CONHEÇA BOHOL NAS FILIPINAS: TUDO SOBRE A ILHA

Conheça todas as belezas de Bohol e confira tudo que você precisa saber para conhecer essa ilha encantadora nas Filipinas.

  • Adriana
  • -
  • 17 de fevereiro de 2018
  • 22 Comentários

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e baixe nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Bohol é uma encantadora ilha das Filipinas que ainda é pouco conhecida pelos turistas brasileiros. Esse destino é um prato cheio para quem quer se deslumbrar com paisagens exóticas, animais silvestres e praias paradisíacas a perder de vista. Vamos te mostrar nesse post todos os encantos e tudo o que fazer em Bohol pra você curtir ao máximo esse destino!

A ilha de Bohol nas Filipinas oferece um misto de selva e litoral que a torna muito fascinante. Diversos pontos de mergulho, praias de areia branca, “montanhas de chocolate”, társios (os menores primatas do mundo), florestas… a lista de pontos turísticos de Bohol é vasta.

Sabemos o quanto é difícil decidir quais destinos visitar nas Filipinas, afinal tudo parece lindo e imperdível (e realmente é assim!). Mas nós decidimos passar alguns dias em Bohol e posso afirmar que fizemos a escolha certa: ficamos encantados com esse lugar!

Bohol Filipinas

Confira aqui todas as nossas dicas de Bohol e inclua já essa ilha no seu roteiro pelas Filipinas!

Saiba mais sobre Bohol

As Filipinas são um arquipélago gigante, com mais de 7 mil ilhas, umas muito diferentes das outras. A ilha de Bohol ocupa o décimo lugar entre as maiores ilhas do país e tem espaço de sobra para acomodar uma rica fauna e flora, com florestas tropicais, montanhas, praias e uma vida marinha incrível. Além disso, Bohol é a casa dos menores primatas do mundo, os társios, que correm sério risco de extinção.

Onde fica Bohol

Localizada na região das Visayas, grupo de ilhas central das Filipinas, Bohol está ao lado de uma das ilhas mais importantes do país, a ilha de Cebu. Cercada por mais de 70 ilhotas próximas, Bohol definitivamente deve fazer parte do seu roteiro na hora de conhecer as Filipinas!

Como chegar em Bohol

Se você estiver na capital Manila, existem voos diretos para a principal cidade de Bohol, Tagbilaran. As empresas Philippine Airlines e Cebu Pacific fazem este trajeto diariamente e o voo dura em média duas horas.

Caso você esteja na ilha de Cebu, há voos diretos que demoram cerca de 30 minutos para chegar em Bohol (na cidade de Tagbilaran).

Também é possível fazer a travessia para Bohol de balsa, partindo de Cebu e outras ilhas como Mindanao, Negros e Pagadian.

As balsas normalmente chegam no porto de Tagbilaran, mas existem vários outros portos espalhados ao redor da ilha. Por isso, é importante se certificar em qual porto você vai chegar em Bohol para se localizar melhor.

Existem balsas rápidas e mais lentas e isso vai influenciar no valor da passagem. De Cebu, a passagem mais econômica vai te custar cerca de 220 pesos pela Lite Shipping, que sai em dois horários diariamente e é uma das opções mais baratas. A viagem dura em média três horas. Uma boa dica é ver os horários das balsas pela internet e tentar chegar com pelo menos 2 horas de antecedência para comprar a passagem.

Como circular em Bohol

Se você quiser ter liberdade e fazer os passeios por conta própria, a melhor opção de transporte em Bohol é de moto. Nós alugamos uma scooter para explorar a ilha e pagamos 300 pesos a diária, esse é o valor médio do aluguel por lá.

O trânsito é tranquilo e existem placas para te direcionar, dá pra andar despreocupado. Nada de caos como o que vimos em Hanói ou Ho Chi Minh no Vietnã, por exemplo.

Se a ideia é economizar, o transporte público também funciona bem para se locomover em Bohol. Neste caso, o ideal é se hospedar em Tagbilaran, já que é dali que saem os ônibus para outras partes da ilha.

Outra opção de transporte em Bohol são os simpáticos triciclos, que podem ser motorizados ou não. Eles estão por toda parte e você pode pagar pela hora ou pela distância percorrida, tudo vai depender de como você negociar a corrida.

Bohol Filipinas
Bohol Filipinas

Onde ficar em Bohol

Há uma infinidade de opções de hospedagem em Bohol, desde resorts luxuosos na beira da praia até hostels econômicos para quem viaja com pouca grana.

O principal é escolher uma região que vá atender às suas necessidades, como transporte, comércio e proximidade dos principais passeios. Como a ilha é grande, dá até pra dividir sua estadia em Bohol em dois lugares diferentes para facilitar a locomoção, caso sua viagem não seja tão corrida.

Aqui vamos indicar as principais regiões que os turistas escolhem para sua hospedagem em Bohol:

Panglao

Quem escolhe se hospedar em Panglao tem que saber que esta é uma ilha separada de Bohol, mas que está convenientemente ligada por uma ponte à ilha principal. O ideal para quem se hospeda ali é ter um meio de transporte confiável caso não queria depender do transporte público.

Um dos lugares mais procurados por ali é a praia de Alona, considerada por muitos uma das melhores praias da ilha. Nós ficamos hospedados ali e achamos bem conveniente, pois aproveitamos uns dias nessa região e alugamos a moto pra rodar pelo resto da ilha nos dias seguintes.

Que tal se hospedar bem na praia? Com diárias de R$230, o Alona Vida Beach Resort fica na melhor localização da badalada Alona Beach, ao lado de restaurantes e comércio. A piscina do hotel não é muito grande, mas que diferença faz se você estará a poucos metros do mar?

bohol filipinas_alona
Alona Vida Beach Resort. Foto: divulgação

Já a poucos passos da praia de Danao está o Nora’s Place, com opções de quartos ou pequenos estúdios com cozinha. A decoração é linda, principalmente na área da piscina, com palmeiras e boas áreas de descanso. Você pode alugar sua moto ali mesmo se quiser.

Tagbilaran

A capital da ilha de Bohol é uma boa opção caso você queira estar perto de tudo: comércio, bancos e transporte público. Depois de Panglao, é a segunda região em Bohol mais buscada pelos turistas.

Além de ser uma área mais barata, é dali que partem os ônibus que vão para quase todas as partes da ilha. Fora isso, o aeroporto também fica em Tagbilaran, por isso acaba sendo estratégico se hospedar em Tagbilaran.

Uma boa opção de hospedagem é ficar no Ocean Suites Bohol Boutique Hotel, com diárias a partir de R$150. Afinal quem não ama uma piscina de borda infinita com vista pro mar?

bohol filipinas_ocean suites
Ocean Suites Bohol Boutique Hotel. Foto: divulgação

Loboc

Quem tem um diazinho extra e quer ter mais tranquilidade na sua estadia em Bohol, uma boa pedida é se hospedar por uma noite em Loboc. As hospedagens no meio da selva são mais rústicas, mas no geral, muito cômodas e agradáveis.

Fox & Fireflies Cottages tem vista privilegiada do rio Loboc e disponibiliza cabanas de bambu bem tradicionais para turistas que querem mais contato com a natureza. Além disso, o local possui um restaurante que oferece o melhor da culinária local e internacional e o hotel também pode te ajudar a organizar os tours pela ilha. A partir de R$90 o quarto duplo.

O que fazer em Bohol: dicas e principais atrações

Praias

Quando você pensa nas opções de o que fazer em Bohol, certamente as imagens de praias paradisíacas invadem sua mente, certo? Vamos falar rapidamente sobre as principais praias de Bohol para você poder curtir ainda mais sua visita e tirar suas próprias conclusões:

Panglao

Bohol Filipinas
Foto: micketymoc / CC BY 2.0

Para conhecer a ilha de Panglao você não precisa pegar nenhum transporte marítimo, já que ela está conectada à ilha de Bohol por uma ponte. Cercada por belas praias, as mais conhecidas são as praias de Alona e Danao.

Bohol Filipinas
Bohol Filipinas

De Alona saem os tours que te levam para conhecer as principais ilhotas ao redor de Bohol. O valor fica na faixa dos 400 pesos e o passeio é estilo hop on, hop off e vai te levar para a Virgin Island e a Balicasag.

Snorkel e mergulho são atividades muito procuradas na ilha, além de turistas em busca de sombra e água fresca nos bares e resorts da região.

Sinceramente, não me encantei muito com a beleza de Alona. Não é uma praia paradisíaca como imaginei, mas é bastante movimentada. No final achei uma delícia passar um tempo ali, escolhendo cada hora um restaurante ou bar diferente pra entrar, e fazendo uma massagem na beira da praia nos intervalos.

Virgin Island

Normalmente, esta é a primeira parada para quem faz passeios de barco (island hopping). O nome já dá a dica: esta é uma ilha inabitada e paradisíaca – essa sim! Durante o dia, a ilha recebe a visita de turistas e pescadores o tempo todo. Suas areias são bem claras e contrastam lindamente com o mar azul.

Balicasag Island

Balicasag Island – Foto: Instagram trailingivy

Se você é apaixonado pela vida marinha, não pode perder a oportunidade de conhecer a pequena Ilha Balicasag. Considerada um dos melhores lugares para fazer snorkel ou mergulho, as águas ao redor da ilha são super cristalinas.

Além de poder ver peixinhos coloridos e uma linda barreira de corais, talvez você dê sorte de poder nadar lado a lado com uma das enormes tartarugas marinhas que muitas vezes passeiam por ali.

Essa foi a maior frustração da viagem: tínhamos combinado um mergulho por lá, mas nosso barco quebrou a caminho de Balicasag e não conseguimos chegar até a ilha, olha que sofrido. No final das contas, acabamos mergulhando em outro ponto e curtimos do mesmo jeito!

Mergulho

Existem diversos pontos de mergulho em toda a ilha de Bohol e nas ilhas próximas e com certeza você vai ter a oportunidade de fazer snorkel ou até mesmo mergulhar em um deles.

Mergulho - Bohol Filipinas
Bohol Filipinas - Mergulho Tartaruga

Dizem que a ilha de Balicasag é um destes lugares perfeitos para se encantar os corais e a vida marinha, com opção de snorkel ou mergulho de até 50 metros. Fica pra próxima, sem barco quebrado!

Se o mergulho realmente é sua paixão, indicamos conhecer a ilha de Cabilao, que fica a cerca de duas horas de Bohol. Existem passeios que fazem bate e volta para lá ou então você pode se hospedar por lá para aproveitar o melhor da ilha. Quem mergulha por ali tem a chance de ver peixes grandes como barracuda e, se der sorte, até mesmo tubarão-martelo.

Chocolate Hills

Se você procurar o que fazer em Bohol, verá que as famosas Colinas de Chocolate são um dos principais cartões postais da ilha. As Chocolate Hills são centenas de colinas simétricas, que se alastram por uma área de 50 quilômetros quadrados.

Bohol Filipinas

A origem destas colinas é um mistério até os dias de hoje, mas uma possibilidade é de que elas sejam resultado de um fenômeno vulcânico. Os locais contam algumas lendas que tentam explicar o porquê desta paisagem incomum, mas a verdade é que ninguém sabe ao certo como tudo aquilo começou. E o nome “chocolate” vem da coloração das montanhas, que quase sempre está marrom.

Para chegar lá são duas horas de viagem saindo de Tagbilaran. Você pode contratar um tour e ver a paisagem ao longe ou então ir para lá por conta própria e explorar melhor a região. É fácil chegar nas Colinas de Chocolate com transporte público, moto táxi ou alugando uma moto.

Bilar Man-made Forest

No caminho para Chocolate Hills você vai encontrar essa floresta, que cobre cerca de 2km entre as vilas de Loboc e Bilar. Seu nome oficial é Floresta de Bilar, mas é conhecida como “floresta feita pelo homem”.

Bohol Filipinas

Esta floresta foi criada com a intenção de dar um fim no desmatamento que devastou a região do rio Loboc. O governo contou com a ajuda da comunidade local para plantar sementes de mogno branco e vermelho, que hoje formam esta imensa floresta quase simétrica que atrai os olhares de quem passa por ali.

Normalmente, os tours param na beira da estrada para você tirar fotos no local e respirar o ar fresco que vem da floresta. Se você estiver de moto, o passeio é ainda mais divertido!

Cruzeiro no rio Loboc

Outro destaque do turismo em Bohol são os cruzeiros que descem o rio Loboc, uma atração bastante popular principalmente entre os turistas filipinos. Conhecidos também como restaurantes flutuantes, estes cruzeiros oferecem refeições típicas enquanto você desce o rio e aprecia a natureza ao redor.

O passeio custa em média 400 pesos com almoço incluso e bebidas à parte. Com duração média de uma hora, você vai ter à sua disposição um buffet de comida típica filipina, nada muito elaborado, mas com ótimas opções, principalmente de frutos do mar.

Durante o passeio, a trilha sonora fica por conta de músicos locais. No final, o tour passa por uma plataforma com mulheres e crianças com roupas tradicionais da região, cantando e dançando músicas típicas.

Cachoeiras

Existem várias cachoeiras ao redor da ilha de Bohol e se você quer explorar um pouco mais a ilha, vale a pena conhecer a cachoeira Dimiao. Para chegar lá, você deve ir até o mercado público de Dimiao e, dali, algumas pessoas vão te oferecer transporte e guia para a cachoeira. São três cachoeiras lindas, com água limpa para nadar e se divertir em meio à natureza.

Outra opção é conhecer a cachoeira Mag-Aso e, para isso, você vai ter que se deslocar até a pequena vila de Antequera. De lá é fácil conseguir informações de como chegar nesta cachoeira, que sofreu bastante com o terremoto de 2013, sofrendo algumas alterações geográficas. Mesmo assim, vale a pena desfrutar da paisagem pelo caminho e de sua queda d’água.

Tarsier Sanctuary

Você sabia que os menores primatas do mundo, os pequenos társios, correm um grande risco de extinção? O que descobrimos é que há uma grande iniciativa na ilha de Bohol para reverter esta triste situação.

Perto da vila de Corella está o Tarsier Sanctuary , entidade que visa proteger estas pequenas criaturas e o seu habitat natural, além de criar uma consciência ecológica na população local.

Os társios nesta reserva vivem livres e podem até mesmo sair da área do santuário, se for da vontade deles. Os trabalhadores estão ali apenas para monitorar a população e cuidar de eventuais doenças.

Apenas uma pequena área do santuário pode ser visitada. É estritamente proibido tocar nos animais e não há nenhuma garantia de que você vai encontrar algum, caso visite o local. Além de pequenos, os társios são animais noturnos e por isso é muito difícil conseguir vê-los durante o dia.

Fica aqui o alerta: existem dois “santuários” em Loboc, portanto NÃO visitem o Tarsier Conservation Area. As condições são precárias e eles permitem os turistas tocarem nos bichos, o que é praticamente uma sentença de morte no caso dos társios.

Isso era um dos ítens incertos na nossa lista sobre o que fazer em Bohol. Nós acabamos não indo, pois ficamos na dúvida se o trabalho do Tarsier Sanctuary era realmente sério. Naquele momento preferimos não colaborar com esse tipo de turismo.

Loboc Ecotourism Adventure Park e Chocolate Hills Adventure Park

Para os aventureiros de plantão, a ilha de Bohol tem duas atrações imperdíveis: o Loboc Ecotourism Adventure Park e o Chocolate Hills Adventure Park.

O ponto alto da visita ao Loboc Ecoturism Adventure Park é a enorme tirolesa que atravessa o rio Loboc e vai te fazer voar no meio da selva. Claro que nós fomos e adoramos! Lá eles também têm pacotes que incluem o cruzeiro com almoço no rio Loboc.

Bohol Filipinas
Bohol Filipinas

Outra ótima dica imperdível sobre o que fazer em Bohol é ir conhecer o Chocolate Hills Adventure Park. O parque oferece uma série de atividades como canoagem e tirolesa. Mas o grande destaque aqui é a tirolesa com bicicleta, onde você atravessa de uma colina para outra em cima da bike. Quando fomos ainda estava batendo um bom vento, para aquela dose extra de adrenalina!

Bamboo Hanging Bridge

Ligando as duas margens do rio Sipatan, a ponte suspensa de bambu virou um atrativo turístico para os amantes de natureza que visitam Bohol. O cenário é bem bonito: um rio esverdeado abaixo, a longa ponte de bambu e a floresta densa em cada lado do rio.

Bohol Filipinas

São 40 metros que separam uma ponta da outra da ponte. Ela é reforçada com cabos de aço para dar mais segurança aos visitantes, mas sim, ela balança! Para chegar ali, basta pegar um desvio da via principal que vai para Sevilla.

Quer mais dicas de viagem? Curta nossa página no Facebook!

em algum lugar do mundo no facebook

Onde comer em Bohol

A culinária filipina divide opiniões, mas se você quer desfrutar do melhor da gastronomia local, não deixe de conhecer o Gerarda’s, em Tagbilaran. Além de servir deliciosos pratos típicos filipinos, você vai ter o prazer de ser muito bem atendido e a um preço bastante razoável.

Para quem está pela praia de Alona, aqui vão duas ótimas opções: Luna Rossa e L’Elephant Bleu. O primeiro é um restaurante italiano vegetariano, que tem um monte de delícias no cardápio que fazem valer à pena o tempo de espera. E o segundo oferece opções bem variadas. Nós provamos o hambúrguer e amamos.

Quando ir

Cenário de algumas tragédias naturais, como o terremoto de 2013, a região em que Bohol está localizada costuma sofrer também com a ação de tufões. Para não ter maiores emoções durante a viagem, o ideal é evitar a época de chuvas e grandes ventos, entre junho e setembro.

Tente planejar sua viagem para Bohol entre dezembro e abril, assim você poderá curtir a ilha com maior tranquilidade e garantia de bom tempo. Durante o verão, os termômetros ultrapassam os 30 graus, o que é ótimo para quem quer desfrutar das belas praias da ilha de Bohol.

Não esqueça o seguro viagem!

Vamos lembrá-lo de aproveitar o planejamento da sua viagem incrível pras Filipinas e incluir um seguro de viagem, pra evitar maiores dores de cabeça sem necessidade. Recomendamos sempre comparar preços e escolher a opção que melhor se encaixa às suas necessidades. Um bom lugar pra fazer essa pesquisa é a Segurospromo, que já deixa você pesquisar e comprar online. E usando o nosso código EMALGUMLUGAR5 você ainda ganha 5% de desconto.

Ficou com vontade de conhecer Bohol nas Filipinas? Conta pra gente!

E se vai viajar pelo sudeste asiático, confira também esses posts:

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Baixe agora nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Filipinas: explore

22 comentários em “CONHEÇA BOHOL NAS FILIPINAS: TUDO SOBRE A ILHA”

  1. Tina Wells disse:

    Muito legal esse lugar! Nunca pensei nas Filipinas como um destino paradisíaco, mas estava enganada! Ótimas dicas e belas fotos! Só não sei se teria coragem de fazer a tirolesa na bicicleta!

  2. Oi Xará… Que lugar sensacional!!! Eu amei a ilha, parece tudo lindo e tranquilo, sem trânsito louco né??? Cara, quando a Indonésia entrar na minha lista (quando meus filhos estiverem maiores), certamente vou querer conhecer. Obrigada por compartilhar

  3. Que viagem maravilhosa!
    Pena que você não conseguiu chegar até Balicasag… Eu a achei encantadora! E não sei se eu teria coragem da tirolesa com a bike, mas achei super interessante!

  4. Lid Costa disse:

    Nunca tinha ouvido falar nessa ilha, pelas fotos parece ser linda!! Já quero rs E esse bichinho, társio..nem sabia que existia tbm, mas achei fofinho hehe

  5. Ana disse:

    Bohol parece ser um lugar muito interessante, não conhecia. Gostava imenso de conhecer as Filipinas mas admito que conheço pouco do destino, pelo que todas as sugestões aqui dadas me pareceram fantásticas! As Chocolat Hills são impressionantes 🙂

  6. Analuiza disse:

    oi Adriana… não tinha ideia de as Filipinas eram um lugar tão bonito, interessante e atraente! As fotos estão lindas, as informações precisas e a vontade de conhecer presente! 🙂

  7. não conhecia essa ilha, tem taaantas nas Filipinas né, tem que fazer uma listinha pra não esquecer auehaue e nada supera o caos do trânsito no vietnã, acho incrível como funciona ahueaheua

  8. Nossa, como tem lugar maravilhoso e interessante neste mundo nosso. Eu nunca tinha ouvido falar desta ilha. E o que é a Ilha Balicasag? Que coisa mais linda. E a lista só cresce…

  9. NiKi Verdot disse:

    Uau!!! Adriana, amei seu guia de Bohol! Fiquei ainda mais encantada com esse lugar que sou louca para conhecer. Gente que lugar lindo e quantas coisas para conhecer! Parabéns e mto obrigada!

  10. Bruna disse:

    Post super completinho! Visitei Bohol um dia depois de um terremoto em outra ilha que derrubou a energia elétrica por dias… Foi meio complexo e não deu para aproveitar tudo. Mas é tudo lindo mesmo como você contou!

  11. Nunca tinha ouvido falar, mas parece ser um lugar muito legal… adoro ilhas! Dicas anotadas! 🙂

  12. Ruthia disse:

    Já tinha visto imagens dos pequenos társios mas não sabia o nome deles ou sequer que estavam em perigo de extinção. Triste como a ação humana consegue ser devastadora. Adorei as colinas de chocolate e as imagens subaquáticas. Um pequeno paraíso

  13. Que lugar belíssimo e pouco explorado pelos brasileiros. Adoro destinos de ecoturismo e pelo seu relato há muito o que fazer por lá. Adorei a dica. Parabéns pelo ótimo post, super completo.

  14. É Mar, é Rio, é floresta, fauna, flora…
    Que lugar completo!!! Eu nunca tinha ouvido falar, confesso, mas agora vou ligar o meu radar para mais informações desse paraíso!

  15. É muita coisa pra fazer nesse lugar maravilhoso. A Ilha Balicasag é qualquer coisa de paraíso, que visual! Pena que algumas espécies estão ameaçadas, vamos torcer para que as iniciativas de preservação tenham sucesso.

  16. rui batista disse:

    Bohol foi das ilhas que mais gostei nas fantásticas Filipinas… foi muito bom “voltar” através dos vossos textos e fotos 🙂 Voltou boa saudade…

  17. Anna Luiza disse:

    Que lugares lindos. Nunca tinha ouvido falar. Simplesmente ameeeei a tirolesa de bicicleta. Já quero! Ótimo post!

  18. Fabia Fuzeti disse:

    7 mil ilhas nas Filipinas???? Que difícil escolher quais visitar! Amei Bohol. Achei as praias lindas e a natureza exuberante. E o que dizer da cor desse mar??? Que coragem de ir nessa tirolesa de bicicleta! Ainda mais com vento. EU acho que não encarava rs

  19. Eu tô apenas CHOCADA com essas montanhas redondinhas!!! Confesso que não conhecia a ilha mas acabou de entrar pra minha bucket list eterna de viagem.. Que lugar lindo!

  20. to impressionada com os preços! R$150 por um hotel com piscina de borda infinita? sensacional

    1. Caio Farias disse:

      Sim, o sudeste asiático é um paraíso para se hospedar barato!

  21. Sempre imaginei as Filipinas como um destino paradisíaco!!! Agora depois desse texto e fotos maravilhosas, preciso me programar para conhecer.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!