Roteiro Chile 7 dias: Santiago + Atacama | Em Algum Lugar do Mundo

ROTEIRO DE 7 DIAS NO CHILE: SANTIAGO + ATACAMA

Confira dicas importantes de planejamento e sugestão de roteiro para uma semana no Chile, com Santiago e Atacama na mesma viagem.

  • Adriana
  • -
  • 5 de agosto de 2019
  • Nenhum Comentário

Quer viajar mais por menos?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas já para a sua próxima viagem!

Se você está planejando suas mini férias e quer saber o que fazer no Chile em 7 dias, está no lugar certo: nesse post você vai encontrar todas as dicas e informações para conhecer dois destinos em uma única viagem: a capital Santiago e o incrível Deserto do Atacama.

O Chile pode parecer pequeno, mas é na verdade bem grande e diverso. Nesse roteiro de 7 dias pelo Chile você poderá conhecer desertos, vinhedos, litoral, lagos e montanhas nevadas. É muita coisa para ver, né? Portanto, garantimos que um bom planejamento faz toda a diferença na hora de curtir essa viagem.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Soma
Santiago e Deserto do Atacama

E para te ajudar, nós montamos esse roteiro com dicas sobre o que fazer no Chile em 7 dias: confira tudo que você precisa saber para planejar um roteiro perfeito para Santiago e o Deserto do Atacama.

Roteiro Chile 7 dias: saiba mais

Reunimos nesse post todas as informações que você precisa para planejar sua viagem de 7 dias pelo Chile, conhecendo Santiago e Atacama.

Você vai conferir:

  • Sugestão de roteiro Chile 7 dias: com as atrações imperdíveis de Santiago e do Atacama
  • Recomendação de hospedagem nos dois destinos
  • Como chegar e circular: opções de transporte e passeios
  • Melhor época para viajar
  • Dinheiro: que moeda levar e dicas de câmbio
  • Mais dicas importantes

Onde se hospedar em Santiago e no Atacama

Onde ficar em Santiago

Como sua viagem será curta, é importante ficar bem localizado em Santiago para aproveitar melhor seu tempo na cidade.

Uma das áreas mais buscadas é o bairro de Providencia, que fica próxima ao centro e onde fica o Sky Costanera. Recomendações de hospedagem aqui são o Park Plaza Santiago ou os mais econômicos Alma Bed & Breakfast e Yogi Hostel.

Lastarria é outro bairro com ótimas opções de hospedagem. Esse é o bairro mais boêmio de Santiago, com vários cafés e bares em estilo europeu. Confira por aqui o Rukaza Lastarria ou o mais simples Hostal Forestal.

Já o centro de Santiago não tem movimento à noite, mas é o local das principais atrações históricas da cidade, como a Plaza de Armas, o Palacio La Moneda e seus principais museus. Se quiser ficar aqui, confira o estiloso Hotel Casa Zañartu ou ainda o mais acessível Plaza de Armas Hostel.

Para mais dicas e recomendações, confira: dicas de hospedagem em Santiago.

Onde ficar no Atacama

A maioria das opções de hospedagem de San Pedro de Atacama ficam localizadas próximo às ruas Toconao e Caracoles, as principais ruas do centro.

O Terrantai Lodge Andino tem piscina, spa e um café delicioso. A arquitetura e a decoração refletem o melhor clima de deserto, mas com muito requinte.

Já no Hotel Poblado Kimal você se hospeda em uma “casita”, feita de argila do deserto. Sua localização é bem central e o hotel conta com uma piscina e café incluso na diária.

Para opções mais econômicas, temos duas recomendações. A primeira é o Hostal Sonchek, que fica bem no centrinho. E tem também a Posada Atacameña, a 5 minutos andando do centro. Ambos oferecem opções de cama em dormitório e quartos privados. Há também banheiros compartilhados e cozinha de uso comum.

Para mais sugestões, confira nosso post sobre onde ficar no Atacama.

O que fazer no Chile em 7 dias: roteiro Santiago + Atacama

Dia 1 | Santiago: centro, cerro San Cristóbal e Bellavista

Comece o dia cedo para explorar o máximo da cidade! Uma boa sugestão é aproveitar o ônibus hop-on hop-off e já conhecer o máximo de atrações no primeiro dia.

Sugiro começar pelo centro: admire a arquitetura chilena na Plaza de Armas, a praça central de Santiago, cercada de prédios em estilo colonial, como a Catedral Metropolitana.

De lá, você pode fazer uma curta caminhada em direção sul para ver o La Moneda, o palácio presidencial do país.

A partir daí, siga em direção leste e suba o Cerro Santa Lúcia para ver a cidade e as montanhas andinas que a cercam. Passe também no Museo de la Memoria y Los Derechos Humanos (um excelente museu que trata da ditadura de Pinochet). Se a fome bater, peça um sanduíche tradicionalíssimo no La Fuente Alemana. 

Para ver o sol se pôr, suba o Cerro San Cristóbal, uma colina com 300 metros que oferece uma vista de 360° da cidade. Você pode caminhar até o topo ou subir de teleférico.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Cerro San Cristóbal
Vista do Cerro San Cristóbal

E se você ainda tiver energia, visite o bairro boêmio de Bellavista para encontrar os melhores restaurantes da cidade ou dançar em uma das famosas salsotecas da cidade.

Planeje o seu roteiro na cidade com o nosso guia completo de Santiago do Chile.

Dia 2 | Santiago: passeio bate-volta (Valparaíso, víncolas, Valle Nevado ou Cajón del Maipo)

Há diversos lugares incríveis para se conhecer em um passeio de um dia partindo da capital. Como o tempo é curto, você terá que definir qual sua prioridade para montar o roteiro. Confira as 4 melhores opções:

Opcão 1 | Valparaíso e Viña del Mar

Um dos passeios mais famosos para quem visita Santiago é o tour para Valparaíso e Viña del Mar, onde em um dia é possível conhecer as ruas coloridas, grafitadas e cheias de história da “joia do Pacífico”, como é conhecida a charmosa Valparaíso.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Valparaíso
As paredes grafitadas de Valparaíso

O passeio também inclui uma visita ao balneário Viña del Mar que, além do oceano como atração, tem parques floridos e algumas casas milionárias.

Saiba mais sobre esse passeio no post com dicas de Valparaíso e Viña del Mar.

Opção 2 | Vinícolas

Se vinho é a sua praia, não deixe de tirar um dia ou meio dia para fazer um tour em uma vinícola. Há diversas opções excelentes próximas à Santiago, sendo que um dos passeios mais buscados é o que combina as vinícolas Concha y Toro e Undurraga em um dia.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Unudurraga
Vinícola Undurraga

Para mais opções, confira o post sobre 5 vinícolas em Santiago para você conhecer.

Opção 3 | Neve e estação de ski

Se sua viagem é no inverno e você quer aproveitar a oportunidade para curtir a neve, sua melhor pedida é reservar o dia para um tour até o Valle Nevado.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Valle Nevado
Tradicionais hotéis de Valle Nevado

O passeio também pode incluir uma passada por Farellones e El Colorado, dois outros centros de ski próximos a Santiago. Você terá tempo de curtir a paisagem e aproveitar ótimos momentos na neve.

Confira mais informações sobre o tour para o Valle Nevado.

Opção 4 | Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

A natureza caprichou por aqui: o tour para Cajón del Maipo e Embalse el Yeso já começa a ficar interessante na estrada para Cajón del Maipo, onde podemos conferir o cenário espetacular dessa região

Porém a atração principal aqui é o Embalse el Yeso: um reservatório de água gigantesco com águas esverdeadas, que refletem as cordilheiras ao seu redor. Prepare-se para fotos incríveis!

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Embalse el Yeso
Elbalse el Yeso é um dos lugares mais bonitos na região de Santiago

Veja mais informações no post sobre Cajón del Maipo e Embalse el Yeso

Dia 3 | Santiago – Atacama: Valle de La Luna

Depois de uma certa correria para conhecer Santiago e Valparaíso, hora de seguir viagem para o Atacama.

Saindo de Santiago, pegue seu voo para Calama. Depois, siga por mais uma hora em seu traslado para a pequena San Pedro de Atacama, a cidade base para excursões ao deserto.

Chegue no seu hotel, deixe as malas e reserve sua primeira tarde para fazer um dos passeios mais imperdíveis do deserto: o tour pelo Valle de La Luna + Valle de La Muerte. Aproveite para se encantar com o pôr do sol em meio a formações geológicas de argila, gesso e sal – um cenário único e inesquecível.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Valle de la Luna
O incrível Valle de la Luna

Para saber mais, veja nosso post sobre o tour para o Valle de La Luna e Valle de La Muerte.

Dia 4 | Atacama: Lagunas Altiplânicas, Piedras Rojas e Salar de Atacama

Há muito o que fazer no Atacama, portanto é fundamental você planejar com antecedência e ver quais passeios você prefere incluir no seu roteiro, pois não haverá tempo para todos.

Nossa sugestão para esse dia é fazer o tour às Lagunas Altiplânicas, Piedras Rojas e Salar de Atacama. É um passeio que sai cedo e dura o dia todo, portanto não dá para combiná-lo com outra atividade ao longo do dia.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Lagunas Altiplânicas
Lagunas Altiplânicas

Depois de um dia com tantas paisagens lindas e altitude elevada, seu corpo certamente pedirá descanso. Então aproveite para dar uma voltinha pelo centrinho de San Pedro de Atacama e ir logo para cama, pois o dia seguinte começa cedo.

Dia 5 | Atacama: Geyser del Tatio, Laguna Cejar e tour astronômico

Outro cenário espetacular te espera hoje: acorde bem cedo, encare o frio e siga em direção ao Geyser del Tatio, mais uma das atrações imperdíveis do Atacama.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Geyser del Tatio
A fumaça nas manhãs frias no Geyser del Tatio

Na parte da tarde, nossa recomendação é um tour para Laguna Cejar, Ojos Del Salar e Laguna Tebinquiche, onde mais cenários deslumbrantes te aguardam – e onde você terá mais um inesquecível pôr do sol para sua coleção.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Laguna Cejar
Um momento ignorando a temperatura baixa da água

E se ainda te sobrar alguma energia, confira se a data está favorável para fazer o tour astronômico do Atacama e observar um dos céus mais estrelados do mundo!

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - ônibus abandonado
Uma das imagens mais bonitas que já tiramos

Dia 6 | Atacama – Santiago: opções de passeios

Nesse dia, há duas possibilidades, dependendo da sua hora de retorno para Santiago. Vamos avaliar as duas opções:

Opção 1 | Chegando tarde em Santiago (aproveitando mais um dia no Atacama)

Caso você opte por um retorno a Santiago no fim de tarde, significa que você ainda terá tempo livre para aproveitar algum passeio no Atacama.

Aproveite para conhecer as Lagunas Escondidas de Baltinache ou considere fazer um passeio ao Vale do Arco-Íris. Se você já está bem cansado e quer curtir um momento relax, siga para um banho quentinho nas Termas de Puritama.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Termas de Puritama
Porque não relaxar em águas termais?

Opção 2 | Chegando cedo em Santiago (aproveitando mais um dia em Santiago)

Aproveite seu tempo livre para conhecer mais alguns pontos imperdíveis da capital. Há uma série de museus interessantes na cidade, assim como parques convidativos para um belo passeio, como o delicioso Parque Bicentenário.

Se sobrar tempo, separe umas horinhas para passear pelo Bairro Lastarria e pelo Bairro Paris – Londres. Ou se quiser algo diferente, considere uma visita ao belo templo Baha’i.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Templo Baha'i
A incrível arquitetura do Templo Baha’i

Para o fim de tarde, a melhor pedida é subir no topo do Sky Costanera e curtir um visual incrível de Santiago com as montanhas ao fundo.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Sky Costanera
A incrível vista do Sky Costanera

Dia 7 | Santiago: passeio bate-volta

Em seu último dia em Santiago, você pode aproveitar para fazer algum dos passeios bate-volta (da sugestão do segundo dia), caso você tenha o dia todo livre ou se seu voo só parte à noite.

Se você tem apenas algumas horas, o ideal é aproveitar esse último dia para fazer compras, ou ainda visitar aquele local que faltou nos primeiros dias.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Paris Londres
Trecho Paris-Londres em Saniago

Como chegar e circular no Chile:

Para nossa sorte, o Chile tem um dos melhores sistemas de transporte da América Latina. Assim fica fácil ir de uma cidade a outra sem precisar se preocupar com atrasos, estradas perigosas ou bloqueios na estrada. 

Além disso, o Chile tem a JetSmart, uma companhia aérea barata que oferece passagens para quase todo o país, poupando não só dinheiro, mas tempo na estrada. Só preste atenção que, como em todas as companhias low-cost, a JetSmart cobra pelas bagagens despachadas.

Como chegar em Santiago

Três capitais brasileiras têm voos diretos para Santiago: Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. As companhias aéreas que fazem a rota são a Gol e LATAM. Cada trecho da viagem dura entre 3h20 e 5 horas, sem escalas, a depender da cidade de origem.

Como circular em Santiago

Ônibus hop-on hop-off

Considerando que você terá pouco tempo para explorar a cidade, o ônibus hop-on hop-off pode ser uma ótima pedida para circular e conhecer as principais atrações de Santiago.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Hop onHop off
Foto: Get You Guide

Há duas opções de trajeto, com opção de 1 ou 2 dias de validade, podendo também incluir o teleférico e o funicular do Cerro San Cristóbal. O ideal é comprar seu bilhete com antecedência.

Tours guiados

Se você quiser aproveitar melhor seus passeios, poderá fechar um tour guiado. Há uma excursão que dura cerca de 4 horas e explora os principais pontos turísticos do centro de Santiago, que você também deve reservar com antecedência.

Para fazer os passeios bate-volta, o ideal é fechar também um tour guiado. As opções são:

Transporte público

Santiago conta com a Red Metropolitana de Movilidad, um sistema rápido, barato e eficiente que comporta ônibus, metrô e MetroTren.

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Metro
O metrô é uma forma bem eficiente de circular por Santiago

Para usar o serviço, você vai precisar de um cartão Bip! que custa cerca de $1550 pesos chilenos. A partir daí, é só recarregar quanto quiser. A passagem mais barata custa $670 pesos, mas o cálculo é baseado nos transportes usados e na hora do dia.

Táxi e Uber

Santiago tem uma grande oferta de táxis, sempre pretos com telhados amarelos. Há também táxis colectivos – pretos, com placas no teto indicando as rotas – mas você dividirá o passeio.

Vale dizer que há várias as reclamações de taxímetros adulterados e golpes na hora de dar o troco, então fique ligado.

O Uber, apesar da briga com os taxistas, é uma boa pedida para corridas dentro da cidade. Nós usamos e não tivemos problema. É recomendado sentar no banco do carona para não ficar caracterizado que é um Uber levando um passageiro.

Como chegar no Atacama

Avião

Com apenas uma semana de viagem, você deve priorizar economia de tempo para seus deslocamentos. Por isso, recomendamos fortemente que você compre sua passagem de avião de Santiago para o Atacama com antecedência.

A passagem sai até mais barata do que de ônibus e são apenas duas horinhas de voo até Calama, a cidade mais próxima do Atacama com aeroporto. A JetSmart e a Sky Airline fazem a rota em vários horários ao dia.

Chegando em Calama, o ideal é pegar um transfer do aeroporto até San Pedro de Atacama, que dura 1h30 de viagem. Há também a opção de taxi + onibus: pegar um táxi até o terminal de ônibus de Calama e depois um ônibus para San Pedro do Atacama.

Ônibus

De Santiago a San Pedro do Atacama são quase 1.700 km, então se o seu tempo é curto, nem pense em pegar um ônibus até lá, pois são 24 horas de viagem.

Para que você saiba, a única empresa que faz o trajeto completo de Santiago a San Pedro de Atacama, é a Turbus. Outras opções são a Pullman, a Atacama VIP e a Ciktur. Lembrando que de Calama você terá que pegar um outro ônibus até San Pedro.

Como circular no Atacama

San Pedro de Atacama é pequenininha, então é possível rodar pelo centrinho a pé.

Para os passeios mais distantes, o mais indicado é fechar um tour. No centro de Atacama há várias agências onde você pode pesquisar pelos passeios, mas caso queira sair com tudo planejado, os principais são esses:

Na cidade há poucos táxis e não há muitos serviços de transporte público, então não conte com eles.

Outra boa opção é alugar um carro já na saída do aeroporto e explorar o Atacama por conta própria. É possível fazer diversos passeios sem agência, então vale considerar essa opção se você estiver viajando com alguém para dividir o carro.

Para aluguel de carro, nós recomendamos a Rentcars, que compara o preço em diferentes locadoras e sempre nos dá a melhor opção. Ainda dá pra pagar em real e parcelar em até 12x sem IOF.

Roteiro Chile 7 dias: melhor época para visitar Santiago e Atacama

Diferentemente do Brasil, as estações do ano são bem definidas no Chile, e no inverno faz muito frio sim, podendo bater ali nos 0ºC. Se seu foco for ver neve durante a viagem, essa é a estação que deve ser escolhida. Se não, evite os meses de junho a agosto, até porque no Atacama faz ainda mais frio.

O verão e a primavera são as melhores épocas para aproveitar melhor os belos parques da capital chilena, encarar um banho nas lagunas do Atacama e subir aquela montanha dos seus sonhos. A boa notícia é que as vinícolas também podem ser visitadas em qualquer época do ano, sem nenhum problema.

Dinheiro

Não se assuste com os preços: viajar pelo Chile é caro mesmo. Mas se você souber escolher os hotéis, encontrar as melhores taxas de câmbio, se planejar com antecedência e não esbanjar, dá para viajar bem sem gastar muito. Veja as nossas dicas abaixo:

roteiro chile 7 dias Santiago + Atacama - Pesos
Imagem da nota de mil pesos

Qual moeda levar para o Chile

A moeda oficial do Chile é o Peso Chileno (CLP) e, no período que fomos, estava valendo mais a pena levar real do que dólar. Mas vale sempre conferir a cotação para decidir qual moeda levar.

Dificilmente compensa comprar peso chileno ainda no Brasil, pois a cotação é sempre desfavorável.

Dica | use o site Cotação para encontrar as melhores taxas de câmbio e aproveite para adquirir um cartão Visa Travel Money. Você pode ir abastecendo aos poucos antes da viagem e não passa aperto na hora de encontrar uma casa de câmbio.

Mais uma dica | poucos sabem que se você pagar sua hospedagem em dólares americanos ou no cartão de crédito, você não precisa pagar o imposto de 19% atrelado à hospedagem, o chamado IVA. Por isso, vale levar pelo menos o valor para a hospedagem em dólares ou então levar seu cartão de crédito apenas para esse fim.

Saque e cartão de crédito

Se você quiser usar o cartão de crédito, lembre-se de desbloqueá-lo para uso internacional – faça isso no seu banco antes de viajar.

Cartões de crédito são aceitos amplamente nos estabelecimentos chilenos, mas as taxas acabam sendo altas por conta do IOF para cada transação.

Já para os saques em dinheiro, você paga uma taxa fixa por saque (quando fomos era de $ 3.000 pesos).

Casas de câmbio

Chegando em Santiago, troque a menor quantidade possível de pesos no aeroporto – os preços ali são sempre maiores.

Uma boa cotação que encontramos foi na Calle Agustinas, no centro. Outro lugar bom é no bairro Providencia, mais especificamente na avenida Pedro de Valdivia.

O ideal é fazer o câmbio em Santiago, pois no Atacama as taxas são menos favoráveis. Caso precise, procure por casas de câmbio próximas da calle Toconao.

Mais dicas para planejar sua viagem

Chip internacional | chegar no Chile já com um chip funcionando foi uma tremenda mão na roda. Super nos ajudou a pedir Uber já na saída do aeroporto, a confirmar nossas reservas de passeios, a encontrar restaurantes bons nas redondezas e a checar horários de funcionamento em Santiago. O chip da Viaje Conectado funcionou super bem recomendamos.

Viaje Conectado

Uber | em Santiago o Uber funciona e é muito mais barato do que táxis. Use seu chip internacional para pedir seu Uber. Nós usamos várias vezes e não tivemos problemas.

Vinho | comprar vinho nas vinícolas pode sair mais caro do que nos supermercados. Então se você planeja trazer uma mala cheia para casa, deixe para fazer a compra em atacado no mercado.

Seguro viagem | uma coisa que você não pode abrir mão no seu planejamento é de fazer um bom seguro viagem. Para isso, recomendamos fazer uma pesquisa pela Segurospromo, que compara preços, e te ajuda a escolher o melhor. Ainda dá para usar o código EMALGUMLUGAR5 e garantir 5% de desconto!

Seguros Promo

E aí, curtiu nossas dicas para um roteiro de 7 dias no Chile?

Esse post pode conter link de afiliados. Isso significa que, ao fazer uma reserva a partir desses links, você ajuda a manter nosso blog e não paga nada a mais por isso. Nós agradecemos seu apoio!

Nós nos esforçamos para manter o blog atualizado, mas alguns detalhes podem sofrer alterações a qualquer momento. Sempre confirme datas, preços e informações.


Quer saber como viajar mais por menos?

Receba agora so seu e-mail nosso guia gratuito: são 40 dicas imperdíveis para colocar em prática já na sua próxima viagem!

Chile: explore

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos no Instagram

X

JÁ BAIXOU NOSSO E-BOOK GRATUITO?

Inscreva-se agora e receba no seu e-mail nosso e-book: são 40 dicas de como viajar mais e melhor por menos!