O QUE FAZER EM CUSCO, PERU

Um guia completo com todas as dicas e informações para curtir o melhor de Cusco

  • Adriana
  • -
  • 1 de outubro de 2018
  • 6 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e baixe nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Se você está planejando uma viagem para o Peru, certamente Cusco está em seu roteiro. A cidade, que já foi a grande capital do império inca, recebe atualmente mais de 2 milhões de visitantes por ano. Todos chegam sedentos pela riqueza cultural desse destino, que tem uma mistura única das culturas inca e espanhola,. Há muito o que fazer em Cusco e nesse post vamos dar todas as dicas para sua viagem.

Também chamada de Cuzco (em espanhol) ou Qosqo (em quéchua), esse destino já foi considerado a capital arqueológica da América e hoje está na lista de patrimônios da UNESCO. Por aqui você vai encontrar resquícios da civilização inca misturados à arquitetura espanhola – tudo isso em uma cidade vibrante, agitada e moderna.

O que fazer em Cusco - Conversa
Cena comum pelas ruas de Cusco

A cidade de Cusco está aos 3.400 metros de altitude e seu centro histórico está cheio de atrações, espalhados em um sobe e desce de ladeiras. Isso significa que Cusco pode tirar seu fôlego tanto pela sua beleza quanto pela altitude. Portanto, tire um tempo para se aclimatar ao ar rarefeito e explorar a cidade sem correria.

Nós passamos um bom tempo nessa região do Peru, fazendo muitos passeios em Cusco e usando a cidade como base para conhecer Machu Picchu e o Valle Sagrado. Nesse post vamos mostrar tudo o que fazer em Cusco: confira nossas dicas com as principais atrações, incluindo tours bate-volta e destinos próximos.

Se você vai para Cusco, é bom se preparar para o ‘soroche’ – o mal de altitude – que pode ser causado pela diminuição de oxigênio acima dos 3.000 metros. Portanto, faça um seguro viagem antes de embarcar. Recomendamos pesquisar seu seguro pela Segurospromo, um site que compara preços e dá uma enorme variedade de opções. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto!

Como chegar em Cusco

Os voos saindo do Brasil para Cusco geralmente incluem uma escala na capital Lima. As cias LATAM e Avianca fazem o trajeto. Para quem vem de Lima, o voo leva pouco mais de uma hora até Cusco.

Para quem vai viajar por terra: um ônibus de Lima para Cusco pode levar até 24 horas. A melhor cia é a Cruz del Sur, com ônibus muito confortáveis. Mas a longa distância faz o vôo ser a melhor opção.

Para quem está viajando entre Bolívia e Peru, certamente irá fazer uma parada na cidade fronteiriça de Puno. A distância de Puno para Cusco é de aproximadamente 7 horas.

Onde ficar em Cusco

A menos que você tenha tempo de sobra para fazer seus passeios em Cusco, o ideal é se hospedar próximo do centro histórico. Assim você fica bem localizado e ainda pode fazer praticamente tudo a pé pela cidade.

Nós ficamos no Casa Andina San Blas, no bairro descolado e lindinho de San Blas. O Casa Andina é a maior rede de hotéis do Peru, e só ali no centro de Cusco eles têm 5 hotéis espalhados. Para garantia de conforto, bom atendimento e localização imbatível, tá recomendado.

O que fazer em Cusco - Casa Andina
Nossa casa em Cusco

Você pode conferir aqui mais opções de hotel em Cusco.

O que é o Boleto Turístico de Cusco (e arredores)

Antes de decidir o que fazer em Cusco, é importante entender o que é e como funciona o boleto turístico.

O Boleto Turistico é um passe que você pode comprar para ter acesso a várias atrações de Cusco e seus arredores. Existem 4 categorias de boleto turístico, incluindo diferentes atrações em cada uma delas. Alguns pontos turísticos só podem ser visitados com o boleto turístico. Por isso, é importante definir quais passeios em Cusco você quer fazer, e ver qual opção de boleto é melhor para você.

Os valores dos boletos são de 70 ou 130 soles e a validade do ingresso pode ser de 1 ou 10 dias. O boleto pode ser comprado tanto na entrada de cada uma das atrações como na Oficina Ejecutiva del Comité (que fica na Av. El Sol 103). O ideal é comprá-lo na entrada de uma das atrações, pois ele já começa a contar a partir da data da compra.

O que fazer em Cusco: principais atrações

Plaza de Armas

A Plaza de Armas é o melhor ponto de partida para começar seus passeios em Cusco. Essa é a praça principal e o coração do centro histórico de Cusco. Com uma arquitetura linda e rodeada de muitas lojas, cafés e restaurantes ao redor, a Plaza de Armas está sempre bastante movimentada.

Dizem que a praça já foi o centro do Império Inca, quando ela tinha o dobro do tamanho atual e era palco de festivais e cerimônias. No meio da praça você pode observar a estátua de Pachacutec, um grande imperador da antiga civilização. Depois que os espanhóis chegaram, destruíram muitas das construções incas e construíram as duas grandes igrejas que podemos ver na praça atualmente.

O que fazer em Cusco - Patchacutec
Estátua do Inca Pachacutec

Catedral de Santo Domingo

Uma das igrejas da Plaza de Armas é a Catedral de Santo Domingo, também chamada de Catedral de Cusco. Essa igreja foi construída por volta de 1560, em cima das ruínas do Palácio Viracocha, uma das muitas obras incas destruídas pelos espanhóis.

Seu exterior em pedras vermelhas é bem lindo (vale conferir durante o dia e também à noite, toda iluminada). E seu interior guarda obras que explicam muito da adaptação do povo andino à cultura espanhola, como a santa ceia sendo servida com cuy, um prato típico regional. Ou ainda, a Virgem Maria depicting Pachamama (a Mãe Terra dos povos andinos).

O que fazer em Cusco - Catedral de Cusco

A igreja está aberta das 10h às 18h e há visitas guiadas. A entrada custa 25 soles (ou incluso no boleto turístico).

Iglesia de la Compañía de Jesus

Outra obra enorme na Plaza de Armas, ao lado da Catedral de Cusco. A Iglesia de la Compañía de Jesus é considerada uma das igrejas em estilo barroco mais bonitas das Américas. A explicação é que os jesuítas a construíram para “competir” com a beleza da Catedral vizinha, embora tenham sido impedidos de seguirem a obra com esse objetivo. No final das contas, é difícil dizer qual a mais bonita!

O que fazer em Cusco - Cia de Jesus
O sincretismo entre o catolicismo e os rituais pagãos representados por um xamã

Qorikancha

Esse já foi um dos templos mais importantes do Império Inca. Qorikancha, que significa “Templo do Sol”, já foi todo coberto de ouro. Suas paredes, estátuas, altares… tudo era dourado. Até os espanhóis gente boa chegarem e limparem tudo.

O que os espanhóis também fizeram foi construir igrejas e monumentos ao redor de Qorikancha, incluindo o Convento de Santo Domingo – como o lugar também é conhecido hoje em dia. Acabou que Qorikancha resultou em uma rica mistura de arquitetura andina e espanhola.

O que fazer em Cusco - Templo do Sol

A obra fica ao sul da Plaza de Armas, na Plazoleta Santo Domingo. Está aberto de segunda a sábado das 8h30 às 17h30 e domingos das 14h às 17h. A entrada custa 10 soles.

Sacsayhuamán

Um antigo forte inca, Sacsayhuamán fica no alto de uma montanha ao norte de Cusco. Muito de sua estrutura foi roubada pelos espanhóis para ser usada em outras construções, mas o que sobrou vale a visita para se ter uma ideia da grandeza do que esse lugar já foi. Observe as fundações de torres, paredes e de bancos, que podem inclusive ter sido parte de um trono inca.

O que fazer em Cusco - Sacsayhuamán
Ruínas de Sacsayhuamán

Para chegar a Sacsayhuamán, é possível pegar um taxi ou ônibus. Mas o ideal é encarar a altitude e fazer uma caminhada para aproveitar a vista incrível pelo caminho. Saindo da Plaza de Armas, em cerca de 40 minutos você chegará lá.

A dica que os cusquenhos nos dão para pronunciar o palavrão Sacsayhuamán é tentar fazer uma adaptação de “sexy woman”. Funciona. Sacsayhuamán está aberto diariamente das 7h às 18h. Para visita-la, é necessário adquirir o boleto turístico

Cristo Blanco

Se você encarou a subida até Sacsayhuamán, aproveite para caminhar mais uns 10 minutinhos e chegar até o Cristo Blanco, uma estátua de 8 metros de altura. A estátua nem é tão bonita assim (nem pense em comparar com nosso Cristo Redentor!), mas o que vale aqui é aproveitar a vista maravilhosa que se tem da cidade de Cusco.

O que fazer em Cusco - Cristo Blanco
Lá de cima a vista da cidade é impressionante

Bairro de San Blas

Cheio de cores, lojas de artesanatos, restaurantes e comércio de rua, San Blas é um bairro muito simpático. Ele fica colado à Plaza de Armas e caminhar pelas suas ruas estreitas é bem agradável, mesmo para quem não quer fazer compras. Nós ficamos hospedados aqui, no Casa Andina San Blas, e adoramos passear pelas ruas no fim de tarde.

O que fazer em Cusco - San Blas
Charmoso bairro de San Blas e suas ladeiras de pedras

Museu de Arte Precolombino

Um dos melhores de Cusco, o Museu de Arte Precolombino, o museu está espalhado por 12 salas de um casarão de 1580. Aqui encontramos muitas obras desde 1250 a.C até 1532 d.C., incluindo joias, cerâmicas e esculturas.

O Museu de Arte Precolombino fica a uns dois quarteirões da Plaza de Armas. Está aberto das 9h às 22h e a entrada custa 20 soles.

La piedra de 12 ángulos (twelve-angled stone)

A uma curta distância da Plaza de Armas de Cusco, encontramos uma pedra que é um símbolo do perfeccionismo inca: a Pedra de 12 ângulos, que faz parte do muro do Palacio Arzobispal. Não vai ser difícil reconhecê-la com tanta gente em volta tirando fotos.

Nós acabamos não visitando o Museu Palazio Arzobispal, mas trata-se de mais uma obra grandiosa dos espanhóis. La dentro você vai encontrar um charmoso pátio e o lindo salón dorado, local de recepção do arcebispo de Cusco.

O que fazer em Cusco - Pedra de 12 angulos
Um pouco de como o povo Inca se dedicava nas suas construções

Mercado San Pedro

Não é novidade que somos fãs de um bom mercado local. E o de Cusco é de encher os olhos: o Mercado San Pedro é um espetáculo de cores e cheiros (não necessariamente bons) bem no centro da cidade. Barraquinhas vendendo de tudo, incluindo frutas, legumes e carnes (sem refrigeração, diga-se de passagem).

Você vai encontrar muitas comidas típicas na hora do almoço, se quiser desafiar seu estômago. Mas se preferir deixar a comida de lado, vale a visita para comprar suas folhas de coca, um poncho quentinho e colorido ou apenas observar o movimento. Há muitos turistas, mas é uma boa oportunidade de ver como é a vida do povo por aqui.

O que fazer em Cusco - Mercado San Pedro
Já falamos algumas vezes mas você só conhece uma cidade por completo quando visita o mercado central dela!

Museo Inka

Nós não consideramos esse museu uma prioridade na nossa lista com o que fazer em Cusco, mas se tiver um tempinho livre dê uma esticada até lá. Ele fica em uma mansão colonial do século 16 e guarda uma coleção de artefatos incas, incluindo têxteis, cerâmicas e metais. Há também múmias e obras pré-incas. No pátio do museu também ficam algumas mulheres vendendo artesanato

O Museo Inka fica bem pertinho da Plaza de Armas, a apenas uma quadra de distância. Aberto de segunda a sexta das 8h às 18h e sábados das 9h às 16h. A entrada custa 10 soles.

O que fazer em Cusco à noite

Quando estamos viajando, a gente acaba priorizando as programações durante o dia. Mas é impossível ignorar que a noite de Cusco é bem agitada, basta andar pelo centro à noite para se perder em tanto movimento. Portanto, se você está procurando o que fazer em Cusco durante a noite, saiba que não faltam boas opções.

O Paddy’s Irish Pub pode ser o ponto de partida para fazer um esquenta. Para quem quer seguir noite adentro, uma das melhores pedidas é o Mama África, que começa bem tarde (melhor chegar depois da meia noite) e vai até de manhã tocando eletrônico, hip hop, dance e hits dançantes. Outras opção é o The Temple, que tem uma pegada mais alternativa.

O que fazer em Cusco: passeios bate-volta de 1 dia

Além dos principais pontos turísticos acima, há alguns passeios em Cusco que precisam de um dia cheio no seu roteiro. Aqui estão dois lugares muito visitados por viajantes que querem explorar Cusco: Rainbow Mountain e Laguna Humantay

Rainbow Mountain

Quem não fica de queixo caído com uma foto da Rainbow Mountain no Instagram? O Caio foi até lá pra conferir se a tal Montanha Colorida é isso tudo mesmo ou se é apenas edição de imagem. Sim, tem edição em praticamente todas as fotos. Mas a Rainbow Mountain é colorida mesmo – e é linda ao vivo!

A Montanha já foi toda coberta de gelo, e as cores são uma reação dos minerais que ficaram expostos ao oxigênio. E falando em oxigênio, é bom reforçar que a visita à Rainbow Mountain não é nada simples: o ar rarefeito aos 5.000m de altitude transforma esse passeio em um desafio.

O que fazer em Cusco - Rainbow Mountain
A incrível Rainbow Mountain, mais um dos passeios que parte de Cusco

Escrevemos um post relatando o passeio para a Rainbow Mountain, confira e decida se a Montanha Colorida deve entrar no seu roteiro com o que fazer em Cusco!

Laguna Humantay

Outro destino que exige esforço e adaptação à altitude elevada, mas que recompensa com um visual inesquecível. A Laguna Humantay é mais um dos passeios em Cusco que irá tomar um dia inteiro e exigir trabalho dos seus pulmões. O caminho até a Laguna Humantay também é longo e cansativo, mas é uma bela oportunidade de poder ver um lago cor azul turquesa de perto.

O que fazer em Cusco - Laguna Humantay
Laguna Humantay um dos lindos desafios partindo de Cusco

Se você pretende seguir pelo Peru e conhecer Huaraz, talvez não valha fazer esse passeio saindo de Cusco. Mas se seu destino for apenas Cusco ou você curtir muito esse tipo de paisagem, então aproveite. Você pode ler aqui tudo sobre o passeio para Laguna Humantay.

O que fazer em Cusco: base para Machu Picchu e Valle Sagrado

Como você percebeu, existem diversos atrativos e passeios em Cusco que já valem a visita à cidade. Porém, muita gente chega aqui de passagem, passando poucos dias em Cusco e seguindo para as grandes atrações ao redor. Afinal, são vários lugares incríveis para se conhecer e aprender mais sobre a história dos incas, entre eles Machu Picchu e o Valle Sagrado.

Entretanto, tanto Machu Picchu como o Valle Sagrado exigem um pouco mais de tempo no roteiro. É possível conhecer alguns desses lugares em um bate-volta de Cusco mas, devido à localização, faz mais sentido ir explorando esses destinos ao longo de mais dias.

Machu Picchu

Se essa é sua primeira visita ao país, certamente Machu Picchu é o destino principal do seu roteiro. E não é para menos: a cidade perdida dos incas é uma das 7 maravilhas do mundo e o destino turístico mais visitado do Peru.

O que fazer em Cusco - Machu Picchu
Um dos principais destinos de quem visita Cusco, Machu Picchu

Machu Picchu é de deixar qualquer um sem palavras. E uma visita a essas ruínas requer um certo planejamento. É preciso saber como comprar o ingresso para Machu Picchu e definir com antecedência o que você quer ver por lá. Você também tem que definir como chegar a Machu Picchu, já que existem opções que variam entre fazer trilhas ou pegar um trem.

Embora até seja possível visitar Machu Picchu em um bate-volta de Cusco, nós não recomendamos fazer isso sob hipótese alguma. Será extremamente corrido e você não terá tempo para conhecer o lugar apropriadamente. Leia nosso post com dicas de Machu Picchu para planejar sua viagem direitinho.

Outros destinos do Valle Sagrado

É indiscutível que Machu Picchu seja a grande atração da sua viagem, mas não desperdice a oportunidade de conhecer mais sobre a cultura inca em outros destinos do Valle Sagrado. Existem ruínas em Pisac, Ollantaytambo e Moray que são realmente imperdíveis. E ainda tem as salineras de Maras, para também te deixar de boca aberta.

Esses destinos também são possíveis de se visitar em um dia partindo de Cusco, mas o ideal é montar um roteiro que inclua pelo menos uma noite no Valle Sagrado, de onde você poderá seguir viagem para Machu Picchu.

Altitude de Cusco

Agora que você já conferiu tudo o que fazer em Cusco, vale um lembrete importante: a cidade de Cusco fica a 3.400 metros e é inevitável sentir os efeitos da altitude ao chegarmos. Brasileiros não estão acostumados com o ar rarefeito e o mal estar pode bater, trazendo desconforto devido à falta de oxigênio.

Por isso, é importante se prevenir e se informar sobre como evitar o soroche, o temido mal de altitude. Beber bastante água e mascar folha de coca são algumas medidas importantes, mas você pode conferir tudo sobre o assunto aqui. Aproveite o dia da sua chegada para descansar e deixar o corpo aclimatar à altitude.

Além disso, não esqueça que seguro viagem é fundamental. Mesmo com todas as prevenções, nós dois passamos mal por causa do soroche e tivemos que acionar o seguro para ter atendimento médico. Por isso, não viaje sem seguro. Sugerimos fazer uma busca pela Segurospromo, um site que compara preços e dá uma enorme variedade de opções de seguro. Pra melhorar, é só usar nosso código EMALGUMLUGAR5 para ganhar 5% de desconto!

Quantos dias ficar em Cusco

Com tanto o que fazer em Cusco, sugerimos separar 2 dias inteiros para a cidade, reservando o dia da chegada para descanso e aclimatação. É possível fazer os principais passeios em Cusco em um dia, mas fica corrido.

Caso pretenda fazer Rainbow MountainLaguna Humantay, adicione um dia inteiro para cada passeio. Conhecer Valle Sagrado + Machu Picchu também exigem 2 noites no mínimo.

Quando ir para Cusco

A melhor época pra visitar Cusco é na época seca, que vai entre maio e setembro. A temperatura costuma ser fresca/ fria o ano todo, mas é bom evitar a temporada de chuvas para não atrapalhar seu passeios em Cusco e nos sítios arqueológicos de Machu Picchu e Valle Sagrado.

E você, tem mais alguma dica de o que fazer em Cusco? Conta pra gente!

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Baixe agora nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Peru: explore

6 comentários em “O QUE FAZER EM CUSCO, PERU”

  1. carolina disse:

    Nossa adorei sua postagem, super completa, me ajudou muito!!

    1. Caio Farias disse:

      Que bom que gostou Carolina, ficamos felizes de ter ajudado! Boa viagem!

  2. Hannah Louzada disse:

    Estou admirada com a qualidade dos posts de vocês! Amo organizar viagens e vocês acabaram por se tornar referência para mim!
    Vou a Cusco em maio de 2019, já estou muito ansiosa! Obrigada pelas infos completas e ao mesmo tempo sucintas!

    1. Caio Farias disse:

      Olá Hannah! Que bom que você gostou! Ficamos muito felizes com a sua mensagem! Cusco e toda aquela região é incrível! Boa viagem!

  3. Leonardo disse:

    Parabéns pela qualidade da postagem!
    Excelente trabalho.

    1. Caio disse:

      Obrigado pelo feedback Leonardo!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!