Santa Teresa: delicioso destino de praia na Costa Rica | Em Algum Lugar do Mundo

CONHEÇA SANTA TERESA, DELICIOSO DESTINO DE PRAIA NA COSTA RICA

Tudo sobre esse destino de praia na Costa Rica com clima relaxado, ruas de terra, restaurantes simpáticos, surfistas e clima zen com yoga

  • Adriana
  • -
  • 12 de dezembro de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Um dos destinos que mais gostamos na Costa Rica foi Santa Teresa. Localizada no lado oeste da Peninsula de Nicoya, a cidade nos conquistou: ao mesmo tempo em que é bem turística, ela consegue preservar um clima meio selvagem, como se fosse um lugar ainda inexplorado.

Santa Teresa tem aquele clima relaxado, com ruas empoeiradas de terra, restaurantes simpáticos, pranchas de surf para todos os lados e praias lindas pra ninguém botar defeito.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Surfista
Mais um paraíso na Costa Rica

Nós passamos alguns dias por lá, aproveitando o contato com a natureza, vivendo num ritmo mais lento e curtindo fins de tarde com um belíssimo por do sol na praia.

Se você vai para Costa Rica, confira aqui o que fazer em Santa Teresa e aproveite nossas dicas para curtir o melhor desse destino.

O que fazer em Santa Teresa

Antes de mostrarmos o que fazer em Santa Teresa, vamos explicar um pouco sobre a região.

Apesar de Santa Teresa ser o nome da pequena cidade na Peninsula de Nicoya (e também da praia que fica nessa cidade), muitos colocam as cidades vizinhas em um bolo só.

Ou seja, vilarejos e praias nos arredores (como Mal Pais, Carmen e Playa Hermosa) acabam sendo consideradas como parte de Santa Teresa também.

Na prática, não irá mudar muito. Como tudo fica muito próximo, você pode perfeitamente explorar toda a região na mesma viagem.

Confira agora as principais atrações e atividades para você fazer por lá:

Praias de Santa Teresa e arredores

Playa Santa Teresa

A Playa Santa Teresa é a principal da região – e também a mais visitada. Por aqui rolam muitas aulas de surf, de yoga, pessoas relaxando e tomando sol…

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Playa Santa Teresa
A mais buscada praia da região.

E apesar de ser a mais frequentada, não espere encontrar uma praia lotada de gente. Até pode rolar uma concentração maior de pessoas no pôr do sol, mas ainda assim você terá a sensação de estar no paraíso.

Mais ao norte da Playa Santa Teresa você irá encontrar uma grande formação rochosa – essa parte é conhecida como Playa Cocal.

Mal Pais

A cerca de 7km de Santa Teresa fica Mal Pais, uma vila de pescadores bem pacata, onde fica a praia de mesmo nome.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Malpais
Praia Malpais vista do alto

Chegando em Mal Pais, você poderá seguir por uma pequena trilha até Playa Cuevas, uma praia que achamos ainda mais bonita que Mal Pais. Vale conferir.

Carmen

Carmen é uma vila localizada entre as praias de Mal Pais e Santa Teresa. Por aqui você encontra bastante opções de restaurantes, mercadinhos e lojas. Muitos hotéis ficam nessa região – e essa é realmente uma ótima área para se hospedar se você quiser ficar perto da praia e, ao mesmo tempo, ter a conveniência do comércio por perto.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Playa Carmen
O incrível pôr do sol do Pacífico

Playa Hermosa

A Playa Hermosa, que fica ao norte da Playa Santa Teresa, é uma das melhores praias para os iniciantes no surf. Por aqui você ainda encontra alguns restaurantes e hotéis, mas em concentração bem menor que na Playa Santa Teresa e na Playa Carmen.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Playa Hermona
Playa Hermosa. Dri e um amigo canino que fizemos por lá!

Playa Manzanillo

A aproximadamente 8km de Santa Teresa fica a Playa Manzanillo. Embora não faça parte de Santa Teresa em si, é mais uma praia praticamente deserta que você pode acrescentar no seu roteiro.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Manzanillo
Orla da Playa Manzanillo

Montezuma

Montezuma é uma vila que fica a 17km de Santa Teresa. A pequena cidade tem uma vibe bem hippie e é uma alternativa de local para se hospedar para quem quer curtir um clima ainda mais relaxado.

Além de hotéis, restaurantes e comércio (em menor quantidade que Santa Teresa), em Montezuma você encontra algumas praias deliciosas que valem a visita.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Montezuma
Montezuma e suas praias

Além da Playa Montezuma, você pode dar um mergulho em outros pontos como na Playa Cedro, Playa Las Manchas, Playa Cocalito. Há também uma cachoeira bem gostosa aqui, que mostraremos mais adiante nesse post.

Aulas de Surf

Você já deve saber que Costa Rica é um destino super conhecido pelo surf. E se você pretende se aventurar no esporte, Santa Teresa é o lugar perfeito para aprender a surfar.

A maioria das escolas de surf se concentram na Playa Santa Teresa. Mas as praias Mal Pais, Playa Hermosa e Manzanillo são igualmente boas para a atividade – seja para o nível iniciante ou para quem já tem experiência.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Surf
Uma das atividades imperdíveis em Santa Teresa. Aula de Surf

Você poderá fazer uma aula de surf de 1 dia, onde o instrutor irá te ensinar os movimentos básicos e você terá um tempo para treinar. Você também pode fechar um pacote com mais aulas ou até mesmo fazer um surf camp, se quiser levar o negócio mais a sério.

Aulas de Yoga

Que tal aproveitar a viagem e entrar no clima zen em Santa Teresa? Pois saiba que, se a atividade mais buscada é o surf, logo atrás vem a yoga.

Por aqui não faltam opções de aulas de yoga, seja nos studios ou hotéis espalhados pela região (não é preciso estar hospedado no hotel para fazer a aula de yoga). Uma ótima escolha é fazer uma aula na praia de manhã cedo ou ao pôr do sol – o Selina (onde nos hospedamos) oferece essa opção.

Reserva Cabo Blanco

A Reserva Cabo Blanco fica bem na ponta sul da Península Nicoya e é uma das reservas mais antigas da Costa Rica, estabelecida em 1963. Se você quer contato com a natureza, essa é uma ótima opção do que fazer em Santa Teresa.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Cabo Blanco
Playa Cueva

A reserva é lar de muitas espécies de animais e pode ser uma alternativa menos concorrida que o famoso Parque Manuel Antonio, por exemplo.

Há duas trilhas no parque. E para aumentar as chances de avistar vida selvagem, é recomendado ir com um guia, que você poderá contratar nas agências em Santa Teresa. Quando estivemos lá a reserva estava fechada, então confirme antes de ir.

Tour de 1 dia para Tortuga Island

Ao planejar o que fazer em Santa Teresa, a maioria das pessoas incluem um tour à Isla Tortuga no roteiro.

O passeio de um dia normalmente inclui o transfer de Santa Teresa até Montezuma, de onde se pega o barco até à ilha.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Isla Tortuga
Foto: Ylang Ylang Beach Resort

Ao chegar na Isla Tortuga, você terá tempo de curtir um tempo na praia de areia clarinha e fazer snorkel. Há também almoço incluído no tour.

Cachoeira em Montezuma

Além das lindas praias de Montezuma, outra atração imperdível do “vilarejo hippie” é a Cascada Montezuma, uma deliciosa cachoeira que formam piscinas naturais perfeitas pra um banho de água doce. O acesso à cachoeira fica bem em frente ao hotel Amor de Mar.

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Cachoeira
Muito mais que lindas praias

É bem fácil chegar lá, desde que não seja na época chuvosa (as chuvas fortes podem deixar o local inundado e inacessível).

Isla Cementerio Cabuya

Se você busca uma sugestão bem inusitada sobre o que fazer em Santa Teresa, aqui tenho uma: visitar uma ilha cemitério.

Localizada entre a Reserva Cabo Blanco e Montezuma, a Isla Cabuya acabou se tornando um ponto turístico da região. Além do belo visual da ilha, por lá você vai conferir um cemitério pequeno e bem cuidado, com túmulos ornamentados (alguns com conchas do mar). Um passeio meio bizarro, mas bem diferente!

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Ilha Cemitério
Entrada da Isla Cementerio Cabuya

Se quiser visitá-la, planeje-se para ir na maré baixa. Você irá estacionar o carro a alguns metros de distância (em terra firme) e seguir em caminhada pelas pedras, que ficam descobertas e fazem o caminho até à ilha quando a maré recua.

Onde se hospedar em Santa Teresa

As duas melhores regiões para se hospedar em Santa Teresa são a Playa Carmen e a Playa Santa Teresa. Há opções de hospedagem também em Montezuma, Mal Pais e Playa Hermosa, mas só considere ficar por nessas outras regiões se o seu objetivo for realmente ficar isolado.

Nós escolhemos nos hospedar no Selina Sana Teresa South, que fica na Playa Carmen (há também outro Selina que fica na Playa Santa Teresa, mas estava fechado quando estivemos por lá).

Seguindo a linha de todos os outros hostels da rede, eles oferecem quartos compartilhados e privados em um ambiente moderno, bem acolhedor e de super bom gosto.

Por lá tem espaço de coworking, cozinha comunitária e uma piscina bem gostosa – tudo isso com uma decoração muito legal e um clima bem despojado. Além disso, eles oferecem massagem, aulas de yoga, de pilates, de surf… não faltam atividades.

E a localização é perfeita: a pouquíssimos metros da praia. Nós tivemos uma ótima experiência em todos os Selina em que nos hospedamos, e aqui não foi diferente – fica a recomendação!

Como chegar e circular em Santa Teresa

Carro

A melhor forma de viajar pela Costa Rica é de carro – confira o post com todas as dicas para alugar um carro na Costa Rica.

Mas como estamos falando de Santa Teresa, vale uma ressalva: esse foi o destino com as piores estradas que percorremos no país! Por isso, um carro 4×4 é altamente recomendável para essa região.

Nós rodamos a Costa Rica a bordo de um carro-casa da Nomad America e essa é a melhor recomendação que podemos dar. O carro, que é 4×4, vem todo equipado para camping. Ou seja, você pode resolver acomodação e hospedagem de uma vez só. Isso por si só já faz da viagem uma experiência incrível!

O que fazer em Santa Teresa, Costa Rica - Nomad
Nosso carro pela Costa Rica

Caso queira alugar um carro normal, sugerimos o site da Rentcars. Mas siga nosso conselho e alugue um 4×4, ou no mínimo um carro que seja alto, para ir para Santa Teresa.

Partindo de San Jose

Para chegar em Santa Teresa partindo de San Jose, você deverá dirigir até Puntarenas, pela Ruta 27.

Chegando em Puntarenas, é hora de pegar o ferry Puntarenas – Paquera. A barca tem saídas regulares com diferentes horários por dia, entre 5h e 20h. A viagem leva cerca de 90min.

Desembarcando em Paquera, siga em direção a Santa Teresa, passando por Montezuma. É justamente nesse trecho da viagem que o asfalto acaba e as estradas ficam bem esburacadas.

Partindo de outras regiões

Se você vem de outras regiões como Tamarindo ou Libéria, seu trajeto deverá ser pela Ruta 21 com destino a Santa Teresa. Use o GPS (de preferência o Waze) e tente se manter na estrada principal, pois o GPS às vezes aponta alguns atalhos que não valem a pena (pelas condições ruins da estrada).

Transfer

Se você não quiser dirigir, o transfer é uma opção viável e prática. Há transfers privados e compartilhados, saindo de San Jose, Monteverde e outros destinos.

Voo

Caso opte por chegar em Santa Teresa de avião, o aeroporto mais próximo desse destino fica em Tambor. De lá, são cerca de 40 minutos até Santa Teresa – o trecho pode ser percorrido de taxi ou fechando um transfer.

Ônibus

Se preferir o trajeto de ônibus, há ônibus de San Jose a Santa Teresa diariamente. A viagem leva cerca de 5h30 e o preço da passagem já inclui a barca Puntarenas – Paquera. O ônibus sai do centro de San Jose do endereço: Ave 7, Calle 10 Terminal 7-10.

Circulando em Santa Teresa

Se você não tiver alugado um carro, a melhor opção para circular pelas ruas empoeiradas de Santa Teresa é alugando um quadriciclo. Há diversas agências por lá onde você pode fechar o aluguel diário ou conseguir um desconto semanal.

Mais dicas de viagem para Santa Teresa na Costa Rica

Quando ir

Santa Teresa segue a regra do clima tropical com duas estações, seca e chuvosa.

A estação seca vai do começo de dezembro até abril, enquanto a chuvosa vai do final de abril até o final de novembro. Os meses mais chuvosos são entre outubro e novembro, enquanto os mais secos são entre fevereiro e abril.

De uma forma geral, você pode aproveitar a região em qualquer época. Basta saber que, no período chuvoso, você irá encontrar a vegetação mais verde e um clima mais agradável, que pode vir acompanhado de mosquitos e ruas alagadas. Já no período seco, os preços costumam ser mais altos e a poeira pode incomodar mais do que o normal.

Internet

Nós recomendamos comprar um chip internacional para usar durante sua viagem, principalmente se você for viajar de carro e precisar de GPS.

Há 4 operadoras na Costa Rica, sendo a Kolbi a mais recomendada. É possível comprar um chip pré pago, você precisará do seu passaporte. Nós preferimos comprar um chip ainda no Brasil, e escolhemos o do Viaje Conectado. Pra nós valeu super a pena pois já saímos conectados do aeroporto usando o GPS.

Saúde e segurança

Na hora de planejar sua viagem, não esqueça de fechar um bom seguro viagem. Não é obrigatório ter um seguro para entrar no país, mas é altamente recomendado.

Nossa recomendação é pesquisar no Seguros Promo, um site comparador de preços que busca as melhores opções entre as seguradoras confiáveis. E aproveite nosso desconto: basta usar o código EMALGUMLUGAR5 para conseguir 5% de desconto!

Seguros Promo

E aí, vai incluir Santa Teresa no seu roteiro pela Costa Rica?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Você também pode gostar de ler:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

🇨🇷 Dois ícones da Costa Rica: surf e por do sol ☀️ 🏄‍♀️ Como o país é estreito e comprido , quase todas as praias do lado do Pacífico têm espetáculo do pôr do sol garantido (isso quando as chuvas tropicais não atrapalham). Fora a água naquela temperatura gostosa e um tanto de ondas tranquilas, ótimo pra quem quer aprender a surfar. A gente até se animou fazendo umas aulinhas, mas precisava de mais uma temporada por lá pra se manter na prancha por mais tempo. Alguém aqui pensando em voltar? 😬😛

Saindo da rota: todo destino tem aqueles cantinhos escondidos, que não estão em nenhum guia de viagem ou que você nunca ouviu falar antes, por mais que tenha pesquisado tudo sobre o lugar. ⠀
“E se a gente virar aqui, onde que vai dar?”
⠀
Eu não sei vocês, mas pra gente uma das melhores partes da viagem é poder andar pelo desconhecido. É esticar a caminhada ou virar à esquerda no atalho, e chegar ali só pra ver o que que tem.
⠀
É verdade que você pode chegar numa rua sem saída (e obviamente não é em todo destino que dá pra fazer isso). Mas é numa dessas que você descobre um lugar especial, que já faz valer a viagem todinha – que até vale cortar atração do roteiro só pra aproveitar mais aquela descoberta. ⠀
O desconhecido definitivamente faz nossos olhos brilharem! E para você, qual o grande momento em uma viagem?⠀ ⠀
____________________________
⠀

🇨🇷 Na Costa Rica você passa o dia inteiro babando pelo azul, pra chegar no fim de tarde e ficar embasbacado com esse rosa. 😍😱 É um pôr do sol mais lindo que o outro por aqui! ☀️

🇨🇷 A viagem pela Costa Rica ainda nem acabou e a gente já está com saudades – principalmente de quando estávamos com um 4×4.
⠀
Ele não só nos permitia dormir em qualquer lugar (uma delícia de casinha ambulante da @nomad_america ⛺️), como fazia da nossa road trip uma experiência bem mais confortável.
⠀
No começo achamos que não era tão necessário assim um carro desses pra rodar  pelo país… até trocarmos ele por um mini kart e começar a sentir cada buraquinho da estrada! 🚗 ⠀
O que importa é que, seja no carrão ou no carrinho, estamos curtindo demais o país! 😎 ⠀
👉 E ficam as dicas: viajar de carro é SIM a melhor forma de explorar a Costa Rica. E um carro alto não é necessariamente obrigatório dependendo do destino, mas definitivamente vale pagar um pouco a mais pelo conforto – assim você não perde a paciência pelos buracos do caminho 😊 🕳

🇨🇷 Do que mais gostamos na Costa Rica?
⠀
Estamos há um tempão aqui tentando responder essa pergunta, sem sucesso obviamente. 🤷‍♀️
⠀
Mas se tem uma coisa que ganhou nosso coração aqui são as praias: a grande maioria das que visitamos estavam praticamente desertas.🏝
⠀
Não paramos pra contar quantas visitamos, mas certamente passaram de 50. Todas – eu disse TODAS – têm aquele ar de natureza intocada. Nada de bagunça, nada de comércio lotando a areia, nada de prédios em volta… Nada de nada, somente mar quentinho + areia cheia de siris, hermitões – e alguns cachorros simpáticos. 🐚🦀🐶
⠀
🏊‍♀️ E enquanto vamos ali dar um mergulho, fica o conselho aqui de colocar Costa Rica nos seus planos de viagem, tá? Juro que vc não vai se arrepender 😊👍

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!