Uma lista imperdível com tudo o que fazer em Cabo Frio | Em Algum Lugar do Mundo

O QUE FAZER EM CABO FRIO: GUIA COMPLETO COM OS MELHORES PASSEIOS, PRAIAS E HOSPEDAGENS

Formado por praias paradisíacas e passeios que agradam a todo tipo de turista, Cabo Frio é uma das joias da Região dos Lagos. E para aproveitar tudo isso e mais um pouco, confira o guia que preparamos especialmente para a sua viagem!

  • Adriana
  • -
  • 20 de outubro de 2020
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Quer saber onde ficar em Maresias para aproveitar o melhor do destino? Você já deve saber que a praia de Maresias é um dos melhores lugares para quem busca diversão e agito no litoral paulista. Agora é hora de conferir nossas dicas para garantir uma hospedagem inesquecível por aqui! 

Não importa se você vai com a família, em casal ou com os amigos: a cidade consegue super agradar a todo tipo de turista. É difícil não se apaixonar pelas suas praias de areia fofa com águas transparentes. E que tal curtir ao máximo os passeios em Cabo Frio, seja mergulhando ou em um tour de barco?

O que fazer em Cabo Frio: Passagem
Canal do Itajuru no Bairro da Passagem. Foto: Newton Paz Peres / CC BY-SA 3.0

Para você saber um pouco mais sobre como curtir esse destino tão procurado no litoral fluminense, confira tudo sobre Cabo Frio: nossas dicas de estão completíssimas para você planejar uma viagem inesquecível! 

Vai para Cabo Frio? Você também pode conferir: 

Cabo Frio: guia completo para sua viagem

Hora de planejar sua viagem: vem conferir tudo o que te espera em Cabo Frio e aproveitar nossas dicas para curtir ao máximo esse destino!

Nesse post você vai ver:

Por que visitar Cabo Frio

Considerado o principal destino da Região dos Lagos, no leste do estado do Rio de Janeiro, Cabo Frio é aquele tipo de destino que cativa o turista e deixa um gostinho de saudade ao fim da viagem.

Foi descoberto em 1503 por Américo Vespúcio, e é o sétimo município mais antigo do Brasil. Então, já fique sabendo que passeios por patrimônios históricos fazem parte dos principais pontos turísticos de Cabo Frio. 

Cabo Frio também é muito conhecido também tanto por seus ventos fortes, quanto pela variedade de praias e recantos paradisíacos. Isso faz da cidade um dos melhores destinos para mergulho e outros esportes aquáticos, como surf e iatismo.  

Além de tudo isso, mesmo estando no meio de tanta natureza, o destino não perde o conforto e estrutura de uma cidade. Não faltam opções de lugares para conhecer em Cabo Frio – seja para compras, para comer e beber bem ou simplesmente aproveitar o final do dia. 

Onde fica Cabo Frio 

Cabo Frio está localizado na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, a apenas 155 km da capital. 

Além disso, também fica pertinho de outras cidades famosas da região, como Búzios (a 25 km) e Arraial do Cabo (a cerca de 12 km). 

Como chegar em Cabo Frio

Mostramos a seguir como chegar em Cabo Frio partindo tanto da capital paulista como da carioca. Você vai conferir as opções saindo do Rio ou de São Paulo de avião, de carro e de ônibus: 

Precisa alugar um carro? A gente sempre dá uma olhadinha no Rentcars, um site que compara preços de aluguel e sempre nos mostra os melhores valores. Ainda tem a facilidade do pagamento parcelado em até 12x. 

De avião 

Para quem vem de outros estados e prefere pegar um voo, é possível chegar de avião a Cabo Frio por duas maneiras:  

  • indo até o Aeroporto Internacional de Cabo Frio; ou  
  • pegando um voo até algum dos dois principais aeroporto da cidade do Rio de Janeiro (a 155 km), Santos Dumont ou Galeão

O aeroporto de Cabo Frio recebe voos de São Paulo (partindo de Guarulhos, 1h de viagem, entre R$170 e R$1200) e de outras cidades como Belo Horizonte e Florianópolis – mas é importante conferir pois a saída de alguns voos não é tão frequente.  

Para quem prefere chegar pelos aeroportos Santos-Dumont ou Galeão, deverá seguir do Rio até Cabo Frio de ônibus, ou alugar um carro. Mostraremos a seguir. 

De carro 

Saindo do Rio de Janeiro | você chega a Cabo Frio em aproximadamente 2h30 sem trânsito. O caminho é feito pela BR-101 e Via Lagos, com 157 km e com dois pedágios: um na Ponte Rio-Niterói e outro no km 22 da Via Lagos. 

Saindo de São Paulo | Você deverá pegar a BR-116 e, em seguida, a Via Lagos (RJ-124). O trajeto possui 575 km, com cerca de 8h de duração. É possível também fazer o caminho pela BR-381, seguido da BR-116 e Via Lagos, só que este dura cerca de 11h e possui 717 km. 

De ônibus 

Saindo do Rio de Janeiro | A viagem custa em torno de R$55 a R$90 e dura aproximadamente três horas. A Auto Viação 1001 é a principal empresa que faz as viagens. 

Saindo de São Paulo | A companhia que é a principal responsável pelo trajeto é a Auto Viação 1001, com diversos horários ao longo do dia e com o Terminal Tietê como ponto de partida. Os preços variam de R$150 a R$250 e a viagem dura aproximadamente 9h, com cerca de 583 km. 

Como circular em Cabo Frio 

Em Cabo Frio, você pode circular de carro, ônibus ou táxis e aplicativos de transporte.  

Os turistas que passam lá geralmente optam por utilizar os serviços de táxi e Uber, que possuem diversos pontos e motoristas disponíveis espalhados pela cidade.  

Alugar um carro pode ser vantajoso também, mas, claro, no período de alta temporada o trânsito costuma ficar mais caótico. Além disso, saiba que a cidade conta com um sistema rotativo de cobrança de estacionamento, o Cabo Frio Rotativo.  

Com parquímetros instalados na orla da Praia do Forte, Gamboa, Peró e centro, é necessário pagar uma tarifa de R$2 por hora. O pagamento pode ser feito tanto em moedas, cartão de débito ou crédito ou através de créditos que podem ser comprados pelo aplicativo “DigiPare”, site, central de atendimento, SMS ou pontos de venda.  

E caso você queira circular de ônibus em Cabo Frio, há ônibus com rotas municipais e intermunicipais, que levam aos principais pontos turísticos de Cabo Frio.

Onde se hospedar em Cabo Frio

Pra conseguir aproveitar as principais atrações e pontos turísticos de Cabo Frio, é preciso que você fique hospedado por alguns dias na cidade.

Nós escrevemos um post super completo de onde ficar em Cabo Frio, vale conferir para você não errar na escolha.

Mas deixamos por aqui as melhores sugestões de hotéis e pousadas nas principais regiões de Cabo Frio:

Praia do Forte e Região Central

A Praia do Forte é um dos pontos mais badalados de Cabo Frio. Fica próxima do centro da cidade e conta com várias opções de hospedagem, entre elas:

Hotel Marlen |De frente para a praia, quartos confortáveis e bem decorados, um ótimo café da manhã e uma vista privilegiada do mar. A partir de R$268.

Malibu Palace Hotel | Também de frente para a Praia do Forte, esse 4 estrelas tem uma decoração mais elegante – e conta com piscina, sauna, academia, salão de jogos e quartos com vista para o mar. A partir de R$300.

Pousada Porto Fino I | A 3 minutos do centro e a menos de 10 minutos da Praia do Forte, com uma decoração praiana moderna e super confortável. A partir de R$297.

Bairro da Passagem

Um bairro super bonitinho, com ares coloniais que deixam claro que essa é a área mais antiga da cidade. Vários restaurantes gostosos e com muitas pousadas cheias de charme.

Hotel Paradiso del Sol | Uma piscina maravilhosa e uma decoração moderna, com vista para o Canal do Itajuru. Tem sauna, salão de jogos, restaurantes, academia e bar. A partir de R$279.

Pousada Recanto da Passagem |Mais sofisticado, alguns quartos contam com banheira de hidromassagem e vista para o mar, puro luxo! Tem um belo jardim e um café da manhã delicioso. A partir de R$378.

Praia das Dunas

Essa praia fica um pouco mais afastada do centro, ideal para quem quer um ambiente mais tranquilo mas ainda assim em um local conveniente. Fica a caminho da cidade de Arraial do Cabo.

Hotel Matiz Oasis Cabo Frio | A 5 minutinhos da praia, com conforto e lazer. Ele conta com piscina e ofurô climatizados, sauna, bar e restaurante. Um pôr do sol incrível do terraço de bônus. A partir de R$359.

Pousada Portal do Mar | Com móveis e arquitetura rústica, a 5 minutos a da praia. Ela ainda oferece piscina, sauna, salão de jogos e um ótimo café da manhã. A partir de R$184.

Peró

A Praia do Peró é outra que faz sucesso entre os turistas, junto com a vizinha Praia das Conchas. Fica afastada do centro – mas isso não é um problema já que a área tem comércio e restaurantes.

Pousada Encantos do Peró | A 700 metros da Praia do Peró, com piscina e ambiente aconchegante, sem falar do café da manhã cheio de variedades. A partir de R$290.

Paradiso Peró Praia Hotel | Opção 4 estrelas, mais luxuosa e com uma piscina de frente para o mar, além de jardim, sauna, academia e salão de jogos. A partir de R$360.

Parque Central

Outra região que concentra um grande número de hospedagem. Localizada entre centro, Praia do Forte e Praia das Dunas.

Green Hotéis | Com quartos confortáveis e uma decoração mais moderna, esse hotel ainda conta com uma piscina no terraço ao ar livre que oferece uma bela paisagem da Praia das Dunas, além de academia e sauna. A partir de R$288.

Hotel Real | Localizado a 15 minutos de caminhada da Praia das Dunas, esse hotel tem ótimos funcionários, um excelente café da manhã e uma decoração bem moderna. Ainda há opções de quartos mais luxuosos com banheira de hidromassagem, uma maravilha! A partir de 280.

Confira: Dicas de onde ficar em Cabo Frio

O que fazer em Cabo Frio 

Quando falamos sobre uma viagem para Cabo Frio, podemos dizer que nesse destino você consegue encontrar todo tipo de passeio e atração.  

Cercadas de muito verde e cenários paradisíacos, as praias agradam a todos os públicos: de quem está no clima de viagem com a família até a surfistas e amantes de esportes aquáticos.  

Mas além da beleza natural do destino, é possível também curtir um encantador centrinho histórico e bairros repletos de opções para aproveitar a noite. 

Resumidamente: opções para curtir a cidade e a natureza do litoral fluminense são o que tem de sobra por lá. 

E para já ir preparando o roteiro, confira essa lista completa com os principais pontos turísticos de Cabo Frio

1. Praias de Cabo Frio 

Nós já escrevemos um post completíssimo com todas as informações sobre as melhores praias de Cabo Frio. E uma coisa te garanto: com vista para águas cristalinas e que formam verdadeiras piscinas naturais, fica fácil se apaixonar pelo cenário de cada uma delas!  

Por aqui, vou te mostrar seis das principais praias da cidade para você incluir no seu roteiro: 

Praia do Forte 

Estampando um dos cartões-postais do destino, a Praia do Forte é a mais conhecida da cidade. E não é à toa: sua orla lembra o cenário típico de muitas praias cariocas – rodeada por prédios, lojas, restaurantes, bares e hotéis à beira-mar.  

Aliás, muita gente prefere se hospedar na Praia do Forte. Se você quiser uma opção bem pés na areia, vale conferir o Hotel Marlen ou o clássico Malibu Palace Hotel.  

A paisagem na Praia do Forte não poderia ser melhor: areia fininha e fofa, águas cristalinas e um mar perfeito para banho e esportes náuticos, sendo classificado por velejadores de todo canto do planeta como um dos melhores e com a maior raia do mundo.

O que fazer em Cabo Frio: Praia do Forte
A areia branca e fininha da Praia do Forte, ao longo dos seus 7,5 km de extensão. Foto: Paulo JC Nogueira / CC BY-SA

Em seus 7,5 km de extensão, é possível encontrar uma boa infraestrutura com diversos quiosques e banheiros subterrâneos, fazendo com que seja uma das preferidas por famílias. E para quem busca o que fazer em Cabo Frio à noite, passear por aqui é uma ótima opção. 

Essa praia também está próxima a diversos pontos turísticos de Cabo Frio, como a Ilha do Japonês e Bairro do Peró.  

E falando em atração turística, é por lá que se situa o Forte São Mateus, datado de 1617 e que, não por acaso, nomeia a praia. 

Na alta temporada, sua orla fica totalmente lotada. Ainda mais no final do ano, contando com diversas atrações para o público e a famosa virada com shows e queima de fogos. 

Como chegar | A Praia do Forte está a 1 km do centro da cidade, na Avenida Litorânea

Praia das Dunas 

Mais conhecida apenas por Praia das Dunas, a Praia de Balneário das Dunas é outra ótima opção para curtir o dia em Cabo Frio. Podendo ser acessada através da própria Praia do Forte, tem dunas como pano de fundo.

Localizada em um bairro com menos comércios e hotéis, conta com uma grande parte de preservação natural, que garantem mais tranquilidade e menos agito.

O que fazer em Cabo Frio: Praia das Dunas
A Praia das Dunas tem uma paisagem linda! Foto: Arielom10 / CC BY-SA 3.0

Seus ventos fortes e boas ondas atraem praticantes de windsurf e kitesurf. Dessa forma, banhistas necessitam de um pouco mais de atenção no mar. 

E a pouco menos de 10 km da Praia das Dunas, você chega a Arraial do Cabo. 

Como chegar | a pé, pela Praia do Forte, ou pela Avenida Litorânea até a Rua das Dunas, à beira-mar. 

Praia do Peró 

Seguindo ainda a linha de praias mais para relaxar, a Praia do Peró é outra alternativa perfeita. Muito frequentada por famílias, essa praia de 7 km de extensão é considerada como uma das melhores de Cabo Frio, junto com a Praia do Forte

Em um bairro com comércios mais simples, essa praia não deixa de oferecer bares, restaurantes e boas opções de hospedagem – o Paradiso Peró Praia Hotel e um dos melhores exemplares de boa acomodação por aqui.  

Além do clima relax, também é conhecida por ser muito frequentada por surfistas e windsurf, já que possui águas mais agitadas.  

O que fazer em Cabo Frio: Praia do Peró
A Praia do Peró tem ondas mais fortes, mas dá pra tomar um delicioso banho de mar. Foto: Jonas de Carvalho / Flickr

E junto com os esportes aquáticos, aqueles que curtem uma trilha também se realizam no Parque Estadual da Costa do Sol, com uma das melhores vistas panorâmicas da cidade. 

E para ficar ainda melhor, a Praia possui o selo internacional da Bandeira Azul, concedido em 2018. São garantidas as qualidades da areia, água e acessibilidade, com banheiros e rampas adaptadas para pessoas com deficiência. 

Como chegar | A Praia das Dunas fica a 8 km do centro da cidade, e pode ser acessada pela Ponte Feliciano Sodré

Praia das Conchas 

Apesar de ter uma enseada de apenas 600 m de extensão, a Praia das Conchas não fica para trás no quesito beleza. Vizinha da Praia do Peró, uma orla repleta de quiosques e banheiro garantem a estrutura. 

Com um visual diferenciado, em formato de concha, é considerada como uma das melhores para se curtir em Cabo Frio. E na alta temporada, a experiência é acrescentada com aluguéis de caiaques.

O que fazer em Cabo Frio: Praia das Conchas
De cima é possível ver o formato de concha da Praia das Conchas. Foto: Hudsonbrandao / C BY-SA 3.0

Como se situa entre dois morros, duas trilhas ficam à escolha do turista que quer fazer uma caminhada: a do Morro do Vigia dura em torno de uma hora de subida; e a da Ponta do Arpoador, 15 minutos de subida.  

Do alto dos dois morros, especialmente no entardecer, a vista faz com que a trilha valha muito a pena! 

Como chegar | você pode chegar à Praia das Conchas tanto por uma caminhada pela Praia do Peró ou por uma estrada de terra.  

Praia do Foguete 

Apreciar a vista e relaxar fazem parte da experiência na Praia do Foguete. Com 7,5 km de extensão e localizada na divisa com a cidade de Arraial do Cabo, conta com um calçadão repleto de quiosques e restaurantes. 

Famosa por sediar campeonatos de surf, é uma das melhores praias de Cabo Frio para a prática do esporte, já que possui águas frias, profundas e ondas fortes. Então, preste mais atenção com as correntezas do mar. 

Junto com isso, o charme da praia também é formado por pequenas dunas e áreas verdes ao longo de sua orla. 

Como chegar | a apenas 4 km do centro de Cabo Frio, a Praia do Foguete pode ser acessada pela Rua das Dunas ou pela Rodovia General Bruno Martins. No sentido Arraial do Cabo, você encontra a praia do lado esquerdo. 

Saiba mais sobre as melhores praias de Cabo Frio. 

2. Ilha do Japonês 

Perfeita para ser o programa de um dia todo em Cabo Frio, a Ilha do Japonês é outro lugar que faz parte dos cartões postais da cidade. 

Com um mar calmo, transparente e rasinho, está localizada no Canal do Itajuru, mais precisamente ao final da Lagoa Aruama, o ponto de encontro das águas doces e salgadas. 

Considerado como um dos pontos mais bonitos do destino, é um ponto obrigatório na sua listinha com o que fazer em Cabo Frio.

A Ilha do Japonês também é muito conhecida por apresentar condições perfeitas para canoagem, remo, caiaque e windsurf. Atividades que tomam conta da diversão do dia inteiro. 

Não há muita estrutura próxima, mas dá para matar a fome com um churrasco ou peixe grelhado que são vendidos pelos barquinhos que circulam por lá. Também é possível atravessar de barco para o lado oposto da ilha, que conta com bares e restaurante. 

Como a Ilha do Japonês faz parte do Parque Estadual da Costa do Sol, é necessário pagar uma taxa de R$10 para entrar. Esse valor acaba valendo durante o dia todo para outras atrações do parque, como a Praia das Conchas.  

Dica | para pegar dias com mais tranquilidade e evitar tanta muvuca, tente ir durante a semana. 

Como chegar | é possível chegar à Ilha do Japonês passando pela Ponte Feliciano Sodré, com direção ao bairro da Ogiva. Depois, é preciso fazer um caminho a pé pela água, que só pode ser realizado durante a maré baixa. Com a maré alta, o trajeto é feito de barco.  

Outra opção é ir pelo bairro da Passagem, com barco. A travessia dura em torno de 15 minutos, com valor de R$20 para ida e volta. O trajeto é feito diariamente (das 8h às 17h) pela Associação das Empresas de Táxi Marinho de Cabo Frio. 

3. Ilha dos Papagaios 

Ilha dos Papagaios é um dos lugares para conhecer em Cabo Frio se você estiver afim de praticar mergulho ou fazer um passeio de barco – ela faz parte do roteiro dos passeios de barco, que mostraremos adiante.  

A cerca de 8 km de barco do centro de Cabo Frio, a maior ilha da cidade está cercada de muita biodiversidade, tanto em água como em terra. Não é incomum ver por lá tartarugas, peixes das mais variadas espécies e maritacas voando – motivo que dá o nome da ilha.

O que fazer em Cabo Frio: Ilha dos Papagaios
Olha que visual incrível da Ilha dos Papagaios e essa cor do mar! Foto: Afonso Ambrosio / CC BY-SA 3.0

Ela também é ideal para todo tipo de mergulhador, com seis opções de mergulho. Tanto os mais iniciantes como os mais avançados conseguem aproveitar suas águas, com profundidades que variam dos 18 a 40m. 

Apesar das águas serem mais geladas, o melhor mergulho é o da ponta oeste, chegando aos 21 m de profundidade. 

Como chegar | apenas embarcações autorizadas realizam o acesso à Ilha dos Papagaios. O caminho é feito por diversas agências da cidade, incluso no roteiro de passeios de barco pela região. 

4. Passeio de barco em Cabo Frio 

Um dos passeios em Cabo Frio mais indicados para quem quer aproveitar ainda mais as paisagens e cantinhos paradisíacos do destino é fazer um passeio de barco.  

Dependendo da quantidade de pessoas, são feitos por escunas, lanchas ou barcos propriamente ditos. Diversas agências da cidade realizam os passeios, com preços variando de R$30 a R$220. 

O Canal do Itajuru é o ponto de partida e encontro de todos os passeios, e o roteiro geralmente gira em torno de passagens por pontos como a Ilha do Japonês, Praia Brava, Lagoa de Araruama e a Ilha dos Papagaios.

O que fazer em Cabo Frio: Canal do Itajuru
Canal do Itajuru, de onde partem a maior parte das embarcações. Foto: Wusel007 / CC BY-SA 4.0

Saindo diariamente de hora em hora, das 7 às 18h, é um programa que dura cerca de três horas. Para aqueles que querem mergulhar, os passeios que saem de manhã são os melhores. E no período da tarde, dá para pegar aquele pôr-do-sol inesquecível. 

É legal levar algo para beber e comer durante o caminho, mas algumas embarcações contam com petiscos e comidas inclusas no trajeto, como os famosos churrasquinhos. 

Outra dica legal é, se puder, tentar ir nos passeios do Nautillus. Uma embarcação com uma placa transparente no seu fundo, permitindo os turistas observarem a vida marinha. Navegando pelo litoral de Cabo Frio, o caminho dura uma hora, e indo até Arraial do Cabo, leva uma hora e meia. 

Como chegar | todos os passeios saem do Canal do Itajuru, com acesso pela Avenida Boulevard Canal. 

Veja também: dicas e informações sobre passeio de barco em Arraial do Cabo. 

5. Mergulho em Cabo Frio 

Que tal uma dose de aventura na hora de decidir o que fazer em Cabo Frio? Pois saiba que mergulho é outra atração que vale a pena incluir no roteiro!  

Cabo Frio oferece diferentes modalidades de mergulho, seja para iniciantes ou avançados. Para quem não tem certificado, é possível fazer o batismo (mergulho acompanhado do instrutor). E tem até opção de mergulho noturno para os experientes! 

Os melhores pontos de mergulho são a Ilha Comprida e Ilha dos Papagaios, as maiores da região. Com profundidades variadas, é possível observar a riqueza da vida marinha do destino, podendo ver tartarugas, corais diversificados e arraias. 

Outros pontos conhecidos são a Ilha das Emergências, Ilha dos Capões, Ilha Dois Irmãos e Laje do Foguete. 

Como chegar | o mergulho em Cabo Frio pode ser feito tanto em passeios de barco pela região, ou com as próprias escolas de mergulho da cidade. 

Confira: tudo sobre o mergulho em Arraial do Cabo. 

6. Lençóis do Peró 

Com nome fazendo referência aos Lençóis Maranhenses, os Lençóis do Peró são um verdadeiro refúgio natural.  

No bairro do Peró, mais precisamente entre o Parque Estadual Costa do Sol e a Área de Proteção Ambiental do Pau Brasil, são repletos de muito verde, e possuem um ecossistema riquíssimo. E o mais surpreendente: foram descobertos há pouco tempo! 

Os Lençóis do Peró são um achado do guia turístico Henrique Nascimento, que acabou passando pelo local por engano enquanto fazia o rastreamento de um animal. Então, o lugar se encontra totalmente preservado. 

Sua paisagem é formada por dunas que formam piscinas naturais de água doce, chamadas de “oásis” pelo guia. O cenário nos faz estar em uma espécie de “deserto” em pleno litoral.  

Com um pôr-do-sol de tirar o fôlego, ir até o local é passar por uma experiência de total contato com a natureza da região.  

Mas não se esqueça de levar algum tipo de chapéu e bastante água, pois os ventos e a incidência de sol são bem fortes por lá. 

Como chegar | Apesar do bairro do Peró estar a apenas 8 km do centro de Cabo Frio, é aconselhável procurar um guia licenciado pelo Instituto Nacional do Ambiente (INEA) ou pela prefeitura para chegar ao local. Considerando a ida e a volta, a trilha dura em média de três horas e é um pouco complicada de se fazer sozinho. 

7. Rua dos Biquínis 

É fã de compras? Ou ainda, quer saber o que fazer em Cabo Frio com chuva? Então é só incluir uma visita à Rua dos Biquínis e complementar sua programação na cidade. 

Com mais de 150 lojas especializadas em moda praia, fitness e acessórios, a Rua dos Biquínis é um lugar único nesse estilo: um shopping a céu aberto que comercializa apenas moda praia. 

Quem passa por lá, além de se esbaldar na diversidade de opções, também gosta muito da vantagem de ser possível montar o seu próprio biquíni, com modelos e tamanhos diferentes.  

Na alta temporada, a rua está aberta diariamente das 8h às 0h, e na baixa, todos os dias das 9h às 21h. 

Como chegar: A Rua dos Biquínis está localizada na Rua José Rodrigues Póvoa, a 1 km do centro. Para chegar lá você pode atravessar a Ponte Feliciano Sodré ou ir com uma balsa que atravessa o Canal do Itajuru. O caminho é feito de segunda à sexta, das 9h às 17h

8. Bairro da Passagem 

Lembrando muito Paraty, o Bairro da Passagem é um daqueles lugares para conhecer em Cabo Frio cheio de charme. Com um clima carregado de muita história, funciona como um dos polos gastronômicos da cidade. 

Tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC), é o primeiro lugar de povoação portuguesa de Cabo Frio e um dos vilarejos mais antigos do país, sendo um dos únicos entre os anos de 1616 e 1660.

Então, como é o bairro mais antigo da cidade, a arquitetura colonial forma as ruas estreitas, caminhos de paralelepípedos, pracinhas e casinhas de portas e janelas coloridas. Aliás, aqui é um ótimo lugar para se hospedar – fica a dica do Hotel Solar do Arco que é meio carinho, mas é puro charme. 

É por lá também que se localizam o Beco do Príncipe, um arco no meio de um casarão colonial que leva à beira do Canal do Itajuru, e a Igreja São Benedito, construída por escravos no Largo São Benedito, por volta do século XVII.

O que fazer em Cabo Frio: Bairro da Passagem
Beco do Príncipe, uma das partes mais bonitas do Bairro da Passagem. Foto: Frenz 69 / CC BY-SA 3.0

Além do lado histórico, o bairro da Passagem também é altamente conhecido por se tornar um dos melhores e maiores points noturnos da cidade – ótima sugestão para quem procura o que fazer em Cabo Frio à noite.  

Ao final do dia, o Largo São Benedito dá espaço para cadeiras e mesas de restaurantes, barzinhos com música ao vivo e bistrôs charmosos. Ideais tanto para ir com os amigos ou para aquele jantar romântico especial. 

Como chegar | o bairro da Passagem está a aproximadamente 2 km do centro da cidade, na margem direita do Canal do Itajuru. Seu acesso pode ser feito seguindo as Avenidas Macário Pinto Lopes e, depois, Hilton Massa. Caso você vá de ônibus, as linhas 303, 304, 311, 312, 345 e B490 fazem o caminho. 

9. Forte São Mateus 

O Forte São Mateus é mais um dos pontos turísticos de Cabo Frio super indicados para conhecer um pouco mais sobre o passado da cidade. 

Construído em 1616 e 1620 por portugueses e índios tamoios, foi tombado em 1956 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e é considerado como uma das obras mais antigas de arquitetura colonial da América Latina.

O que fazer em Cabo Frio: Forte São Mateus
Vista de cima do Forte São Mateus. E essas águas transparentes?

Formado apenas por pedras, argamassa, óleo de baleia e cal, funcionava como ponto de defesa da terra contra invasões estrangeiras. 

Das inúmeras batalhas que presenciou, apenas os canhões restaram. Mas a visita, que pode ser feita em no máximo duas horas, passa por cartazes e fotos que contam mais sobre a história do lugar. 

Forte São Mateus funciona também como um espaço cultural para a exposição de obras de artistas locais. E, para completar, possui um mirante com uma das melhores vistas panorâmicas da Praia do Forte e Ilha do Japonês. 

Funciona diariamente das 8h às 18h, com entrada gratuita e que pode contar com a presença de professores de história que ficam de plantão por lá, explicando mais sobre as características da atração. 

Como chegar | o Forte São Mateus está no final da Praia do Forte. Para acessá-lo, é necessário subir uma pequena trilha de pedra. 

 10. Praça das Águas 

Ainda falando sobre a região da Praia do Forte, a Praça das Águas é outro lugar muito visitado por turistas que passam por lá. 

Com uma área de 1600 m², conta com pista de skate semiprofissional, lago com chafariz e iluminação especial à noite, pequenas passarelas repletas de bancos e tanques com peixes (o que nós não curtimos, porque pra gente bicho bom é bicho solto).

O que fazer em Cabo Frio: Praça das Águas
A Praça das Águas também fica linda durante a noite. Foto: Plinio Bordin / Flickr

Próxima a vários hotéis, prédios residenciais, lojas e restaurantes, é uma boa opção para curtir o fim de tarde e passear com a família. 

Como chegar | está localizada na Avenida do Contorno, em frente à Praia do Forte. 

11. Praça da Cidadania 

Praça da Cidadania é mais um dos passeios em Cabo Frio que você pode fazer para curtir o final do dia.  

Conhecida também como Praça do Turismo, conta com diversas barraquinhas que vendem comida, brinquedos, roupas, biquínis e lembrancinhas da cidade. 

É o lar do Museu Internacional do SurfTeatro Municipal e da famosa feirinha de artesanato, que reúne cerca de 100 artesãos. 

Além disso, a praça possui um posto que oferece informações aos turistas e, na época natalina, é um dos lugares da cidade que recebe iluminação especial. 

Como chegar | a Praça da Cidadania fica ao lado da Praia do Forte, na Rua Aníbal Amado do Valle. 

12. Museu Internacional do Surf 

Com tantas praias incríveis, seria difícil não haver amantes de surf em Cabo Frio, né? E o Museu Internacional do Surf vem para prestigiar e contar a história deste esporte tão amado e praticado na cidade. 

Criado e fundado em 2012 por Telmo Moraes, é o maior da América Latina e Central, e o terceiro maior do mundo. 

O acervo é formado por filmes, documentos, revistas, troféus, quadros e mais de 800 pranchas de surf, bodyboard e longboard, além de peças raríssimas. 

A entrada é gratuita e o funcionamento é de segunda à domingo, das 10h às 22h

Como chegar | o museu fica localizado na Praça da Cidadania, na Rua Aníbal Amado do Valle. 

13. Morro da Guia 

É do alto do Morro da Guia que você vai ter uma das melhores vistas de Cabo Frio. O maior mirante da cidade consegue contemplar em uma visão 360° de todo o centro, Praia do Forte, Canal do Itajuru e até mesmo a Ilha do Farol, localizada em Arraial do Cabo

Além de contar com um dos pontos mais altos e privilegiados de Cabo Frio, o morro é o lar da Capela Nossa Senhora da Guia, uma encantadora igrejinha que tem mais de 200 anos.

O que fazer em Cabo Frio: Capela Morro da Guia
Capela Nossa Senhora da Guia. Foto: Josue Marinho

Integrante do conjunto arquitetônico que é patrimônio da cidade, foi construída em 1740 em homenagem à Ordem Franciscana, e tombada em 1957 pelo IPHAN. 

Abrigo da imagem de Nossa Senhora da Guia, a capela carrega consigo uma lenda que é popular na cidade. A história diz que como a imagem da santa aparecia frequentemente no alto do morro, saindo do Convento Nossa Senhora da Guia (que é nossa próxima atração), a capela foi construída para abrigar a imagem. 

Ao longo da subida pelo morro, é possível ver pedras com desenhos e marcas dos índios tamoios, da época colonial. História do começo ao fim! 

Como chegar | o Morro da Guia está localizado na Rua Leblon, e pode ser acessado pela Rua Itajuru ou Rua Jonas Garcia. Para chegar até o topo, é preciso subir o morro a pé. A trilha é rápida e é feita por uma estrada de paralelepípedos. 

14. Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio 

Pertinho do Morro da Guia, está o Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio. Dá para aproveitar a ida e visitar as duas atrações de uma vez só! 

Funcionando onde em 1686 era o Convento Nossa Senhora dos Anjos, o museu foi inaugurado em 1982 e é um belo exemplar de arquitetura franciscana da época colonial.

O que fazer em Cabo Frio: Museu Arte Religiosa
Fachada do Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio. Foto: Ministério da Cultura

Junto com a exposição permanente de arte sacra dos séculos XVII e XVIII, sedia outras exposições, oficinas e até apresentações de música, concertos e corais religiosos. 

Com entrada gratuita e visitas guiadas, o funcionamento é das 10 às 17h, de terça à sexta, e das 14h às 18h, aos sábados e feriados. 

Como chegar | o museu está logo em frente ao Morro da Guia, e pode ser acessado pelas Ruas Santos Dumont e Jonas Garcia

O que fazer em Cabo Frio à noite  

Com o clima praiano e de temperaturas altas, a cidade fica uma delícia depois que o sol se põe. Seja à beira-mar, em um barzinho com música ao vivo ou em um bistrô sofisticado, há muito o que fazer em Cabo Frio à noite. Vem ver:  

Boulevard Canal  

À beira do Canal do Itajuru e com vista para a Ponte Feliciano Sodré, a noite no Boulevard é formada por restaurantes, bares, bistrôs e empórios dos mais variados tipos.  

Com um píer repleto de embarcações e um calçadão com lojas e comércios, o clima do Boulevard é mais puxado para o público jovem e adulto.

O que fazer em Cabo Frio: Boulevard Canal
O Boulevard Canal fica às margens do Canal do Itajuru. Foto: Daniel Vizeu / Flickr

Isso também se dá pelo fato de a rua concentrar algumas das principais e mais famosas casas noturnas da cidade, como o Queens Lounge Bar, a boate Amnésia e o Camarote Louge Danceteria. Todos são conhecidos por movimentar, e muito, a madrugada na região.  

Como chegar | é só ir em direção à Avenida Boulevard Canal, localizada na região central da cidade  

Bairro da Passagem  

Não tem como não reforçar o charme e encanto que são os barzinhos com música ao vivo, restaurantes e bistrôs do bairro da Passagem.  

Ideais para uma noite romântica ou com a família toda, ocupam casinhas históricas e centenárias. Então, já imagine o capricho que é a decoração!

O que fazer em Cabo Frio: Igreja São Benedito
Igreja de São Benedito. À noite, o lugar fica repleto de mesas de bares. Foto: marcusrg / Flikr

Alguns bares espalham suas mesas ao longo do Largo São Benedito, formando um cenário perfeito para muitas fotos.  

As opções gastronômicas são para todos os gostos, e com preços bem acessíveis.  

Rua Porto Alegre  

Com um clima mais familiar, a Rua Porto Alegre é conhecida na cidade por reunir diversos restaurantes, lanchonetes, bistrôs e pizzarias. 

Além do viés gastronômico, a rua também possui algumas áreas residenciais e a Horto Music Club, casa noturna famosa pela sua decoração tropical, drinks variados e som ao vivo todas as noites.  

Como chegar | é possível chegar através da Rua Jorge Lóssio, a cerca de 3 km do centro de Cabo Frio.  

Onde comer: restaurantes em Cabo Frio  

Cabo Frio consegue oferecer opções gastronômicas que agradam desde aqueles que curtem mais petisquinhos com o jeito do litoral até os amantes de cozinhas internacionais.  

Trouxemos aqui dicas de alguns dos melhores restaurantes em Cabo Frio. Prepare o estômago:    

Quiosque Cantinho da Tia MariaPerfeito para um bom cafezinho da tarde ou almoço em família. Com mesas ao ar livre à beira da Praia do Forte. Com pratos e aperitivos com frutos do mar, sem contar os doces sempre acompanhados de um bom café. De quarta a domingo, ainda tem música ao vivo.   

Galápagos RestauranteNo coração do bairro da Passagem, manda bem na culinária brasileira, com destaque para pratos com frutos do mar. Tem uma decoração rústica e aconchegante, mas sem perder o toque de requinte. Ambiente bom para casais e famílias, e o cardápio tem opções vegetarianas   

Zé da Picanha |Uma das mais tradicionais steakshouses da cidade. Dizem que a picanha é a melhor de Cabo Frio!  Com vista para a Praia do Forte, o ambiente tem um clima bem familiar.   

Kentô |O meu preferido.  Um belo exemplar de restaurante japonês, com opções deliciosas no cardápio. Mas o que faz mais sucesso por aqui é o rodízio. A dica é chegar cedo ou vir com paciência para enfrentar a fila, quase sempre presente no local.

Melhor época para visitar Cabo Frio 

Com temperaturas estáveis e altas na maior parte do ano, Cabo Frio consegue atrair turistas o ano todo. Porém, alguns períodos contam com algumas diferenças que podem impactar diretamente na experiência da sua viagem. 

Caso você esteja buscando por mais tranquilidade, evite ir na alta temporada entre dezembro a fevereiro. Esses são os meses mais quentes, em que as praias enchem e o trânsito fica bem complicado.  

Principalmente no ano novo e carnaval, que contam com festas e comemorações especiais na cidade – espere encontrar Cabo Frio lotadíssima. 

Com menos turistas e temperaturas ainda gostosas para curtir as praias, o período de março a junho compreende a baixa temporada. Além disso, o momento se torna ainda melhor para mergulhar, já que as águas ficam mais cristalinas. 

A baixa temporada se mantém entre agosto e novembro, só que com a desvantagem de as temperaturas caírem um pouco e as águas ficam ainda mais frias do que já naturalmente são.  

As chuvas costumam aparecer mais frequentemente nos meses de janeiro, março, abril, outubro, novembro e dezembro. E os dias mais secos fazem parte dos meses de julho e agosto

Quantos dias ficar em Cabo Frio 

Para conseguir relaxar e aproveitar o dia nas principais praias, mas sem se estender muitos pelos passeios em Cabo Frio, podemos dizer que um final de semana já é perfeito para o roteiro.

O que fazer em Cabo Frio: Vista do Forte São Mateus
Vista maravilhosa do Forte São Mateus. Foto: Mabscoito

Caso você queira explorar um pouco mais dos lugares para conhecer em Cabo Frio, conhecer mais sobre os cantinhos típicos, cartões postais da cidade e também não deixar de ir às praias, cinco dias já dão conta do recado. 

Já para aqueles que querem também incluir visitas a cidades próximas de Cabo Frio, como Arraial do Cabo e Búzios, junto com as atrações do próprio destino, recomendamos reservar uma semana para a viagem. 

Quanto custa ir para Cabo Frio  

Abaixo você pode ver uma estimativa melhor dos valores que você irá gastar em uma viagem para Cabo Frio. Considerei os preços de baixa temporada: 

Transporte  

  • Ida e volta SP – Cabo Frio – de ônibus | R$280 
  • Ida e volta SP – Cabo Frio – de carro | R$500 (combustível e pedágio) 
  • Ida e volta RJ– Cabo Frio – de ônibus | R$120 
  • Ida e volta RJ– Cabo Frio – de carro | R$250 (combustível e pedágio) 

Hospedagem  

Preço médio de acomodação | R$200 a R$300 uma diária em quarto duplo (R$100 a R$150 por pessoa)  

Alimentação  

Valor médio por dia | entre R$50 e R$140 (almoço/ jantar entre R$25 e R$70 por pessoa). Considerando café da manhã incluso na hospedagem.  

Passeios  

Passeio de barco | entre R$50 e R$100 

Lembrando que a grande maioria dos passeios em Cabo Frio podem ser feitos de forma gratuita. 

O que levar para Cabo Frio  

Na hora de montar a mala para os dias em Cabo Frio, não deixe de pegar roupas mais leves e confortáveis, já que a cidade é litorânea.  

Também é legal levar algum tipo de agasalho, pois as noites por lá costumam ser mais frescas e com um pouco mais de vento.  

Já que algumas praias não possuem tanta estrutura para turistas, separe comidinhas, petiscos e água para não passar por apuros.

Não esqueça também das roupas e calçados específicos para trilhas, caso você pretenda se aventurar em alguma.  

E por fim, são mais do que necessários câmeras fotográficas para milhares de fotos e, caso você tenha, equipamentos para esportes aquático como stand up paddle, snorkeling e surf!  

Sugestão de roteiro para Cabo Frio  

Já que Cabo Frio oferece tantas opções para montar um roteiro, separamos aqui sugestões de passeios para serem feitos tanto em um, dois, três, quatro ou cinco dias de viagem.  

O que fazer em Cabo Frio: Praia das Conchas
Praia das Conchas. Foto: Halley Pacheco de Oliveira / CC BY-SA 3.0

Dia 1 | Região central

  • Praia do Forte
  • Praia das Dunas  
  • Forte São Mateus  
  • Praça das Águas  
  • Praça da Cidadania + Museu do Surf + Feirinha de Artesanato

Dia 2 | Ilha do Japonês e Bairro da Passagem  

Dia 3 | Passeios de barco, vistas e museu 

  • Ilha dos Papagaios  
  • Morro da Guia  
  • Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio  
  • Boulevard Canal

Dia 4 | Gamboa e Peró

  • Praia do Peró
  • Praia das Conchas
  • Rua dos Biquínis

Dia 5 | Praia do Foguete e Rua Porto Alegre  

Mais dicas de viagem para Cabo Frio  

  • Como Cabo Frio é uma cidade consideravelmente grande, é legal tomar cuidado com os pertences e itens pessoais. Principalmente nas praias e pontos turísticos mais lotados, como a Praia do Forte e Ilha do Japonês.  
  • De uma forma geral, os turistas não costumam se queixar sobre falta de segurança na cidade. Mas não é recomendado caminhar sozinho pelas Dunas da região, alguns casos de assalto ocorreram por lá. 
  • Outra dica legal é investir no aluguel de um carro. Se a viagem for durar em torno de uma semana ou mais, certamente essa é a melhor opção para circular e aproveitar melhor a região.  

Não se esqueça do seguro viagem!  

Em viagens que envolvem algum tipo de passeio e atrações de ecoturismo, como trilhas e mergulho, o seguro viagem nacional é um item imprescindível para se levar em conta.  

O seguro pode te auxiliar com despesas médicas e problemas que podem surgir no voo, como atrasos, cancelamentos e extravio de bagagem.  

Para escolher a melhor opção pelo menor preço, faça uma pesquisa na nossa página de seguros. Com o código EMALGUMLUGAR5, você ganha até 10% de desconto na cotação (5% com o cupom + 5% com pagamento via boleto bancário)  

Mapa de Cabo Frio

Para te ajudar a se localizar na cidade, marcamos no mapa todos os lugares e pontos turísticos de Cabo Frio.

Depois desse guia completo sobre o que fazer em Cabo Frio, ainda tem dúvidas do destino da próxima viagem?  

Pertinho da capital carioca, Cabo Frio consegue ser um destino completo para se divertir, relaxar e aproveitar paisagens únicas da natureza do litoral fluminense.  

Nesse post trouxemos dicas de passeios, hospedagens, restaurantes e muito mais para a sua experiência em Cabo Frio ser totalmente inesquecível!  

Sabemos que é difícil, mas nos conte depois qual lugar você está mais ansioso para conhecer em Cabo Frio!

Foto de destaque: Marcus Guimarães.

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Escrito por Adriana

37 anos. Carioca. Colecionava carimbos no passaporte durante as férias, mas resolveu levar esse hobbie a sério. Jornalista, trabalhou com marketing por um bom tempo, mas deixou o mundo corporativo para viver uma vida com mais significado. Convenceu o Caio a se jogar no mundo e hoje se dá por satisfeita carregando um caderninho, uma câmera e um tapete de yoga.

Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Brasil: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

CONHECE O MIRANTE DA CABOCLA? 📷 Esse é o Mirante da Cabocla, um dos mirantes mais bonitos de Arraial do Cabo. Do alto se vê a Praia do Forno, a Praia dos Anjos e, de longe, a Praia do Farol. 👣 Você acessa o Mirante por uma trilha que começa na Prainha, passa pela Praia da Graçainha, pelo Mirante da Cabocla e termina na Praia do Forno. 👉 Vale lembrar que é extremamente recomendado fazer qualquer trilha da região acompanhados de um guia local.

⛴️ IMAGINA UM BARCO DENTRO DE UMA PISCINA!Foi exatamente o sentimento que  tivemos nesse dia. Mar calmo, quase sem vento e uma água que parecia ter sido tratada que nem a de piscina!Esse talvez tenha sido um dos dias de mar mais bonito que já pegamos em Arraial do Cabo 💙Saudade desses passeios @arraialvipturismo !

SAUDADE DE IR A PRAIA, NÉ MINHA FILHA?Assim que abrirem as praias vamos ficar o dia inteiro com a Sol na água brincando! 🐕Esse é o dog que a gente sequestrou do pai da Dri pra fazer a quarentena ficar mais leve!

NAUFRÁGIO EM ARRAIAL DO CABO? 🚢Com o vai e vem das marés, em algumas épocas do ano é possível ver a embarcação Imbetiba, que naufragou no canto da Praia Grande em 10 de setembro de 1881.O naufrágio passa a maior parte do tempo encoberto. Ele fica ali bem pertinho da areia, do lado esquerdo da praia. E é possível avistá-lo principalmente quando a água está bem clara e com a maré baixa.

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!Para ela que é a melhor companhia que eu poderia ter para viver a vida que a gente sonha juntos!Esse é o nosso sexto dia dos namorados juntos. E apesar de tudo que está acontecendo no mundo, eu continuo dizendo que o nosso mundo é o melhor lugar no mundo!
Feliz dia dos namorados a todos os casais que se amam ♥️

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!