Templo Borobudur funciona todos os dias de 06h às 16h e a entrada custa 25 dólares (cerca de IDR365.000). Você deve comprar seu ingresso com antecedência.

Caso feche um tour, o ingresso já estará incluído no valor total.

Onde se hospedar para visitar o Templo Borobudur: opções em Yogyakarta

Quem deseja conhecer o Templo Borobudur vai precisar se hospedar em Yogyakarta. Nós escrevemos um post cheio de dicas de Yogyakarta, um lugar bem especial e que merece uma visita durante sua viagem pela Indonésia.

Por lá encontramos algumas boas opções de hospedagem, e a nossa escolha certeira foi o Sakanti Malioboro Hotel. O hotel tem uma ótima localização, quarto bem confortável, piscina e café incluído, com uma diária por menos de 20 dólares.

Não deixe o Templo Borobudur de fora do seu roteiro pela Indonésia! Você não vai se arrepender de conhecer essa maravilha 🙂

Planejando uma viagem pela Ásia? Confira nossas dicas sobre os destinos:

Camboja | Indonésia | Filipinas | Laos | Malásia | Myanmar | Singapura | Tailândia | Vietnã

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Indonésia: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Ahh Costa Rica! Essa é uma formação natural que parece a cauda de uma baleia –  e o local de chama Parque Nacional Marino Ballena.
Tudo bem, já sabemos que o nome do parque veio desse formato. Mas quem explica a “coincidência” desse local ser o melhor ponto do país para  para o avistamento de baleias? 🤔#emalgumlugardomundo #costarica #visitcostarica #baleiajubarte

Pura Vida!Mal desembarcamos na Costa Rica e já começamos a ouvir a expressão por todos os cantos. Embora não tenha uma tradução exata, essa é uma forma de cumprimentar, de dizer olá, tchau – ou qualquer coisa que tenha uma intenção positiva – dá pra usar de diversas formas!A nossa conclusão é que “Pura Vida” é essa coisa boa que você sente ao chegar por aqui e que te faz ficar sorrindo o tempo todo. É como encostar o carro em uma praia deserta, assistir o por do sol e dormir por ali mesmo, ao som dos macacos, com o barulho das ondas. Bem do jeitinho que a gente fez nesse dia!#emalgumlugardomundo #costarica #puravida #visitcostarica #destinosimperdiveis

O Parque Nacional Corcovado é um dos lugares menos explorados da Costa Rica – e até agora um de nossos destinos preferidos no país!A natureza aqui ainda é selvagem e é possível avistar araras, tucanos, macacos, bichos preguiça, quatis, antas… a lista é extensa!
E como se não bastasse a diversidade animal, tem essa praia de areia escura bem intocada. A constante névoa na praia dá um ar de paraíso perdido nesse lugar.Essa viagem pra Costa Rica tá tendo um cenário mais lindo que o outro! Estamos amando!!! #emalgumlugardomundo #costarica #corcovadonationalpark #visitcostarica

Ainda encantados com o lado do Caribe da Costa Rica!
Sem dúvidas, Punta Uva foi uma das praias mais bonitas das bandas de lá – pelo menos foi a nossa preferida!Agora estamos no lado do Pacífico. Estamos mostrando tudo no stories e já já vamos postar as fotos daqui!

A felicidade de quem estacionou o quarto do hotel e vai dormir em frente a praia no Caribe costa riquenho! Valeu @nomad_america !#emalgumlugardomundo #costarica #puntauva #destinosimperdiveis #visitcostarica

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!