Laguna Parón em Huaraz: tudo sobre o lago azul turquesa no Peru | Em Algum Lugar do Mundo

LAGUNA PARÓN EM HUARAZ: O LINDO LAGO AZUL TURQUESA DO PERU

Confira como é o passeio para essa linda laguna no norte do Peru

  • Adriana
  • -
  • 2 de setembro de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

A Laguna Parón em Huaraz é um dos passeios imperdíveis para quem quer se aventurar por essa região norte do Peru. Localizado a 4.200 m de altura e chegando aos 72 metros de profundidade, a Laguna Parón é considerada um dos maiores lagos da Cordillera Blanca. E sim, esse azul da Laguna Parón é de verdade – embora eu tenha duvidado mesmo vendo ao vivo!

Nós fomos visitar a Laguna Parón logo no nosso primeiro dia em Huaraz, seguido do passeio ao Glaciar Pastoruri no segundo dia (também com nível leve de esforço). E o  cenário da Laguna Parón é realmente espetacular: um lago enorme todo turquesa, com montanhas nevadas ao redor (destaque para o Glaciar Pirâmide ou Garcilaso ao fundo).

Nós escrevemos um post com tudo o que fazer em Huaraz, onde você pode ver que a Laguna Parón é um dos passeios mais indicados para se fazer logo na chegada à cidade. Por ter um nível leve de dificuldade, o tour para a Laguna Parón é uma boa maneira de ir se aclimatando à altitude de Huaraz.

Nesse post vamos te dar todas as informações e mostrar como é o passeio para a Laguna Parón em Huaraz. Vem com a gente!

Laguna Parón Huaraz Peru - Barco no meio da laguna
Que tal um passeio de barco

Se você vai visitar a Laguna Parón, é bom se prevenir contra o mal de altitude e viajar prevenido. Aos 4.000 metros de altitude o mal estar pode bater, portanto faça um seguro viagem antes de embarcar. Sugerimos checar o Segurospromo, um site que compara preços e dá uma enorme variedade seguros. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto!

Como chegar à Laguna Parón

O passeio para a Laguna Parón é uma atividade que dura o dia todo (de 8 a 9 horas), não sendo possível combinar mais de um tour no mesmo dia. Ela fica a 100km de distância de Huaraz, o que implica em um deslocamento de cerca de 3 horas pra chegar lá. Fica tranquilo porque vale muito a pena!

Para visitar a Laguna Parón, é possível ir por conta própria ou fechando um tour com uma agência. Ir por conta significa pegar transporte público até o povoado de Parón, e depois encarar mais uma longa caminhada até a Laguna. É muita coisa pra pouco tempo, portanto não indicamos.

O ideal é ir com uma agência. Nós fechamos com a Inkaland Treks, que nos deixou muito satisfeitos com seu serviço diferenciado. Falaremos sobre ela mais pra frente.

Como foi nosso passeio para a Laguna Parón em Huaraz

Saindo de Huaraz até Callejón de Huaylas

Os tour costumam partir de Huaraz às 8h, levando aproximadamente 3h para chegar na Laguna Parón.

Nós saímos às 8h do hotel e seguimos por 1h30 até o vale de Callejón de Huaylas, onde fizemos uma parada para apreciar a vista. Aqui estamos a 2.000 metros de altitude. Nesse ponto estamos entre a majestosa Cordilheira Branca, com 170km de extensão e vários picos nevados; e a Cordilheira Negra, que não tem neve e chega no máximo a 5.100 metros.

Laguna Parón Huaraz Peru - Estrada a caminho da laguna
Nossa parada na estrada para visualizar as montanhas da Cordilheira Branca

Seguindo viagem até a Laguna Parón

Continuamos viagem e logo entramos na estrada não asfaltada. A partir daqui o cenário vai ficando bonito e seguimos subindo até chegarmos na Laguna Parón, aos 4.200 metros.

Ainda da janela do carro já é possível ficar impressionado com a vista do lago. O estacionamento fica em frente a Laguna, onde também funciona um “refúgio” que oferece banheiro e umas camas para os mais aventureiros.

O que fazer na Laguna Parón

Depois de uns minutos paralisados com a beleza da Laguna Parón, é hora de decidir o que fazer. Há 3 opções: seguir por uma trilha pela lateral do lago, andar de barquinho nas águas azuis ou subir até o mirante. Nosso pequeno grupo seguiu para o mirante, acompanhado do guia.

Subida até o mirante

O passeio para a Laguna Parón não exige nenhum esforço – a menos que sua escolha seja subir até o mirante. Daí você vai encarar uma subida de 40 minutos que pode facilmente tirar seu fôlego – seja pelo visual ou pela falta de oxigênio mesmo.

Laguna Parón Huaraz Peru - trilha para o mirante
O início da trilha para o mirante da Laguna Parón

A subida começa em um caminho de terra, mas na metade do trecho o caminho é de pedras. O trajeto não é tão íngreme ou longo, o que dificulta é mesmo a altitude. Portanto, vá no seu ritmo, tome fôlego e não desista – porque esse visual é a melhor recompensa pro esforço!

No alto do mirante, encontramos bastante gente fazendo um piquenique enquanto curtia um visual.

Nós ficamos ali por um tempo, ainda nos questionando se todo aquele azul era de verdade. Só saímos quando o guia nos chamou, porque se deixasse acho que a gente tava lá até agora.

Laguna Parón Huaraz Peru - sentados apreciando
Aquele momento que nenhuma palavra descreve. É necessário viver isso pra tentar definir.

Almoço de frente para a Laguna Parón

O caminho de volta foi mais tranquilo, porque pra baixo todo santo ajuda. De qualquer forma, voltamos em ritmo lento porque o caminho pelas pedras exige um pouco de cuidado.

E chegando de volta ao estacionamento… uma mesa pronta nos esperava! Não sei vocês, mas não é todo dia que a gente tem o privilégio de almoçar com uma vista es-can-da-lo-as dessas.

Tá bem, preciso dizer que a comida esfriou em 2 minutos e meio. Mas pelo menos tava uma delícia. E quem se importa de comer um prato frio com um visual desses? Foi o almoço mais lindo dos últimos tempos!

Passeio de barco

É possível fazer um passeio em um pequeno barco, seja para você mesmo remar ou com um “marinheiro” para te levar por esse lago incrível. Ouvimos que o valor fica entre 5 e 10 soles dependendo da sua negociação, mas não fizemos.

Laguna Parón Huaraz Peru - barcos para alugar
Barcos para locação

Mais um tempinho de contemplação

Ainda tivemos meia horinha pós almoço para curtir a Laguna Parón: andamos pela sua margem, chegamos pertinho da água (sério que é esse azul mesmo?), tiramos fotos perto dos barquinhos, encaramos o vento frio e curtimos essa paisagem até o último segundo. Mas o caminho até Huaraz era longo e já estava na hora de voltar.

Laguna Parón Huaraz Peru - Dri olhando pro lago azul
Impossível não ficar parado olhando o azul da Laguna Parón

Retorno a Huaraz

O caminho de volta leva as mesmíssimas 3h de ida, mas o cansaço faz parecer mais longo. O bom papo com nosso pequeno grupo brasileiro nos distraiu, mas a melhor parte do retorno foi a pausa que fizemos em uma sorveteria numa cidadezinha no caminho.

Chegamos em Huaraz já sem luz do sol, cansados e extasiados com a beleza da Laguna Parón. Agora era hora de descansar e recuperar as energias pros dias seguintes, quando visitaríamos o Glaciar Pastoruri e a Laguna 69.

Como escolher uma agência para fazer o passeio a Laguna Parón em Huaraz

Você vai ver que há várias agências em Huaraz oferecendo o tour para a Laguna Parón. Nós pesquisamos bastante e recebemos indicações da Inkaland Treks, que cobram um valor um pouquinho acima da média, mas em compensação oferecem um serviço muito diferenciado.

Nós achamos que valeu a pena por diferentes motivos. Primeiro que os passeios que eles oferecem são privados ou feitos em grupos muito pequenos, o que pra gente faz toda a diferença (temos horror a grupos grandes de turistas). Como consequência, eles são muito mais flexíveis em relação ao tempo de permanência e duração do passeio, sem aquilo de ficar nos apressando o tempo todo.

Outra coisa que conta muitos pontinhos de alegria: o almoço era delicioso (mesmo frio por causa do vento), nunca comi tão bem em um passeio. Eles ainda dão um lanchinho bem servido no caminho, ou seja, nada de sentir fome durante o dia.

Normalmente curtimos fazer os passeios por conta própria, mas em Huaraz isso não é indicado (devido às distâncias e/ou dificuldades das trilhas) – e nossa experiência com a Inkaland Treks foi muito boa!

Laguna Parón Huaraz Peru - Pose para aa foto
Mais um minutinho de contemplação e pose para foto

Dicas do passeio para a Laguna Parón em Huaraz

– Vá preparado­: um bom agasalho e um casaco corta vento são essenciais. Não dispense um calçado confortável, como tênis ou bota de trekking. O passeio não exige uma longa caminhada, mas um bom calçado pode facilitar a subida até o mirante. E use protetor solar, mesmo se estiver nublado. Ficamos com o rosto bem vermelho apesar do tempo instável.

– Embora o passeio para a Laguna Parón seja indicado para aclimatação, o mal estar devido à altitude pode bater. Por isso, leia nosso post sobre o mal de altitude para saber como evitar e/ou aliviar os sintomas. Respeitar seus limites e beber muita água são duas medidas fundamentais para evitar o soroche.

– Não se esqueça de fazer um seguro viagem sob hipótese alguma. Mesmo com todos os cuidados, o soroche nos pegou de jeito no Peru e tivemos que fazer uma visita ao hospital. Por isso, o ideal é viajar com segurança e evitar mais uma dor de cabeça. Sugerimos fazer uma busca de seguros no site da Segurospromo, que compara preços e sempre mostra as melhores opções. E se você usar o código EMALGUMLUGAR5 ainda garante 5% de desconto!

Onde se hospedar em Huaraz

A cidade de Huaraz será sua base para fazer os passeios da região, como a Laguna Parón, Glaciar Pastoruri e Laguna 69. Nós nos hospedamos em Huaraz no Hotel Santa Cruz, que oferece quartos confortáveis com uma vista maravilhosa para os picos nevados da Cordillera Blanca. O atendimento foi ótimo e o café da manhã delicioso, cada dia com uma opção diferente. A diária aqui custa a partir de R$180.

Você pode conferir aqui mais opções de hotel em Huaraz.

E aí, pronto para ficar de queixo caído com a beleza da Laguna Parón em Huaraz? Bom passeio!

*Nós visitamos a Laguna Parón em Huaraz com o apoio da Inkaland Treks. Os relatos desse post foram baseados na experiência que tivemos durante nossa viagem. Só recomendamos aquilo que aprovamos. 

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Peru: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Porque um dia de semana qualquer em Arraial do Cabo com o pessoal da @lagostrilhas sempre rende foto boa!#emalgumlugardomundo #arraialdocabo #destinosimperdiveis #topdestinos #turismobrasil

Essa foto tá pra sair do forno tem tempo, mas a correria do dia a dia tem nós mantido meio distantes daqui.
Daí hoje fizemos uma pausa pra refletir sobre a rotina que “rouba” nosso tempo.
É muito bom estarmos tão envolvidos com o blog e com os projetos que tocamos. E sim, viver do nosso blog de viagem dá muito mais trabalho do que muitos imaginam! Mas é muito bom e só temos a agradecer.Afinal, graças a ele conhecemos tantos lugares maravilhosos. Alguns do outro lado do mundo, outros pertinho do nosso – até então – lar oficial.Um dos últimos destinos que conhecemos foi a Cachoeira do Saco Bravo, em Paraty. Pra chegar nela, encaramos uma trilha de 9km saindo de Ponta Negra, uma vila Caiçara próxima a Trindade e Praia do Sono. Bem cansativa, mas não poderia ter melhor recompensa do que esse visual: uma piscina natural, formada por uma cachoeira na beira do mar!
Por mais viagens assim. E por mais momentos de reflexão e felicidade por nossas escolhas de destinos e de vida!
.
.
.
.
.
#emalgumlugardomundo #paraty #costaverde #destinosimperdiveis #destinosbrasileiros #mtur #qualviagem #embarquenaviagem #errejota #turismobrasil #proximaviagem #achadosdasemana #gostariadeiroficial

😃 Uma praia dessas é mais felicidade que um parque de diversões sem fila!!! É não é que é essa a sensação mesmo? Parando aqui pra pensar e agradecer pelo quanto a gente é sortudo na vida por ter momentos maravilhosos em lugares paradisíacos assim – e vazios na baixa temporada 🙏❤️ A belezura de Trindade nos diazinhos de sossego que passamos na @pousada_cabeca_do_indio e fomos diversas vezes à Praia do Cachadaço. 🏝
Conta pra gente: qual seu destino preferido pra curtir um momento relax?#emalgumlugardomundo #trindade #paraty #mtur #destinosbrasileiros #missaovt #revistaqualviagem #embarquenaviagem #praiasbrasileiras #achadosdasemana #errejota #proximaviagem #viajarfazbem

Ainda sobre Trindade: essa é a piscina natural do Cachadaço (ou Caixa D’Aço). Pude muitas vezes contemplar esse lugar lá de baixo, mas a vista de cima dela é incrível!
O legal daqui é que, mesmo com o mar  bem agitado, as pedras dão a proteção ideal para um mergulho bem tranquilo!#emalgumlugardomundo #paraty #trindade #destinosbrasileiros #mtur #qualviagem #destinosimperdiveis

Tem horas que tudo que a gente quer é brincar. Como é bom voltar a ser criança, mesmo que seja por alguns poucos minutos!#emalgumlugardomundo #paraty #trindade #embarquenaviagem #destinosbrasileiros #mtur #viagemeturismo

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!