O que fazer em Arequipa no Peru: dicas de viagem | Em Algum Lugar do Mundo

O QUE FAZER EM AREQUIPA NO PERU

Nossas dicas e atrações para a cidade mais bonita do Peru

  • Adriana
  • -
  • 16 de janeiro de 2020
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Foram mais de 2 meses viajando pelo Peru até formar nossa opinião: Arequipa é a cidade mais bonita do país. Um clima bem gostoso, um centro histórico lindo com arquitetura colonial muito bem preservada e três vulcões imponentes ao seu redor: são apenas alguns motivos para colocar Arequipa no seu roteiro. A verdade é que há muito o que fazer em Arequipa – e nós mostramos tudo nesse post.

Apesar de Arequipa ser a segunda maior cidade do país, o ritmo aqui é bem diferente do caos de Lima. Em Arequipa você pode passear com tranquilidade pelo centro histórico e descobrir o porquê do seu título de “cidade branca do Peru”: muitas construções são feitas de sillar, uma pedra vulcânica de cor branca que dão um toque único ao lugar. Esse é mais um destino do Peru com título da UNESCO.

Sua localização também é estratégica: Arequipa fica próxima a Cusco, também está na rota de quem cruza a fronteira do Chile e ainda é ponto de partida para o imperdível Vale do Colca. Escolha entre tomar um helado de queso (sorvete de queijo super tradicional de Arequipa), ver construções históricas, avistar condores ou se aventurar em um trekking: confira aqui tudo o que fazer em Arequipa.

O que fazer em Arequipa - Panorâmica
Panorâmica do Mirador de Carmem Alto

Como chegar em Arequipa no Peru

Você poderá voar para Arequipa, já que a cidade tem um aeroporto. As principais cias aéreas que voam para Arequipa são LATAM, Avianca, Peruvian Airlines e LC Peru.

Para quem vai de ônibus, as companhias Cruz del Sur, Oltursa e Peru Bus atendem o destino. Você pode comprar a passagem online ou na própria rodoviária da sua cidade de origem. A distância de Cusco para Arequipa é de 509km. Quem vai de Lima para Arequipa percorre 1013km, e saindo de Puno são 294 km.

Chegando em Arequipa, a estação de ônibus fica fora do centro da cidade. Um taxi para a região central deverá custar cerca de 16 soles.

Dica | Nem todo mundo sabe, mas é possível seguir viagem do Vale do Colca direto para Puno de ônibus, sem ter que retornar a Arequipa. Fica a dica se sua viagem por Arequipa incluir uma visita ao Vale do Colca e depois seguir para Puno.

Onde ficar em Arequipa

Antes de mostrarmos o que fazer em Arequipa, vamos às dicas de onde se hospedar na cidade. A maioria das atrações estão no centro histórico, próximo à Plaza de Armas. O ideal é buscar uma acomodação no centro, facilitando sua locomoção e te permitindo fazer quase tudo à pé. Algumas recomendações:

Las Torres de Ugarte | Um terraço com vista para os vulcões bem no centro de Arequipa, pertinho do Monasterio de Santa Catalina. Um bom preço para o conforto que oferece, e ainda tem café da manhã (buffet) incluído). Por R$213.

Casa de Avila | A apenas 5 minutos da Plaza de Armas, esse hotel tem um clima tão tranquilo que nem parece estar em pleno centro de Arequipa. Quarto espaçoso e um agradável jardim interno que garantem uma estadia tranquila. Com um bom café da manhã. Por R$220.

Dreams Hotel Boutique | Um pouquinho mais afastado da zona turística, esse hotel boutique cheio de charme fica no bairro Vallecito, que é próximo ao centro. Em poucos quarteirões encontramos comércio e restaurantes. Uma decoração agradável, quartos confortáveis e um café da manhã gostoso. Por R$196.

O que fazer em Arequipa no Peru

Plaza de Armas

Como em qualquer cidade peruana, em Arequipa não poderia faltar uma Plaza de Armas. Só que a daqui é simplesmente uma das mais lindas que vimos em todo o país!

O cenário é formado por igrejas imponentes, construções coloniais impecáveis e palmeiras. É só escolher um dos cafés ou restaurantes na praça e observar o movimento.

Catedral de Arequipa

Um dos maiores destaques da Plaza de Armas é a Catedral de Arequipa, a maior e mais importante da cidade. Essa obra do século XVII ocupa toda a fachada norte da praça. A igreja é feita de sillar e é um dos monumentos religiosos mais antigos de Arequipa, já tendo resistido a um incêndio e a um terremoto. Ela está aberta das 7h às 10h e das 17h às 19h.

Iglesia de La Compañía

Do outro lado da praça está a Iglesia de La Compañía que, embora mais modesta que a Catedral, é também interessante. Sua fachada é muito bonita e ela é considerada a melhor criação do estilo “mestiço arequipenho”.

O que fazer em Arequipa - Igreja Cia
Os detalhes da fachada da Iglesia de La Compañía

Museo Santuarios Andinos de la Universidad de Santa María

Esse é o museu mais importante de Arequipa. O grande destaque aqui é a “Juanita”, o corpo de uma garota inca de 12 anos que foi oferecida como sacrifício aos deuses por volta de 1450. O corpo está em ótimo estado de preservação pois ficou por muito tempo escondido em um glacial, sendo descoberto apenas quando esse derreteu.

O corpo de Juanita fica exposto no museu de maio a dezembro. O museu está aberto das 9h às 18h e a entrada custa 20 soles. Não é permitido fotografias lá dentro.

Monasterio de Santa Catalina

Ao planejar o que fazer em Arequipa, considere uma visita a esse mosteiro, uma das obras mais lindas que vimos no estilo colonial. O mosteiro é enorme, cheio de capelas, quartos e cômodos que vão te levar em uma viagem no tempo. De 1580 a 1970 o mosteiro era completamente fechado, recebendo apenas as jovens garotas que vinham de famílias da alta sociedade – e passavam o resto de suas vidas ali. Aberto de 9h às 17h (terças e quartas das 8h às 19h30). A entrada custa 40 soles.

O que fazer em Arequipa - Monastério
Entrada do Monasterio de Santa Catalina

Yanahuara

Faça uma caminhada agradável saindo do mosteiro, passando pelo Rio Chili até chegar no Mirador de Yanahuara. Apreciar a vista do mirante é item indispensável da sua lista com o que fazer em Arequipa, mas caminhar pelas ruas do bairro Yanahuara já é uma boa pedida.

Chegando no mirante, aproveite para tirar algumas fotos embaixo dos arcos, com a cidade e os vulcões ao fundo. Nós fomos lá de manhã, mas dizem que o lugar fica ainda mais bonito no fim da tarde, quando você poderá curtir um belo por do sol.

O que fazer em Arequipa - Arcos
Os arcos servem de moldura para a paisagem da cidade

Mirador de Carmem Alto

Um pouco mais distante e ainda mais bonito, o Mirador de Carmem Alto oferece uma vista imbatível para os vulcões Misti, Chachani e Pichu Pichu, que circundam a cidade de Arequipa.

O que fazer em Arequipa - Vulcões
Os vulcões que decoram o horizonte da cidade

Mercado San Camilo

Quando a gente procura o que fazer em uma cidade, uma das primeiras coisas que buscamos é um Mercado local. E o Mercado San Camilo nos surpreendeu: acredito que esse é o mercado mais organizado que já visitamos!

Claro que aquele aspecto bagunçado de mercado está presente, mas o Mercado San Camilo tem suas seções muito bem definidas. Perca-se entre azeitonas, lhamas secas e folhas de coca – e garanta seu suco fresquinho no final do passeio.

Vale do Colca

Agora que já mostramos o que fazer em Arequipa, vamos falar de um passeio imperdível para se fazer fora da cidade: conhecer o Vale do Colca. Existem tours para o Vale do Colca com 2 dias de duração, saindo de Arequipa e passando uma noite no Vale do Colca.

Em uma visita a essa linda região você poderá visitar vilarejos (e dormir em um deles), apreciar as terrazas no vale e se encantar com o enorme Cânion do Colca. Ah, ainda tem a atração principal que é visitar o Mirador Cruz del Condor, onde todas as manhãs essas aves gigantes dão o ar da graça.

O que fazer em Arequipa - Canyon do Colca
Um dos vários mirantes do Canyon do Colca

Se você curte aventura e tem tempo/ disposição para trilhas, poderá fazer um hiking no Cânion do Colca, que tem o dobro da profundidade do famoso Grand Canyon nos EUA.

Quanto tempo ficar em Arequipa

Agora que você já conferiu tudo o que fazer em Arequipa, hora de planejar quanto tempo ficar.

Nós sugerimos dois dias para visitar as principais atrações de Arequipa. É possível fazer em um dia cheio, mas fica corrido. Se você pretende conhecer o Vale do Colca (o que recomendamos), adicione mais 2 dias ao seu roteiro.

Altitude de Arequipa

Arequipa está a 2.350m acima do nível do mar. Não é um dos destinos mais altos do Peru (em Cusco e Puno chegamos aos quase 4.000m), mas a altitude a altitude de Arequipa pode ser um problema e causar mal estar para quem não está acostumado.

Nós só nos sentimos mal acima dos 3.500m, mas de qualquer forma é bom saber como evitar e/ou amenizar o temido “mal de altitude”. Confira nosso post com dicas para combater o soroche.

E o principal: não esqueça o seguro viagem. Nós precisamos de atendimento médico na nossa viagem pela América do Sul e o seguro nos salvou de uma facada no orçamento. Sugerimos fazer uma busca pela Segurospromo, um site que compara preços e dá uma enorme variedade de opções de seguro. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto!

Combine sua viagem para Arequipa com:

Vale do Colca | Um dos grandes motivos de se visitar Arequipa é por ela ser ponto de partida para o Vale do Colca. Não perca a chance de se encantar com a beleza de seu cânion e com o voo do condor, que pode ser apreciado de um lindo mirante.

Cusco | O berço da civilização inca é um dos destinos mais imperdíveis do Peru. Encare os 3.400 metros de altitude e se perca pelo centro histórico de Cusco, que tem uma mistura interessante das culturas inca e espanhola.

Puno | A grande atração por aqui é o enorme e lindo Lago Titicaca, de onde podemos visitar as famosas Ilhas Flutuantes. Aproveite sua viagem para Puno e se encante com a riquíssima cultura dos povos andinos.

Curtiu nossas dicas sobre o que fazer em Arequipa? Tem alguma sugestão para acrescentar no roteiro? Conta pra gente!

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Peru: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

COSTA RICA NÃO É SÓ PRAIA! 
Se vc acha que o país (que por sinal é um dos lugares mais biodiversos do mundo) tem só belas praias a oferecer, dá uma espiada nessa beleza. 
Uma das cachoeiras mais bonitas que visitamos na Costa Rica foi a Catarata Rio Fortuna, com nada menos que 75 metros de queda d’água.

E para se banhar nessa maravilha, é preciso encarar uns 500 degraus de escadaria. Dica: desça na maior empolgação pra dar um mergulho nessa belezura e deixa pra sofrer na volta 😅 
Nós fomos não época de chuvas e mesmo assim a água estava linda! 
O que pode acontecer nessa época é que, devido ao grande volume de água, o mergulho na piscina principal seja proibido por questões de segurança. Mas dá pra se banhar logo adiante, no rio formado pela cachoeira. Então tá valendo o “esforço” de qualquer jeito!

E vc, tb curte uma cachoeira ou prefere mesmo uma praia?

#costarica #lafortuna #emalgumlugardomundo #nature #waterfall

🚙 🇨🇷Viajar pela Costa Rica de carro foi uma das melhores aventuras que vivemos! 
A gente ama a liberdade de dirigir pelo desconhecido, fazer as coisas do nosso jeito, no nosso tempo. 
Sabiamos que não iríamos muito longe alugando um carro comum, porque algumas estradas por lá são impraticáveis – então já fechamos num 4×4 da @nomad_america pra não ter erro. E gente, não é em qualquer lugar que a gente pode alugar um carro com barraca de camping e dormir em uma praia deserta, né? 🏕️🏖️ E foi assim que cruzamos rios e acampamos em lugares incríveis – tudo isso vivenciando uma conexão incrível com a natureza selvagem desse país que tanto nós surpreendeu 😍

🇨🇷 Dois ícones da Costa Rica: surf e por do sol ☀️ 🏄‍♀️ Como o país é estreito e comprido , quase todas as praias do lado do Pacífico têm espetáculo do pôr do sol garantido (isso quando as chuvas tropicais não atrapalham). Fora a água naquela temperatura gostosa e um tanto de ondas tranquilas, ótimo pra quem quer aprender a surfar. A gente até se animou fazendo umas aulinhas, mas precisava de mais uma temporada por lá pra se manter na prancha por mais tempo. Alguém aqui pensando em voltar? 😬😛

Saindo da rota: todo destino tem aqueles cantinhos escondidos, que não estão em nenhum guia de viagem ou que você nunca ouviu falar antes, por mais que tenha pesquisado tudo sobre o lugar. ⠀
“E se a gente virar aqui, onde que vai dar?”
⠀
Eu não sei vocês, mas pra gente uma das melhores partes da viagem é poder andar pelo desconhecido. É esticar a caminhada ou virar à esquerda no atalho, e chegar ali só pra ver o que que tem.
⠀
É verdade que você pode chegar numa rua sem saída (e obviamente não é em todo destino que dá pra fazer isso). Mas é numa dessas que você descobre um lugar especial, que já faz valer a viagem todinha – que até vale cortar atração do roteiro só pra aproveitar mais aquela descoberta. ⠀
O desconhecido definitivamente faz nossos olhos brilharem! E para você, qual o grande momento em uma viagem?⠀ ⠀
____________________________
⠀

🇨🇷 Na Costa Rica você passa o dia inteiro babando pelo azul, pra chegar no fim de tarde e ficar embasbacado com esse rosa. 😍😱 É um pôr do sol mais lindo que o outro por aqui! ☀️

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!