Tudo sobre o passeio para o Vale do Colca, no Peru | Em Algum Lugar do Mundo

TUDO SOBRE O PASSEIO PARA O VALE DO COLCA, NO PERU

Saiba como é o tour para uma das regiões mais bonitas do Peru

  • Adriana
  • -
  • 3 de agosto de 2019
  • 2 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Um dos destinos mais lindos do Peru é o Vale do Colca. A 4 horas da cidade de Arequipa, o Vale do Colca tem sido cada vez mais buscado por quem quer um encontro com a natureza durante uma viagem pelo Peru. Afinal, é aqui que fica o Cânion do Colca, um dos cânions mais profundos do mundo, que se espalha por mais de 100km e esbanja beleza natural.

Além do cânion, o Vale do Colca oferece vistas espetaculares de vida selvagem, incluindo um encontro com o gigante condor, a maior ave da América do Sul. O passeio fica completo com um banho em águas termais e com uma visita aos vilarejos locais, onde é possível apreciar um pouco da tradicional cultura andina.

Se você pretende explorar essa região incrível do Peru, não deixe de conferir o que fazer em Arequipa, uma das cidades mais lindas do Peru. Mas agora vamos mostrar por que você deve reservar dois dias para fazer um tour pelo Vale do Colca: confira agora todas as atrações desse destino, com informações e dicas úteis para curtir seu passeio. E se você for por conta própria, no fim desse post tem uma dica maneira de um lugar que nenhum tour faz!

Para viajar tranquilo e sem dor de cabeça, não se esqueça também de fazer seu seguro viagem! Já precisamos de atendimento médico durante nossa viagem pela América do Sul e felizmente tínhamos o seguro para cobrir as despesas. Sugerimos fazer uma busca nas opções do site Segurospromo, que funciona como um bom comparador de preços, e ajuda a escolher o seguro que melhor se adequa ao seu estilo de viagem. GANHE 5% de desconto utilizando o nosso código promocional EMALGUMLUGAR5. Viaje na paz!

De onde vem o nome Vale do Colca?

O Vale do Colca também é conhecido como Valle de los Collaguas, pois a tribo pré inca Collagua viveu nessa região. Esses antigos habitantes usavam cavernas para armazenamento de grãos e cereais – e essas cavernas são conhecidas como “collcas”. Atualmente ainda há algumas “collcas” que podem ser visitadas, como a Pumunuta Collca, localizada em uma caverna congelada.

Como chegar ao Vale do Colca

O ponto de partida para visitar o Vale do Colca é a cidade de Arequipa. Após uns dias explorando a cidade e curtindo todas as atrações de Arequipa, você pode seguir rumo ao Vale do Colca, que fica a aproximadamente 4 horas de distância de Arequipa.

As 3 formas mais comuns de conhecer o Vale do Colca são:

Tour 2 dias/ 1 noite | A forma mais comum de visitar o Vale do Colca é em um tour de 2 dias/ 1 noite, saindo de Arequipa e pernoitando na pequena cidade de Chivay no Vale do Colca. Os tours costumam sair de Arequipa às 8h da manhã e retornar na tarde do dia seguinte.

Tour 1 dia | Um bate-volta de Arequipa para o Vale do Colca, que não é muito recomendado pois fica muito cansativo. Os tours saem por volta das 4h da madrugada de Arequipa, visitam os principais pontos, param em Chivay para almoço e retornam a Arequipa no final do mesmo dia.

Trekking | Para quem busca aventura e mais contato com a natureza, o trekking no Vale do Colca é imperdível. As agências oferecem opções de 2, 3 e 4 dias de trekking.

Além disso, você pode fazer como a gente e ir por conta própria. Nós estávamos viajando com o nosso carro, mas é possível alugar um carro e fazer o trajeto tranquilamente. Basta marcar no GPS os pontos que você quer conhecer e pronto! Para aluguel de carros, recomendamos pesquisar o melhor preço no site da Rentcars.

Vale do Colca

Outra possibilidade é pegar um ônibus da Cruz del Sur ligando Arequipa a Chivay. Também não recomendamos essa opção, pois você vai precisar se locomover ao longo do Vale do Colca para visitar as principais atrações, exigindo outro transporte de qualquer forma.

Dica | Se o seu roteiro inclui uma visita à cidade de Puno, saiba que é possível seguir do Vale do Colca direto para Puno: há ônibus ligando Chivay a Puno, sem ter necessidade de retornar a Arequipa para seguir viagem.

Como é o roteiro tradicional 2d/1n pelo Vale do Colca

Embora a gente tenha ido por conta própria, fizemos o passeio pelo vale do Colca também em 2 dias. Nós procuramos seguir o itinerário que os tours costumam fazer, que é o seguinte:

Dia 1:

  • Saída de Arequipa
  • Parada no caminho para comprar folhas de coca
  • Parada no Vale de los Volcones
  • Chegada em Chivay e parada para almoço
  • Banhos termais
  • Jantar em Chivay e noite em Chivay

Dia 2:

  • Visita a alguns mirantes
  • Parada no Mirante Cruz del Condor
  • Visita a alguns vilarejos locais
  • Retorno a Arequipa

Vamos mostrar agora as principais atrações do Vale do Colca:

O que fazer no Vale do Colca: principais atrações

Vale de los Volcones

Antes de chegarmos ao Vale do Colca propriamente dito, há uma parada imperdível no caminho. É quando chegamos em Patapampa (a 4900 metros acima do mar) que podemos ver  Valle de los Volcones, ou ainda, o Mirador de la Cordillera Volcanica. Daqui é possível avistar alguns vulcões, como Misti, Ampato, Chachani e Sabancayo.

Vale do Colca
Mirante dos Vulcões, uma parada para admirar a cordilheira
Vale do Colca
As placas de pedra sinalizam e dão nome a cada um dos vulcões da cordilheira

Aqui também rola uma pequena feirinha de artesanato, mas o vento estava tão forte e gelado que só conseguimos ficar parados por poucos minutos!

Vilarejos do Vale do Colca

Ao longo do vale existem no total 14 cidades e vilarejos, com uma riqueza cultural muito interessante. Muitas dessas vilas preservam seus costumes e vivem de forma tradicional. Visitando algumas delas, você poderá conferir um pouco da arquitetura local, igrejas, casas feitas de pedra e ver de perto o dia a dia dos habitantes locais.

A maior cidade (e a mais desenvolvida) é Chivay, capital da província de Caylloma. É aqui que os tours fazem paradas para o almoço no primeiro dia e onde a maioria deles passam a noite. Além da quantidade razoável de acomodações, em Chivay há cafés e restaurantes.

Vale do Colca
Portal de Chivay, logo na entrada da cidade pagamos a taxa de entrada para o Vale do Colca

No segundo dia de tour, é quando visitamos outros vilarejos. Alguns que valem a visita são: Achoma, Maca, Yanque, Lari, Madrigal. Todos os tours incluem uma parada em pelo menos uma cidade dessas antes de retornar a Arequipa. Nós passamos por todas!

Vale do Colca
Praça de Achoma no Vale do Colca

Banhos termais

A poucos minutos do centrinho de Chivay fica La Calera, um conjunto de piscinas para quem quer curtir um banho termal relaxante. Nós ficamos sem tempo para curtir os banhos termais, mas quem vai no tour 2d/1n terá tempo livre para relaxar na água quente ainda no primeiro dia, no final da tarde. Dizem que fica um pouco cheio, já que os tours acabam parando ali no mesmo horário.

Vale do Colca
Aguas termais em Chivay

Mirador Cruz del Condor

O melhor fica para o segundo dia: o ponto alto de um tour pelo Vale do Colca é o Mirador Cruz del Condor. É aqui que as aves gigantescas vêm se exibir, durante seus voos matinais pelo Cânion do Colca. Eles são realmente grandes, é a terceira maior ave voadora do mundo e pode alcançar 3,20m de envergadura.

Vale do Colca
Visitantes apreciam o voo de um dos condores
Vale do Colca
O Condor é realmente incrível! Gigante! Você precisa ver com seus próprios olhos. E eles passam muito perto!

O mirante fica a 3.320 metros de altitude. Mesmo se você é daqueles que não vê muita graça em condor, saiba que só a vista ao redor do mirante já vale a parada aqui. Mas quem quer conferir os condores deve se programar para estar aqui pela manhã, já que as aves costumam aparecer entre 8h e 9h30. O lugar vai estar cheio de vans e ônibus de excursão, que costumam fazer a primeira parada aqui na manhã do segundo dia.

Outros mirantes

Não é apenas o Mirador Cruz del Condor que oferece belas vistas do Vale do Colca. Existem vários mirantes ao longo do caminho que definitivamente merecem uma paradinha. Cada tour para em um mirante diferente, mas não se preocupe pois todos eles oferecem uma vista incrível do Vale do Colca. Os mirantes que conhecemos foram:

  • Mirador de San Miguel
  • Mirador Choquetico
  • Mirador Antawilke
  • Mirador WayraPunko
Vale do Colca
Um dos mirantes pelo caminho do Vale do Colca

Depois de visitar mirantes e vilarejos no Vale do Colca, é hora de voltar para Arequipa.

Quanto custa visitar o Vale do Colca

Se você vai fechar o clássico tour de 2 dias/ 1 noite, espere pagar entre 80 e 200 soles. O que costuma variar no preço é o tipo de acomodação. Normalmente os tours incluem acomodação com café da manhã e um jantar típico no primeiro dia. Nós não fomos a nenhum jantar desses, mas disseram que é daqueles programas bem turistão mesmo.

Existem várias agencias em Arequipa oferecendo o tour, mas você pode fechar seu tour para o Vale do Colca com antecedência se preferir.

É preciso se atentar para um valor que geralmente não está incluso no pacote: a taxa de visitação ao Vale do Colca. Para sul americanos, o valor é de 40 soles. Demais estrangeiros pagam 70 soles. Essa taxa é normalmente cobrada na entrada de alguma cidade do Vale do Colca, ou ainda na estrada ao longo do vale.

Mais dicas para visitar o Vale do Colca

  • Para o Vale do Colca, leve um bom agasalho (faz bastante frio à noite) e um casaco corta-vento, além de óculos de sol e protetor solar. Se quiser, pode deixar sua mala em Arequipa (se você for voltar pra lá) e levar uma mochila com o essencial para uma noite apenas. Muitos tours vão te aconselhar a fazer isso devido à falta de espaço no ônibus/ van.
  • Não esqueça de levar dinheiro para refeições e para a taxa de entrada no Vale do Colca (40 soles para sul americanos e 70 soles para demais estrangeiros)
  • Durante o passeio para o Vale do Colca, chegamos a ultrapassar os 4.000 metros de altitude. Portanto, beba muita água e esteja preparado para os possíveis sintomas do soroche. Escrevemos um post com dicas de como evitar o mal de altitude. É uma ótima ideia comprar umas folhas de coca no caminho.
  • Por mais preparado que você esteja, não deixe de fazer um seguro viagem. Precisamos ir ao médico durante nossa viagem pela América do Sul (sim, por causa do soroche), portanto é fundamental fazer seguro. Sugerimos fazer uma busca pela Segurospromo, um site que compara preços e dá uma enorme variedade de opções de seguro. Aproveite para usar nosso código EMALGUMLUGAR5 e ganhar 5% de desconto!

Dica Bônus

Como fomos por conta própria nos hospedamos em Cabanaconde que fica mais próxima do Mirador Cruz del Condor para chegar pela manhã. Se você acordar bem cedo, entre os vilarejos de Pinchollo e Cabanaconde existe um Geiser, mas sua fumaça só é vista nas primeiras horas do dia devido a temperatura ambiente. Infelizmente chegamos a tarde a não pudemos apreciar a fumaça, tente chegar lá 6h30 da manhã.

Seu passeio para o Vale do Colca combina com:

Arequipa | A cidade de Arequipa é o ponto de partida para conhecer o Vale do Colca, portanto, não perca a oportunidade de conhecer uma das cidades mais lindas do Peru. Encante-se com o centro histórico riquíssimo de Arequipa e com suas obras muito bem conservadas, entre elas os mosteiros, a catedral e a imperdível Plaza de Armas.

Huacachina | Que tal aproveitar sua trip pelo Peru para conhecer o deserto de Huacachina e curtir o único oásis da América do Sul? Além de super fotogênico, esse oásis é um dos melhores lugares se divertir com sandboard e com passeios de buggy.

Nazca | Faça um sobrevoo pelas misteriosas linhas de Nazca e fique ainda mais intrigado com as histórias místicas do Peru.

E você, já esteve no Vale do Colca? O que achou desse lugar?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Peru: explore

2 comentários em “TUDO SOBRE O PASSEIO PARA O VALE DO COLCA, NO PERU”

  1. Mauricio Hermann disse:

    Show! EStivemos lá e foi fantástico. Parabéns pelo relato!!!

    1. Caio Farias disse:

      Gostou Maurício? Achamos o lugar incrível! Obrigado pela mensagem!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

Porque um dia de semana qualquer em Arraial do Cabo com o pessoal da @lagostrilhas sempre rende foto boa!#emalgumlugardomundo #arraialdocabo #destinosimperdiveis #topdestinos #turismobrasil

Essa foto tá pra sair do forno tem tempo, mas a correria do dia a dia tem nós mantido meio distantes daqui.
Daí hoje fizemos uma pausa pra refletir sobre a rotina que “rouba” nosso tempo.
É muito bom estarmos tão envolvidos com o blog e com os projetos que tocamos. E sim, viver do nosso blog de viagem dá muito mais trabalho do que muitos imaginam! Mas é muito bom e só temos a agradecer.Afinal, graças a ele conhecemos tantos lugares maravilhosos. Alguns do outro lado do mundo, outros pertinho do nosso – até então – lar oficial.Um dos últimos destinos que conhecemos foi a Cachoeira do Saco Bravo, em Paraty. Pra chegar nela, encaramos uma trilha de 9km saindo de Ponta Negra, uma vila Caiçara próxima a Trindade e Praia do Sono. Bem cansativa, mas não poderia ter melhor recompensa do que esse visual: uma piscina natural, formada por uma cachoeira na beira do mar!
Por mais viagens assim. E por mais momentos de reflexão e felicidade por nossas escolhas de destinos e de vida!
.
.
.
.
.
#emalgumlugardomundo #paraty #costaverde #destinosimperdiveis #destinosbrasileiros #mtur #qualviagem #embarquenaviagem #errejota #turismobrasil #proximaviagem #achadosdasemana #gostariadeiroficial

😃 Uma praia dessas é mais felicidade que um parque de diversões sem fila!!! É não é que é essa a sensação mesmo? Parando aqui pra pensar e agradecer pelo quanto a gente é sortudo na vida por ter momentos maravilhosos em lugares paradisíacos assim – e vazios na baixa temporada 🙏❤️ A belezura de Trindade nos diazinhos de sossego que passamos na @pousada_cabeca_do_indio e fomos diversas vezes à Praia do Cachadaço. 🏝
Conta pra gente: qual seu destino preferido pra curtir um momento relax?#emalgumlugardomundo #trindade #paraty #mtur #destinosbrasileiros #missaovt #revistaqualviagem #embarquenaviagem #praiasbrasileiras #achadosdasemana #errejota #proximaviagem #viajarfazbem

Ainda sobre Trindade: essa é a piscina natural do Cachadaço (ou Caixa D’Aço). Pude muitas vezes contemplar esse lugar lá de baixo, mas a vista de cima dela é incrível!
O legal daqui é que, mesmo com o mar  bem agitado, as pedras dão a proteção ideal para um mergulho bem tranquilo!#emalgumlugardomundo #paraty #trindade #destinosbrasileiros #mtur #qualviagem #destinosimperdiveis

Tem horas que tudo que a gente quer é brincar. Como é bom voltar a ser criança, mesmo que seja por alguns poucos minutos!#emalgumlugardomundo #paraty #trindade #embarquenaviagem #destinosbrasileiros #mtur #viagemeturismo

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!