O que fazer em San José, capital da Costa Rica | Em Algum Lugar do Mundo

O QUE FAZER EM SAN JOSÉ, CAPITAL DA COSTA RICA

As principais atrações para conhecer em uma rápida visita à cidade, além de passeios bate-volta imperdíveis.

  • Adriana
  • -
  • 18 de janeiro de 2020
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Costa Rica é o destino perfeito para quem quer curtir a natureza. Mas quando o assunto é o que fazer em San José, o cenário fica diferente: a capital costa-riquenha não conta com cenários paradisíacos como o restante do país, mas há outras atrações por aqui que merecem ser exploradas em uma passagem pela cidade.

A maioria das pessoas que visitam o país chegam em San José e já seguem para outros destinos. Mas a nossa dica é: aproveite sua passagem pela cidade para conhecer museus, teatros e restaurantes – e sinta como é a vida na agitada capital da Costa Rica.

O que fazer em San Jose, Costa Rica -
Foto: https://news.co.cr/

A verdade é que não é preciso se estender muito por aqui: em um ou dois dias você conhece os principais pontos turísticos. Muita gente também aproveita para fazer de San José uma base para conhecer destinos próximos, como parques nacionais, vulcões e cachoeiras.

Nesse post mostramos tudo o que fazer em San José, além de destinos imperdíveis que podem ser feitos em um bate-volta da cidade. Confira!

Vai viajar para Costa Rica? Confira as dicas para os principais destinos:

Onde ficar em San José na Costa Rica

Antes de mostrarmos o que fazer em San José, vamos a uma dica importante: se você tem pouco tempo para explorar a cidade, tente se hospedar no centro. O trânsito em San José é bem pesado e você não vai querer perder seu precioso tempo em deslocamentos.

Dependendo de onde você ficar no centro, dá pra fazer quase tudo a pé. Nós ficamos no Selina San José e não precisamos de carro. Além da localização ótima, esse hostel-hotel tem a melhor relação custo – benefício que nós encontramos.

Nós ficamos em um quarto privado, mas há opções de quartos compartilhados também. A decoração é incrível e as instalações fazem toda diferença: restaurante gostoso, cozinha comunitária para quem quer fazer sua própria comida, espaço de coworking, aulas de yoga… uma experiência completa.

O que fazer em San José na Costa Rica

City Tour em San José

Se você tem pouco tempo na cidade, considere fazer um city tour. Os passeios duram de 3 a 5 horas e cobrem algumas das principais atrações da cidade, dando todo o contexto histórico que fazem o tour valer a pena.

Há diversas opções de passeios, mas você pode escolher um dos city tours gratuitos, que funcionam à base de colaboração e normalmente são projetos independentes feitos por locais.

Avenida Central

A Avenida Central deve ser seu ponto de partida ao planejar o que fazer em San José na Costa Rica. É uma das principais ruas da cidade, localizada bem no centro e com diversos museus, lojas e restaurantes nos arredores.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Avenida Central
Foto: Haakon S. Krohn / CC BY-SA 3.0

Aproveite para passear por aqui e sentir um pouco da vida local, com vendedores, artistas de rua e muito movimento de ticos, principalmente no fim da tarde. Depois, é só seguir para sua primeira parada.

Museus

Se você curte museus, não vai faltar o que fazer em San José. E se considerarmos o tamanho da cidade (e do país), até que tem bastante museu por aqui – alguns deles muito bons!

Se você tem pouco tempo, sugiro focar nos dois principais: Museo Nacional de Costa Rica e o Museo del Oro Precolombino.

O Museo Nacional de Costa Rica é o melhor lugar para você aprender sobre a história da Costa Rica. O museu faz um apanhado geral com exibições de obras da época pré-colombiana, passando por arte moderna e incluindo exibições sobre o extinto exército da Costa Rica.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Museo Nacional
Foto: Fespinozalemistre / CC BY-SA 4.0

O museu está aberto de terça a sábado das 8h30 às 16h30 e domingo das 9h às 16h. A entrada é paga.

Você sabia que a Costa Rica não tem exército? Em 1948 o Presidente José Figueres aboliu as forças armadas do país. Outra curiosidade é que o local que abrigava o exército, conhecido como “Cuartel Bellavista”, funciona desde então como endereço do Museo Nacional.

Já o Museo del Oro Precolombino é um ótimo complemento ao Museu Nacional. Como o próprio nome já diz, não falta ouro por aqui: são mais de mil artefatos criados por indígenas desde os anos 500d.C. Está tudo exposto em ordem cronológica e há também um vídeo que é apresentado no meio da exposição, o que facilita muito nosso entendimento. Aberto todos os dias de 9h às 16h30. Entrada paga.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Museo de Oro
Foto: Fespinozalemistre / CC BY-SA 4.0

Outros museus recomendados, mas que não tivemos tempo de visitar: o Museo del Jade, com o maior acervo de artefatos em jade do mundo. São mais de 7 mil peças desde a época pré colombiana. E o Museo de Arte y Diseño Contemporáneo, fundado em 1944 e com foco em arte e design da América Central contemporânea.

Teatro Nacional

Outra relíquia histórica da Costa Rica, o Teatro Nacional fica próximo aos muses e está aberto ao público. Ele foi construído entre 1891 e 1897, e sua arquitetura e decoração incluem influências europeias de artistas franceses e italianos.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Teatro Nacional
Foto: MadriCR / CC BY-SA 4.0

Uma das curiosidades que você vai aprender na visita é que o teatro foi construído com o dinheiro de impostos do café. Você pode conhecer o teatro por conta própria, mas recomendo se juntar a um tour guiado, que acontece em diversos horários – e o preço do tour já está incluso no ingresso.

Catedral Metropolitana

Ainda no centro e bem próxima ao teatro, fica a Catedral Metropolitana. Seu exterior é aparentemente sem graça, mas basta entrar na igreja para se encantar com sua arte. Você irá encontrar vitrais, esculturas de madeira e uma figura de Cristo reclinado, que fica no lado norte (é o local onde os devotos deixam suas orações em um papel).

Mercados e lojas

Uma boa opção do que fazer em San José é visitar os mercados locais. O mais imperdível deles é o Mercado Central, com centenas de barraquinhas e lojas vendendo de tudo que você pode imaginar. Você pode aproveitar para comprar lembrancinhas de viagens e provar a comida costa-riquenha, já que no mercado há diversos restaurantes também.

Um lugar bem interessante é a Galeria Namu, com uma boa variedade de artesanatos feitos por diferentes grupos indígenas da Costa Rica (e de outros países também).

E uma alternativa para comprinhas de souvernirs é o Mercado Nacional de Artesanías, onde você encontra de produtos artesanais aos básicos chaveirinhos e camisetas.

Casa Amarilla

A Casa Amarilla é uma mansão colonial onde funciona o Ministério das Relações Exteriores. A arquitetura é lindíssima e ainda tem uma árvore histórica na frente: uma grande ceiba, plantada por John F. Kennedy durante sua visita à Costa Rica em 1963.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Casa Amarilla
Foto: Distrito Carmen Vecinos Activos

A casa não é aberta ao público – e por isso não a considero uma atração imperdível. Mas já que você vai passar por perto, por que não dar uma esticadinha até lá? Ela fica na Avenida 7, entre as ruas 11 e 13.

O que fazer em San José: passeios bate-volta de 1 dia

Ao decidir o que fazer em San José, você precisa considerar alguns dias cheios para visitar destinos nos arredores. A uma curta distância da capital você pode curtir atrações naturais imperdíveis da Costa Rica, incluindo cachoeiras, vulcões, praias e muito mais.

Dependendo do seu roteiro pelo país, você poderá visitar esses lugares em um bate-volta de San José, ou a caminho de outro destino.

Catarata del Toro e Blue Falls

Se você curte cachoeiras, tem um passeio que deve estar no topo da sua lista: conhecer a Catarata del Toro e as Blue Falls. As cachoeiras são próximas e podem ser visitadas em um dia.

A Catarata del Toro tem nada menos que 82 metros de queda e fica localizada dentro de uma cratera vulcânica, no meio da floresta. Sem dúvidas uma das cachoeiras mais lindas que vimos na Costa Rica!

Você deverá fazer uma trilha e descer muitos degraus para chegar em sua base – mas há alguns mirantes no caminho para você ir curtindo o visual. Ainda tem pássaros e outros animais para contemplar pelo caminho. Vale dizer que o banho nessa cachoeira é proibido.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Catarata Del Toro
Catarata Del Toro vista do alto

Para um banho refrescante, você deve seguir para as Blue Falls: uma série de cachoeiras e piscinas naturais com o tom de azul mais lindo que já vimos na vida!

As Blue Falls ficam perto da Catarata del Toro. Para chegar nelas, você precisa de um guia, o preço já está incluído no ingresso. A trilha não é difícil, mas inclui travessia do rio por pedras meio escorregadias.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Blue Falls
Blue Falls

Há duas opções de tour para as Blue Falls: light e full. Nós fizemos o primeiro, que é mais curto (cerca de 3 horas) e passa por diversas piscinas e 2 quedas d’água impressionantes!

Dica | esse é um passeio que pode ser feito em um dia partindo de San José, mas se você preferir pode ficar hospedado por lá: há uma acomodação na entrada da Catarata del Toro. Essa é uma ótima opção para quem segue viagem para La Fortuna, pois a Catarata del Toro fica no meio do caminho.

Para saber mais, confira o site da Catarata del Toro e Blue Falls.

Vulcão Irazu

Outro programa imperdível é visitar um vulcão na Costa Rica. O vulcão Irazu é o vulcão ativo mais alto do país, localizado em um parque nacional de mesmo nome. Ele também pode ser facilmente visitado em um dia partindo de San José.

A última atividade do vulcão foi em 1994. Seu cume tem algumas crateras, sendo que a principal delas tem esse lago esmeralda lindo.

É importante alinhas suas expectativas, pois muitas vezes o tempo está encoberto e a visibilidade fica prejudicada. Se esse for o caso, espere alguns minutos pois o tempo muda muito rapidamente. Nós demos muita sorte: assim que chegamos, as nuvens deram uma trégua e conseguimos ter uma vista impressionante do Irazu!

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Irazu
Um dia de sol no vulcão Irazu

Dica | a caminho do vulcão Irazu fica a cidade colonial Orosi. Aproveite para fazer uma parada aqui e conhecer as ruínas da igreja de Ujarras.

Você pode ir por conta própria se alugar um carro, ou fechar um tour para o Vulcão Irazu, que normalmente inclui uma parada em Orosi.

Vulcão Poás

Outro vulcão muito famoso da Costa Rica é o Poás. Ele também pode ser visitado em um bate-volta de San José, pois a distância é de apenas 40km.

O Vulcão Poás é extremamente ativo – ele havia entrado em erupção meses antes de nossa visita. O cheiro de enxofre aqui é intenso e, dependendo do vento, eles disponibilizarão máscaras para usar durante sua visita. Por esse motivo, a estadia máxima no local é de 20 minutos.

E assim como no Irazu, o tempo é totalmente instável no vulcão Poás. Muitas vezes ele fica encoberto e pode ficar praticamente impossível enxergar sua cratera. Por aqui nós não tivemos muita sorte e a visibilidade ficou bem prejudicada – mas valeu a visita!

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Poás
O dia nublado na visita ao vulcão Poás

Para visitar o vulcão Poás, você deve comprar o ingresso com antecedência. É possível ir por conta própria ou fechar um tour para o vulcão Poás, que costuma incluir uma visita a La Paz Waterfall Gardens (nós preferimos conhecer a Catarata del Toro).

Rafting no rio Pacuare

Para quem busca uma alternativa ainda mais emocionante, fazer um rafting é a melhor pedida. Há diversos rios na Costa Rica em que é possível fazer a atividade, mas um dos melhores é sem dúvidas o rio Pacuare.

O rio tem classificação entre 3 e 4, garantindo uma boa dose de adrenalina nesse rafting, que conta com um cenário deslumbrante entre floresta, canyons e um rio maravilhoso!

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Rafting
O rafting é uma das atividades mais buscadas na Costa Rica

Para chegar lá, vá com seu carro alugado ou feche um tour de rafting no rio Pacuare saindo de San José.

Dica | se você for conhecer a região caribenha da Costa Rica, programe-se para fazer o rafting durante o deslocamento entre San José e Puerto Viejo, já que o rio Pacuare fica no meio do caminho entre esses dois destinos.

Isla Tortuga

Para curtir uma água salgada e areias clarinhas, um destino muito buscado é a Isla Tortuga. Você irá passar o dia mergulhando e fazendo snorkel em um lugar paradisíaco. Os tours para Isla Tortuga incluem almoço.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Isla Tortuga
Foto: Ylang Ylang Beach Resort

Dica | existem saídas regulares para Isla Tortuga partindo de San José, mas há outros pontos de partida mais próximos, em que o tempo de deslocamento é menor e o preço do passeio é mais baixo. Se você for para Santa Teresa, por exemplo, é melhor deixar para fazer esse tour quando estiver lá.

Parque Nacional Manuel Antonio

Um dos lugares mais visitados de toda a Costa Rica é o Parque Nacional Manuel Antônio. Essa área de reserva conta com muita vida animal, entre florestas e praias deliciosas.

Você pode passar o dia por aqui observando bichos (entre eles bichos preguiça e macaquinhos fofos), fazendo trilhas e se refrescando em algumas das praias mais lindas do país.

Existem opções de tour para o Parque Nacional Manuel Antônio em um bate-volta de San José, mas só recomendo essa opção se você tiver muito pouco tempo de viagem. O ideal é separar alguns dias para conhecer a região, pois há muito o que fazer em Manuel Antonio além do parque nacional.

La Fortuna e vulcão Arenal

A região de La Fortuna e do Vulcão Arena é um dos lugares imperdíveis da Costa Rica. Por aqui você encontra uma variedade de atividades para curtir a natureza.

Por aqui é possível fazer trilhas pelas lavas do vulcão, ver muita vida animal em parques e reservas, andar em pontes suspensas, relaxar em deliciosas piscinas de águas termais… e claro que não podia faltar: cachoeiras. Aliás, a Catarata La Fortuna é imperdível!

O que fazer em San Jose, Costa Rica - La Fortuna
Vulcão Arenal em La Fortuna

Como há muitas atrações na região de La Fortuna e vulcão Arenal, o ideal é reservar 3 dias para explorar a região. Mas se o seu tempo estiver curto, é possível fazer um tour para La Fortuna bate-volta de San José.

Monteverde

Se o seu objetivo é curtir aventura e natureza, você definitivamente deve incluir Monteverde no roteiro. Essa região de floresta densa é um verdadeiro paraíso para quem curte um pouco de adrenalina.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Moteverde
Pontes suspensas em Monteverde

Em um passeio de um dia por Monteverde você poderá caminhar pelas incríveis pontes suspensas e passear em uma espécie de bondinho que te permite uma vista inesquecível da floresta. Mas vale dizer que há muito mais o que fazer em Monteverde, então esse é outro destino que merece uns dias a mais para ser explorado.

Onde comer em San José na Costa Rica

Se tem um lugar na Costa Rica em que você pode comer muito bem é em San José. A culinária no país é realmente uma delícia, mas em San José você encontra tanta variedade de restaurantes bons que é pra ficar perdido!

Vamos citar alguns nomes para você considerar uma visita. Café Rojo, um cantinho fofo que serve comida com inspiração vietnamita. Mirador Tiquicia, para curtir uma bela vista de San José e das montanhas. La Terrasse, um francês bem requintado. Café de los Deseos, para cervejas artesanais e hamburgeres (e pizzas, e tacos…). E por último, Ram Luna, para um programa turistão com direito a show e jantar típico em estilo buffet.

Chegando e circulando em San José

O aeroporto de San José fica a aproximadamente 17km do centro. Para sair do aeroporto você pode pegar um taxi/ Uber, usar um serviço de transfer ou pegar um ônibus (há um ponto de ônibus bem em frente, é só perguntar no centro de informações do aeroporto).

Se você ficar hospedado próximo ao centro, certamente não vai precisar de transporte. Nós ficamos no Selina e conseguimos fazer praticamente tudo a pé. Só evite circular sozinho à noite, por questões de segurança.

Caso precise se deslocar por distâncias maiores, recomendo o Uber, que funciona bem e sai mais barato do que o taxi. Se optar pelo transporte público, os ônibus funcionam bem: dá pra ir para qualquer canto de ônibus, mas eles ficam bem cheios e pode ser complicado entender os trajetos – nada que você não possa se informar com alguém.

Para visitar as atrações próximas de San José, é possível fechar tours ou alugar carro. Nós preferimos o carro alugado, porque sai mais barato (se estiver viajando com mais pessoas) e nos dá muito mais liberdade no roteiro.

E aproveitando o assunto, uma dica boa: se o seu roteiro pela Costa Rica incluir outros destinos além de San José, considere alugar um carro da Nomad America. Os carros são 4×4 e vêm com equipamento completo de camping. Ou seja: você resolve hospedagem e transporte de uma vez, além de garantir uma viagem no melhor estilo aventureiro.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Nomad América
Nossa companhia de viagem, Nomad America

Para alugar um carro comum, nós recomendamos o Rentcars, um site que compara preços das principais locadoras e mostra o melhor preço. Ainda tem a facilidade de pagar em reais (sem IOF) e em até 12x sem juros.

Dica | você certamente precisará de um GPS para dirigir pela Costa Rica. Ao invés de pagar mais pelo GPS no seu aluguel, é melhor comprar um chip de internet – assim você fica com internet no celular e pode usá-lo também como GPS.

Mais dicas de viagem para San José na Costa Rica

Quando ir

A Costa Rica conta com basicamente duas estações: a seca e a chuvosa. De uma forma geral, a melhor época para visitar San José é na estação seca, que vai de meados de dezembro até abril. Como consequência, essa é a época que o destino recebe mais visitantes e que os preços aumentam. O ideal é reservar tudo com antecedência.

Mas não se preocupe, é possível aproveitar o destino em qualquer época do ano, mesmo na temporada de chuvas: basta estar preparado e levar uma boa capa de chuva.

Dinheiro

A moeda oficial da Costa Rica é o colón costa-riquenho, mas você poderá usar tanto colones como dólares americanos durante a viagem, já que as duas moedas são usadas normalmente – você inclusive tem a opção de fazer saque em dólar nos caixas automáticos. O que acontece normalmente é de você pagar em dólares e receber o troco em colones.

O que fazer em San Jose, Costa Rica - Colones
Dinheiro costariquenho

Vale ressaltar que alguns lugares não aceitam notas de 50 e 100 dólares, então a melhor opção é já andar com dinheiro trocado. Cartões de crédito são bem aceitos em San José, mas o ideal é levar dinheiro se for para outros destinos.

E para comprar dólares para viagem, nós buscamos sempre uma agência online com bom preço. O Cotação tem uma ótima reputação e preços bem competitivos.

Internet

Nós recomendamos comprar um chip internacional para usar durante sua viagem, principalmente se você for viajar de carro e precisar de GPS.

Você poderá comprar um chip pré pago para usar internet na Costa Rica. Há 4 operadoras no país, e a Kolbi a mais recomendada. É preciso apresentar seu passaporte para compra. Nós compramos um chip pré pago ainda no Brasil (do Viaje Conectado). Sai mais caro do que comprar no destino, mas nós preferimos já sair conectados do aeroporto e usando GPS.

Saúde e segurança

Nós não tivemos nenhum problema quanto à segurança em San José. Mas a recomendação é que não se ande sozinho à noite pela rua. E siga as recomendações básicas de segurança: cuidado com seus pertences, não fique com dinheiro nem câmera à vista.

E não se esqueça de incluir um bom seguro viagem no seu planejamento. Vale a ressalva de que o seguro viagem não é requisito obrigatório para entrar na Costa Rica, mas é extremamente recomendado.

Para isso, vale dar uma olhada no site do Seguros Promo, um site comparador de preços que busca as melhores opções entre as seguradoras confiáveis. E aproveite que nós temos um desconto ótimo: basta usar o código EMALGUMLUGAR5 para conseguir 5% de desconto!

Seguros Promo

Curtiu nossa lista de tudo o que fazer em San José?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

COSTA RICA NÃO É SÓ PRAIA! 
Se vc acha que o país (que por sinal é um dos lugares mais biodiversos do mundo) tem só belas praias a oferecer, dá uma espiada nessa beleza. 
Uma das cachoeiras mais bonitas que visitamos na Costa Rica foi a Catarata Rio Fortuna, com nada menos que 75 metros de queda d’água.

E para se banhar nessa maravilha, é preciso encarar uns 500 degraus de escadaria. Dica: desça na maior empolgação pra dar um mergulho nessa belezura e deixa pra sofrer na volta 😅 
Nós fomos não época de chuvas e mesmo assim a água estava linda! 
O que pode acontecer nessa época é que, devido ao grande volume de água, o mergulho na piscina principal seja proibido por questões de segurança. Mas dá pra se banhar logo adiante, no rio formado pela cachoeira. Então tá valendo o “esforço” de qualquer jeito!

E vc, tb curte uma cachoeira ou prefere mesmo uma praia?

#costarica #lafortuna #emalgumlugardomundo #nature #waterfall

🚙 🇨🇷Viajar pela Costa Rica de carro foi uma das melhores aventuras que vivemos! 
A gente ama a liberdade de dirigir pelo desconhecido, fazer as coisas do nosso jeito, no nosso tempo. 
Sabiamos que não iríamos muito longe alugando um carro comum, porque algumas estradas por lá são impraticáveis – então já fechamos num 4×4 da @nomad_america pra não ter erro. E gente, não é em qualquer lugar que a gente pode alugar um carro com barraca de camping e dormir em uma praia deserta, né? 🏕️🏖️ E foi assim que cruzamos rios e acampamos em lugares incríveis – tudo isso vivenciando uma conexão incrível com a natureza selvagem desse país que tanto nós surpreendeu 😍

🇨🇷 Dois ícones da Costa Rica: surf e por do sol ☀️ 🏄‍♀️ Como o país é estreito e comprido , quase todas as praias do lado do Pacífico têm espetáculo do pôr do sol garantido (isso quando as chuvas tropicais não atrapalham). Fora a água naquela temperatura gostosa e um tanto de ondas tranquilas, ótimo pra quem quer aprender a surfar. A gente até se animou fazendo umas aulinhas, mas precisava de mais uma temporada por lá pra se manter na prancha por mais tempo. Alguém aqui pensando em voltar? 😬😛

Saindo da rota: todo destino tem aqueles cantinhos escondidos, que não estão em nenhum guia de viagem ou que você nunca ouviu falar antes, por mais que tenha pesquisado tudo sobre o lugar. ⠀
“E se a gente virar aqui, onde que vai dar?”
⠀
Eu não sei vocês, mas pra gente uma das melhores partes da viagem é poder andar pelo desconhecido. É esticar a caminhada ou virar à esquerda no atalho, e chegar ali só pra ver o que que tem.
⠀
É verdade que você pode chegar numa rua sem saída (e obviamente não é em todo destino que dá pra fazer isso). Mas é numa dessas que você descobre um lugar especial, que já faz valer a viagem todinha – que até vale cortar atração do roteiro só pra aproveitar mais aquela descoberta. ⠀
O desconhecido definitivamente faz nossos olhos brilharem! E para você, qual o grande momento em uma viagem?⠀ ⠀
____________________________
⠀

🇨🇷 Na Costa Rica você passa o dia inteiro babando pelo azul, pra chegar no fim de tarde e ficar embasbacado com esse rosa. 😍😱 É um pôr do sol mais lindo que o outro por aqui! ☀️

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!